História New Love. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Red Velvet
Personagens Irene, Joy, Personagens Originais, Seulgi, Wendy, Yeri
Tags Joyri, Seuldy, Seulrene, Wenrene
Exibições 127
Palavras 748
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi tdo bem?/?
boa leitura ae!!!

Capítulo 5 - First kiss.


Quando eu percebi que a Kang estava me correspondendo, abri um sorriso que fazia anos que não aparecia normalmente em meu rosto. Senti minhas bochechas queimarem e então, resolvi ligar para a Seulgi.

*call*

– Seul?

– Oi, Joohy. Por quê me ligou agora? – Ela disse, com voz de sono.

– Eu senti falta. Faz uns quatro dias que nós não nos vemos. O que você acha de nós sairmos?

– Claro que sim. Só que eu preciso me arrumar, já que faz pouquíssimo tempo que eu acordei. – Ela disse, rindo.

A risada dela salvava minha vida

– Ah, claro. Eu irei me arrumar também.

*call of*

Eu vesti algo simples, nada muito extravagante. Calma, não. Eu queria surpreender a Seul. Coloquei uma blusa preta e longa, com um short jeans azul claro. A blusa cobria um pouco do meu short, mas eu não me importava. Coloquei meias brancas e um tênis simples. Arrumei minha pequena bolsa, com minha carteira e celular, que por mais que eu nunca precisasse, eles sempre estavam ali.

Depois de um tempo, a Seul chegou. E ela estava linda. Ela estava com um cropped branco, uma saia azul marinho e sapatos delicados. Fui até ela, dando um abraço na mesma.

– Eu senti saudades. – Seulgi falou, passando seu braço sobre meu pescoço, e eu sobre a sua cintura. Ela abaixou a cabeça e deu um beijo em minha testa, e eu apenas sorri. Nós andamos até o meu carro.

– ChanYeol e BaekHyun podem ir com a gente? – Eu perguntei, sem tirar a atenção do volante.

– Ah, claro! – Ela disse animada, afinal, fazia tempos que nós não víamos o Byun, estávamos com saudades.

Fomos até a casa do Baek, que não era muito grande, porém era muito aconchegante. Nós sabíamos que ChanYeol estaria lá, então não nos importamos muito. Vimos que o Byun estava com a blusa de seu namorado, e então sorrimos. Entramos e BaekHyun quebrou todos os ossos do meu corpo, pulando sobre mim e dando vários beijos em minha bochecha.

Baek era muito carinhoso, era o mantinha forte a nossa amizade. Ele sorriu e me abraçou. ChanYeol me fuzilava com os olhos, tinha muitos ciúmes de seu pequeno. Veio até mim e me abraçou também. Ele era muito alto, então me ergueu e me girou. Eu quase morri e a culpa é de Park ChanYeol.

Eu agradecia todo dia por ter amizades como eles, eles eram incríveis.

– E aí, JooHy? Já estão namorando? – Baek perguntou, olhando para eu e para Seulgi, que estava corada.

Quando me dei conta, minhas mãos estavam entrelaçadas com as da Seulgi.

– Ah, não. Poderíamos, mas a Joohyun não colabora. – Seulgi comentou, e eu dei um forte tapa em seu braço, ela reclamou.

– Poxa, eu shippo tanto. – Yeol disse, decepcionado. É como se o seu ídolo não estivesse namorando com a pessoa que você mais shippa com ele.

– Então.... Vamos? – Eu disse corada.

– Vamos.

Assim que chegamos no centro, BaekHyun entrou na primeira loja de itens kawaii que apareceu na sua frente. Baek gostava muito de itens rosa bebê ou azul clarinho, seja roupas ou acessórios. Sim, BaekHyun era aqueles garotos que adoravam tirar fotos com acessórios femininos, ou qualquer coisa do tipo. E ele ficava lindo nelas.

E foi exatamente isso que fez o ChanYeol se apaixonar por ele. BaekHyun era único.

{seulrene}

Depois de muita zoeira, risadas e piadinhas idiotas, nós deixamos o casalzinho em casa. SeulGi iria pousar na minha casa, então, fomos até a sua casa e pegamos algumas roupas.

– JooHy, acho que isso dá né? – Ela disse, olhando para a mala que tinha muita coisa.

– Claro que sim! – Eu disse, ajudando ela a fechar.

Entramos no carro e eu logo dei partida, até sentir os dedos de SeulGi sobre a minha perna. Ela acariciava delicadamente, e eu corei.

Eu gosto de tocar nas suas pernas. – Ela sorriu.

Logo depois, nós entramos e subimos direto para o meu quarto, nós iríamos arrumar suas coisas e logo dormir.

Porém, Seul falou uma coisa e eu me surpreendi e quase berrei ali mesmo.

– JooHy, você gosta de garotas? – Ela perguntou, e eu consegui sentir seu coração acelerado.

– Seul, por quê está me perguntando isso? – Eu franzi o cenho.

– É porquê eu gostaria de fazer uma coisa.

– Eu gosto sim, Seul.

Ela me puxou contra ela, e eu pude sentir sua respiração contra o meu rosto. Logo ela me deu um beijo. Um beijo calmo, e eu pude sentir perfeitamente os seus lábios macios.

E foi assim que aconteceu nosso primeiro beijo.


Notas Finais


Ok, eu demorei para postar porquê me deu um puta bloqueio de criatividade :(
Espero que tenham gostado do capítulo. o/ @blackbzrn


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...