História Nice Boys - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bon Jovi, Guns N' Roses, Mötley Crüe, Skid Row
Personagens Alec John Such, Axl Rose, David Bryan, Duff Mckagan, Izzy Stradlin, Jon Bon Jovi, Mick Mars, Nikki Sixx, Personagens Originais, Rachel Bolan, Richie Sambora, Sebastian Bach, Slash, Steven Adler, Tico Torres, Tommy Lee, Vince Neil
Tags Bandas, Guns N' Roses, Hard Rock, Romance
Exibições 42
Palavras 2.198
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá Baby!!!

Venho lhes informar que eis aqui o último capítulo da história #NiceBoys , com finalzinho feliz e blablabla. "AAAAAAHHHU L.R."
Mas calma gente , não me matem nem me joguem praga ainda :3

Primeiramente gostaria de agradecer vcs pelas curtidas e pelos leitores fiéis que estavam sempre comentando , enfim ... Vou fazer ainda um cap " Epílogo " só pra conversar melhor com vcs e não atrapalhar esse cap , e gostaria que lessem ele tambem pq nele tem algumas revelações e bônus :3

Agora falando sobre o Cap.
Cassie ,baby , eu não esqueci de você e cumpri minha promessa , bjs me ame.
As crianças da capa , vcs vão descobrir ao longo do cap. Beijos que já falei demais.

Capítulo 30 - Nice Boys


Fanfic / Fanfiction Nice Boys - Capítulo 30 - Nice Boys

P.O.V. Giovana

 

1992, 15 de agosto. Eu estou parecendo uma melancia gigante , ou seja , essa criaturinha pode resolver sair a qualquer momento. Eu preferi deixar todo mundo curioso , e saber o sexo do bebê apenas no dia em que ele nascer , porque eu gosto de ser cuzona.

- Nossa Gio , você tá parecendo um boneco de neve ... – Steven dizia eufórico entrando na sala de casa.

- Obrigado Stee. – respondi irônica.

- Quando essa criança vai sair ? – ele disse sentando ao meu lado .

- Não sei ... Mas logo... Mal consigo andar com esse peso todo espremendo meus órgãos, dormir então , impossível .

- Nossa , isso me pareceu horrível . Ainda bem que não engravido. – ele disse assustado.

***

20 de Agosto

Era por volta das 6:00 da manhã . Eu estava deitada sob vários travesseiros na cama , mais parecendo sentada , mas enfim... Axl dormia um sono pesado ao meu lado , tenho que confessar que eu morria de inveja de vê-lo dormindo assim. Eu não preguei o olho durante a noite toda , aquela coisinha dentro de mim parecia Angus Young se contorcendo no chão enquanto toca sua guitarra.

Resolvi levantar , ficar todo aquele tempo ali na mesma posição estava horrível. Fui até a cozinha , Beta estava lá.

- Nossa , já de pé querida ?

- Poisé ... Nem consegui dormir pra variar. – apontei pra barriga.

- Hahaha... Imagino... Sente-se , preparei o café.

Apoiei-me na cadeira , e ao passo que me dobrei pra sentar , senti uma coisa molhada escorrer por minhas pernas.

- AAAAAAAAAAAAAAAAHHHH – Gritei .

- MEU DEUS ! – Beta gritou também .

Segundos após , Axl apareceu correndo pelas escadas , apenas de cueca e todo descabelado , quase caindo no ultimo degrau, eu riria se não tivesse sentindo tanta dor.

- O QUÊ HOUVE ? AAAAH MEU DEUS , VOCÊ TÁ DERRAMANDO! – Ele gritou. Mais uma vez eu quis rir.

- ABRE O CARRO , BETA . – Ele me pegou no colo e saiu correndo pela casa.

- A-Axl ... Calma ... Vai devagar... – falei.

- Ele não pode mais esperar ! – ele disse.

- AXL! – Ele parou e me encarou comigo em seus braços.

