História Nightingale - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Adam Milligan, Castiel, Charlene "Charlie" Bradbury, Crowley, Dean Winchester, Jo Harvelle, Miguel, Ruby, Sam Winchester
Tags Crowstiel, Midam, Sastiel, Wincest
Visualizações 64
Palavras 2.624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, FemmeSlash, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Capitulo 2


P.O.V Sam

Já chorava antes de chegar no parque, eu amo o Castiel, não quero terminar com ele

Oi meu amor- Castiel fala se aproximando de mim para me beijar, mas eu desvio, e ele nota que eu estou chorando- Sammy? Por que você está chorando- Castiel fala enxugando minhas lágrimas

Cass, eu fiz uma besteira, mas saiba que eu te amo- Falei com uma voz sofrida

O que você fez?- Castiel fala com uma voz de medo

E-eu e o Dean, nós nos beijamos- Falei de uma voz triste, sem olhar para o Castiel

O que?! Como você pode Sam?- Castiel fala irritado e se levantando

Me desculpa Cass, não sei o que me deu- Falo tentando tocar no Castiel

Não encosta em mim Sam, nós terminamos, podemos ser amigos, mas namorados não vamos ser mais- Castiel fala chorando

Você só está com a cabeça quente, afinal só foi um beijo, não aconteceu mais nada além disso- Falei chorando novamente

E o que é isso no seu pescoço?- Castiel fala apontando para o meu pescoço

Tinha esquecido que a gente quase... Não consigo dizer a palavra de tanta vergonha

Eu juro que não aconteceu nada demais- Sam

Só me de um tempo Sam- Castiel

Tudo bem Cass- Sam

Estava irritado e ao mesmo tempo triste, mas mais irritado, só que irritado comigo mesmo, por que eu beijei o Dean?. Se passou 1 semana desde que eu e o Castiel tínhamos terminado, conseguimos ser amigos normalmente, mas não conseguia deixar de pensar no beijo do Dean, e quanto eu magoei o Castiel. Na segunda eu decidi ir atras do Dean, localizei ele sozinho, fui em sua direção e o imprensei na parede

Por sua culpa o meu namoro com o Castiel acabou- Falei irritado

Sério? Poxa que pena- Dean falou irônico

O que suas namoradinhas diriam se soubessem que você é gay? Elas não ficariam com você- Falei em tom ameaçador

Mas eu não sou gay- Dean

Só que você sabe muito bem o quanto eu sou influente nessa escola, posso tornar você o que eu quiser- Sam

Você quer me beijar que eu sei- Dean falou do nada

Talvez, mas eu nunca diria isso a ele

Nunca- Sam

Se você diz- Dean fala se aproximando de mim para me beijar, mas eu não afasto, eu continuo focado nos seus lábios carnudos, só que alguém grita o nome do Dean e acaba cortando o clima, nós nos afastamos

Eu não acredito o que eu ia fazer- Dean falou fazendo cara de nojo

Não acredito o que eu pensei em retribuir- Falei fazendo som de quem ia vomitar

Finalmente te encontrei cara- Gadreel

Você fala como se eu tivesse sumido- Dean

Gadreel nota minha presença e vai para perto de mim

Soube que você terminou com o Castiel, se poder me dar uma chance- Gadreel falou baixo fazendo voz de esperança

Gadreel, eu posso ser assim, mas eu não gosto de magoar os outros, por isso que toda vez que eu penso em namorar alguém sem ser o Cass, eu acabo voltando para o Cass, pois quem eu amo de verdade é o Castiel, estando com outra pessoa pensando no Cass, eu vou acabar magoando essa tal pessoa- Falei baixo para o Gadreel

O que vocês estão falando aí?- Dean

Nada- Eu e o Gadreel falamos ao mesmo tempo

Ele e o Dean ia saindo, mas eu segurei o Dean

Me encontra depois que você acabar o café da manhã na sala do zelador- Sussurrei para o Dean

Ok, eu vou esta lá- Dean sussurrou para mim

Tinha 3 aulas antes do café da manhã. Quando chegou a hora do café, a mesa estava com todos juntos

E aí Sam? Você já arrumou alguém para iludir antes da nós voltarmos?- Castiel perguntou com um pouco de ciúmes

Abaixei a minha cabeça

Já vi que sim- Castiel falou com ciúmes

Cass- Ruby fala em tom de repreensão

Tudo bem Ruby, ele tem toda razão, talvez eu já tenha arrumado outra pessoa- Sam

Eu e Castiel já tínhamos terminado, mas só foi uma vez, quando eu fui idiota e não queria assumir eu ser bi, essa também foi a época em que eu tive algo escondido com o Gadreel, e ele saiu magoado, pois eu escolhi assumi minha bissexualidade com o Castiel.

