História New Generation - INTERATIVA. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Tags Harry Potter, Hermione Granger, Hogwarts, Interativa, Rony Weasley
Visualizações 37
Palavras 2.339
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha quem já voltou? Isso mesmo, vocês comentaram de forma tão legal no ultimo capitulo, que aqui estou eu. Isso mesmo gente, quanto mais vocês comentarem e detalharem oque acharam nos comentários, mais rápido eu venho! Olha que incrível!

Capítulo 5 - Tree.


Narrador On~

 

Diretora Minerva se mostrava cólera, seu olhar estava gélido sobre a garota loira, que parecia não entender oque estava acontecendo. Todos as suas vitimas também estavam ali.

 

-Estou tentando entender oque aconteceu srta. Malfoy - Minerva disse com falsa calma - Mas nada me vem a mente.

-Eu... Eu não falei nada diretora, eu juro... Não era eu - Lauren respondeu nervosa. Ela parecia estar prestes a chorar.

-Parecia você - Lara disse com o tom de voz venenoso - Soava como você... Engraçado né?

-Eu juro...

-Onde você estava então - A diretora perguntou, sentando em sua cadeira.

-Eu não sei... Acho que eu dormi o dia inteiro - Lauren respondeu rapidamente, sua expressão estava pensativa, como se buscasse em sua memória oque havia feito essa manhã.

-Vamos averiguar oque aconteceu, mas por enquanto... Sonserina perde todos os pontos acumulados, e não recebera pontos até segunda ordem - Diretora disse com expressão firme.

-Averiguar? Era ela, todos viram... - Lara disse entre dentes.

-Amiga...

-Não me chama assim... Sua falsa. Por Merlim, eu quero matar você - Lara disse com raiva - Eu não me envergonho do meu avô, por que ele morreu sendo um herói, e ele sempre vai ser um herói... Diferente de certas pessoas... Não é mesmo?

-Por favor Srta.Black... - A diretora tentou.

-Por favor oque? Ela pode dizer tudo oque tem vontade e nós não? - Lara rebateu.

-Eu sinto muito - Lauren disse abaixando a cabeça - Eu não acho nenhuma daquelas coisas, e eu nunca diria aquilo, para nenhum de vocês... Eu sinto muito...

-Já acabamos aqui? - Scorpius disse, se manifestando pela primeira vez desde que entrou na sala. Ele estava se sentindo sufocado, perto de sua irmã, que revelou seu maior segredo para a garota que ele amava, Allison, que quebrou seu coração de forma fria, e Lara, sua amiga que estava irritada com ele por ter defendido Lauren.

-Sim, já acabamos - Minerva disse calma - Podem ir.

 

Scorpius foi o primeiro a sair, seguido por Lara, Lauren foi logo atrás, Allison foi a ultima a se retirar, lançando um olhar um tanto quanto indignado para a diretora que ela tanto admirava, como ela podia ter deixado aquilo passar?

 

Ólliver On~

 

-Esse lugar é incrível - Alexia murmurou olhando a sala espelhada - Eu esperei tanto para finalmente encontra-la.

-Olha - Apontei para todas as fotos que nossos pais haviam deixado ali - Isso é... wow.

-Tem ideia do que isso é? - Alexia parecia emocionada - Vamos ser a nova armada de Dumbleodore, vamos fazer parte da estoria.

-Primeiro de tudo... Temos que encontrar pessoas para participar da armada - Disse e ela sorriu abertamente. 

-Isso vai ser fácil... Já temos eu... Você, a Ally não tem escolhas, ela vai ter que participar, Maia vem também... Will... Já temos um monte de pessoas viu?

-Vamos fazer como nossos pais, abrir a Armada para todos que querem participar, se a Ally estiver certa e algo ruim for acontecer, quanto mais pessoas se prepararem... Melhor - Disse sorrindo e dei de ombros.

-Claro... Claro - Ela disse quase pulando de alegria.

-Parece que você acabou de encontrar uma mina de ouro - Disse rindo - Relaxa. 

-Eu to com tanta raiva, com tanta raiva arg - Allison entrou na sala pisando forte.

-Ainda? - Alexia perguntou rindo, mas se calou assim que viu o olhar frio de Ally.

-A diretora não fez nada... Nada, aquela garota me xingou, me humilhou na frente de todos e nada aconteceu com ela - Ally bufou - E o pior... Eu não sei se estou com mais raiva dela ou de mim...

-Por tudo oque você falou com o Malfoy... Você estava irritada... - Disse calmamente, me aproximando dela. 

-Eu sei, mas eu não sou assim... Eu não trato as pessoas assim, eu não deveria ter dito todas aquelas coisas - Ela abaixou a cabeça - Eu fiquei com tanta raiva da Lauren por me chamar... daquilo, e fiquei com tanta raiva de tudo. 

-Se sua consciência esta pesando... Vai pedir desculpas - Alexia disse e revirou os olhos - É bem simples sabia?

-Eu sei... Mas...

-Não tem mais - Disse revirando os olhos - Vai até ele e pede desculpas, se ele não aceitar... Pelo menos você vai ter feito a sua parte. 