- O que foi , mulher ?! – ele disse assustado.

- Você não pode me levar pro hospital de cueca ! – ele olhou pra baixo.

- MERDA MERDA MERDAAA ! – Ele me levou até o carro. Um carro estacionava ao lado do nosso , era Duff e Stee.

- O que tá acontecendo ? – Duff descia do volante fechando a porta.

- ELE VAI NASCER! – Axl gritava eufórico.

- E por quê você tá de cueca ? – Steven perguntou .

- Poooorraaa.... – Ele saiu correndo pra dentro.

- Acho melhor a gente te levar ... – Duff disse rindo.

- Pode ser ... – respondi.

Os meninos pediram pra Beta avisar Axl , e fomos pro hospital.

- AAAAAHHH , ACELERA ESSA PORRA DUFF... – Gritei , me contorcendo de dor.

- Tá doendo ? – Steven perguntava

- CLARO QUE TÁ DOENDO , CABEÇÃO ! TEM UM SER HUMANO QUERENDO SAIR DE DENTRO DE MIM!

- Desculpa , desculpa ! – Steven disse olhando pra frente assustado.

***

Eu estava deitada em uma cama , no hospital. Agora lá estavam Duff , Stee , Izzy , Slash , Amanda e até Sebastian , menos o pai da criança , Axl Rose. Eu já estava puta por causa de toda a dor insuportável , puta com a demora , e puta por Axl estar atrasado até pra ver o próprio filho nascer. Um médico adentrou meu quarto e me examinou por uns instantes aumentando minha irritação.

- Bom ... Vamos ter que esperar dar mais dilatação , ainda não está adequado. – ele respondeu.

- MAS QUE DILATAÇÃO O QUÊ ! VOCÊ VAI TIRAR ESSA CRIANÇA DAQUI VAI SER AGORA ! – Gritei.

- Mas é mais aconselhável que a senhora aceite o parto normal .

- É Gio , faz normal , é melhor. – Duff disse.

- VOU FAZER É UM HEMATOMA NESSA SUA CARA DUFF! ... E VOCÊ – Apontei pro médico – SE NÃO ME LEVAR PRA SALA DE CIRURGIA AGORA , EU MESMA VOU PEGAR UM BISTURI E FAZER MEU PRÓPRIO PARTO ! – Todos ficaram me encarando assustados.

- É melhor o senhor fazer logo essa cesária , doutor ... – Amanda respondeu.

- ... Está bem ... Vamos leva-la .

P.O.V. Axl

Finalmente depois daquele transito do inferno , consegui chegar no maldito hospital. Tudo estava dando errado pra atrapalhar minha vida. Estacionei o carro e saí correndo pra dentro do hospital. Perguntei por ela na recepção , e finalmente encontrei a sala. Chegando lá , coloquei uma porra de uma máscara e uma touca ridícula e finalmente entrei.

Lá estava minha mulher com a barriga costurada e suja de sangue , todos os caras da banda , mais Amanda e Sebastian que segurava meu bebê no colo.

- Oi amor , eu estou aqui ... tá tudo bem ? – falei ansioso acariciando seus cabelos.

- Não acredito que até nisso você se atrasou ... – ela respondeu .

- Desculpa , querida , eu... – ela sorriu.

- É um menino... – ela disse apontando pra Sebastian. Olhei pra criança em seu colo.

- Dá aqui meu filho , viado. – falei tomando a criança de seus braços. – Olha só como ele lindo , igualzinho o papai. – falei sorrindo enquanto observava aquele bebê pequeno e gordinho dormindo em meus braços.

- CARA! Vocês sabem que dia é hoje ? – Slash falou.

- Sexta ? – Amanda respondeu ironicamente.

- Mano , hoje é aniversário do Robert Plant ! – Slash disse empolgado.

- E daí ? – Respondemos em coro.

- E daí que esse bebê , nasceu no mesmo dia que o vocalista do Led Zeppelin , porra ! – Ele respondeu alegre.

