História Nice Boys - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bon Jovi, Guns N' Roses, Mötley Crüe, Skid Row
Personagens Alec John Such, Axl Rose, David Bryan, Duff Mckagan, Izzy Stradlin, Jon Bon Jovi, Mick Mars, Nikki Sixx, Personagens Originais, Rachel Bolan, Richie Sambora, Sebastian Bach, Slash, Steven Adler, Tico Torres, Tommy Lee, Vince Neil
Tags Bandas, Guns N' Roses, Hard Rock, Romance
Exibições 63
Palavras 3.665
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá Baby!

várias bagaceiras nesse cap ... E várias bagaceiras vem por aí ...

Boa leitura ;)

~Little Runaway

Capítulo 19 - Live And Let Die


Fanfic / Fanfiction Nice Boys - Capítulo 19 - Live And Let Die

P.O.V. Slash

Nós chegamos era por volta das quatro e meia da manhã , eu e os outros estávamos pra lá de bêbados , tudo que consigo lembrar é de ter aberto a porta do quarto e capotado na minha cama.

***

- SLAAAASHHH , ACORDA PORRA !  - Alguém me chacoalhava freneticamente até eu cair no chão e abrir os olhos subitamente.

- Mas que caralho tá acontecendo ? – Sentei no chão passando a mão na cabeça e franzindo a testa. Era Izzy.

- ACHO QUE AXL TEVE UMA OVERDOSE , ME AJUDA AQUI PORRA! – Gritava desesperado enquanto chacoalhava o ruivo.

- Vamos ligar pra emergência. – Falei agora de pé.

- LIGA PRO ALAN E AVISA ELE AGORA ! – Ele ainda gritava.

Peguei o telefone na mão de Izzy e disquei pro Alan , enquanto Izzy chamava os outros caras.

- Alô ?

- Alan , é o Slash... Axl teve uma overdose, Izzy está chamando os outros e vamos chamar a emergência ...

- O QUE?! EU NÃO ACREDITO ... AQUELE FILHO DA PUTA... NÃO , ESQUEÇAM A EMERGÊNCIA. ESTOU INDO PRA AÍ , ARRUMEM AS COISAS DE VOCÊS , VAMOS VOLTAR PRA CALIFÓRNIA. – Ele disse irado , preferi não questionar e só concordei.

Izzy , Duff e Steven apareceram no quarto.

- Avisou o Alan ? – Izzy disse tentando novamente fazer Axl reagir.

- Ele está vindo pra cá. Mandou a gente arrumar as coisas , vamos voltar pra Califórnia. – respondi.

- QUE??! TEMOS QUE LEVÁ-LO PRA UM HOSPITAL , NÃO PODEMOS VIAJAR COM UM INCONSCIENTE!

- Acho melhor a gente só fazer a porra que ele mandou , Izzy... Alan sabe o que faz...

- MEU DEUS , AXL SOFRE UMA OVERDOSE E ALAN AO INVÉS DE LEVÁ-LO PRO HOSPITAL RESOLVE SEI LÁ , IR PRA CALIFÓRNIA ... – Izzy berrava , mas acabou indo ajudar arrumar as coisas de Axl.

Poucos minutos depois Alan escancarou a porta do quarto onde estávamos : Axl desmaiado , Izzy e eu ali , enquanto Stev e Duff terminavam de arrumar suas coisas  no outro quarto.

Logo atrás de Alan haviam quatro pessoas vestidas de branco , que colocaram Axl em uma maca e o levaram pra baixo.

- Chamem os outros , estou esperando no carro lá em baixo . – Disse Alan.

Fui chamar Duff e Steven e descemos quase que correndo. Adentramos o carro preto que nos esperava junto com Alan e o motorista , e seguimos caminho.

- Alan ,por quê diabos não vamos pra porra de um hospital ao invés de ir pra Califórnia ? Não seria mais lógico ?! – Izzy disse impaciente.

