História Ninfomaníaca - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Feia Mais Bela
Personagens Aldo Domenzaín, Alicia Ferreira, Erasmo Padilla, Fernando Mendiola, Julieta Solís de Padilla, Letícia "Lety" Padilha Solís, Márcia Vilarroel, Omar Carvarral, Personagens Originais, Tomás Moura Gutiérrez
Visualizações 103
Palavras 650
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Perdão a demora amores, mas aí está, aproveitem

Capítulo 3 - Um passarinho na mão, mas dois voando


Fanfic / Fanfiction Ninfomaníaca - Capítulo 3 - Um passarinho na mão, mas dois voando

Quando ela pensou que tinha acabado, o carinha levemente suado, passou suas mãos bobas por sua silhueta, descendo com precisão até suas nádegas, ali deu diversos tapas que ecoavam no quarto junto aos gemidos de prazer de Letícia, agora suas nádegas estavam vermelhas e sua vagina novamente estava pulsante e lubrificada, 

Ela olhou para o cara mordendo seu lábio oque fez ele estremecer de tesão, logo suas mãos sobem até o couro cabeludo da garota, ele encravou suas mãos la, segurando firme a puxou para mais perto de si, seus corpos se enroscaram no ritmo de seu tesão pelo outro, e novamente ele se mexia dentro da garota que se contorcia com os movimentos rápidos

Uma onda de prazer se aproximava dos dois, era possível eles ouvirem a música que estava tocando lá em baixo, era "Rock Máfia - The Big bang" oque fez o sexo ficar mais interessante e envolvente

 A janela estava fechada mas era possível ouvir as brisas que batiam na mesma, o suor invadia os dois corpos cansados porém dispostos a continuar

A respiração  ofegante de Letícia era correspondida pela de Fernando, a garota estava novamente prestes a ter seu segundo orgasmo, e fez questão de avisar ao garoto, que soltou um sorriso como se tivesse acabado de ganhar na loteria.

 Ela jogou seu corpo pra trás, ele a segurou pela cintura, ela gritou de prazer, e o mesmo se conteve para não gritar também, ambos tiveram um orgasmo.

Ela se jogou contra o peito de Fernando, e os dois se deitaram na cama. Cerca de duas horas depois

Letícia acordou, bufou e olhou ao redor: Os lençóis estavam deliciosamente amarrotados, suas peças íntimas jogadas ao carpete beje, e as luzes desligadas, apenas a luz que vinha do banheiro estava ligada mas a porta estava entreaberta, logo ela se levantou sem deixar que ele acordasse, pegou suas roupas e as vestiu, pegou seus saltos e os levou na mão para não fazer barulho, destrancou a porta e saiu, a fechando atrás de si.

- Você fez Oque?-  

perguntou Luigi segurando um copo vermelho que continha vodca dentro, sua face estava com expressão de surpresa, e sua boca aberta


- Eu transei com Fernando Mendiola! - 

ela disse baixinho no ouvido dele, o garoto cheirava a um perfume gostoso de lavanda, Letícia se lembrou do cheiro do sabonete que seus pais usavam nos tempos em que eles moravam juntos 


- Você é safada senhorita Letícia! -

ele falou brincando com a garota e lhe deu um gole de sua bebida 


- Claro que sou -

ela falou se exibindo e logo olhou em volta 


- Então, qual deles será sua próxima vítima? -

Luigi falou encarando os sarados do segundo ano, Letícia colocou a mão no queixo e pensou, até que se deparou com um cara alto, moreno e atraente


- O Moreno bonitão -

ela disse com precisão 


- O Domenzain? Sério?- 

ele perguntou olhando disfarçadamente o cara 


- Claro, ele é um gato - 

ela falou já andando em direção ao cara 


- Oi, você é o famoso Domenzain?-

Letícia perguntou dando um leve sorriso de empolgação 


-Isso, mas de famoso acho que não tenho nada...-

ele falou um pouco sem graça 


- Ah, não seja modesto-

ela falou colocando sua mão em seu bíceps 


- Uau, você é bem sarado -

ela falou e o mesmo a puxou para um beijo, foi rápido, porém bom, mas quando a garota olhou para o lado, estavam lá Fernando e Omar, seu coração pulsou como um punho cerrado, e Aldo novamente a puxou, ela continuou com seus olhos abertos, viu eles murmurarem algo um ao outro, e saíram, ela se sentiu culpada e parou o beijo 


- Oque houve? - 

Aldo perguntou sem entender 


- Nada, desculpe - 

ela disse saindo do local a procura de um dos garotos, até que no quintal, ela se deparou com uma cena deprimente: Eles estavam brigando 


Notas Finais


Oque acharam desta bagunça toda?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...