- Eita , não é que a moita tem razão ? – Duff respondeu.

- Bla bla bla ... – falei revirando os olhos.

- Humm... Robert não é ruim... – Giovana disse.

- O quê ? Você não tá pensando em ... – Steven me interrompeu pegando o bebê de meus braços.

- Robert Fucking Rose ! – Steven ergueu o bebê como se meu filho fosse o Simba do Rei Leão .

- Dá aqui esse bebê ! – Falei tomando a criança de volta.

- Tirando o “Fucking” , tudo certo. – Giovana disse.

E por fim meu filho acabou sendo registrado como Robert William Rose.

P.O.V. Giovana

Dia seguinte , 14:00 p.m.

Nossa casa estava cheia e visitas , todos querendo ver “ Robert Rose” ... Tive uma surpresa imensa quando vi entrando pela sala os garotos do “Mötley Crüe” , inclusive Vince Neil.

Todos pegaram o bebê no colo , e brincaram com ele um pouquinho , nunca pensei que veria Nikki , Mick , Tommy muito menos Vince segurando um bebê. Todos foram para os fundos onde estava as outras pessoas , porém Vince ficou ali.

- Sabe Gio – ele sentou ao meu lado me entregando o bebê- eu sei que você tá estranhando eu vir aqui ... talvez me ache até um canalha por isso... Mas eu só vim porque , reconheço que sou um babaca... Vou ser sincero , não me arrependo de ter tentado alguma coisa com você algumas vezes ... Eu realmente me interessei por você , mas nunca fui o único ... E eu devia ter respeitado o fato de você não querer nada comigo. Então eu gostaria de ser pelo menos , seu amigo. Não só seu , mas também de todos vocês...

- Hãn.. Tudo bem – falei surpresa.

- Então é isso ... Eu realmente fico feliz por vocês , e quero que de tudo certo. – ele disse sorrindo , levantou-se e saiu.

Mas essa ainda não foi a maior surpresa que tive. Minutos depois estávamos Amanda e eu agora ali na sala. Eu segurava Robert que dormia tranquilo no meu colo , enquanto Amanda falava alguma coisa sobre o que passava na TV. E então chegou alguém , não olhei quem se aproximava , mas eu conhecia aquele perfume , e não consegui levantar os olhos pra encará-lo.

- Eu ... volto depois ... – Amanda disse saindo da sala percebendo o clima estranho.

Finalmente o encarei , era ele, Jon Bon Jovi . Mas o que fazia aqui ? Ele sentou ao meu lado e sorriu.

- Posso ver ? – ele disse referindo-se a Robert.

- Claro... – respondi num sorriso desconfortável , entregando o bebê . Eu rezava pra que Axl não aparecesse ali agora.

- Ele tem a sua boca ... – disse sorrindo olhando-o. – Mas parece que vai ser ruivinho como o pai.

De repente , apareceu ali uma moça de cabelos vermelhos , que sentou-se ao lado de Jon.

- Meu Deus , que coisinha mais linda ! Qual é o nome ? – ela perguntou.

- Robert ... – respondi sorrindo sem entender.

- Ah... Essa é minha namorada... Cassandra. – Ele respondeu.

- Mas pode me chamar de Cassie . – Ela disse piscando.

Axl apareceu sentando ao meu lado direito , me abraçando e beijando meu rosto. Todo aquele clima estranho de antes , havia sumido. Eu fiquei feliz por Jon também ter encontrado uma pessoa que o amasse. Nós fomos muito felizes um dia , e eu não guardava nenhuma magoa dele , mas agora tínhamos vidas diferentes , e depois disso continuamos sendo amigos.

P.O.V. Amanda

Slash estava um saco , mas eu sabia muito bem que era pela presença de Tommy Lee , e pior , Richie Sambora. Ele havia saído da casa e agora se encontrava sentado na calçada , do lado de fora.

