História Ninguem esta sozinho - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Piece
Personagens Bellemere, Boa Hancock, Dracule Mihawk, Eustass Kid, Franky, Genzo, Kuina, Monkey D. Luffy, Nami, Nico Olvia, Nico Robin, Portgas D. Ace, Roronoa Zoro, Sanji, Tashigi, Tony Tony Chopper, Trafalgar D. Water Law, Usopp, Viola
Exibições 63
Palavras 1.689
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


era pra te saído ontem, porem tive alguns contra tempos, estou adorando os tantos de favoritos e comentários que está tendo a historia, então valeu por todos que comentarao e etc, amanha talvez vai sair novo cap didia, então valeu

Capítulo 9 - Novo amor talvez


Fanfic / Fanfiction Ninguem esta sozinho - Capítulo 9 - Novo amor talvez

E ENTÃO EU APAGUEI....

Cap'Luffy

( segunda-feira ) 03:21
Eu estava conseguindo dormir profundamente, mas ai tive um pesadelo e acordei gritando, olhei ao meu redor e tudo se encontrava escuro por causa da noite, onde será que eu estava?, pois bem, não consegui me conter para eu saber onde eu estava, me levantei da cama e procurei um interrupitor, ou qualquer coisa que iluminasse, por fim achei, acendi a luz ligando o interrupitor, e olhei ao meu redor, então numa poutrona pude notar uma presença, gritei o nome dela bem auto que até ela despertou de seu sono:

Luffy- ROOOOBBBBIIIINNNN!!!!!!!!!!!!!!

Ela acordou e olhou diretamente pra mim, e disse:

Robin- Luffy, até que enfim acordou.


Eu não estava entendo nada, como fui parar ali?, onde estava minha camisa?, e por que eu não estou comendo carne?, olhei fixamente para ela:

Robin- Luffy, eu te encontrei no chão ali de frente para minha casa, você estava desacordado, e estava bêbado.

Quando ela disse isso eu me lembrei de tudo, me lembrei como fui parar lá, e tudo, nesse momento eu começo a chorar:

Luffy- me desculpa... por todo esse trabalho... que eu tô... te dando...

Ela se aproximou de mim e me deu um abraço:

Luffy- valeu Robin...

Robin- é isso que amigos fazem, não é?

Luffy- amigos?... tem razão, somos amigos.( ela limpou minhas lágrimas, e eu dei um grande sorriso pra ela, e ela ficou corada )
Eu retríbui o abraço, e ficamos um tempo lá, abraçados, o tempo passou e resolvemos ir dormir, mas tinha apenas uma cama:

Luffy- fica com a cama, eu me ajeito no chão.

Robin- não, eu te trouxe pra cá, então você fica com a cama.

Luffy- a casa é sua, você que fica com a cama.

Robin- fica com a cama, eu já estava dormindo na poutrona.

Luffy- então é melhor você dormir na cama, não quero você com dor nas costas.

Robin- então vamos fazer assim, você deita para o lado direito, eu deito para o lado esquerdo, e agente dorme de costa um para o outro.

Luffy- pode crê, curti.


Agente se deitou, e cada um virou para o seu lado...

 

 

Cap'Zoro

( segunda-feira ) 07:30
Depois de me arrumar e começar a andar, finalmente eu cheguei a escola,sinto que cada dia essa escola está ficando mais longe da minha casa, cheguei a escola e tive que esperar o primeiro horário acabar na biblioteca, acabei pegando no sono e nem vi o tempo passar...

Cap'Sanji

( segunda-feira ) 07:50
O sinal bateu, eu e Vivi então saimos da sala e fomos para a quadra, sentamos na arquibancada e ficamos lá, fiquei distraído lá com Vivi, mas notei quando Violet e Perona passaram do lado de fora da quadra, Violet seguiu para os bebêdouros e Perona foi para biblioteca, inventei uma desculpa para Vivi, e fui aonde Violet estava, segui ela até o fim, então ela parou enfrente ao bebêdor e começou a beber água, me aproximei dela:

Sanji- Violet?
Ela parou de beber água, e olhou diretamente pra mim:

Violet- Vinsmoke, pra você, nós somos amigos?

Sanji- sim, concerteza sim.

Violet- então me responde, por que você vivi atraz de mim?

Sanji- nem eu sei explicar más, acredito que eu esteja apai...

Violet- oque me torna diferente das outras?

Sanji- quando eu te conheci, eu achei você linda, gostosa, más ai eu fui te conhecendo, e vi que você não é igual as outras...

Violet- e oque você quer de mim?

Sanji- ( pensamento: ai meu deus, não acredito que vô dizer isso pra ela, mas i a Vivi?, a foda-se Vivi, eu quero se feliz, e eu sinto que essa garota é a passagem pra isso ) me de apenas uma chance, e eu faço de você a mulher mais feliz do mundo.

Violet- e como vou saber que você não esta mentindo?

Sanji- você vai ter que confiar em mim, eu nunca senti isso que eu tosentindo.

Violet- eu já confiei e um cara uma vez, e não deu certo...

Sanji- eu não sou igual a ele, eu juro, vou fazer de você a garota mais feliz do mundo...

Violet- e a Vivi?

Sanji- vou acabar com tudo que eu tenho com ela, só quero você...

Violet- só nesse dia eu começo alguma coisa com você, tudo bem?

Sanji- sim.

 

 

Cap'Zoro

08:26
Eu estava dormindo de boa lá na biblioteca, quando sou acordado com um tapão na cara, levantei assustado, e olhei para o lado e era Perona:

Zoro- ai oque foi?

Perona- ainda pergunta, por que não foi para aula ainda?

Zoro- por que eu estava tendo um sonho mais da hora, foi por isso.

Perona- anda logo se não eu vou chamar o professor.

