História Next To You - Joshler - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Twenty One Pilots
Personagens Josh Dun, Tyler Joseph
Tags Debby Ryan, Jenna Black, Josh Dun, Joshler, Twenty One Pilots, Tyler Joseph, Yaoi
Exibições 196
Palavras 923
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Falei que ia postar ontem, mas não postei, sorry!

Esse capítulo não saiu como eu esperava, mas foi o que deu pra fazer.

espero que gostem!

Capítulo 5 - Nossa Nárnia


Josh sentia falta de Tyler, sonhara com ele todas as noites nos últimos dias, mas quando ele acordava nada tinha acontecido, Tudo estava dolorosamente no mesmo lugar e ele nem ao menos sabia o porquê.

Josh queria uma explicação, um motivo para aquilo tudo, não sabia o que tinha feito de errado para que seu melhor amigo parasse de falar com ele durante duas semanas, seu melhor amigo com quem conversara literalmente todos os dias nos últimos anos.

Talvez Tyler tivesse descoberto sobre os sentimentos de Josh, se até Debby percebeu, o que impediria Tyler de perceber também? Nada. Isso era assustador para Josh, ele não queria perder seu melhor amigo ou até mesmo ser responsável pelo fim da banda. Seria o fim para ele.

Ele sabia que o que estava fazendo era errado, mas não tinha outro jeito, ele precisava pedir desculpa pelo que quer que fosse. Ele queria Tyler de volta, também tinha medo que ele o mandasse embora de vez, mas pelo menos ele saberia o que estava acontecendo, agora ele não sabia de nada, estava totalmente perdido.

Subiu as escadas da casa de Tyler fazendo barulho o suficiente para que ele notasse a presença de alguém, não queria pegar Tyler de surpresa e nem invadir a privacidade dele, o que era um pouco contraditório já que ele estava invadindo sua casa.

Josh notou que a casa estava bem mais bagunçada que habitual, principalmente o quarto de Tyler, deve ter visto pelo menos umas quatro caixas de pizza, mas embora estivesse bagunçado, o cheiro continuava o mesmo. A única coisa que Josh não conseguiu encontrar no quarto de Tyler foi Tyler.

Ele estava pronto para ir procurar em outros cômodos quando ouviu um barulho seguido de um resmungo vindos do guarda-roupa, ele estranhou, mas logo abriu as postas encontrando Tyler, que não parecia muito surpreso em vê-lo, certamente por conta de sua quantidade considerável de barulho ao entrar na casa.

 Josh adentrou o pequeno espaço que não era tão confortável para duas pessoas, mas certamente era para Tyler.

“Como entrou aqui?” Não foi uma pergunta grandiosa, na verdade, não era nem uma pergunta casual, mas era a primeira vez que Tyler falava com ele em quatorze dias e ele não pode deixar de notar como a voz de Tyler soava suave quando abafada pelas paredes de madeira.

“Jenna me deu a chave” Tyler estava visivelmente surpreso com a resposta, mas decidiu que não queria entrar mais afundo no assunto “Porque estamos no guarda-roupa?”

Tyler não queria falar sobre suas loucuras com Josh, ele como seu melhor amigo há anos, o conhecia o suficiente para saber que Tyler não era como os outros, mas  ainda sim ele tinha problemas para falar sobre as coisas com Josh, principalmente agora que haviam novos sentimentos envolvidos.

“As vezes a casa parece...” Ele tinha medo que Josh não o entendesse “... grande de mais”

Se Josh tinha entendido ou não ele não sabia, mas balançou a cabeça em concordância. Não fez perguntas e nem mesmo o olhou de modo estranho, simplesmente balançou a cabeça como se fosse a coisa mais normal do mundo e Tyler o amou ainda mais naquele momento.

“Então essa é sua Nárnia?” Josh sorriu.

O lugar estava longe de ser feliz, era escuro e quente, mas era onde Tyler se sentia mais seguro durante os últimos dias, era o lugar onde ele podia sentir qualquer coisa por qualquer pessoa e ninguém nunca iria saber. Então sim, em parte, aquela era sua Nárnia, seu mundo próprio.

“Acho que da pra chamar assim” Tyler sorriu de volta fazendo o coração de Josh se aquecer.

Mas logo veio o silencio trazendo novas coisas ao ar, ambos pensavam na mesma coisa, mas nenhum deles tinha ideia de como começar a falar. Nenhum dos sonhos de Josh tinham lhe oferecido uma boa opção para uma situação real. Ele queria perguntar se Tyler estava bem, se ele havia feito alguma coisa errada e porque se recusou a falar com ele durante duas semanas, mas nada disso saiu, apenas uma única palavra foi dita:

“Porque?” Josh fez a pergunta que Tyler tanto temia.

Não precisava ser dito ao que ela se referia, era obvio. Tyler não podia dizer a verdade, não queria dizer que teve um surto por estar apaixonado pelo seu melhor amigo, mas ele também não queria mentir, era um dilema horrível. Então optou pelas palavras que achou menos suicidas.

“Precisava pensar sobre algumas coisas” Tentou manter a voz firme

“Sobre mim?” Josh queria esclarecer as coisas, mas agora parecia mais confuso que antes.

“Também” Ele desviou o olhar porque não sabia como falar as palavras que estavam implorando para serem ditas “E-eu...Quero você de volta”

“Então eu não fiz nada de errado?” Josh estava tentando ignorar os efeitos que aquelas últimas palavras tinham causado nele, mas era difícil, pois a combinação do espaço pequeno com as batidas desesperadas de seu coração estava fazendo-o ter dificuldades para respirar.

“Você não fez nada, fui eu” Era incrível como Tyler se sentia estranho ao falar aquilo “Pode me desculpar?”

“Com uma condição” Josh tinha um pouco de medo de como aquilo iria soar.

“Qual?” A voz de Tyler soava meio receosa.

“Promete que nunca mais vai me deixar?” A essa altura as bochechas de Josh já estavam da cor do seu cabelo e seu coração a ponto de parar caso ele dissesse não, mas ele não precisou esperar muito pela resposta.

 “Eu prometo” Josh não sabia, mas Tyler respondeu sabendo que aquela seria a melhor promessa que cumpriria.

 


Notas Finais


faço finais melhores da próxima vez, prometo!

Obrigada por lerem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...