História Next To You - Joshler - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Twenty One Pilots
Personagens Josh Dun, Tyler Joseph
Tags Debby Ryan, Jenna Black, Josh Dun, Joshler, Twenty One Pilots, Tyler Joseph, Yaoi
Exibições 225
Palavras 866
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu não fui bem na prova e devia estar estudando para a recuperação, mas em vez disso fiquei escrevendo isso, então espero que esteja bom.

Espero que gostem!

Capítulo 8 - Não é estranho


Josh estava tentando se manter calmo. Sua cabeça estava girando em torno da conversa que acabara de ter com Tyler, da conversa do outro dia, da conversa de duas semanas atrás e a de meses atrás, estava girando em um loop infinito entre elas e quanto mais ele pensava mais a possibilidade de ter entendido errado as palavras de Tyler parecia improvável.

Agora ele estava se sentindo culpado, culpado por achar que tinha entendido errado e culpado por não ter feito nada, mas agora era tarde, eles estavam percorrendo o pequeno caminho de volta para casa não muito longe fisicamente um do outro, mas incrivelmente distantes intimamente. A distancia entre eles era tão grande quanto o silencio que se instalara. Aquele silencio era violento.

Algumas pessoas os reconheceram e pediram fotos, eles sorriam gentilmente e quem os visse naquelas fotos nunca nem de longe pensaria no que se passava dentro deles naquele momento. Josh não gostava de sorrisos de plástico, mas ele não tinha outro no momento.

Tyler já não estava mais nervoso, agora ele estava com raiva, raiva de Josh por não ter o entendido ou por fingir não ter entendido e raiva de si mesmo por não conseguir falar com todas as letras uma coisa tão simples. Talvez fosse melhor que ele nunca tivesse tentado.

Depois de um banho, tentando não ter que encarar Josh, Tyler foi para o sofá e começou a assistir filmes como desculpa, mas foi um esforço inútil pois em pouco tempo lá estava Josh se juntando a ele na tentativa de se aproximar.

Já era tarde da noite e Tyler não fazia a mínima ideia de que se tratava o filme que ele estava aparentemente assistindo, a única coisa que o mantinha acordado era o jeito como a perna de Josh encostava-se à sua. A sensação não era ruim, era boa e isso fez com que Tyler ficasse com ainda mais raiva.

“Não acha que é melhor ir dormir?” Josh perguntou depois do que poderia ou não ser o décimo sétimo bocejo de Tyler durante o filme.

“Você está levando a sério de mais isso de ficar de olho em mim” Tyler falou irritado “Você não é minha mãe! Só porque você é um pouco mais velho não significa que você possa ser a mãe.”.

“Eu não quero ser A mãe” Josh afirmou confuso com a conversa que acabara de iniciar

“Ótimo, porque eu não acho que deva ter uma mãe entre a gente” Nem Tyler sabia se aquela conversa estranha era resultado do sono ou da raiva. Talvez dos dois. “É como nos casais gays quando as pessoas perguntam quem é a garota, fala sério, não tem garota! Se tivesse uma garota não seria estranho.”

“Não seria estranho de qualquer maneira” Josh começava a entender o ponto de Tyler, mas Tyler não pareceu ouvir suas palavras.

“Se fossemos um casal, como você é a mãe, eu seria a garota” A raiva estava menos evidente na voz e Tyler, mas era visível que aquilo o incomodava bastante. "Obvio"

Josh se ajeitou no sofá de maneira que pudesse ficar de frente a Tyler

“Ty!” Josh colocou as mãos nos ombros de Tyler tentando enfatizar suas palavras “Eu não sou A Mãe, você não seria a garota e não seria estranho”

Com a nova posição de Josh, Tyler sentiu que eles estavam bem próximos, próximos de mais. Uma proximidade perigosa.

“Como pode ter certeza?” Toda a raiva que Tyler sentia a segundos atrás agora havia se esvaído dele e ele começara a se arrepender de toda aquela conversa.

Os olhos de Josh estavam de encontro com os seus, e Tyler não conseguia entender o porquê da beleza dos olhos castanhos serem tão subestimadas, mas logo Tyler perdeu o contato direto com eles, eles passaram a se fixar num ponto que parecia mais atrativo no momento, sua boca.

Josh se aproximou, e por reflexo, Tyler estava prestes a se afastar, mas por sorte agiu muito devagar e logo depois sentiu os lábios de Josh em contato com os seus, e uma vez que estavam unidos, se afastar não era uma possibilidade.

Aquilo mal era um beijo de verdade, mas ambos já sentiam como se fosse o melhor. Josh passou suas mãos para a nuca de Tyler e o puxou mais para si desejando mais contado e se sentiu aliviado quando Tyler fez a mesma coisa.

Tyler não recuou quando sentiu a língua de Josh indo de encontro com a sua, pelo contrário, naquele momento ele admirou ainda mais a intimidade de um beijo, que mesmo sendo uma coisa tão simples, podia causar tantas sensações, e a sensação dos lábios se movendo um contra o outro era a melhor de que se lembrava em muito tempo.

E para o desespero dos dois, uma hora o fôlego acabou e eles foram forçados a se separar e encarar um ao outro.

 “Viu? Não foi estranho.” Josh disse tentando controlar a respiração e Tyler apenas balançou a cabeça concordando.

Tyler queria falar alguma coisa grandiosa, ou qualquer coisa, apenas para que Josh visse que ele era capaz de falar, mas agora ele não era. A única coisa que sua boca conseguiu fazer foi beijar Josh novamente.


Notas Finais


Achei que faltou detalhes, o que vocês acharam?

Espero que tenham gostado, sério!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...