História Nigthmare - jikook - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Death Note
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Cadernodamorte, Deusdamortejapones, Jeonjungkook, Jikook, Parkjimin, Shinigami
Visualizações 47
Palavras 597
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Lemon, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


LEIAM AS NOTAS FINAIS

Boa leitura !

Capítulo 4 - Apparition


pov jungkook

A caminho para casa, achei uma situação perfeita para ver se o caderno funciona realmente.

- Oi gatinha. - um homem em cima de uma moto gritou com uma moça que passava pela calçada. - Vem brincar com a gente.

- Esse é o Taku, acha uma gostosa a quilômetros. - outro falou.

Entrei em um estabelecimento que havia a frente do lugar em que estava acontecendo a situação.

Os caras ainda estavam tentando algo, ela negava, e mesmo assim eles insistam.

Peguei uma revista qualquer que havia ali para venda, e a abri, simulando uma leitura.

Olhei pelo canto dos olhos e vi que eles estavam tentando abrir a calça da moça, contra a vontade dela.

Coloquei o caderno disfarçadamente dentro da revista, e escrevi rapidamente " Taku " tendo em mente seu rosto.

- E agora, o que será que vai acontecer... - pensei comigo mesmo.

Vi a garota correndo em direção ao outro lado da rua, e o tal Taku, foi atrás com sua moto.

Seus amigos tentaram o avisar, mas não foi o suficiente para Taku desviar do caminhão que vinha em alta velocidade, o acertando em cheio.

Fiquei com olhos arregalados, ainda presenciando a cena de seus amigos gritando pelo seu nome.

- O -o caderno... É real.

park jimin

- Faz cinco dias... Sabe, é melhor eu ir.

- Ah, vai a algum lugar Jimin ? .- Shiro me perguntou.

- Lamento, mas você não vai encontrar um lugar diferente aqui, nosso mundo todo é assim. - um amigo de Shiro pronunciou.

- E verdade. Mas eu perdi o meu caderno. - falei e eles deram uma gargalhada.

- Você já não perturbou o velho para ter um segundo livro ? Não me diz que perdeu os dois. - Shiro falou e deu uma risadinha idiota.

- Você tem alguma idéia de onde deixou essa coisa ? .- Yuta me perguntou.

- Tenho. No mundo dos humanos.

- O que ?! .- eles falaram em uníssono.

Observei o buraco de onde várias almas subiam. Logo, me joguei e esperei a queda, já que não tenho asas, e é um pouco difícil se tele transportar aqui em cima.

pov jungkook

- Que surpresa boa. Não esperava você em casa tão cedo. - ouvi a voz de minha mãe ao entrar em casa.

- Ah, Oi mãe. É porque, é ...

Não terminei de falar e ela fez um gesto sugestivo com a mão.

- Ah sim, o resultado das provas. - falei e peguei os papéis, entregando em suas mãos.

- Parabéns meu amor. O primeiro de novo. Essa é a maior pontuação que já teve.

- É, vou estudar no quarto,não me interrompa por favor. - falei já subindo as escadas.

- Você quem sabe. Ah Jungkook, quer alguma coisa? Pode pedir o que quiser.

- Não, tá tudo bem mãe, obrigado. - falei e adentrei a porta do quarto, logo em seguida a trancando. - Eu já tenho o que eu quero.

Peguei o caderno e fiquei observando todos aqueles nomes com um sorriso no rosto.

- Vejo que está gostando do que está fazendo. - um voz desconhecida falou e eu pulei da cadeira e bati a cabeça na escrivaninha pelo susto. Logo olhei perto da janela, e havia uma pessoa, ela era um pouco mais branca que o normal e um olho era meio vermelho. - Porque ficou tão surpreso ? Eu sou o shinigami Jimin, esse caderno era meu. A analisar pela sua risada, você já descobriu que o que tem na mão não é um caderno comum.

Me levantei apoiando na cadeira que havia em meu lado.

- Shinigami ... Mas você parece muito com um humano.

- Eu sei. Mas tive que fazer alguns sacrifícios por essa aparência.


Notas Finais


Galera , eu resolvi levar essa fanfic para o wattpad, então, como eu escrevo por lá,os caps vão sair lá primeiro, então quem quiser ler por lá, esse é o link :

http://my.w.tt/UiNb/qZmoNtiZrF


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...