Eu estou indo, tchau- Falei me levantando, mas o Castiel me segurou

Você vai comer isso sim Sam- Castiel

Não estou com fome- Sam

Sam- Castiel falou em tom de repreensão- Só mais um pouquinho, por mim- Castiel

Ok, faço isso por você- Sam

Castiel me deu comida na boca

Satisfeito Cass?- Sam

Muito Sammy- Castiel

Sorri quando ele me chamou assim

Escovei meus dentes, e fui para onde eu marquei.

Por que você me chamou aqui- Dean

Não falei nada, apenas beijei o Dean, ele me retribuiu, passamos um tempo assim até ele se afastar de mim irritado

Por que você fez isso?- Dean pergunta irritado

Porque eu quero ficar com você- Respondi me aproximando dele

Você quer me usar isso sim- Dean

Foi uma vontade do nada de beijar o Dean

Não, não quero, eu juro que não- Sam

Um dia nós estávamos brigando, e agora estamos nos beijando, não é assim que funciona Sam- Dean

Dei outro beijo nele

Você fala demais viu- Sam

Para Sam- Dean

Me diga que não quer, que eu vou embora- Sam

Esperei o Dean dizer, e ele não disse, só fez atacar os meus lábios

Já sabia que você me quer- Sam

Convencido- Dean falou dando uma risadinha

Se alguém me contasse que a gente estaria se beijando, eu não acreditaria- Sam

Também não- Dean

Nós ficamos por minutos no armário do zelador. Eu sai um pouco antes de tocar, quando eu saí não tinha ninguém, chamei o Dean, e cada um foi para o seu canto

P.O.V Dean

Assim que eu sai de perto do Sam, eu me esbarrei em alguém, e esse alguém é Charlie 

Eu sei o que eu vi Dean, não adianta me enganar, eu vi você e o Sam saindo de dentro daquele armário- Charlie

Sim, e não conte para ninguém por favor- Dean

Fico feliz que você tenha conseguido o que você queria- Charlie

Me sinto tão feliz por isso, uma coisa que eu nunca imaginaria acontecer- Dean

Nunca imaginei você dizendo isso- Charlie

Também não Char- Dean

P.O.V Sam

A semana se passou e eu e o Dean nos encontrávamos sempre na mesma hora, no mesmo local. Agora mesmo estávamos nos beijando, mas eu interrompi porque eu tive uma ideia

Por que parou? Tava tão bom- Dean falou manhoso

Sabe Dean? Por que a gente não se assume para todos?- Sam

Dean me olhou como se fosse a pior ideia do mundo

Eu estou falando sério Dean, os meus amigos querem saber quem é esse ser misterioso que está namorando comigo- Sam

Não vou mentir que eu quero isso para poder provocar o Castiel

Tudo bem Sam- Dean falou e depois me beijou de novo

Vamos fazer isso segunda, ok?- Sam

Com certeza- Dean

As aulas daquela dia acabaram. Quando eu ia para minha casa escuro alguém me chamar, é o Dean

Oi Dean- Falei e dei um selinho

Na frente de todo mundo não- Dean falou corado

Dei uma risadinha

Eu vim te chamar para jantar lá em casa a noite, não é para oficializar nada, só uma janta mesmo- Dean falou nervoso

Tudo bem, eu adoro a comida da tia Mary- Sam

Eu cheguei em casa e fiz todas as minhas atividades, depois desci para conversar com a Lili. Mexi um pouco no meu computador, e perto da hora do jantar alguém me envia uma mensagem, e essa pessoa é o Castiel