- Não. O próximo show de vocês é no Estados Unidos , iríamos acabar ficando aqui mais tempo. É melhor que isso tudo seja no Estados Unidos , vai causar menos dor de cabeça... E ele já está sob cuidados médicos até chegarmos. – Respondeu.

- Como você pode pensar em show ?! Nem sabemos se Axl vai sair vivo dessa! Ele tá inconsciente e você tá pensando no próximo show ?! Já parou pra pensar que pode não ter esse caralho de show?! – Izzy estava puto.

- Izzy , menos... – Alan falava calmamente no banco do carona.

O carro estacionou e descemos no aeroporto , um avião esperava pela gente... Quando se tem fama e dinheiro você pode ter a porra de uma overdose em qualquer canto do mundo.

Entramos no avião , ele era todo adaptado como se fosse um quarto de hospital implantado dentro , dá pra acreditar?

Axl estava em uma espécie de cama hospitalar , cheio de tubos , e aparelhos rodeado pelas pessoas de branco. Alan , o resto da banda e eu sentamos em um tipo de sofá que tinha ali de frente pra cama de Axl.

- Porra , isso é um hospital dentro de um avião ? Que da hora ! – Steven falava olhando em volta deslumbrado.

- É uma UTI-Aérea. – Alan respondeu.

- Olhem pra mim , sou o Dr.Mckagan. – Duff estava com uma máscara cirúrgica e uma touca.

- Doutor viadão isso sim ! – Falei rindo.

- Olhem , galinhas voadoras ! Uuuuhh Uhhhhhh !!! – Steven jogou umonte de luvas de borrachas cheias de ar pra cima , aquilo tava uma bagunça.

- Que bosta Stee ! – Falei rindo rebatendo uma “galinha voadora” , que acabou acertando a cara de Alan deixando-o putinho .

- ME DEÊM ISSO AQUI! SERÁ QUE NÃO SABEM SE COMPORTAR POR UM MINUTO ? – Berrou tirando o ar da luva que eu acertei nele.

- Claro que não . – Duff falou com a voz abafada pela máscara.

-TIRA ESSA MERDA... ME DÁ ISSO AQUI , SEU... – Alan tirou a máscara e a touca de Duff.

***

- Acordem, nós chegamos. – Alan nos chacoalhava , estávamos amontoados naquele sofá , dormindo um em cima do outro.

Descemos do avião já era tarde da noite , fomos o resto do trajeto de carro com Alan , enquanto Axl foi em uma ambulância que o esperava no aeroporto. Minutos depois estávamos no hospital UCLA.

P.O.V. Giovana       

00:00 a.m.

Meu celular tocava sem cessar. Era tarde da noite , eu já estava dormindo a algum tempo ,depois que comecei a trabalhar na UCLA meus sonos se tornaram o dobro de pesados , e espero de todo coração que não seja a maluca da Amanda me ligando hora dessa.

Sentei na cama ainda sonolenta e peguei o telefone , era do hospital.

- Alô ? – Atendi com voz de sono.

- Doutora , desculpe ligar essa hora... Mas temos um paciente de emêrgencia , chegou de transporte aeromédico...

- O que houve com ele? – a interrompi intrigada , não era tão comum chegar pacientes de avião a meia-noite no hospital.

- Está inconsciente , parece ter sido vítima de overdose...

- Chego aí em dez minutos. – Desliguei.

Mas por que diabos alguém que sofreu overdose veio de avião pra cá ? Por que não foi a um hospital mais próximo ? Certamente algum playboyzinho usuário , mimado pelos pais ricos. Ou talvez alguma celebridade... Alguém importante... Tanto faz.

Me levantei e me vesti rapidamente . Desci as escadas , peguei meu carro e dirigi rumo ao hospital. Liguei o rádio e sem nem uma surpresa , tocava Dead Horse – Guns N’ Roses. Dirigi tão rápido que cheguei ao hospital logo no término da música.

***

- Boa noite , doutora .

- Boa noite , Maggie . Qual o quarto ? – perguntei.

- 306 , convênio .

- Pra vir de avião , só podia ser convênio mesmo. – respodi sarcástica.

