História Living in New York - Sterek - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Brett Talbot, Cora Hale, Derek Hale, Lydia Martin, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Peter Hale, Scott McCall, Talia Hale, Theo Raeken
Tags Bretttalbott, Derekhale, Lydiamartin, Stilesstilinsk, Teenwolf, Theoraeken
Visualizações 211
Palavras 564
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei seus lindos!

So queria amaldiçoar aqui quem inventou o TCC. KKKKK

Escrevi pelo celular então se encontrarem erros, sorry!

Boa leitura!

Capítulo 3 - Capitulo Três


Fanfic / Fanfiction Living in New York - Sterek - Capítulo 3 - Capitulo Três

Sexta feira chegou mais rapido do que Stiles achou possivel - mas é como dizem, coisas boas passam rápido.

Hoje ele estava em seu estado mais jovial - claro, depois de Cora dizer-lhe que ele não tinha que ir vestido como Derek. - Então colocou um jeans com tom claro e uma camiseta preta.

(...)

O andar hoje estava menos silêncioso. Depois que viu Stiles retirando os fones de ouvido, Cora quis que ele colocasse algo para tocar enquanto trabalhavam, e claro que ele o fez. Seguiu clicando em sua playlist até encontrar "Outside" e deixar a melodia espalhar por toda a sala.

Os dois passaram o dia trabalhando com a campanha de uma marca de lingerie, e nem sequer se deram ao trabalho de parar para comer alguma coisa, apenas se manteram concentrados no que estavam fazendo.

Algumas horas mais tarde, Cora pediu que Stiles buscasse uma cartela de cores em um dos armarios no andar.

Stiles caminhou pelo corredor enquanto cantarolava outras letras ate chegar no grande "armario". Passou alguns instantes procurando até encontrar na parte alta - otimo - murmurou ele. O jovem se esticou tentando alcançar o objeto, mas mal conseguia toca-lo.

Stiles tentou saltar, mas quase se machucou. Quando tentou novamente sob a ponta dos pes alcançar o objeto sentiu uma mão em suas costas e a outra alcançando a cartela.

Stiles congelou no lugar - aqui esta. - Ouviu a voz de Derek falar o que lhe causou leves arrepios.

- Oh ... obrigado - Stiles corou violentamente. - O rapaz já se preparava para sair correndo quando Derek o chamou de volta.

- Sim - olhou envergonhado na direção do homem.

- Sabe que aquele seu amigo quer fazer mais do que te levar pra sair, certo? - Derek arqueou as grossas sobrancelhas.

Stiles cruzou os braços - isso não necessariamente quer dizer o que eu quero não é mesmo! De qualquer forma, eu sei muito bem cuidar de mim mesmo - e saiu pisando duro.

(...)

O fim do dia chegou, e Stiles correu para o elevador e olhou-se no espelho para confirmar se sstava tão bem quanto se sentia. Quando as portas se abriram e ele seguiu sentido a rua, encontrou um Theo sorridente e de braços abertos.

Stiles se jogou nos braços do garoto que o abraçou - Uau! Esta tão lindo Sti.

- Bom, obrigado. - Agora vamos.


POV DEREK

- Maldição! - Derek murmurou para si mesmo.

Onde diabos estava com a cabeça para encostar naquele garoto, e principalmente porque estava falando coisas que não era da sua conta. Certo, quando ele viu Stiles se esticando para pegar algo que jamais alcançaria sem uma escada, ele tentou ajuda-lo. Ou talvez isso não passasse de uma desculpa idiota para encostar no garoto que estava lindo naqueles jeans.

- Certo! Preciso parar com essa loucura - Derek saiu porta afora indo em direção ao seu carro quando viu Stiles se jogando nos braços do loiro que provavelmente queria levá-lo para cama - não que ele tivesse uns pensamentos menos pecaminosos. A diferença é que ele estava se sentindo estranho sobre aquilo.

Antes do loiro - absurdamente metido - entrar no carro ele se virou e sorriu em direção a Derek que possivelmente espumava pela boca.

Virando em direção ao seu proprio carro ele falou com si mesmo - se você quer guerra, você terá.


Notas Finais


E ai, que tal??

Quero agradecer aos fav e comentarios, voces são otimos e responderei assim que possivel!

Xoxo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...