História New life (or no) - Yoonseok - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Namjin, Romance, Yaoi, Yoonseok
Exibições 73
Palavras 1.104
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Visual Novel, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oioi

Sentiram minha falta? Pois é! I'm comeback!!

Espero q gostem e boa leitura sz

Capítulo 5 - Mãe, seje menas


Fanfic / Fanfiction New life (or no) - Yoonseok - Capítulo 5 - Mãe, seje menas

A companhia toca pela terceira vez e a mulher que aparantava ter meia idade vai para atendê-la.


 -Tô indo! -fala correndo até a porta.


 -Poxa mãe! Tô aqui há anos! -disse Yoongi bravo assim que sua mãe aparece na entrada da casa.


 -Desculpa, entra aí! Por que você veio tão tarde?


 -Ahhh... tive probleminhas agora de manhã com meu... 


-Meu Deus! 


-O que foi? Que cara é essa, mãe? 


-Ai meu bebê! Você tá saindo com quem? Me diga o nome do meu novo genro!


 -Tô saindo com ninguém não, sua louca!


 -Então me explica esses chupões enormes no seu pescoço! Espero que tenha uma boa explicação!


 -Chupões? Ahh! Isso foi... o meu gato!


 -Você tem alergia, Yoongi! Diz logo quem é o boy! 


-Droga! 


-Ou fala ou eu vou bancar uma de Sherlock Homes! 


-Não é bem namorado! Na verdade foi um deslize. 


-Como assim? Me explica isso direito enquanto você come o maravilhoso bolo que eu fiz! Vem! -puxou o pobre menino pela mão até a mesa e o ofereceu um pedaço do bolo.


 -Então... lembra daquele carinha do ensino médio que me rejeitou?


 -Claro que lembro daquele filho da p...


 -Sem comentários, mãe! Ele andou assistindo muito the walking dead e resolveu ressurgir dos mortos na minha vida que por sinal ia maravilhosa! 


-Aí você pega e transa com ele?


 -Não foi bem um transa...


 -Vai dizer que ele te estuprou?


 -Não né mãe! 


-Então foi transa e pronto! Para de cú doce! 


-Tsc. Então... foi só isso que aconteceu.


 -Eu estava esperançosa.


 -Que pena! Ficará só na esperança mesmo pois acho difícil eu começar um relacionamento agora.


 -Foi sua primeira vez, né?


 -Hum. 


-Ele te tratou bem? 


-Sim... bem demais! 


-Você quer repetir?


 -Quero... quer dizer... MÃE!! Você está me deixando doido! Vou para minha casa agora, tá? 


-Tão cedo?


 -Sim! Volto quando você tirar esses pensamentos impuros da sua mente! Tchau!- Disse raivoso caminhando até a saída da casa. 


-Tchau meu príncipe! -A mulher se despede entre gargalhadas. 


// 


Yoongi finalmente chega em casa. Não via a hora de se deitar em sua cama devido a dor em seus quadris que era insuportável. Deitou e pegou o celular de cima do criado mudo, onde havia deixado nessa manhã. Tinha algumas mensagens de um número desconhecido e abriu-las para descobrir tanto quem era como do que se tratava.

 -"Vc saiu depressa hj de manhã"

 "Nem meu café preparou!"

 "Yoongi malvado!" 


-"Como tu conseguiu meu número? " 


-"peguei do teu celular, animal " 


-"Mds" 

"Partiu trocar o número" 


-"Como sempre um amor!"

 "Mas enfim... quando posso te ver de novo?"


 -"Seria bom nunca!" 


-"É sério, Yoongi!" 

"Quero saber se vc está bem" 

"Te machuquei?"


 -"Não, Hoseok"

 "Tô bem!" 


-"Ótimo " 

"Posso ir na sua casa hoje a noite?"


 -"Não!" 

"Vou tá muito ocupado fazendo um trabalho"


 -"Eu juro não perturbar! " 

"Vou ficar bem quietinho" 


-"Não é não "


 -"Deixe, por favor!" 

"Eu posso te ajudar"


 -"Você já me ajuda estando longe de mim"


 -"Yoongi! Estou falando sério! "

"Só vou para ajudá-lo" 

"Deixaaa! Por favorzinho?!! <3" 


-"OK! "

 "Mas se você me atrapalhar eu juro que te bato até te confundirem com aqueles lutadores de MMA" 


-"Ebaa!" 