- Hey... Posso sentar aqui ? – falei. Ele me olhou , porém não respondeu. – Eu realmente , espero que você não esteja com ciúmes...

- Não tô com ciúmes . – ele disse.

- Ainda bem... Porquê não faria o menor sentido ter ciúmes de um cara que tem namorada , muito menos de um baterista imbecil que eu nem se quer suporto. – respondi.

Ele ficou encarando o chão.

- Eu amo você , Slash... – respondi dando um beijo em seu rosto , abraçando-o.

Ele sorriu e me abraçou de volta.

P.O.V. Narrador

27 de Abril de 1993. Estavam todos na Hell House fazendo uma pequena festa, como de costume nos finais de semana.

No fim da tarde todos foram surpreendidos pelas pequenas palavras de Slash e Amanda.

- Hey pessoal , calem a boca... Temos uma novidade... – Slash disse batendo com uma colher de pau em uma panela. Todos olhavam. – Fala , querida.

- Estão preparados ? – Amanda perguntou.

- Fala logo , caralho ! – Axl disse revirando os olhos sentado ao chão com Robert entre as pernas.

- Fá-a ogo calaio ... – Robert imitou.

- Issooo Axl , belo pai você ! – Giovana o fuzilou com os olhos. Todos riram.

- Agora é serio... – Amanda disse ainda entre risos. – Então gente... Eu to grávida.

- Olocoo outro bebê ? – Duff disse arregalando os olhos.

- Aaaaah , eu já sabia , bem que você tá meio gordinha mesmo. – Steven disse.

- Godinha memo . – Robert disse , Axl riu.

***

Em 19 de Setembro nascia a pequena “Lita Hudson” , nome escolhido por Slash , que mais uma vez lembrou a todos que esse era o dia em que nasceu “Lita Ford” e alegava que só podia ser o destino avisando que esse deveria ser o nome de sua filha.

***

1995 , ( Véspera de Ano Novo )

Todos estavam na praia da Califórnia , onde costumavam frequentar antigamente. Estavam todos em um pedaço da praia que , por incrível que pareça , era mais solitário. Era tarde da noite , todos estavam sentados na areia , Lita e Robert não se aproximavam um do outro , talvez por vergonha. Robert era ruivinho e tinha uma bandana branca no cabelo colocada por Axl . Giovana e Amanda tentaram inúmeras vezes aproximar as crianças , mas nada.

Os garotos já estavam podre de bêbados , Giovana e Amanda , nem tanto. Foi quando Axl sentado no chão cutucou o braço de Slash que estava ao seu lado bebendo whisky.

- Hey , cara ... Olha lá. – Axl apontou.

***

- Oi ...

- Oi.

- Como cê sama ?

- Robet .

- Aah ... Eu samo Lita.

Os dois ficaram parados um frente ao outro. Robert virou as costas e saiu andando deixando Lita ali parada . Segundos depois voltou com uma cartola na mão , e colocou esta na cabeça de Lita , pegou a mão dela e a puxou correndo em direção a água. Axl e Slash ficaram olhando a cena.

Robert e Lita de mãozinhas dadas pulando as ondas .

- Seeeeti

- Oiiituu

- Nooovii

- DEEEEEEEIZZ – Gritaram juntas.

Robert passou o braço pelo ombro de Lita , e ela fez o mesmo , e ficaram olhando o céu se encher de luzes coloridas. Vistos de longe , mais pareciam um mini Axl e uma mini Slash...Slash e Axl riram , e cantarolaram juntos.

“ Ooooh sweet child o’ mine , Ooooh sweet love o’ mine”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                   THE END


Notas Finais


Ownts :3

E aí gente gostaram ? Espero que sim *-* , Gostaria de saber o que acharam ...
Ah e pfvr , não esqueçam do Epílogo , tem muita coisa lá que vão gostar de saber ... Ou não né kkkk , beijo seus lindu :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...