 

Allison On~

 

Já fazia horas que eu estava procurando o Malfoy, mas ele parecia ter simplesmente desaparecido da escola, evaporado no ar. 

 

-Mas que droga Malfoy - Murmurei para mim mesma. Tudo bem Ally... Pense, onde você estaria se fosse ele.

 

Não demorou muito para a compreensão me atingir, eu sabia onde ele estava, era obvio.  Alguns minutos depois e eu já estava na torre de astronomia, e como eu desconfiava, ele estava ali, olhando para o céu escuro, quase sem estrelas. Tossi algumas vezes para sinalizar a minha presença.

 

-Oque você ta fazendo aqui? Veio terminar oque começou mais cedo? - Seu tom de voz era acido. 

-Não, muito pelo contrário. Eu vim para me desculpar - Disse baixo, ele se virou para mim com uma expressão confusa - Eu não sou daquele jeito Scorpius, e não quero que pense que eu sou, eu estava com raiva da sua irmã, acho que não pode me culpar por isso - Dei de ombros, ele continuou estático me olhando - Mas nada justifica o modo que eu te tratei, você não tinha nada haver com aquilo, muito pelo contrario, você foi tão vitima quanto eu, na verdade acho que doeu mais em você que em mim. Enfim, eu fiz cookies - Estendi a ele a bandeja de cookies que havia preparado - Eles estavam quentinhos, mas eu te procurei por tanto tempo que acabaram esfriando, eles estão bons, e não tem nenhum veneno, posso garantir - Disse e ri sem graça, mas ele continuou com a mesma expressão - Você não precisa aceitar se não quiser... Eu só queria mostrar que da minha parte... Não existe nenhum ressentimento. Vou deixar você sozinho...

-Esta se desculpando por tudo que disse ontem? - Sua voz saiu baixa, antes que eu me retirasse, voltei a me virar pra ele e concordei com a cabeça.

 

E ele começou a andar na minha direção, continuei parada, esperando que ele fosse pegar os cookies, mas na verdade ele segurou minha cintura com força, e me puxou a seu encontro, juntando nossos lábios, o meu susto foi tão grande que os cookies caíram todos no chão. Mas o barulho não o impediu, tudo oque ele fez foi se mover, até que meu corpo estivesse contra a parede gélida da torre. Sua língua pediu passagem, e algo em mim cedeu. A sensação que o contato de nossas línguas me causou, não é possível que eu consiga descrever, foi gostoso, calmo... Foi como levar um choque, todo meu corpo se arrepiou. Minhas mãos foram para sua nuca e logo depois para seus cabeços macios, baguncei seus cabelos devagar, ele também estava arrepiado, eu conseguia sentir.  Espere, oque eu estava fazendo?

 

-Não... - Sussurrei fraca, quando abruptamente me afastei.

-Shhh - Foi a única coisa que ele fez antes de juntar nossos lábios novamente.

 

Scorpius On~

 

Não fazia ideia de quanto tempo havia passado, ou de quantos beijos eu havia roubado da garota, mas nós ainda estávamos na torre. Separados, ele estava na minha frente, a mais ou menos um metro de distancia, e eu tentei me aproximar, mas ela se afastou.

 

-Por que fez isso? - A voz dela estava rouca, baixa. Seus lábios vermelhos, meio inchados, os meus provavelmente estavam da mesma maneira. Aquela formigação gostosa ainda estava se apossando deles.

-Por que eu precisava - Disse da mesma forma que ela - Por que não tentou se afastar?

-Eu tentei...

-Não de verdade, se não quisesse que eu beijasse você... teria conseguido me parar - Disse calmo, ela engoliu em seco.

-Eu... Eu não sei... Você faz isso comigo - Sua voz soou como uma confissão.

-Isso oque? - Perguntei dando um passo em sua direção, diferente do que eu imaginei, ela não se afastou, apenas levantou o sua cabeça, conectando nosso olhar.

-Trazer um eu que eu não sou - Ela disse baixo.

-Não acho que seja isso - Disse sorrindo, colando nossas testas - Acho que eu trago seu verdadeiro eu a tona, acho que você não consegue ser falsa perto de mim, se esta com raiva demonstra... Se esta exitada... Demonstra - Sussurrei a ultima parte perto de seu rosto.

-Você...

-Vai dizer que eu to errado? Você foi você mesma na biblioteca, foi você mesma hoje quando me xingou - Ela abriu a boca para rebater - Shhhh... Me deixa terminar, não disse que você é normalmente daquela maneira, mas aquela raiva... Era oque você estava sentindo, e você foi verdeira com aquilo.

-Eu... Eu... - Ela se afastou em um pulo - Eu não sei como isso foi tão longe... Uma coisa que eu disse mais cedo não muda... Eu e você, não vai rolar, nunca - Ela disse ainda meio desnorteada. Mas diferente de hoje cedo, eu não acreditava nem um pouco naquelas palavras.

-Ah é? 

