História New Problems (Hiatus) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Bullying, Jelena
Exibições 30
Palavras 1.411
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioi gente, me desculpem pela demora e pelo capítulo chato, mas foi necessário para a história, a partir desse capítulo que as coisas vão começar a melhorar.
Boa leitura❤

Capítulo 5 - Você é linda.


Fanfic / Fanfiction New Problems (Hiatus) - Capítulo 5 - Você é linda.

POV. Justin Bieber
Canadá 10:31 AM

Acordei com uma dor de cabeça insuportável e o arrependimento por ter bebido tanto veio, não conseguir nem abrir os olhos direito pela forte claridade que vinha da janela, mas me forcei a levantar da cama indo procurar Selena, já que ela não estava na cama. Desci da escada e fui em direção a sala. No caminho até lá eu me sentir um idiota por ter bebido tanto e vindo parar aqui, ta bom que eu agora sou "amigo" da Selena, mas ta na cara de que isso não vai dar certo. Tenho que arrumar um jeito para afastar ela de mim, a última coisa que eu quero é que ela tenha mais um problema na vida dela. Ela é tão bondosa com todo mundo, mas no meu mundo não existe isso de amenizar as coisas com bondade, só com dinheiro e a ganância, infelizmente.

- Você é o namorado da Selena? -não conseguir esconder o susto em meu rosto ao ver um cara além de mim na casa da Sel, quem era ele?

- N-Não, não sou, somos amigos, e você quem é? -se ele me perguntou se eu era namorado da Selena, provavelmente ele não era também, e isso é maravilhoso, quer dizer, eu não gostaria de apanhar de um namorado ciumento agora.

- Sou o melhor amigo dela,  pode me dizer o que está fazendo só de cueca na minha sala? Não vai me dizer que vocês...

- Não! A gente não transou, somos amigos já te disse e sobre eu estar de cueca, peço perdão eu já vou me trocar, a propósito meu nome é Justin, Justin Bieber. -eu transar com a Selena, nossa, como alguém pode pensar uma coisa assim? Selena não faz meu tipo para essas coisas.

- Nunca fiquei tão aliviado em ouvir isso, que bom que ela continua virgem, quer dizer eu nunca apoiaria um relacionamento dela com uma pessoa que ela nunca me falou sobre. -espera. Eu entendi direito? Agora tudo fez sentido, aquela história que Selena me contou sobre o ex, foi pela virgindade dela que eles terminaram? Por isso ela parece ser tão inocente, chega a ser um pouco adorável, um pouco, porque é claro que garotas experientes são melhores.

-Meu nome é Charlie Puth, espero que você não magoe a Sel, porque é o que a maioria das pessoas dessa cidade faz.

Depois de ter convencido totalmente o Charlie, que eu não queria e também não tinha nada com a Selena, eu me vestir e fui para casa, fiquei de agradecer tudo que ela fez por mim na universidade.

POV. Selena Gomez

Taylor: Selena você ta bem? Foi embora com quem ontem a noite? Estou preocupada.

Selena: Estou ótima, fui embora com um amigo, não precisa se preocupar.

Taylor: Não faça mais isso okay?! Fiquei preocupada. Com quem você foi embora?

Selena: Já entendi Taylor, não vou fazer mais isso. É sobre a pessoa que eu fui embora que eu quero conversar com você, mas estou no trabalho agora e acho melhor te falar sobre tudo pessoalmente.

Taylor: É um homem não é? Eu sabia que tinha algum homem nessa história. Quero detalhes, beijos.

                                 (...)

Finalmente cheguei em casa, hoje com toda certeza foi o dia mais cansativo no trabalho, não tive uma hora se quer de descanso, mas só eu sei como todo esse esforço vale a pena no final do mês.
   A correria do dia é tanta que eu nem vejo o Charlie direito, as vezes sinto até uma saudadezinha dele, mas logo passa quando chego em casa e o encontro esparramado no sofá, não tem pessoa mais folgada que ele nesse mundo.

- Cheguei! -gritei entrando dentro de casa. Precisei ficar alguns minutos assimilando o que estava acontecendo no sofá da sala.

- Selena eu posso explicar! -se vocês estão pensando que eu encontrei meu melhor amigo e minha melhor amiga se pegando no sofá da minha casa estão totalmente certos. Eu realmente não esperava por isso, a vida me surpreende a cada dia mais.

- Vocês iam mesmo transar nesse sofá? Sério? -que nojento, sério mesmo? Porque logo o meu sofá? Ah cara eu sento alí todo o dia, nunca vou ficar totalmente confortável alí depois do que eu presenciei.