"Prometo te ajudar no que for!" 

"Às 19:30 estarei aí, ok?" 


-"Certo "

 "Agora tchau!"


 -"Tchauu <3" 


Não podia evitar o sorriso bobo nos lábios. Bloqueou o celular e adormeceu. Não negava que estava tão cansado e dolorido da noite anterior e tinha que confessar que, mesmo não querendo, sentia uma ansiedade por saber que Hoseok estaria essa noite em sua casa e que o fato de tirar uma soneca iria acelerar as horas. Mais uma vez sonhou com o dançarino sorridente, os mesmo sonhos fantasiosos do ensino médio, só que agora bem mais quentes.


 // 


Yoongi estava em sua cama. Haviam livros espalhados por todos os lugares próximos a ele. No notebook sobre as pernas do mesmo estava boa parte do trabalho que parecia inacabável. A campainha é tocada uma vez e desperta Suga para sua realidade. Outra vez a tocam fazendo-o apressar seus passos para atendê-la.


 -Boa noite! -Disse um sorridente Hoseok na entrada do pequeno apartamento de Yoongi. 


-Ah... Você veio... 


-Gostei da animação. 


-Não tenho tempo para animações! Tenho trabalho para você! 


-Sim! Vim aqui justamente para te ajudar!- fala entrando.


 -Eu estou morrendo de fome! Prepare qualquer coisa para mim ali na cozinha, -aponta para a cozinha.- depois leve para meu quarto. -Termina e marcha rumo ao seu quarto. Hoseok vai à cozinha e passa a preparar um sanduíche com suco para o rapaz folgado. Faz isso com todo amor apesar do desprezo de primeira vista vindo do menor. Lembrou-se da noite passada com um sorriso de orelha a orelha e caminhou até o quarto de Yoongi com todo o lanche preparado.


 -Terminei. 


-Ótimo! Muito obrigado, Hoseok. -Yoongi começou a se alimentar e Hope senta em uma poltrona que havia próxima da cama de Suga.


 -Escritor, né? Por quê? -Hoseok pergunta quebrando um breve silêncio repentino.


 -Ah... Porque sim! É o que mais gosto de fazer. 


-Você já escreveu algum livro?


 -Alguns. 


-Posso lê-los? 


-Nunca! -Por que?


 -Porque não, Hoseok!


 -Eu danço para você!


 -Não quero te ver dançando. 


-Yoongi! 


-Hoseok!- Um silêncio repentino mais uma vez toma conta do lugar. Yoongi volta sua atenção ao computador após o término da breve refeição.


 -Você precisa de mais alguma coisa?


 -Provavelmente não. Estou quase acabando. 


-Hum... Acho que vou indo.


 -Por que? -Yoongi pergunta por impulso, chamando a atenção de Hoseok. 


-Porque você não vai mais precisar de mim. 


-Ah... Okay. -volta a olhar o computador. -Desculpa. -fala de repente. 


-Pelo quê?- Hoseok já estava na porta do quarto. 


-Pelos livros! Eu tenho vergonha de mostrá-los! 


-Como se eu fosse rir.


 -Desculpa mesmo! -Olha novamente para Hoseok e sorrir. Hoseok retribui o sorriso e caminha até ele. Chegando perto de seu rosto, sela os lábios de Yoongi e beija seu lugar predileto, o pescoço do menor.


 -Sem problemas! Amanhã é domingo, quer sair comigo?


 -Não dá! Tenho que ir para minha mãe.


-Hum... Okay! Boa noite e cuide desses chupões em seu pescoço. -fala e corre antes de ser atingido por uma almofada jogada por Suga.

-Idiota. -sussurra e escuta a porta de entrada da casa ser fechada.


//


-V?- Falava Hoseok pelo seu celular.

-Oi...

-Vai tá ocupado amanhã?

-Não, por quê?

-Vamos ao clube? Faz tempo que a gente não passa por lá.

-Ok! Posso chamar uma amiga minha?

-Pode. Eu a conheço?

-Mi-cha!

-Hum... Vocês tem andado juntos demais.

-Ciumes? Você anda demais com Yoongi e eu nunca reclamo.

-Cala a boca... Te vejo amanhã.

-Certo. Tchau...

-Tchau! 


Notas Finais


Nada :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...