História New Killer - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ansatsu Kyoshitsu (Assassination Classroom)
Personagens Personagens Originais
Tags Treta
Exibições 31
Palavras 1.067
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei... Anime utilizado na imagem do cap: Vampire Knight. Sim eu shippo o Zero e a Yuuki,mas eu ainda amo o Kaname

Capítulo 10 - Mãe,Pai?


Fanfic / Fanfiction New Killer - Capítulo 10 - Mãe,Pai?


                                  As 09:00,um avião pousa em no aeroporto de Narita,além de seus passageiros,dele sai uma casal bastante peculiar. Um homem com aparencia de 18 anos com cabelos pratas e olhos violeta, e do seu lado uma mulher com aparecia de 18,de cabelos curtos castanhos escuros e olhos castanhos escuros. Eles são Minami e Ryuki Tsubasa, esse peculiar casal,chama a atenção de todos uma beleza rara,tanto aquele homem quanto aquela mulher, o casal pega suas malas e entra em um táxi e dá o enderenço da casa deles. Ao chegarem jogam as malas na sala e pegam os documentos e saem rapidamente na Mercedes preta que estava na garagem, não leva 15 minutos e o casal está no hospital,onde Umi estava . Ryuki e Minami vão até a recepção.

Minami: Olá,queria saber em que quarto está Umi Tsubasa.-Mana,pergunta gentilmente,fazendo a enfermeira corar.

Enfermeira:B-Bem,o que vocês são dela?.- A enfermeira desvia o olhar,Mina pega seus documentos e da Umi e entrega a enfermeira,que confirma com a cabeça.-Me sigam por favor.- A enfermeira,devolve os documentos da Mina e da Umi e se levanta,o casal segue a enfermeira,até pararem em uma porta com o nome do lado´´Umi Tsubasa´´.- Aqui.- A enfermeira sai e o casal entra e fica espantados. A filha dos dois estava,toda enfaixada,com varios hematomas e tomando soro.Eles se sentam no sofá que tinha perto da parede,quando são surpreendidos por Karasuma, Karma e Irina.

Karasuma: Akabane-kun,vá para casa.- Karasuma diz,nervoso ao ver Ryuki e Mina ali.

Irina: O-Oi.- Disse nervosa. Ryuki se levanta e pega na cola da camisa do Karasuma e joga ele na parede.

Karasuma: Era,para você proteje-la.- Ele grita,Mina se levanta e coloca a mão no ombro do marido.

Mina: Querido,temos uma criança.- Mina sorri e vai até o Karma,mas antes dela falar qualquer coisa Umi,acorda.

Umi:Humm.- Umi,olha pra frente e fica surpresa ao ver  seus pais.,que esfrega os olhos pra ver se não era alucinação.Mina corre e abraça a filha.Ryuki,solta o Karasuma,depois de solta-lo vai até a filha.

Mina: Umi.- Disse com uma voz chorosa.- Eu tive tanto medo,quando disseram que você estava,indo para o hospital.-Abraçava a filha mais forte. Ryuki abraçou as duas. Umi então percebeu que aqueles eram realmente seus pais. E desparrou a chorar.

Umi: Mama,eu-eu estava com tanto m-medo.E-Eles rasgaram,minha R-Roupa.- Ela chorou,depois de 3 minutos chorando e falando o que havia acontecido Ryuki,levante com um rosto assustador,Mina então tampa os olhos da Umi, Ryuki percebe e volta ao normal.

Ryuki: Nós iremos,falar com o seu médico depois com o seu diretor.- Ele dá um beijo na testa da Umi e a sai do quarto e da uma olhada de cima a baixo ao Karma que fica paralisado. Mina,sai depois do marido e sorri para o Karma que relaxa e entra no quarto e enta do lado da Umi.

Karma :Umi seus,amigos são assustadores.- Ele sorri

Umi: Eles,não são meus amigos... São meus pais.- Umi,sorri e Karma fica espantando.-Nem parece né. Mama e papa tem 26,eles parecem mais adolescentes chega a ser assustador para alguns.- Umi sorri novamente.

