História New Life - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bebidas, Brigas, Cigarros, Drogas, Estrupo, Festa, Flavia Charallo, Morte, Primos, Romance, Sahar Luna, Traição, Triângulo Amoroso
Visualizações 15
Palavras 1.584
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpem a demora..
Esta um pouco grande, mas espero que gostem.
(Esse é nosso Felip)

Capítulo 15 - Uma chance.


Fanfic / Fanfiction New Life - Capítulo 15 - Uma chance.

Por estar sempre sozinha, Ivy vivia no trabalho e quando saia ela as vezes ia para a praia olhar as estrelas.. Certo dia ela estava no trabalho, quando recebeu uma ligação;

- Alô.

- Ivy ? Sou eu, o Jake.

- A-ah, oi Jake.

- Eu sei que  não é do seu interesse, mas eu fui liberado hoje, queria te avisar porque você foi a única pessoa que se preocupou comigo..

- Ah que bom, e você vai ir para sua casa?

- Bom, eu espero que sim... obrigado Ivy, por tudo mesmo, e me perdoe.. Nunca vou esquecer o que fez por mim e pro que você precisar, estarei aqui.


- o-ok, Obrigada Jake. Tchau.

E assim ela desliga o telefone, ela finge ter esquecido aquilo. Depois de algumas horas Ivy começa a lembrar de tudo que Jake fez por ela então ela pensa em ir visitar ele, para ver como ele está, ou se precisa de alguma ajuda.. Ela sai do trabalho e vai até lá de metrô;

*Toc Toc*

-Ivy? -Diz Jake entusiasmo e surpreso.

- O-oi Ja-Jake.. -Diz Ivy muito nervosa e envergonhada.

- Você quer entrar? -Pergunta Jake abrindo mais a porta.

- Ah, Não, não precisa, eu só queria saber como você estava... Ér, Jake, você precisa de ajuda financeira? 


- Não, imagina você já fez muito por mim, e além disso, vou me mudar para a casa de meus pais, eles deixaram no meu nome antes de morrer e eu acho melhor ir para lá, acho que é mais seguro, ai venderei essa casa..

- Ah sim, legal, bom eu já vou indo, o que você precisar pode ligar..

- Obrigado Ivy, quando estiver afim podemos ir tomar um café, kkk.. Tchau.

- Tchau Jake. -Disse Ivy já saindo.

P.O.V Ivy on;


Eu sei que parece loucura, mas Jake sempre foi muito bom para mim e eu me sinto culpada por deixar ele nestas condições sozinho.. Ele esta sem dinheiro nenhum, e ainda é odiado por muitos, ele vai precisar de muito tempo para reconstruir a vida, e deixar sua saúde boa de novo. E além disso, eu estou sozinha, quase nunca vejo meus tios, eles viajam muito, assim como meus pais.. Felip agora vive na casa da namorada e Jenny em shows ou viajando com a namorada também.. Eu fico sozinha naquela casa, é triste e solitário.. Mas estou levando, vou juntar dinheiro para comprar um carro e assim poder ir ver as estrelas sempre.

*Já em casa*

Eu cheguei em casa e dei de cara com Felip dormindo no sofá, levei um susto, já que ele quase não fica em casa, e quando vem fica trancado no quarto com a namorada, eu sigo até a cozinha e tento não fazer barulho, deixo a luz apagada para não acordar ele, pego uma vasilha com sucrilhos e leite, quando me viro dou de cara em algo e deixo tudo cair, eu acendo a luz e vejo que é Felip, ele fica me olhando com cara de bravo e está de braços cruzados, (acho que porque eu derramei sucrilhos com leite nele), eu abaixo para pegar o pote e peço desculpas, mas ele responde;

- Você não presta atenção nas coisas?

Eu levanto encaro ele e respondo;

- Foi você que ficou parado no escuro como uma parede, não podia ter pelo menos acendido a luz?

- Ah a culpa é minha?

- Sim! -Respondo com cara de brava.

Ele ri de canto e sai andando, eu termino de limpar tudo e faço uma refeição rápida, depois apago tudo e me dirijo até meu quarto, nas escadas vejo que Felip está saindo de toalha do banheiro, FICO DESESPERADA (e meio constrangida), eu finjo que nada aconteceu e vou para o meu quarto evitando olhar para ele.. Fazia tempo que não via ele sem camisa, ele está beeem mais corpudo.  GZUIS, porque estou pensando nisso? SE COMPORTA IVY..

*Mais tarde*
Após tomar um banho, eu me deito para vee um filme mas de repente escuto um barulho muito alto vindo da sala, eu abro a porta e não vejo nada, eu acendo as luzes, mas ainda sim não vejo nada, desço as escadas beeeem devagar e vejo que á alguém na sala, eu corro para cima de novo e bato na porta de Felip desesperada;

- Quem é? - resmunga Felip.

- Abre aquiiiiiii. Eu digo tentando cochichar

- o que você quer?

- anda logo Felip, pelo amor de Deus.

- Fala. -Diz ele já na porta..

