História New Future - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook
Exibições 161
Palavras 2.531
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha só... A titia voltou.
Bom, era para eu estar estudando para minha prova de quinta feira de anatomia (já é a segunda prova) mas como eu gravei metade da matéria eu resolvi parar e por graça do santo GD eu tive inspiração e escrevi... Não sei quando vou escrever para aqui de novo então aproveitem.

Boa leitura.

Capítulo 6 - Capítulo 6


Pov. Kook

Hyang me encarou perplexa e eu sorri vitorioso.

- Ele é feliz comigo... Por que você quer tirar ele disso? - ela perguntou e eu sorri alto.

- Primeiro que ele não é feliz com você... Eu sei que vocês se casaram só por causa da empresa. - disse e ela arregalou os olhos. - E também sei que ele tem uma foto comigo que ele olha e chora todas as noites. - disse e ela ficou pálida.

- Como você sabe disso? - ela perguntou me encarando.

- Não interessa como eu sei... Só saiba que eu sei coisas demais. - disse e ela mudou sua expressão.

- Vamos ver se sabe tudo. - ela disse e se abaixou para poder pegar o porta retrato que caiu no chão e se quebrou. 

Quando eu iria dizer algo a porta foi aberta e Jimin entrou.

- Ah... Já conheceram Hyang? - ele perguntou e eu assenti com a expressão nervosa. 

Hyang que estava abaixada pegando os cacos de vidro no chão se levantou.

- O que aconteceu Hyang? - Jimin perguntou olhando o porta retrato no chão.

- Ah... Eu ia mostrar a nossa foto para eles e sem querer deixei cair Jiminie. - ela disse com uma voz irritante que me deu raiva. Ela caminhou até Jimin lentamente e assim que se aproximou segurou com as duas mãos o rosto de Jimin, que arregalou os olhos sem entender. Ela fechou os olhos e selou seus lábios com os de Jimin e minha raiva aumentou ao extremo. Jimin continuava estático e sem reação ao beijo. Ela não costuma beijar ele, essa é a única explicação para ele ter tal reação. 

Jimin levantou suas mãos e levou elas até os ombros de Hyang, a afastando.

- O que está fazendo Hyang? - ele perguntou encarando ela e sorrindo sem entender. 

- Estou te beijando amor. - ela disse e Jimin sorriu me encarando.

- Amor? Desde quando me chama assim? - perguntou e ela fechou a expressão e me encarou e eu sorri vitorioso. 

- Desde quando somos casados. - ela disse e Jimin voltou a me encarar. 

- Eu não sou obrigado a isso. - disse e virei as costas.

- JungKook... - ouvi a voz de Jimin me chamar e olhei para atrás quando saia pela porta e vi ele empurrar Hyang e me encarar quase pedindo que eu voltasse, mas eu não fiz. Não sou obrigado a assistir aquela mulher tocar o meu Jimin. Ele sempre foi meu, por que ela quer tomar ele de mim? Isso é injusto.

Saí pelos corredores em direção ao elevador. Yoongi iria só assinar os papéis e iria para casa, e eu esperarei ele no estacionamento.  

(...)

Estava lá parado faz exatos 40 minutos. Impossível demorar isso tudo só para assinar a merda de um contrato. Peguei meu celular é na hora que eu iria ligar para Yoongi ouço uma voz.

- Jimin? O que está fazendo aqui? - perguntou Hoseok se aproximando.

- Oi, eu... Eu não queria ficar perto do Jimin e de sua mulher irritante e quero ir embora. - disse e Hope sorriu. - Mas o Yoongi está demorando. - disse e ele tombou a cabeça para o lado me encarando.

- Eu posso te levar em casa. - ele disse e eu sorri.

- Não precisa. - disse e ele me encarou. 

- Por favor JungKook... Eu preciso conversar com Yoongi e na sua casa eu sei que ele não vai fugir. - disse e eu parei para pensar um pouco. Yoongi merece isso, pelo menos conversar. Isso não vai matar ele.

- Está bem. - disse e Hope sorriu me abraçando. - Só duas coisas: primeira me larga... - disse e ele me soltou. - Segunda se ele te mandar embora eu não posso fazer nada. - disse e ele assentiu. 

- Vamos. - ele disse indo em direção ao carro e eu segui ele. Digitei uma mensagem avisando Yoongi que eu já estava indo para casa e entrei no carro e Hope deu partida.

- Lembra onde era o meu apartamento? - perguntei e ele me encarou de olhos arregalados.

- É aquele ainda? - perguntou e eu assenti. - Não vai querer relembrar os velhos tempos né? - perguntou e eu o encarei sério mas logo sorri e dei um soco no ombro dele.

- Só quero relembrar os velhos tempos se for com Jimin... Se não for ele eu não quero. - disse e Hope sorriu.

- Sabe... Eu sempre achei um grande erro o Jimin ter te deixado. - ele disse e eu suspirei. - Mesmo acontecendo o que aconteceu, eu acho que vocês deveriam ter lutado mais. - ele disse e eu o encarei.

- Por que está dizendo isso? - perguntei e ele me encarou rapidamente e voltou sua atenção para a rua.

