História Niece To Daugther - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Drama, Romance
Exibições 15
Palavras 2.057
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi mais amores !!! Espero que gostem ♡♡

Capítulo 7 - O que estou sentindo ?


Fanfic / Fanfiction Niece To Daugther - Capítulo 7 - O que estou sentindo ?

ALGUMAS HORAS DEPOIS ......

 

 

Já era o último paciente , e percebo que melhorei bastante . Justin tinha dado uma saidinha para verificar outro departamento , o que  me deixou tranquila , pois quando era só eu , tinha que fazer muitas coisas ao mesmo tempo supervisionar cada departamento e ainda fazer cirurgias e as vezes atender crianças , tinha vezes que ficava louca ,nem para dar uma pausa eu podia , como por exemplo ir na rua pegar um ar . Minha vida era muito corrida , mas eu sempre amei o geito que ela era , só que um dia cansa e agora que Justin está aqui , eu fico bem mais tranquila .Eu me preceptei totalmente em relação ao Justin ele é um homem bom e ama crinças. 

-  Ele só vai precisar tomar um remédio para enjoos - falo dando a receita a mãe a minha frente 

- obrigada , você é uma ótima médica , atendeu bem rapidinho - falou a mulher que aparentava ter o seus 35 anos e linda , ela com certeza melhorou ainda mais o meu dia. 

- obrigada , é sempre bom ouvir elogios - digo caminhando para a porta e logo a abri 

- com certeza - ela sai da sala - mas só dou elogios para quem merece - sorrio e abano para ela que faz o mesmo. Entro na sala e vou para a mesa pra organizar  as coisa , vejo o horário no meu relógio e o mesmo apontava para as 17:30 neste horário Sophi ja esta em casa com a babá. 

 Sophi amou a ideia de ter uma babá só para ela , está menina é uma figura . Percebo a porta abrir e vejo que era o Justin , diferente das outras vezes que ele abriu a porta , desta vez eu sorri por ter o visto .

- e esse sorriso no rosto ? - Justin senta em uma das cadeira a minha frente - Não vai me perguntar o que estou fazendo aqui ? - esboço um sorriso ao lembrar das vezes em que o xinguei.

- Desculpa por ter sido chata com você , de verdade - Justin arruma o seu jaleco , que já estava bem arrumado 

- só aceito suas desculpas se aceitar sair comigo - Não acredito que Justin está me convidando para sair . Pra falar a verdade não sei quando foi a última vez que sai com um cara , sempre fui muito ocupada e agora com Sophi não tenho vontade  de sair com um cara .

- ah não tenho uma garotinha me esperando - digo arrumando o meu brinco 

- é casada ? - Justin diz assustado 

- que ? Claro que não - Rio do que ele fala o mesmo solta um suspiro pesado 

- é mãe solteira ? - Droga por que ele me faz esta pergunta ?  

- Não também - Justin percebe que eu não estava gostando do caminho onde o papo estava levando e muda de assunto :

- mas podemos sair nós três , o que acha ? 

- pode ser semana que vem ? - pergunto

- vai fazer eu esperar uma semana ? - Justin se ajeita na cadeira - então tem que valer muito a pena - dou risada do que ele fala e assenti pois ele já tinha me convencido a sair com ele , até porque nao faz mal sair uma vez .

- tudo bem mas agora temos que nos organizar - após falar encosto meus braços na mesa 

- organizar em que ? 

- no nosso trabalho - Justin se supreende com o que eu acabei de falar , o que não entendo 

- nosso ? 

- Sim - reviro os olhos o que faz Justin rir 

- vamos repartir as tarefas ao meio - Justin fala rasgando o papel onde estava escrito ás tarefas a se fazer 

- toma este é pra você - Justin me alcança  uma parte do papel e a outra ele guardou no seujaleco 

- ótimo - digo após verificar as tarefas - então vamos trabalhar - Justin assentiu e em seguida já estávamos trabalhando . 

 Como Justin havia repartido ás tarefas , não tinha o problema de estarmos brigando em uma cirurgia o que foi bom , pois atrapalha quem está trabalhando . 

 

   UMA SEMANA DEPOIS ...

 

 

Já fazinham exatamente uma semana que Justin estava trabalhando comigo , o que era muito bom , ouvi dizer que era a última semana dele . Devo admitir que está semana trabalhando com o Justin , melhorou muito o nosso relacionamento , não brigo mais com ele , e ele me ajuda muito , acho que vou até sentir um pouco de saudade dele 

- Amiga você vai ir lá em casa hoje né ? - pergunto para Giovana que estava sentada a minha frente devorando um sanduiche.  

- Sim , não vejo a hora de ver aquela loirinha - Giovana fala com a boca cheia o que me faz rir 

- você tá com fome mesmo em 

 

Estávamos lanchando no Mcdonalds que fica em frente ao hospital ,  agora é o horário do almoço . 

Fico comendo e observando o lugar , que era lindo por sinal , tinha bastante gente aqui , uns comendo sozinhos e outros com amigos , tinha até adolescente , o que fez eu me lembrar da minha adolescência,  que não faz muito tempo assim , tenho 25 anos , não sou tão velha .

 Em toda a minha adolescência eu era tímida , mas tímida ao extremo . As pessoas me comprimentavam e eu só sorria , meu sorriso era como um "oi " . Mas ainda bem que hoje em dia não sou mais assim , sou a pessoa mais faladeira do hospital  (se existe esta palavra), todos me conhecem e eu tbm conheço todos . Só que tem horas que a timidez bate , e advinhem quando ? Quando o Justin aparece . Mil vezes  merda , nao sei quando isso começou , só sei que é estranho . 