- tem alguém aqui em casa.

- Que? Como assim?

- FELIP, tem alguém na sala..-Digo e ele fica me encarando, então eu digo; -Meninooo vai lá verrrrrr..


- Aaar, Ok.. Ele resmunga e pega um taco de beisebol, depois desce a escada lentamente, eu vou acompanhando de longe, ele desce e acende a luz olha para mim e diz;
- Fica ai! - e depois sai da minha visão.. Eu até tento ficar longe, mas fico preocupada então desço, vou até a sala e vejo que ele está sentado no sofá e o bastão está no chão, eu me aproximo e vejo que é a namorada dele que está ali, eu reviro os olhos e pergunto;

- Era ela? O que ela faz aqui a essa hora?

- Ela está bêbada, disse que estava em um Lual, e Jenny estava lá, ai Jenny viu que Kate estava mal e deixou ela aqui

- Ah, entendi. Bom, já que não é nada, vou dormir.

- espera, Ivy posso te pedir um favor?

- Qual? - Digo meio preocupada.

- Cuida dela rápidinho, eu vou preparar algo para ela comer e depois preparar a banheira.

- Af, ok. Vai lá. - Digo com muito tédio.

Ele sai e eu me sento do lado dela, ela está adormecida e o cheiro de álcool está por toda a sala, eu levanto para pegar o controle e ela agarra minha mão, eu levo um susto e sento de novo.. Depois ela diz;

-Eu, precisus dea sua ajudel. - Ela fala tudo enrolado, quase não entendo, está muito bêbada.

- O que quer?

- Eo, náo posso, náo posso deixar Felio saber da verdadw, precisso de você.

- Que verdade? - Pergunto meio preocupada.
Ela então pega a bolsa e tenta procurar o celular, mas não consegue nem ficar de olho aberto, então eu levanto e pego, não tem senha então eu desbloqueio, ela diz em seguida;

- Liga pra elal, paras Jenns.

- Ligar para Jenny?

- Iso..

Então eu ligo, Jenny atende e também está meio alterada, então eu explico o que aconteceu e ela diz;

- Ah, já até sei, ela quer que eu te conte o que ela fez.

- O que ela fez?

- Ela ficou com o Alex, um amigo do Felip que estava na festa. Mas Ivy, acho que nós não deveríamos nos envolver nesta história, ela precisa contar para ele, ele vai ficar com raiva de Nós duas, se contarmos. Porfavor, não conte.

- Mas Jenny, ele precisa saber e.. - Antes que eu terminasse de falar ela desligou o celular. E agora o que eu faço?
Guardo o celular na bolsa dela e quando me levanto Felip chega, ele agradece e pega ela no colo e a leva para o banheiro..
Eu vou para o meu quarto e me jogo na cama, e agora? O que vou fazer? Eu tenho que dizer a verdade para Felip, mas e se ele não acreditar? Ele pode achar que estou inventando para afastar ele dela.. Eu preciso correr esse risco, preciso contar. Vou esperar ele aparecer e contar..
Fico sentada no chão do corredor e então ele sai do quarto dele, eu então pergunto;

-Como ela está? - Pergunto já me preparando para contar.

- Ela está bem, vou pegar comida para ela.. - Ele diz sorrindo, fico surpresa, fazia muito tempo que não via ele sorrir desta forma, ela faz bem para ele, mas ao mesmo tempo não faz.. o que faço?
Eu o sigo até a cozinha, e ele pega a comida dela, depois se vira e diz;

- Ivy, obrigado por ter ajudado hoje, eu queria poder desabafar com você como fazíamos antigamente.

- Mas Fe-Felip, você pode desabafar comigo, eu sempre vou te ouvir. - Digo com culpa.

- É que.. Eu acho que gosto mesmo da Kate, e acho que finalmente achei uma pessoa que posso sossegar, sabe?

- Ah, S-Sei sim.. Q-que bom que pensa assim. - Meu Deus estou surtando, como vou contar algo assim para ele agora? Ele vai me odiar..

- É é muito bom e.. - Ele tenta dizer mais alguma coisa mais eu abraço ele.
Ele fica sem reação e me afasta;

- O que houve? - Ele pergunta com cara de desconfiado.

- Ér... Não, não é nada. - Tento disfarçar.

- Ivy, você está estranha.

- Felip, Jenny me disse que... a Kate... ela, ela.. - Tento dizer mais as palavras não saem..

- ELA? -Ele pergunta com dúvida no olhar.

- Ela, ela te t-traiu, com o Ale-Alex.. - Digo com muita dificuldade.

Ele fica parado, sem expressão, põe a mão no rosto e se vira de costas, eu toco o ombro dele e ele soca a parede, eu me afasto e digo;

- me desculpe por contar, mas eu não queria ver as pessoas te enganando.

- Você fez o certo. Vou para o meu quarto. - Diz ele saindo.

Será que fiz a coisa certa?


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim, comentemmmm..
( Depois dêem uma olhadinha nas minhas outras histórias, é quase a mesma pegada).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...