- Dá para ver em você todo que ainda ama ele. - ele disse e eu sorri lembrando da primeira vez que disse que amava ele. - Sabe... Eu vou te contar dois segredos aqui. - ele disse sussurrando como se fosse um segredo mesmo. - O primeiro... Eu odeio a Hyang, e se precisar de ajuda para ter o Jimin de novo, pode contar comigo. - disse e eu sorri. - Segundo... O Jimin nunca desistiu de você. Desde quando terminaram ele esperava todo dia, a todo momento, a cada segundo, você passar pela porta da casa da nossa mãe e pedir para ele voltar, ele chorava todas as noite e enquanto dormia as vezes gritava seu nome no meio de alguns pesadelos que o levaram a fazer várias consultas ao psicólogo, pois ele já estava começando a enlouquecer sem você. - ele disse e meu peito se apertou sabendo tudo que causei no Jimin.

Isso quer dizer que ele sofreu mais do que eu. Eu realmente fui a pior coisa que aconteceu na vida do Jimin e isso ninguém pode negar, eu fui estragando ele aos poucos até o ponto dele mesmo me esperando seguir a vida sofrendo.

- Ei... Vai ficar aí? - Hope disse saindo do carro e só aí fui perceber que já estava em frente ao meu prédio.

Saí e entrei na recepção indo em direção ao elevador. Entramos e ficamos em silêncio até chegarmos a porta do meu apartamento.

Abri e dei passagem para Hoseok passar fechando a porta logo em seguida.

- Olha... Fique à vontade e espere Yoongi chegar. - disse e fui me distanciando de Hoseok mas ele segurou meu braço e me puxou fazendo eu encarar seus olhos.

- JungKook... Eu sei que não temos tanta intimidade assim e que eu não tenho direito algum de te pedir nada mas... Não desiste do Jimin. - ele disse com a voz triste. - Eu sei que ele está com a Hyang e ela pode parecer boazinha mas ele não é feliz com ela. Apesar de tudo que aconteceu, de tudo que vocês dois sofreram, o Jimin só é feliz com você e eu tenho completa certeza que você só foi feliz no tempo que ele esteve com você. - ele disse e eu assenti.

- Eu... - eu me aproximei de Hope e sorri. - O Jimin foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida e eu acabei perdendo ele. Agora ele está tão próximo... E pode ter certeza que vou fazer de tudo para ter ele de volta, eu só vou desistir se ele me disser que não me quer mais. - disse e Hope sorriu.

- É esse JungKook que eu queria. - disse e eu sorri.

- Agora eu vou para o meu quarto porque quando Yoongi chegar vocês têm muito para conversar.

Disse e caminhei indo para o corredor e entrando no meu quarto.

- Desistir do Jimin... Até parece. - disse para mim mesmo, sorrindo e me aproximando do criado mudo da cama e abrindo a gaveta pegando meu diário. - Você me acompanhou em todos os momentos. Quem sabe eu mostre para o Jimin quantas vezes o nome dele foi citado durante todos esses dez anos. - disse abrindo o diário e começando a ler.

"Hoje faz Mil Quatrocentos e sessenta e um dias que Jimin se foi."

Pov. Yoongi.

Saí do elevador e peguei minha chave para abrir a porta.

- JungKook... Por que você não me.... - parei assim que vi Hoseok parado no meio da sala me encarando fixamente, me deixando completamente estático. - O que...? - perguntei e ele sorriu.

- Eu estava te esperando. - ele disse e eu enfim me movi me aproximando dele, suspirando fundo e sentindo o mesmo perfume de dez anos atrás.

- Como...? O que você quer? - perguntei e ele sorriu.

- Eu vim atrás de você porque a gente precisa conversar. - ele disse simplista e eu suspirei fundo me sentando no sofá e ele sentou ao meu lado, de frente para mim. - Eu sei que não chegamos em você do jeito certo e muito menos te demos a proposta de um jeito mais calmo, por isso eu vim aqui sozinho para podermos conversar. - ele disse e eu continuei encarando seu rosto. 

Ter ele tão próximo assim depois de tanto tempo fez meus sentidos ficarem totalmente desregulados e eu tenho certeza que se ele me pedir para pular desse prédio, eu aceito.

- O... O que você quer? - perguntei gaguejando e ele sorriu. Não sorria Hoseok. - Merda. - disse sem pensar vendo Hoseok franzir a sobrancelha.

- O quê? - ele perguntou ainda sorrindo.

- Por favor... Não sorria. - disse e fechei meus olhos. - Não enquanto você está me pedindo algo. - disse e ouvi ele suspirar.

- Está bem... - ele fez um segundo se silêncio e eu continuei de olhos fechados. - Pronto. Pode abrir os olhos. - ele disse e encarei o rosto dele sério, o que me fez respirar mais calmamente. - Pronto? - ele perguntou e eu assenti. - Então... Eu vim aqui para perguntar se você está disposto a ficar comigo e com Taehyung? - ele perguntou e eu encarei seu rosto. Era ele mesmo. O meu Hoseok está aqui. Bem na minha frente, ele enfim está aqui depois de tanto tempo esperando. Apenas o olhar dele me hipnotiza sem nenhum esforço.