*Mensagem on*

Oi Castiel, como você vai?- Sam

Eu quero que você me ajude em uma coisa, mas vai tem que ser na minha casa- Castiel

Claro, já estou indo- Sam

*Mensagem off*

Eu vou para casa do Cass, e de lá vou para casa do Dean. Assim que eu cheguei Castiel já foi logo perguntando sobre o Dean

E aí? Quem é a pessoa sortuda que está com você- Castiel

Segunda eu mostro para vocês- Falei sorrindo para saber que sensação provocaria no Castiel. E ele não agiu nem um pouco bem

Que bom né- Castiel falou entre os dentes

Subimos para o seu quarto

Que tipo de ajuda você quer Cass?- Sam

Eu quero ajuda na matéria de línguas- Castiel falou se aproximando de mim

E qual é o assunto?- Falei provocativo

A minha boca na sua- Castiel fala e depois me beija. De um beijo calmo, vai para um beijo quente e cheio de paixão, começamos a tirar nossas roupas até não ficar mais nenhuma, o Dean começava a mandar mensagem para saber onde eu estava

Quem é?- Castiel

Ninguém importante, vou desligar meu celular- Sam

Desliguei o meu celular. Passamos a noite juntos. Acordei já pela manhã procurando o Castiel, ele estava lá em baixo.

Sam me desculpa, eu não devia ter feito isso, eu me senti mal que você estava com alguém, e acho que aquela pessoa estava mandando mensagens para você ontem, acho que fiz vocês perderem algo importante- Castiel falou arrependido e eu fiz que sim com a cabeça- Me desculpa de verdade Sam, você merece essa pessoa, vai lá e pede desculpa para ela, se quiser me culpar pode- Castiel falou realmente arrependido

Não foi só sua culpa Cass, eu sei que não dá certo eu e você sozinhos em uma casa, então praticamente eu vim na intenção de já saber que ia dar isso- Sam

Vai lá Sam, você merece- Castiel

Tomei um banho primeiramente, vesti umas roupas minhas que sempre ficavam na casa do Castiel, e fui em rumo a casa do Dean, e já tinha a desculpa perfeita. Toquei a campainha da sua casa, e quem atendeu foi a Mary.

Tia Mary, você sabe onde o Dean está?- Sam

Ele está lá em cima, entre meu filho- Mary falou abrindo passagem para eu entrar

Meu filho, duas palavras pequenas, mas deu um efeito bom dentro mim. Subi em direção ao quarto do Dean. Não bati na porta, já fui entrando.

Por favor, me desculpa Dean por não comparecer ontem, meu pai precisou de mim, e eu não pude vim- Falei desesperado

Tudo bem Sam, depois de ligar muito para você, eu decidi ligar para o seu pai, e ele me disse que fez você ir para empresa, e que talvez não chegaria a tempo- Dean

Ainda bem que meu pai já sabia que essa história de eu ir para a casa do Castiel sem os pais dele está não daria certo.

Me sinto tão mal por não vim, mas ao mesmo tempo foi bom ajudar o meu pai, porque assim eu aprendo mais na empresa para o futuro- Sam

Com certeza Sam- Dean

Me levantei e tranquei a porta

Vamos aproveitar o tempo perdido, que tal na semana que vem nós irmos para uma das minhas casas de férias?- Sam

Tanto faz, que eu passe o tempo com você- Dean

Nós começamos um beijo doce, que depois se transformou em um beijo feroz, quando vê já estávamos já cama dele sem blusa, só que o Dean interrompeu

Desculpa Sam, mas eu não me sinto preparado ainda- Dean

Tudo bem Dean, eu entendo você- Sam

Por isso que eu te amo- Dean fala sorrindo

Só faço dar um sorriso e o beijo.