Karma: Mas,que bom que você está melhor. Assim você vai poder ir para a viagem certo?.- Karma muda de assunto.

Umi: Hmm, sim. - Do outro lado Mina e Ryuki,conversavam com o Karasuma e a Irina.

Mina: Prazer em conhece-los.- Mina sorri.

Irina: Você,não se lembra de mim?.- Irina perguntou confusa. Mina fez uma cara de desentendida.- Você tentou me matar,não lem...-Antes de terminar,Mina tampa a boca da Irina e coloca um dedo sobre a sua propria boca.

Mina: Paredes tem olhos e ouvidos,querida.- Mina,olha pra Irina como se pudesse ver a alma dela. Fazendo Irina gelar.

Ryuki: Mina,se acalme.- Ryuki disse olhando para Karasuma.- Então o que você tem a dizer?.- Disse o fitando.

Karasuma: Não,esperava que ela fosse filha de vocês.- Ele tentou mudar o assunto.

Mina e Ryuki: Ela não é.- Dizem serios. Fazendo Karasuma e Irina ficarem surpresos. Karasuma ia falar mas o médico,chegou e foi falar com os pais da Umi. Depois de uns 15 minutos na sala do médico Mana e Ryuki abrem a porta e saem. E passam por Karasuma com uma aura aterrorizadora. Deixam não apenas Karasuma e Irina preocupados como algumas enfermeiras que não se atrevia a nem perguntar o que estava havendo,ao sairem do hospital pegam o carro estacionado e vão em direção a escola,da Umi. Ao chegarem lá são recebidos pelo diretor.

Diretor: é um prazer ter vocês aqui no meu colégio.- Ele da uma olhada seria para Ryuki e Mana.

Ryuki: Corte a bajulação.- Ryuki se pos a frente.

Mana: Ryu se acalme. - Mana pegou a mão do marido com força.

Diretor: Bem,venham a minha sala. Para conversamos.- Ele se vira e começa a andar e é seguido por Ryuki e Mana atras deles.Quando chegam na sala do diretor, Ryuki fica em pé e Mana senta.- Os alunos que machucaram a senhorita Tsubasa,ja foram devidamentes punidos.- Ele olha maliciosamente.

Ryuki: Punição? E o que você vez? Ao menos os expulsou?.- Ryuki,dizia com raiva,não conseguia se conter.

Diretor: Não.Os pais dos alunos são importantes colaboradores e pediram para que isso não os atingisse e assim eu fiz .- O Diretor se levantou e olhou pela janela.

Mana: Entendo... Isso quer dizer que nos não somos importantes,colaborados?.- Mana o desafia.O diretor olha surpreso e sem resposta. Mana so ri.- Bom se é assim Umi,não precisa estudar em uma escola baixa como essa.- Ela s levanta e vira.- Iremos ter uma pequena palavra com o professor dela.- O diretor fica sem resposta.

Ryuki: Diretor,você não devia fusar no passado dos pais de seus alunos.- Ryuki,sorriu como uma criança levada e saiu da sala ao lado da Mana. - Mana, amo você.- Ele abraçou Mano, que só sorriu.

Mana: Eu também.- Quando perguntaram onde ficava a classe 3-E e a recepcionista respondeu,eles ficaram quase brancos.

Ryuki: Que tal uma corrida?.- Mana sorriu,em concordancia.- Quem perder vai ter que fazer a comida?. Mana se virou e olhou o colina.

Mana: Ok. No 3. 1...2... Já.- Ela correu na frente só que logo foi alcançada por Ryuki, que a ultrapassou,so que deu de cara em uma arvore e caiu.- Eu quero lasanha...- Gritou ao longe Ryuki sorriu e se levantou e voltou a correr.

Ryuki: Ainda não.- Voltou a correr, so que mesmo assim não conseguia ganhar... Quando chegaram no topo da montanha se surpreenderam ao verem aquela cena. Um alienigena amarelo ensinando as pessoas daquela sala. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...