- Hoseok... - chamei seu nome e ele tombou a cabeça de lado como sempre fazia. - Sorria para mim de novo? - pedi e ele levantou uma de suas sobrancelhas. - Deixa eu ver aquele seu sorriso que quase me matava todas as manhãs. - disse e ele ficou com as bochechas avermelhadas e abriu um sorriso tímido. Era esse, esse era o meu sorriso. - Isso... Esse é o meu sorriso. - disse e ele desviou o olhar. - Você sorri assim quando está com Taehyung? - perguntei e o sorriso de seus lábios sumiu e ele voltou a me encarar. - Responda minha pergunta e eu responderei a sua. A minha resposta, se eu aceito ou não, depende da sua. - disse e ele suspirou pesadamente.

- Não Yoongi. Taehyung não me faz sorrir do mesmo jeito que você fazia. - ele disse e meu peito se animou. - Como eu já disse para você antes. Você é a minha parte calma que eu tive que me afastar para não destruir tudo. Mas desde que te deixei eu me senti vazio, querendo ou não eu estou preso a você Yoongi. E ficar preso a você é a melhor honra de todas. - ele disse e eu sorri abertamente.

- Sim. - disse e ele me encarou.

- O quê? - perguntou e eu sorri.

- Sim... Eu aceito ser seu namorado e namorado de Taehyung. - disse e ele sorriu. - A minha responda dependia da sua porque se ele fizesse você sorrir assim como eu fazia, não teria o porquê de eu entrar nesse relacionamento. Se ele te fizesse feliz, eu desistiria de tudo e seguiria minha vida. Mas você também esperou por mim. Do mesmo jeito que eu esperei por você. - disse e Hope sorriu se aproximando.

- Eu te amo Yoongi. - ele disse e eu sorri segurando seu rosto com as duas mãos.

- Eu te amo Hoseok... - disse e selei meus lábios aos de Hope. Aquela textura de sempre. O mesmo sabor de menta, o mesmo sentimento. Era como se nunca tivéssemos nos separado. Hope aprofundou o beijo e eu deixei ele explorar cada canto da minha boca, podendo matar a saudade da quentura de sua língua na minha. Hoseok sempre foi e sempre será o meu ponto mais fraco. E ter ele de volta fez minha vida voltar a ser feliz. Mesmo que para ter ele eu tenha que aguentar Taehyung. 

Separamos do beijo e ele me encarou sorrindo.

- Agora tenho que contar para Taehyung. - ele disse e eu suspirei.

- Vai contar mas vamos bem com calma. Eu tenho que ir me acostumando a ter Tae junto com a gente. Vamos bem com calma com isso, está bem? - perguntei e ele assentiu.

- Vamos ter paciência com você até você se acostumar. - ele disse e eu franzi minha sobrancelha.

- Desde quando vocês estavam planejando isso? - perguntei e ele sorriu.

- Quem teve essa idéia foi Taehyung à 7 anos atrás. - ele disse e eu arregalei os olhos. - Ele viu que eu estava sofrendo sem você, então ele disse que se um dia eu reencontrasse você eu poderia dar essa opção, pois ele havia se arrependido do que fez e ficar comigo triste era quase como uma lembrança de todo mal que ele fez. - Hope disse e eu arregalei os olhos.

- Ele disse isso mesmo? - perguntei e Hope confirmou. - Como assim? Tem certeza que foi Taehyung que disse isso? - disse e ele sorriu.

- Yoongi... Taehyung mudou tanto. Ele não é mais aquele menino sem juízo que só sabia fazer mal aos outros. Ele se arrependeu e todos os dias eu pego ele triste lembrando de tudo de errado que fez e todo o mal que causou para nós dois e principalmente o mal que causou para Jimin e JungKook. - ele disse e eu suspirei. - Promete para mim que vai tentar se acostumar com ele? Que vai ver que ele realmente mudou? - ele perguntou estendendo o dedo mindinho para eu fazer a promessa. Eu sorri e estendi meu braço e entrelacei meu dedo no dele.

- Eu prometo. - disse e Hobi me puxou para mais um beijo, me fazendo sentar em seu colo. - Eu senti tanto sua falta. - disse entre o beijo e ele sorriu.

- Eu também. - disse ele e eu separei nossos lábios para poder abraçar ele tentando fazer toda a saudade se dissipar. 

Hoseok voltou para mim. Minha felicidade está de volta. Eu definitivamente sou o homem mais feliz do mundo. Ou quase... Ainda não tão feliz por causa de Taehyung mas eu posso me adaptar a ele. Talvez nem seja tão ruim assim ter dois namorados, não é?


Notas Finais


E aí gente? O que acharam?
Eu acho que estou enlouquecendo... Tipo eu escrevo e acho uma completo lixo, daí mando para a minha consultora e "revisadora" dos meus capítulos e ela quase morre dizendo que está bom. Ela está certa? Fica bom ou é mesmo uma merda?
Respondam por favor.

Beijos, Titia Hev ama muito vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...