História Night Wolves - Interativa - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Interativa, Lobos
Exibições 4
Palavras 1.429
Terminada Sim
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 22 - ''Akame e Rander, despedida cruel''


Fanfic / Fanfiction Night Wolves - Interativa - Capítulo 22 - ''Akame e Rander, despedida cruel''

Night Wolves

Capitulo XXII _ ''Akame e Rander, despedida cruel''

''É uma verdade que no amor e na guerra
Mundos se colidem e corações são partidos
Eu quero viver como eu sei que eu estou morrendo
Pegue minha cruz, não tenha medo''
-War Of Change

Não muito longe de onde ocorreria a luta, um albino de olhos dourados corria apresadamente pelas ruas da deserta cidade de Pacifique, o que certamente era estranho de se ver. Olhava para o lados, procurando alguém mas nada, ao virar em uma esquita, quase chocara-se com outra pessoa. Levantou o olhar, encarando a morena portando um arco com sigo.

-Olivia? _ Dissera vendo a mesma, abaixar o arco e mirar o albino a sua frente.

-Killua? O que ainda faz aqui?

-O mesmo que você imagino, sentia a presença deles aqui, temos que achar a Akame e o Rander tenho um mau pressentimento _ Respondeu o mesmo, e nem imaginava que sua intuição estava mais que certa.

-Tudo bem _ Respondeu a mesma, ambos os dois caçadores classe A sairão em direção ao local, vendo as nuvens negras sobre o céu.

Killua segurava firmemente suas pistolas, sendo a unica pessoa que pode escapar dum tiro desta no passado, sendo Akame, ainda se lembra do dia em que a viu pela primeira vez, ao lado de sua irmã menor, Lara. Quando a atacaou e ela simplesmente desviou com exito e com destreza, era uma das poucas caçadoras que confiava e admirava em sua vida.

Paralisaram, tanto Killua como Olivia, ficaram sem palavras, em frente a luta, onde viu um Haven psicótico matando e lutando contra os membros da Lei, enxergaram os corpos de Akame Collapse e Rander Alberon, caídos no chão sem vida, Rander com quase seu estomago cortado ao meio e Akame com um ferimento muito feio em suas costas, parecia ter sido feito por uma espada irregular ou outra coisa, não importava no momento.

Apertou a pistola em suas mãos, Killua caminhou em direção a Levi, que estava no chão, ainda chorando e parecia ter tido seu espirito de luta quebrado, com a morte da morena. Conhecia o mesmo, o viu ao lado de Akame algumas vezes, verdadeiramente Levi era apegado a sua mestre. Olivia o seguiu, eles nem se quer foram atacados pela Lei, que se concentrava em matar o Demonio Branco, deixando os dois caçadores para trás.

-Ei Levi _ Chamou o mesmo que nada disse, tinha que tirar ele dali, mas e o corpo de Akame e Rander, como pegariam ele.

-Eu tive um ideia, Killua tire Levi daqui eu vou parar esta luta_ Dissera Olivia pegando uma das suas flechas e mirando no céu, pouco a cima daqueles que lutavam.

-Não sei o que vai fazer, mas conto com você, Olivia ­_ Sem pensar duas vezes, Killua pegou o garoto menor em seus braços e saíra correndo do local com o mesmo, sabia que perto da cidade poderia encontrar talvez um ou dois membros da Ordem dos Caçadores, para ajudar a criança que acabara de perder sua mestra.

Ainda no campo de batalha, Olivia suspirou atirando um flecha ao céu, um grande clarão se fez presente e por um momento a luta parrou, então a mesma gritou _ Parem já de lutar, a luta acabou Akame esta morta, não a sentido nesta luta, parem ou vão envolver mais caçadores do que querem, Lei ! _ Dissera a mesma, ignorando o olhar nada amigavel de Haven

-Esta mulher esta certa _ Pronunciou-se um dos membros coberto por seu manto negro, gradativamente os membros da Lei começaram a sumir.

-Ei voltem aqui, seus malditos covardes! _ Gritou Haven os vendo sumir a sua frente, sem mais nenhum deles em campo, caio de joelhos olhando para o sangue em suas mãos, Akame e Rander, porque ele se foram, porque eles também. _ Porque se intrometeu nisso? _Questionou agora mirando Olivia que suspirou e guardou seu arco

-Akame um dia me fez o pedido de parar a luta caso ela morre-se e aqui esta, o corpo de Akame Collapse _ Dissera apontando para o corpo ao seu lado, Haven a olhou com um olhar vazio e se vida, sem nenhuma vontade de viver, sem nenhuma emoção em seu ser.