- Você vai ficar surpresa quando ver de quem se trata. – Disse com cara de espanto.

Peguei alguns papéis e subi até o andar onde ele se encontrava , eu estava quase caindo de sono. O elevador não chegava nunca , quase dormi em pé , até que finalmente a porta se abriu e caminhei até o 306 , que era um quarto privado. Tinha um cara em pé do lado de fora da sala escorado a parede , talvez alguém da família.

- Boa noite. – cumprimentei-o e ele correspondeu com um aceno de cabeça.

Entrei no quarto , e me aproximei do leito onde o paciente estava entubado. Quase caí de costas quando vi que meu paciente era ninguém mais que Axl Rose.

P.O.V. Duff

Estávamos terminando de comer numa lanchonete ali perto do hospital , nós tínhamos dinheiro pra comprar aquele lugar , mas como éramos o “Guns N’ Roses” ficou tudo por conta da casa e ainda tivemos que dar autógrafos e tirar algumas fotos .

Stev e eu voltamos pro hospital , e algum tempo depois Slash e Izzy chegaram também. Falamos com a recepcionista que era muito gata por sinal , e ela nos informou que Alan tinha feito uma reserva em um hotel ali perto pra ficarmos . Fomos pro tal hotel , precisávamos descansar até amanhecer.

***

Quinta- Feira , 8:00 a.m.

Estávamos sentados no sofá ao lado de fora do quarto de Axl , esperando a médica chegar pra dar notícias do ruivo.

Eu ainda estava meio sonolento , então Stev e eu decidimos pegar um café em alguma daquelas máquinas no corredor.

- Segura aí . – entreguei um copo com café pro Stev enquanto pegava outro pra mim.

- AAUU , TÁ QUENTE CARALHO! – Steven gritou.

- SHHHHHH , cala a boca filho da puta, a gente tá num hospital ... será que você não sabe nem segurar a porra de um café ? – falei.

- Stee ? – Ouvi uma voz feminina familiar.

- GIOO!!! – Steven jogou o café longe e abraçou a moça pequena de jaleco. Não pera... Giovana ?

- Giovana ?! – Falei sem esconder minha surpresa.

- Como vai Duff ! – Ela se esticou pra me abraçar e eu tive que abaixar o máximo que pude.

- O que... você tá fazendo aqui ? – perguntei confuso.

- Ora Duff , trabalhando ... Ou melhor , tentando concertar a merda que o amigo de vocês fez. – respondeu rindo. Eu fiquei paralisado ainda sem entender direito .

- Você é médica ? – perguntei o óbvio.

- NÃÃO DUFF! Ela é açougueira , ta aqui no hospital vendo se tem algum órgão pra vender como carne bovina ! ... – Steven deu um tapa na minha cabeça.

- Vai se foder poodle pulguento . – falei.

- Credo Stee – ela riu enquanto pegava um café.

- Olha só o regaço que você fez com esse café , seu porra ! – falei dando risada.

- Depois eles se viram com isso ... – Gio disse rindo.

Fomos conversando coisas aleatórias até chegar ao quarto de Axl . Ela cumprimentou o resto dos caras e entrou no quarto enquanto esperamos do lado de fora.

- Cara , como Axl nunca disse que ela era médica ?! – Slash perguntou indignado.

- Talvez nem ele saiba ... – Izzy disse

- Imagina quando ele abrir os olhos e pá : a ruivinha de jaleco furando o braço dele. – Falei encenando com as mãos.

Minutos Gio voltou com uma cara nada animadora. Todos estávamos tensos demais pra falar.

- E então doutora ? Como ele está – Alan perguntou.

- Bom... a notícia que tenho pra vocês não é das melhores , mas poderia ser pior.

- Ele vai morrer ... – Steven disse choramingando.

- Cala a boca STEVEN! – Slash deu um tapa na cabeça dele.

- Axl está em coma profundo  ... – Ela disse. Ficamos sem reação.