Passamos o sábado todo junto. Já chegando a segunda, o Dean estava nervoso, pois ele sabe que os meus amigos não gosta dele, mas o que importa? Talvez não fiquemos juntos o tanto de tempo se ele descobri o que eu fiz com o Cass enquanto ele me aguardava para jantar com a família dele. As 3 aulas já se passaram rápido, e eu fui super rápido em direção à cantina

E aí Sam? Quando vai apresentar esse seu namorado- Castiel falou visivelmente irritado

Daqui a pouco- Sam

Depois de uns 15 minutos Dean chega perto da nossa mesa

O que você faz aqui Winchester?- Castiel perguntou com raiva

Eu e Dean trocamos de olhares, e eu me levanto e fico do lado dele

Gente, é o Dean com quem eu estou namorando- Falo baixo só para eles ouvirem

Nos primeiros minutos eles ficaram espantados, mas depois não ligaram muito... Que dizer obviamente eles odiaram, mas não foi tanto quanto eu imaginei. Castiel que se importou mais

Viu Dean? Não foi tão difícil- Sussurrei no ouvido do Dean

Não parece que eles gostaram- Dean sussurrou

Impressão sua. Vamos senta comigo- Sam

Eu e o Dean nos sentamos. O Castiel nos olhava com muita raiva, fiquei feliz, pois consegui provocar ele. Mas a raiva foi tanta que ele se levantou da mesa

Eu disse- Dean fala apontando para o Castiel saindo com raiva do refeitório

Jo ia atras dele, mas eu impedi

Deixa que eu vou- Sam

Fui atras do Castiel, eu só o achei dentro do meu quarto que tinha na escola

Cass, não fica assim por favor- Sam

Sabe é difícil ver vocês dois juntos, pois foi o motivo da nossa separação- Castiel fala chorando

Vou em sua direção e enxugo suas lágrimas. Nossos rostos ficam próximos demais o que acaba acontecendo um beijo.

Tchau Castiel, é melhor eu voltar- Sam

Saio do quarto, e procuro o Dean, só o encontro 5 minutos depois

Vem aqui, vamos ficar juntinhos no meu quarto- Falo manhoso

Dean me olha espantado. Espero que o Castiel já tenha saído

Calma Dean, não é para fazer o que você está pensando, é só melhor que o armário do Zelador- Sam

Com certeza- Dean

P.O.V Dean

Ficamos no quarto, e não fomos para a penúltima aula, a ultima aula era de geografia, a nossa professora era meio lerda, então entramos na metade da aula, fui para meu grupo, e o Sam foi para o dele. Finalmente tocou, e vamos para casa, que dizer, eu vou tem que ficar mais um pouco.

Oi Dean Winchester- Castiel falou me assustando

O que você quer Castiel?- Perguntei irritado

Te falar que esse seu namoro com o Sam não vai durar muito- Castiel

Você só tá com ciúmes- Dean

O Sam me ama, ele só está com você até eu querer voltar com ele, quando eu querer, ele no instante vai terminar com você, ou nem terminar, dizer que o que vocês tiveram só passou de um lance, pode perguntar ao seu amigo Gadreel- Castiel

O Sam te AMAVA, ele me ama agora, ele não vai terminar comigo, nem dizer que nós não temos nada além de um lance- Dean

Como pode ter a certeza que ele te ama? Você já ouviu um eu te amo da boca dele?- Castiel falou me provocando

Fiz que não com a cabeça

Então como você pode afirmar isso? Afinal você e o Sam não namoram nem faz um mês- Castiel

Mas nos conhecemos faz tempo, então podemos muito bem nos amar sem saber. Não preciso ouvir um eu te amo da boca do Sam para ter certeza- Dean

Se você quer acreditar nisso, eu não posso fazer nada- Castiel falou levantando as duas mãos no ar- Ah! Não sei se o Sam te contou, mas eu vou falar do mesmo jeito. Sabe quando ele te mostrou para gente, e eu sai com raiva, e ele foi atras de mim?- Castiel falou como se isso fosse um prêmio

Sim, me lembro dessa parte, e daí?- Falei irritado

O Sam me beijou, e não foi um simples beijo, foi um beijo quente, e cheio de paixão- Castiel falou para me provocar e depois saiu

Claro que o Castiel não estava falando a verdade, não vou acreditar nele.


Notas Finais


Cass você não está nem um pouco arrependido de que eu sei. Sam tremendo canalha, foi atras do Castiel duas vezes sabendo que ia dar nisso. Talvez tenha mais do Sam sendo um canalha com o Dean
Espero que gostem
Bjsss ate o proximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...