Zoro- e bem típico da aluna santinha, só diz que vai chamar o professor, eu não caio nessa, já peguei essa santinha aí. :O

Perona- oque você disse seu verme?

Zoro- e surda tambem.

Perona- foi só com você, e agente só se beijou, eu não sou essas piranhas que você pega.

Zoro- mas gosto né.

Ela começou a chorar, e nesse momento me senti o pior ser humano do mundo, não queria ter magoado ela, mais que merda:

Zoro- me desculpa Perona.

Perona- você e um insensivel, seu lixo, escroto...

Zoro- eu não queria te magoar.

Perona- você não intende nada, esse mundo não entende nada.
Ela foi para sair correndo, mas eu segurei seu braço, e dei um beijo nela, terminei de beija-la e a dei um abraço, ela chegou no meu ouvido e disse:

Perona- isso não muda nada, você continua sendo um lixo, escroto.
Então ela pegou e saiu correndo, mas que menina esquisita, peguei minha mochila e fui para sala, eu sei meio tarde para ir, mas tem que estuda né.
Cheguei a sala e me sentei no meu lugar, e percebi que Luffy não havia vindo, percebi uma coisa bem diferente, Nami estava tentando pedir alguma coisa emprestada mas todos os amigos do Luffy e meus estavam ignorando ela, me virei para o Franky e perguntei:

Zoro- ei Franky, por que todos estão ignorando a Nami?

Franky- ontem a Kaya estava conversando com a Nami, ai a Nami disse que ela e o Luffy super brigaram, ai a Kaya deu uma desculpa e foi dormir, ai a Kaya contou pra gente da briga, ai todos resolveram ficar do lado do Luffy.

Zoro- vish, então a treta foi das grandes, será que o Luffy faltou hoje por causa disso?

Franky- isso eu não sei, ele não responde as mensagem que manda pra ele.

Zoro- beleza, e o Sanji cadê?

Franky- tá andando pura i.

Zoro- pode crê,eu vo durmi aqui agora, boa noite.

Franky- supeeer.

 

 

Cap'Robin

10:31
Eu dormia tranquilamente, o dia parecia ter nascido, dava para se ouvir os passaros lá fora, quando eu consegui despertar do meu sono profundo, eu senti alguma coisa me envolver, abri meus olhos lentamente, por causa da claridade que vinha da janela, quando abri os olhos completamente, tive a visão, eu e Luffy estavamos virados de frente um para o outro na cama, a acima de tudo nós estavamos nos abraçando, olhei para seu rosto, e ele estava com os olhos abertos olhando diretamente para os meus, o silêncio estava no ar, até que ele começou:

Luffy- dormiu bem?

Robin- sim, e você?

Luffy- sim.

Robin- esta acordado a muito tempo?

Luffy- só um pouco, quem é a mulher que mora com você?

Robin- como sabe disso...

Luffy- eu ouvi ela chegar ali na porta e dizer que ia trabalhar.

Robin- então você tá acordado a muito tempo, nossa perdemos a aula.

Luffy- me desculpa.

Robin- por que você não levanto?

Luffy- você não deixou, você me abraçou tão forte enquanto tava dormindo, então eu resolvi retribuir, e não quis te acordar.

Robin- que vergonha, Luffy pare de me encarar, por que você não para de me olhar?

Luffy- por que você é bonita.

Robin- oque, não Luffy, eu não sou.

Luffy- eu gosto de olhar as pessoas bonita, e você é linda.

Robin- muito obrigado, vamos levantar então?

Luffy- ta tão bom esse seu abraço, não queria sair agora.( ela ficou corada )

Robin- vamos levantar Luffy.


Nos levantamos e fui para o banheiro, e Luffy seguiu para sala, preparei a banheira e resolvi tomar um banho, me deitei na banhera e fiquei lá relaxando,pensamento: por que Luffy não para de me elogiar, será que ele quer alguma coisa comigo?, não isso é impossível, ele e eu somos diferentes, ele é popular e eu sou apenas uma nerd, isso não daria certo...
Um tempo se passou e eu resolvi sair da banheira, me lavei e esvaziei a banheira, me cobri com uma toalha e fui para meu quarto correndo, troquei de roupa e fui para sala, e me deparo com Luffy encostado em um lado do sofá dormindo, fui até ele e me sentei do seu lado, então fiz uma caricia em seu rosto, e ele falou enquanto estava de olhos fechados:

Luffy- sabia que eu gosto de você?

Robin- oque?, como amigo né.( fiz uma cara de duvida e susto ao mesmo tempo )

Luffy- não é como amigo, eu gosto de você de verdade.

Robin- como assim?

Luffy- tenho certeza que você me entendeu, você é esperta.

Robin- eu tambem gosto de você.

Luffy- como amigo?

Robin- não.

Luffy- inda bem.


Então ele pegou na minha cintura e me deu um beijo, como eu nunca havia feito, não sabia como se beijava, então deixei ele tomar o controle, até que acaba o ar, agente se separa:

Luffy- foi seu primeiro beijo?

Robin- como adivinhou?

Luffy- deu pra notar, mas mesmo assim, eu gosto de você.

Robin- ...

Luffy- Robin, você me acha um idiota?

Robin- claro que não, acho você divertido...

Luffy- se eu te pedisse em namoro, você aceitaria?

Robin- claro.

Luffy- beleza, então é, quer namorar comigo?

Robin- claro que sim.

Luffy- que bom, vou sair agora mais daqui apouco eu volto.

Robin- tá.


Ele saiu pela porta e foi embora, mais espera, oque acabou de acontecer?


Notas Finais


abrigado leitor que leu até aqui, e só para esclarecer, eu so um homem, valeu leitor, e foi mau os erros de PT-BR


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...