 Estou olhando para a porta e acabo de ver um "senhor" um tanto quanto alto aparecer em frente ao Mcdonalds ele estava no telefone falando com alguém , e parecia que a conversa não era das melhores . Ah esqueci de falar , este "senhor " é o Justin .

- o que você está olhando ? - pergunta a minha amiga me tirando dos pensamentos 

- a rua - dou de ombro ainda olhando para Justin , que ja estava entrando no Mcdonalds e indo direto para a fila 

- Rua , sei - Giovana fala após percebe que Justin acabará de entrar na fila -querida a rua não é a fila 

- Eu sei , é que agora não estou mais olhando para a rua - falo abanando para Justin que faz o mesmo 

- Amiga quando você vai sair com ele ? - olho para Giovana com cara de desentendida 

- quem disse que vou sair ? - comecei a comer o meu sanduíche , pois eu estava nervosa, e de boca cheia não poderei responder as perguntas de Giovana

- Amiga eu te conheço , você não age normal quando está com Justin - Não acredito que ela falou isso - você fica tímida - arregalo os meus olhos após Giovana falar e acabo me engasgando . Caramba é tão nítido isso ? 

- Giovana , não é hora e nem local para estarmos falando disso - falo sorrindo e observo Justin , para ver se ele tinha ouvido . 

- okay - resp

- Eai meninas !- diz Justin ao chegar perto de nós . Automaticamente fiquei nervosa a meu coração batia rápido . Merda de novo não -posso ficar aqui com vocês? 

- Pode - dou de ombros , tentando esconder meu nervosismo . Porque eu tenho que ficar assim ? 

- hoje você vai atender as crinças?  - justin pergunta após sentar ao meu lado . Ele parecia estar feliz 

- vou sim - respondo 

Em seguida eu ja tinha termidano de comer e eu estava falando com Sophi no telefone , a mesma estava em casa com a babá . Graças ao bom Deus hoje vou soltar mais cedo , vou poder buscar minha loirinha 

- Eai como a Letícia está ? - pergunto me referindo a babá 

- ela está bem 

- e vocês já almoçaram ? Não vão se atrasar em - brinco com Sophi que ri da minha piada . 

 No primeiro dia em que a babá levou a Sophi para a escola , elas se atrasaram pois a Letícia dormiu de mais . E Sophi tinha ficado esperando pronta .

- Agora ela ja não demora 

- hoje quem vai ir te buscar?  - falo animada 

- hmm deixa eu ver 

- Não sabe ? 

- voceêê - grita Sophi do outro lado da linha 

- ebaaa até que emfim , mas eu tenho uma proposta para você - digo fazendo suspense 

- proposta ? 

- é , quer ouvir qual é agora ou só quando eu for te buscar ? 

- Não sei - Sophi fala e em seguida escuto Letícia gritar : " Vamos está na hora " 

- acho melhor depois , se não você vai se atrasar 

- tá bom , mas não esquece em - Sophi falava a eu imaginava ela com os dedinhos apontando para mim . Ri do meu próprio pensamento 

- pode deixar , beijão minha flor - escuto um estralo do outro lado da linha , provavelmente era Sophi dando beijo no telefone , o que me faz rir , ela sempre faz isso . Logo desligo a ligação e sinto saudade da minha loirinha . 

- ela é uma figura - comenta Justin que acabou de terminar o seu lanche 

- com certeza . 

 

Em seguida que terminamos , fomos direto para o hospital , só que como restava um tempinho , eu e Justin decidimos ir na maternidade ver os bebês,  ás vezes quando não temos nada  para fazer , ficamos vendo os bebês , ou até mesmo ajudando a cuida-los . Só que está parte era eu quem fazia , porque Justin tem medo de machuca-Los . 

 Justin com toda a certeza, vai ser um ótimo pai , ele é atencioso e cuidadoso , ótimas características. 

- como é ter um bebê?  - justin pergunta observando os bebês 

- Não sei - dou de ombros observando os bebes também 

- como assim ? - Agora Justin me olhava , com um olhar supreso . Tinha esquecido , que eu não contei a ele , que Sophi não é minha filha .

- Sophi não é minha filha , ela é minha sobrinha - falo olhando para Justin , o mesmo chega mais perto de mim e me abraça , ele deve ter percebido como este assunto me deuxava mal 

- Meu irmão morreu neste mês , foi um dos motivo para você vir - Justin fazia  carinho em meus cabelos 

- eu sinto muito - me lembrei do meu irmão e deixei as lágrimas cairem , não me importando se iria molhar a roupa de Justin . 

- tudo bem - desfaço o abraço e limpo minhas lagramas , mas logo caíram outras . Em seguida Justin limpa elas , o que fez nossos rostos ficaram pertos um do outro . Justin olhava para meus olhos e eu os dele , mas meus olhos teimaram e se direcinaram para a boca de Justin . Ó céus,  o que está acontecendo aqui .  Minha mente dizia para eu sair correndo , mas meu coração queria que eu continuasse o que eu estava fazendo . Olhei para os olhos de Justin tentando decifra-Los , mas foi uma tentativa falha . Não conhecia o homem a minha frente que estava com suas mãos no meu pescoço,  pronto para me beijar . Não sabia o que eu estava fazendo ali . Então em um impulso tirei as mãos de Justin do meu pescoço .

- obrigado por me apoiar , preciso trabalhar agora - Justin assentiu , e em seguida sai daquele local,  para não ter o risco de fazer algo que mais tarde me arrependerá . 


Notas Finais


Espero muito que tenham gostado ♡♡♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...