-É... esses beijos, esse momento... Não vai se repetir, eu não sei oque deu em mim, mas não vai se repetir, nós mal nos conhecemos... 

-Nos conhecemos desde que tínhamos 12 anos - Disse rindo. 

-Não, você me odiava... - Ela disse e cruzou os braços - Lembra no terceiro ano...

-Ah não, aquilo... Eu, eu fui um idiota quando assinei meu nome naquela lista idiota, mas diferente do que você imagina, eu só assinei uma vez - Disse dando de ombros - E eu nunca te odiei, você que colocou isso na sua cabeça. 

-Não importa, você assinou aquilo, sendo uma vez... ou vinte, você assinou - Ela respirou fundo - Eu não sei por que estamos discutindo isso, eu só vim te pedir desculpas, nada mais era para acontecer... Eu vou embora.

 

Ela praticamente saiu correndo assim que terminou de falar, acabei rindo da pressa da garota para se afastar de mim. Aquilo não tinha acabado, eu sabia e tenho certeza que ela também tinha conhecimento disso. Pela primeira vez desde que acordei hoje, sorri verdadeiramente, na verdade era um sorriso bobo... Idiota, mas mesmo assim. 

 

Lauren On~

 

Impotente, era como eu me sentia, eu tinha certeza que não disse nada daquelas coisas. Mas ninguém acreditava em mim, nem mesmo meu irmão, que sumiu depois da conversa com a diretora Minerva, e por mais que eu saiba onde ele esta, não quero ir até ele, ele deve estar me odiando agora. Lara nem olhava para mim, mesmo estando a alguns metros de mim, ela nem se quer lançava uma olhada para o meu lado, estava concentrada em seu livro.

 

-Eu não disse nada daquilo - Murmurei de cabeça baixa, ouvi ela bufar - É sério, você sabe o quanto eu tenho orgulho de você, o quanto eu sou orgulhosa de ser sua amiga, você sabe que eu admiro seu avô.

-Sério Lauren? Como você quer se pagar de vitima... Não foi alguém que disse que você disse... Eu vi, eu estava lá quando as palavras saíram da sua boca... Quer mesmo que eu acredite em você?

-Sim, você sabe que no nosso mundo existem varias formas de provar isso - Disse calma - Por favor... Acredita em mim.

-Não posso... Sai daqui Lauren, antes que eu faça algo que me arrependa amanhã - Ela disse de forma dura, olhando para seu livro. Apenas concordei com a cabeça antes de me retirar do salão comunal.

 

[...]

 

Já não tinha ideia de quanto tempo estava andando pela floresta negra, mas tenho certeza que já estava bem longe de Hogwarts, e como Lara havia falado, realmente não havia nenhum animal magico ali, nem um mero unicórnio. 

 

-Tá meio tarde para passeios por aqui - Dei um pulo de susto ao ouvir a voz tao perto de mim. 

-Por Merlim Jacob, que susto - Me virei para ele com a mão no coração. 

-Desculpa, não sabia como me aproximar - Ele disse e deu de ombros - Eu estava te procurando...

-Por que? Não esta com todo o resto do colégio que simplesmente me odeia agora? - Perguntei com ironia. Ele negou com a cabeça de forma brincalhona - Bem... Isso é novo.

-Eu vim dizer que acredito em você - Ele disse de forma calma. Me virei para ele meio assustada. Oque ele acabou de dizer? - Isso mesmo, eu acredito em você, e tenho motivos para isso.

-Pode me conta-los?

-Ouvi o professor Fungi e a diretora Minerva conversando ontem a noite, eles diziam que ingredientes para a poção polissuco tinham sido roubados - Jacob disse devagar - Bom, quem quer que seja que esta roubando os ingredientes... parece ter se passado por você hoje. 

-Mas por que fariam isso logo comigo? Todos já me odeiam - Disse juntando as sobrancelhas.

-É... Mas você ainda tinha seus amigos... A 'você' de hoje cedo afastou as duas pessoas mais próximas que você tinha, e ofendeu a Ally por que ela é popular, você sabe como algumas garotas nessa escola tem ela como uma deusa - Ele disse com obviedade - Quem quer que seja, sabia que você estaria sem amigos, e grande parte da escola te odiaria mais ainda por ofender a 'queridinha'.

-Queria que eu ficasse isolada - Disse chegando a minha conclusão.

-Exato... Alguém dentro dessa escola quer você completamente sozinha. 

-Por que? 

-Essa é a parte que eu não sei, mas se quiser... Podemos descobrir juntos, quem quer que seja, se deu mal. Você não ta sozinha, eu to do seu lado Lauren.

 

William On~

 

Eu me sentia confuso, eu conhecia Hogwarts como a palma da minha mão, mas ela parecia tão confusa agora, com tantos corredores e portas que pareciam desconhecidas por mim. Parecia que eu estava em um sonho dentro de outro sonho. Era meio sufocante.

 

-Cruciatus - Foi tudo oque ouvi, antes de sentir uma dor alucinante.


Notas Finais


muitas emoções... sera que devo começar a pegar mais leve com vocês?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...