História Night Changes - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Josh Devine, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Niall
Exibições 23
Palavras 797
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey, acho que pedir desculpas eé pouco pelo tempão que eu demorei. Estava com alguns problemas pessoais, mas agora eu estou de volta!
Agradecimentos do dia:
~KagomeDragneel - Muito obrigada por ter favoritado S2
~nandelicia - Obrigada por ter favoritado S2
~marida22 - Obrigada por ter favoritado S2
~tatadohoran16 - Muito obridaga pelo comentário super super S2
~brasabell - Muito obrigada pelo seu comentário S2
~Ana_Oliveira - Muito bom saber que estaá amando S2
~Fancy-Stories-- - Muito obrigada por ter favoritado, deixe sua opiniāo eu nāo mordo S2
~KagomeDragneel - Muito obrigada por ter favoritado S2

Espero que eu não tenha esquecido de ninguém, boa leitura :)

Capítulo 9 - Foi um sim


24/04/2015 

Niall estava disposto a trocar de médico, nesse dia ele estava ainda mais disposto a isso. Ele se levantou, algo que ele sabia que Sophie o mataria se o visse fazer, mas ele fez exatamente isso. Arrumou todas as coisas que tinha trago de volta na mala e se sentou na cama esperando a sua médica que estaria ali logo para o check-up matinal. 

Niall estava confuso, mas ele esperou tanto tempo para se sentir assim que estaria disposto a abrir mão do seu último dia de tratamento, e morrer por isso, desde que ele conseguisse a convencer de que ela deveria dar uma chance aos dois. 

- Eu vou embora. - Ele disse assim que ela entrou pela porta.  

- O que? - Ela o olhou completamente incrédula - Niall você não pode ir, o seu tratamento termina amanhã espere mais um dia e eu te dou alta. - Ele negou decidido de ir embora. 

- Não Sophi, se eu preciso estar em outro médico para você pensar no que nós dois sentimos, então eu vou para outro médico. - Ela sentiu os olhos começarem a arderem. Ela sabia que ele não desistira tão fácil, mas não esperava por isso. 

- Niall mesmo que eu não fosse a sua médica eu não posso... - Ele se levantou e foi até ela. 

- Porque você não pode? - Ele perguntou gentilmente, ele precisava saber. 

- Porque eu não quero que aconteça de novo. - Ele a olhou ainda sem entender e a puxou para que ela se sentasse de frente para ele na cama. Ele a olhou de uma forma acolhedora, e isso a fez esquecer de que não deveria contar nada daquilo, as palavras simplesmente começaram a fluir da boca dela, ela contou tudo sobre Will, sobre como ele morreu e sobre como ela se sente culpada todos os dias por isso. - E eu não posso – Ela disse se levantando e indo até a porta como se não fosse suportar ficar perto dele sem poder ficar com ele - Eu não posso de novo e ainda mais com você, você é meu paciente e...  

- Eu também nunca pensei que fosse me apaixonar por você mas aconteceu, eu não gosto de você porque você salvou minha vida eu gosto de você porque você é você e pronto, não tem nada haver com seu emprego fantástico de salvar vidas, eu só te amo. – Niall despejou tudo de uma vez, ele estava segurando isso a um tempo que parecia ser uma eternidade,  e estava com medo mas sentia que se não dissesse iria explodir, então ele falou.  
 
- Niall... – Sophie começou.  
 
- Não precisa dizer nada, eu já sei o que você vai dizer, que é contra a ética médica, e que você só estava sendo profissional. – Ele bufou e prensou a menina na parede. – Eu não sei nada sobre a ética médica então por favor não me culpe, a final a culpa é sua de ser perfeita. - E com isso ele a beijou novamente, com uma diferença que dessa vez ela não fugiu, ela não pensou em fugir. Ela não queria mas ao mesmo tempo era maior que ela. 

- Por favor só fique até amanhã, esqueça isso eu não sou a pessoa certa para você. - Ele a calou colocando o dedo em seus lábios, limpou algumas lágrimas que desciam pelo rosto dela e disse: 

- Eu vou ficar até amanhã, você me dará alta e eu vou para outro médico. - Ela fez menção de contestar, mas ele prosseguiu antes disso. - Não Sophie, eu não vou desistir, e eu não vou esquecer de você porque esse não é o tipo de coisa que se faz quando se acha a mulher da sua vida. Não tente contestar, só sinta, eu não vou morrer, você está me salvando dessa vez, talvez esse seja o seu destino, para se perdoar de uma vez por todas de algo que você nem mesmo teve culpa. Eu vou te deixar pensar, a gente pode conversar depois de amanhã no seu piano, você tinha dito que seria como o kit vegetariano das crianças, eu não esqueci. - Ela sorriu de leve, o fazendo sentir aliviado – A gente pode conversar quando eu não for mais o seu paciente, quando eu estiver bem e longe da sua clínica feita para crianças. - ela riu e ele sorriu em correspondência. 

- Você está me convidando para um encontro em minha própria casa Niall? - Ele riu 

- É o que parece Sophi. - Ela assentiu – Isso foi um sim? Ou eu preciso trabalhar mais no quesito convidar a pessoa que roubou o meu coração para um encontro? 

- Foi um sim. - Ela disse depois de pensar por alguns bons segundos.


Notas Finais


Então o que acham? Será que da para ela se desconvidar? hahaha

Beijinhos cupcakes


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...