História Nightmare - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Dean Winchester, Sam Winchester
Tags Castiel, Dean Whinchester, Sam Whinchester, Sobrenatural, Supernatural
Exibições 21
Palavras 887
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Juntos na estrada


Fanfic / Fanfiction Nightmare - Capítulo 5 - Juntos na estrada

Após eles se livrarem dos corpos e Ryan levar as meninas de volta, Misha percebeu que Sandy havia acabado de chegar com sua van. Ele desceu preocupado e logo olhou a garota e os irmãos sentados na beira da pequena escada principal até a varanda.

Parou bem a frente deles, observando os irmãos.

─ Finalmente conhecemos os Winchesters – comentou. – Já ouvi muitas histórias de vocês.

─ Ham – Dean franziu o cenho confuso. – Eu imagino que sim, mas você é...?

Misha apressou-se.

─ Ele é o Sandy, nosso líder.

─ Estou mais pra ancião do grupo – riu sentando-se no primeiro degrau. – Um ex soldado das forças armadas buscando voltar a ativa – sorriu sem jeito. – Esse caso não foi nosso orgulho. Sabe, estávamos muito contentes sobre nossos bons índices de casos bem resolvidos.

─ Acontece – disse Dean. – Já falhamos muitas vezes também.

─ Na verdade, não existem caçadores que mais cometeram erros do que nós – Sam baixou a cabeça e riu.

Misha aproveitou que Sandy conversava com os irmãos e os deixou, indo para os fundos da casa. Dava de frente para uma clareira e um pouco mais a frente, um lago isolado. Ela respirou fundo e se sentou em um dos degraus, cansada e aliviada.

Na verdade, era bem mais que isso. Assim que fechava os olhos pensava naqueles olhos verdes, deixando-a inconformada.

“Mas que droga... Idiota, o que está pensando?”

Ela não sabia se era admiração, atração ou simplesmente carência mas sabia que com certeza era alguma coisa. Depois de anos sozinha, achou Ryan e Sandy, mas mesmo assim ela se mantinha um tanto sozinha. Já teve relacionamentos, família, amigos... Hoje só tinha a Sandy. E Ryan de certo modo.

Dean sentou-se ao seu lado na escada, suspirando longinquamente.

─ Pensando na vida?

O olhava de lado logo disfarçando seus pensamentos.

─ Pois é – sorriu de lado, sentindo um borbulhar em seu estômago. Ouvir sua voz de repente foi algo inusitado, algo que nunca havia sentido.

─ O que faz aqui sozinha? – ele a encarava.

Ela o encarou de volta, entreabrindo a boca para responder mas hesitou quando o reparou. Aqueles olhos verdes, seu rosto bem contornado e seus lábios aparentemente macios, sua barba mal feita... Ele se aproximou da garota segurando seu maxilar com uma das mãos, a puxando para perto.

  Misha prendeu a respiração e fechou os olhos, completamente hipnotizada. Sentia seu hálito quente bem próximo e seu perfume emadeirado, sua mão ríspida apertando de leve seu maxilar. Dean a observava antes de lhe roubar um beijo; sua pele macia, sua boca pequena de lábios grossos e delicados, seu perfume doce e sua respiração calma... Tudo aquilo fazia Dean a querer mais e mais, era difícil de controlar. De todas as garotas que Dean havia se relacionado ou desejado, ela era a que ele mais queria.

E como um simples estalar de dedos, Misha abriu os olhos como se estivesse acabado de despertar de uma seção de hipnose. No mesmo instante em que Dean avançava em seus lábios, Misha o afastou com as mãos e levantou bruscamente, ainda zonza.

─ O que você... – fechou os olhos tentando se concentrar em não voltar para os braços dele.

─ O que ‘nós’ né? – riu confuso a encarando.

─ Pode esquecer – dizia para ele nem tão firme como gostaria.

Ele se levantou próximo a ela, deixando ela lhe fitar de baixo para cima.

─ Você tava doida pra me encher de beijo que eu sei – puxou-a rapidamente pela cintura e mesmo que ela tentasse uma ou duas vezes sair, ele a segurava com muita força.

─ Você é um grande babaca, Dean Winchester – dizia totalmente corada, fazendo o homem rir.

A porta dos fundos se abriu e para a surpresa de Misha era Ryan. A principio ele encarou a cena boquiaberto, mas rapidamente fechou a cara para Dean.

─ Que droga é essa? – perguntou zangado. – Solta ela – fechou a porta atrás dele, olhando as mãos de Dean enroscadas na cintura de Misha.

Dean lentamente a soltou, encarando sarcasticamente Ryan.

─ Você é o que? Porque namorado ta na cara que não é – sorriu de lado subindo o degrau restante, ficando no mesmo nível de Ryan.

Ele não tinha medo de briga e ambos já haviam tomado nojo da cara um do outro.

─ Ok – disse Misha se pondo entre eles. – Ryan não foi nada, agora chega, vamos voltar para Sandy. – a garota o puxou, forçando-o a sair dali e desviar o olhar de Dean que o encarava com certo prazer estampado no rosto.

Assim que eles voltaram para a varanda, Sandy e Sam haviam acabado de conversar e já estavam de pé esperando o resto dos integrantes.

─ Tenho uma novidade – disse Sandy esfregando as mãos, pronto para ir. – Vamos acompanhar os Winchesters nos próximos casos. – assim que viu a expressão de Ryan apressou-se – Vai ser só durante uma temporada, vai ser bom – acrescentou. – Pensem como... um intercambio de monstros – sorriu animado junto a Sam.

─ Vai ser bom para nós – completou Sam.

─ Que maravilha – apareceu Dean em voz alta passando entre Misha e Ryan, piscando rapidamente para Misha. – Um tempo na estrada juntos vai ser ótimo – sorriu.

A garota estava chocada, mas no fundo havia uma ponta de felicidade. Por um lado trabalhar com os Winchesters, por outro... “Não, não tem outro motivo! É SÓ ESSE!”



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...