- Eu não falei ! .... – Steven disse novamente choramingando. Slash o estapeou novamente.

- Calma Stee... Pode ser que dure pouco tempo... Mas também pode durar muito. Não tem como saber , só temos que esperar e seguir com os cuidados. – Ela disse.

- Quanto seria pouco tempo ? – Izzy perguntou.

- Talvez ele possa ficar assim por mais algumas horas , ou dias.

- ... E muito tempo ? – perguntei receoso.

- Meses... até anos ... ou pode ser que ele não volte. – Ela disse abaixando a cabeça.

Ficamos paralisados com aquelas palavras. Como assim ? Não podíamos perder nosso vocalista! Axl tinha só 28 anos , não pode morrer assim!

P.O.V. Amanda

Tinha uma ligação perdida de Gio no meu celular , então esperei dar uma aliviada no serviço e fui até o banheiro retornar a ligação.

- Gio ? Você me ligou ?

- Liguei... Vou atrasar um pouco pro almoço ... Se puder , vem até o hospital... Você não vai acreditar ...

- O que aconteceu ? – perguntei confusa.

- Recebi uma ligação por volta da 00:00 do hospital , um paciente com overdose chegou , tive que vir socorrê-lo ... E adivinha quem é ?

- Não faço a mínima. – falei.

- Bem , tenho que desligar , não posso falar agora ... Passa aqui depois , tchau . – Ela desligou.

Mas quem será que era esse que ela tava falando ? Eu odeio com ela me deixa curiosa.

Já era quase 12:00 , e a clínica onde trabalho , geralmente ficava bem calma por volta desse horário , o que me deixava mais ansiosa ainda. Quando eu fico curiosa , o tempo demora milênios pra passar , é incrível , tudo conspira contra mim.

***

Depois de eu quase ter um infarto de ansiedade , finalmente deu meu horário de almoço e eu quase voei pro meu carro. Estava tão focada em chegar logo na UCLA que nem liguei o som do carro.

Dava pra ir a pé do meu trabalho até a UCLA , mas claro que eu não tava afim de demorar mais nem um minuto , então preferi pegar o carro. Cheguei em menos de 5 minutos , e adentrei o hospital.

- Olá , Maggie . Onde está a Gio ? – perguntei.

- Ah sim , no 306 . Ela disse que você viria , e como conhece o paciente , pode subir como visitante.

- Eu conheço ? – falei intrigada.

- Ela disse que sim... Aqui seu crachá.

- Obrigado , tenha uma boa tarde Maggie. – falei indo em direção ao elevador.

Cheguei no 5 andar , o quarto era no fim do corredor , e da distancia que eu estava consegui ver 3 figuras em pé : um loiro enorme , um branquelo de cabelos pretos , e um cabeludo que eu reconheceria em qualquer lugar ... Slash.

Comecei a andar mais depressa , até que finalmente cheguei até eles...

- Amanda ?! – Slash parecia surpreso.

- Meu Deus , quanto tempo ! – Abracei-o impulsivamente , até que finalmente voltei ao meu juízo. – Como vocês estão ? – Abracei Duff e Izzy com a mesma empolgação.

- Nós , estamos bem... – Izzy disse com certa ironia. – E você ?

- Ótima... Vocês viram a Gio ? – perguntei.

- Está no quarto cuidando do ... – Então ela apareceu cortando a frase de Duff .

- Amanda! – Ela veio me cumprimentar.

- Oii ... e aí , onde tá o paciente ? – falei não aguentando mais a curiosidade. Agora pude me dar conta de que não estavam ali Axl nem Stev ... Será que o paciente que teve uma overdose era Stee ? Era provável , ele vivia com problemas por causa da heroína...

- Vem comigo . – Ela entrou na frente. Me aproximei do leito , e sinceramente não consegui acreditar quando vi deitado na cama cheio de aparelhos, Axl .

- Meu Deus !!! Não acredito ! Pensei que fosse Stee , mas Axl ? – Falei tapando a boca com as mãos.

- Pois é ... – ela disse cabisbaixa , era notável seu semblante preocupado.