- Em minha defesa eu digo que foi tudo culpa da Taylor, ela que subiu em cima de mim. -eu não conseguir segurar uma gargalhada ao ver a cara indignada que a tay fez.

- Seu sínico, você que falou que queria uma rapidinha, quer saber eu vou para casa seu ingrato. -como eu adorava aquela mulher, Taylor era incrível deixava qualquer um de quatro por ela. Quando ela saiu Charlie se jogou no sofá e disse que da próxima vez eles iam ter que fazer o dobro, mas eu preferir não ficar e ouvir aquelas coisas, ainda mais porque eram relacionadas a minha amiga e para mim isso seria sempre estranho. Também não quis fazer perguntas e mais perguntas sobre o que eles tinham, quando eu quisesse saber de algo eu saberia, a final eles são meus amigos, com certeza não me negariam explicações.

                                (...)

POV. Justin Bieber
Universidade 20:43 PM

Não aguentava mais aquela professora chata falando coisas sem nexo na minha frente. Eu realmente preferiria ela pelada e calada, do que vestida falando. A bagunça que era feita no corredor não me ajudava muito na concentração, tanto que eu tive que mentir uma dor de cabeça para ser liberado pela professora chata e sair da sala. Me arrependir totalmente de ter saido daquela sala e ver o que eu menos queria.

- Selena, por Deus, o que aconteceu com você? -Selena estava sentada com as costas apoiadas na parede do corredor e ao seu redor tinha algumas garotas que quando me viram saíram correndo.

- J-Justin, por favor me tira daqui, eu só quero ir embora. -ela estava com os olhos vermelhos, com certeza tinha chorado e vê Selena assim partiu meu coração, se é que eu tinha um.

- Claro, vamos. Mas você vai me explicar depois o que aconteceu tudo bem? -ela me olhou e assentiu de cabeça baixa e me abraçou, fiquei sem reação no começo mas retribuir.
   Selena é tão indefesa e ao mesmo tempo tão independente, não com relação a outras pessoas e sim a sí mesma, uma coisa tão complexa para se explicar.

- Quer conversar agora, sobre o que aconteceu? - estávamos dentro do meu carro em um lugar pouco movimentado e com o silêncio o clima se tornava cada vez mais tenso, até ele ser quebrado.

- Eu sou feia Justin? Pode ser sincero. -comecei a lembrar de quando dormir no seu quarto e tive a visão do seu corpo inteirinho. Selena não era feia, não mesmo, mas ela se vestia como se tivesse uns 70 anos de idade, isso fazia com que Selena ficasse um pouco estranha, ta bom, muito estranha.

- Não, você é linda. Porque está me perguntando isso? -olhei diretamente nos seus olhos e os mesmos começaram a lacrimejar.

- Aquelas garotas falaram coisas horríveis para mim. Disseram que você só está se aproximando por pena e que todo mundo daqui preferiria que eu tivesse ficado no Texas, porque aqui não é lugar para uma caipira. -em um movimento rápido Selena se colocou no meu colo e se encolheu em meus braços colocando sua cabeça em meu peito.

- Nada é perfeito Selena, passar por problemas é o que nos faz crescer e eu sei que o que elas fizerem com você é um tipo de crime, mas você tem que ser forte sabe? Tenta não ligar, você não é mais uma garotinha, vai ter que crescer de um jeito ou de outro, por bem ou por mal e esses problemas estão ai para te tornar mais forte.

- Eu sou tão grata por ter você como meu amigo, você é incrível Justin. -fiquei sem palavras para agradecer a ela, tudo aquilo de expressar sentimentos e dar conselhos era tão novo para mim, mas pelo jeito dei conta.

- Obrigada, agora pode parar de chorar, ok? -segurei seu queixo fazendo-a levantar a cabeça e me olhar, por um momento, eu sentir vontade de beijar Selena, e não precisei ficar na vontade já que a mesma levou suas mãos para minha nuca, podendo assim se aproximar mais e colar nossos lábios. Ela sabia mesmo como me encantar com seus pequenos gestos.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, o próximo tem uma coisa bem🔥(eu acho, ainda não escrevi) kkkk mas talvez tenha, pois faço anotações sobre o que vou colocar em cada capítulo, mas posso mudar.
Comentem o que vocês estão achando, o que querem que eu ponha na fanfic, podem dar opiniões gente eu não mordo, então é isso beijoos 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...