-Akame... Rander... _ Sussurrou baixinho para si mesmo, enquanto ficava ali parado olhando para o sangue em suas mãos e roupas. Uma chuva inesperada começou a cair, como se lava-se os pecados cometidos na terra.

Oliviu viu o mesmo, levantar-se e começar a caminhar sem rumo para longe dela, ele estava quebrado por dentro, melhor amigo e mulher que amava mortos. Isso era peso de mais para qualquer pessoa. Suspirou, olhando os dois corpos no chão, ambos Akame e Rander morreram com um sorriso no rosto e um simples até mais em seu olhar já sem vida alguma. Abaixou-se perto do corpo de Akame, analisando o corpo, ela forrá uma das melhores caçadores que conhecera, uma boa amiga que possuía um irmão, pelo qual se sacrificou varias vezes, que por si só não prestava nada, Aoto, como ele reagira ao ver o corpo morto de sua irmã.. Apenas o futuro poderá dar a Olivia Doragon uma resposta certa, não muito agradavel sobre o mesmo.....

_____________________&____________________
Dez dias depois...
Cidade de Mysterium

Os cabelos negros de Olivia balançaram com o vento, enquanto ela olhava os dois caixões sendo interrados numa parte mais afastada de Mysterium, pois sendo criminosos eles não poderia ser interados juntos ao demais. Lara estava ao lado de Killua, lagrimas faziam-se presentes no rosto da jovem albina de olhos vermelhos, ao lado dela, Rinkaru mantinha-se calado e sem falar muita coisa, apenas vendo tudo.

Haven Saketsu que estava a sua frente, mantinha-se quieto e sem falar nada, vendo os dois corpos sendo enterrados, mas ao longe um homem coberto por um manto negro olhava a cena, seu olhar era de amargura e de ressentimento, Akame Collapse foi consumida por sua própria vingança. Não conseguiu um meio de Matar Marasame, pois Amellia Rorona lhe disse que mesmo que quisera, não poderia dar algo que foi destruído a muito tempo, pela própria Akame.

Nas lapides agora residiam os nomes daqueles que lutaram e se sacrificaram por aqueles que amava, foram até o fim com suas ambições, e seguiram em frente com seus sonhos.

''Akame Collapse
XXX-XXX
Ex-Líder da Ordem dos Caçadores
Ex-Caçadora Oficial
'Família não termina no sangue'
Criminosa de Guerra''

''Rander Alberon
XXX-XXX
Ex-Vice-Líder da Ordem dos Caçadores
Ex-Caçador Oficial
'O que vale é amizade, o resto que se exploda'
Criminoso de Guerra''

-Antes que se vão daqui, tenho algo aos entregar _ A voz amigável e carregada de tristeza de Den forra ouvida, forrá ele que cuidou de Levi quando Killua levou este para o mesmo, na saída de Pacifique.

O moreno estava na frente de poucas pessoas, pois quem veria ao enterro de dois criminosos. Apenas alguns membros da própria ex-Guilda de ambos, e outros poucos da Ordem dos Caçadores

-E o que seria? _ Questionou Olivia vendo o mesmo sorrir calmamente para si e pegar do bolço de seu sobretudo oito cartas brancas, com o simbolo do clã Collapse em todas _ Isso é..

-Sim, são cartas que Akame fez para todos, por isso leiam elas calmamente, sem presa _ Dissera começando a entregar as cartas ao seus respectivos donos. Uma para Haven, outra para Olivia, Killua, Lara, Rinkaru, Aoto e por ultimo, ele forrá em direção a uma arvore mais afastada dos demais. Colcando a ultima carta sobre um pedra, esperando o dono da mesma vir pegar. Assim que se distanciou-se o homem coberto por uma capa negra, recolheu a carta, para si e virou-se para sair do local.

-Akame deixou isso para todos nós? _ Comentou Killua baixnho para si mesmo, encarando o envelope com seu nome e com o simbolo do clã de Akame Collapse

-Hum _ Dissera Aoto Collapse, virando-se e saindo do local, sem nem se importar em se despedir de sua irmã já morta _ Morte patética, assim como ela _ Dissera para si mesmo, caminhando em direção a sua casa, deixando os demais ali, olhando para suas cartas seladas, e um por um, foi deixando o local, apenas ficando Haven Saketsu, que lentamente abriu sua carta, descobrindo ser uma grande revelação por parte de Akame...

''Como um ladrão rastejando pela noite
Sem um sinal, sem um aviso
Mas estamos prontos e preparados para lutar
Levantem suas espadas não tenham medo
É verdade o que dizem, que as palavras são armas?
E se for, então é melhor todos pararem de andar''
-War Of Change



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...