- É muito grave ? – perguntei.

- Está em coma profundo ... – respondeu ainda sem levantar o rosto.

- Meu Deus ... Não sei o que dizer... – Continuei com as mãos tapando a boca.

- Nem eu... Axl usava drogas ... Mas nunca exagerou dessa maneira , e nunca soube dele usar heroína ... Fiz um hemograma ontem pela madrugada , e encontrei substancias de cocaína e heroína em grande quantidade. Não sei como o corpo aguentou tanta toxina ... – respondeu com uma voz preocupante.

 

***

Nós fomos almoçar num restaurante ali perto , os gunners tinham nos convidado já que tínhamos uma hora de almoço , e então aceitamos.

Quando adentramos o local , escolhemos uma mesa em um local isolado pra não causar tanto alvoroço em volta dos meninos. Stee sentou na primeira cadeira , Gio ao seu lado na segunda e Duff na terceira. Do lado oposto , sentou Izzy , Slash e como fui a última acabou sobrando a última cadeira ao lado de Slash pra mim ... Nem preciso dizer o quanto isso foi constrangedor , mas tentei ignorar.

- Hey , o que vamos pedir ? – Duff disse.

- O restaurante tem meu nome , então já sabem , eu escolho . – Izzy fez um gesto com as mãos se gabando.

- Ah cala boca , dá isso aqui . – Stev puxou o cardápio de Izzy. - MANO, OLHA ESSE BOLO DE CHOCOLATE AQUI ! – Stev dizia deslumbrado.

- AAAAAAAAHH STEVEN , dá essa merda aqui . – Duff pegou o cardápio num puxão e Steven fez uma cara triste.

- HEY VOCÊS! Eu to aqui no meio , e não quero ser atingida ! – Gio berrou.

- Mas tinha raspinhas de chocolate amargo ... – Disse Stee fazendo beicinho.

- Steven , nós pedimos o bolo depois , tá bom ? – Giovana disse . Ele parecia uma criança quando se tratava de doces .

- Por isso eu te amo ! – Ele abraçou-a quase a esmagando.

Cada um de nós pedimos um prato diferente . Stev e Duff pareciam estar em um jardim de infância.

- Olhem pra mim , tenho chifrinhos . Uahhhh . – Steven fazia uma careta fazendo chifrinhos com duas batatas fritas que eram enormes por sinal.

- STEVEN! Não faça isso , quase te confundi com o próprio capeta ! – Duff disse , e Izzy e eu seguramos o riso.

- Vai tomar no seu cú , girafão . – Stee tacou as batatas na cara de Duff que por pouco não acerta Gio.

- Steeeee . – Gio olhou franzindo a sobrancelha pra Steven e ele sorriu com cara de culpado.

Desastrada como sou , derrubei a chave do meu carro que estava em cima da mesa no chão , subitamente abaixamos Slash e eu ao mesmo tempo pra pegar , ele acabou pegando-a. Ao ponto que íamos levantando paramos na metade do caminho nos encarando um ao outro , e lá estava eu novamente constrangida. Ele sorriu tentando quebrar aquele “clima” estranho , e eu sorri de volta.

- Nossa que demora pra pegar uma chave ... Finjam que vão no banheiro e se peguem lá pelo menos , não embaixo da mesa! – Ouvi a voz de Izzy. Rapidamente nos levantamos embaraçados.

- Cala essa boca , Gasparzinho . – Slash disse colocando minhas chaves na mesa . Eu estava corada.

- Já podemos pedir bolo de chocolate né ? Siiiiiiim. Ótimo , sabia que concordariam . – Steven disse sem deixar que respondêssemos . Rimos e resolvemos pedir o tal bolo. Claro que eu não recusaria nada que fosse feito de chocolate.

O bolo veio alguns minutos depois e os olhos de Stev brilhavam.

- PRIMEIRO EU ! – Disse puxando o bolo pra si.

-NÃO! Você não sabe dividir , me dá aqui. – Izzy puxou o prato pra si , mas Stev não soltou e eles ficaram puxando um contra o outro , aquilo ia dar merda. –STEVEN ME DÁ.

- NÃO! VOCÊS NEM QUERIAM!

- AAAAAAAAHHH, DÁ ESSE CARALHO AQUI! – Slash puxou o prato dos dois. Steven cruzou os braços emburradinho. Duff e eu ríamos da situação , e Gio ... parecia estar em outro mundo. Eu sabia bem que mundo era esse.

Nós comemos o bolo e Stev estava todo borrado de chocolate , e Gio ria da cara dele desenhando bigodes e nariz de gatinho com o chocolate no rosto dele.

- Hey Amanda ! – Slash me chamou e eu virei o rosto involuntariamente pra ele . Então ele segurou meu rosto com as duas mãos e eu pude sentir algo grudento. Ele tirou as mãos e riu.

- Nóóó , eu não deixava! – Duff falou.

- Hey Duff , empresta aqui sua língua pra eu ascender meu cigarro , esqueirinho ! – Izzy disse

- Ai vou fazer outra coisa com minha língua. – Respondeu fazendo voz de gay.

- Ai credo , sai viadão ! – Izzy respondeu.

- SLAAAAASHH! – Gritei. Passei a mão no chocolate do prato onde antes tinha um bolo e passei no rosto dele sem dó . Ele franziu o rosto e então recuei pensando que ele ficaria nervoso. Ele começou a rir me fazendo rir também . – Eu estou cheia de chocolate , palhaço.

- Sério ? Nem percebi , você já é cor de chocolate mesmo. – Falou entre risos.

- Olha aqui meu filho , você não tá muito atrás não hein ! – Falei me levantando.

- Hey onde você vai ? – Ele me perguntou preocupado .

- Me limpar né , acha que vou pro trabalho assim ? – Falei apertando sua bochecha . Ele sorriu aliviado.

- Também vou. – Ele me acompanhou.

-HMMMMMM AGORA VAI HEIN ... - Duff zoava maliciando. Slash mostrou-lhe o dedo do meio.

Entrei no banheiro feminino e ele no masculino . Lavei meu rosto tirando todo aquele chocolate. Saul ainda tinha aquelas brincadeiras idiotas de quando estávamos... Chacoalhei a cabeça , no que eu estou pensando ? Sequei meu rosto na toalha e me olhei no grande espelho retangular. Ele é tão divertido ... Qual o problema de sermos amigos ? Sorri em frente ao espelho . Saí do banheiro num impulso que quase trombei com Slash que saía ao mesmo tempo , ficamos por um fio .

- Oops . – Ele disse sorrindo. Sorri embaraçada e tomei distancia.

Voltamos pra mesa sem encarar um ao outro , da minha parte por não querer que ele me veja corada.

P.O.V. Giovana

O resto do dia passou rápido pra mim . Não sei dizer bem o motivo , mas o fato de Axl ser meu paciente era torturante. Era estranho pensar que ele precisava de mim.

Eu odiava vê-lo naquela situação , era angustiante saber que ele poderia não sobreviver , e que as expectativas de uma possível recuperação poderia durar anos , e mesmo que eu quisesse , eu não podia fazer nada pra trazê-lo de volta.

Fiquei o tempo todo pensando naquilo tudo , como isso pode acontecer ? Axl estava no Brasil , ainda ontem fez seu último show no Rock In Rio , e do nada aparece justamente no hospital que eu trabalho a um ano , e por ironia é meu paciente. O destino e suas peças...

Fechei os olhos na tentativa inútil de dormir. Por mais cansada que eu estivesse , não conseguia pregar os olhos pensando em Axl.

Onde é que você está Axl? ... 


Notas Finais


'o' Oh mai gódi , que que vai acontecer com Axl gostosão Rose ?
Será que Amanda não vai resistir a Slash ? 'o'
E ... STEEEVEN SEU COISO FOFO <3

Ps : Comentem , que é de graça .

~Little Runaway


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...