História No Alvorecer do Passado - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~NejimakiNyuu

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Jackal, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Kyouka, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Sayla, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Ur, Yukino Aguria, Zeref
Tags Fairy Tail, Gale, Gruvia, Jerza, Mavis, Natsu, Natsu Mestre, Navis, Naze, Passado, Precht, Viajem No Tempo, Warrod, Yury, Zera, Zeref, Zevis
Exibições 104
Palavras 2.196
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Seinen, Shoujo (Romântico), Shounen, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Galera essa é minha primeira fic, apenas espero que gostem. já avisando quem nunca viu Fairy Tail Zero não vai entender muita coisa

pensamento : "itálico"
fala : – normal
Magia: Negrito
comentário do autor: (comentário)

A maioria dos capítulos vão ser narradas do ponto de vista do natsu

Capítulo 1 - 112 anos longe de casa


Fanfic / Fanfiction No Alvorecer do Passado - Capítulo 1 - 112 anos longe de casa

Arco 01: Perdido no passado

 

C.01 : 112 anos longe de casa

 

– Todos tem direito de escolher o próprio futuro. Vamos seguir em frente rumo ao futuro que escolhemos, não ao futuro que você escolheu. Tudo bem não saber o futuro, basta fazer o máximo que puder no presente! - Foi oque eu disse ao rogue do futuro antes de atingi-lo com toda força, mandado-o em direção ao portão do eclipse.

 

– Não, eu não posso perder… - Foi a última coisa que ouvi rogue dizendo, após isso nos chocamos contra o portão do eclipse e minha vista escureceu completamente.

 

.

.

.

.

.

– Natsu… Natsu acorde – ouvi a voz de Igneel me chamando.

 

– Hmn – abri meus olhos lentamente, meu corpo estava com dores em todos os lugares possíveis, minha magia estava muito abaixo do normal, minha força também, parecia que eu tinha acabado de sair de uma luta absurdamente difícil “Pera, mas eu realmente acabei de sair de uma luta difícil… mas… cade todo mundo?”

 

Me levantei com dificuldade e parei para analisar melhor o ambiente, eu estava… no meio de uma floresta? “Não, eu reconheço esse lugar, aqui é tenroujima… Mas como eu vim parar aqui? Eu estava em Crocus lutando contra o Rogue que veio do futuro… Droga, oque está acontecendo aqui?”

 

Fui tirado de meus pensamentos quando ouvi gritos e sons de batalha vindos de trás de mim, quando me virei pude ver fumaça não muito longe de onde eu estava Acho que não tenho escolha senão ir até la pra entender oque esta acontecendo” comecei a correr em direção ao local da fumaça, quando cheguei vi uma cena perturbadora, havia uma vila em chamas e pessoas matando umas as outras de formas brutais, não só adultos mas crianças e adolescentes também estavam sendo vítimas daquele massacre unilateral Mas que porra é essa? Porque tem uma vila em tenroujima e porque ela está sendo atacada? Nada mais esta fazendo sentido”

 

Não tive muito tempo pra pensar, perto de mim vi uma garotinha correndo chorando no meio de todo aquele caos, uma construção estava prestes a desabar encima dela mas consegui ser mais rápido e salvá-la.

 

– Você está bem? – perguntei pra garota, ela tinha alguns arranhões mas não parecia ter nenhum ferimento sério ainda bem que cheguei a tempo”.

 

– H-hai, cof cof – respondeu tossindo – obrigada por me salvar

 

– Vamos embora, aqui não é um lugar seguro

 

Peguei a mão da garota e fui correndo em busca de um lugar seguro, não entendia oque estava acontecendo mas não deixaria uma garotinha indefesa naquele caos. Quando entramos novamente na floresta nos deparamos com uma garotinha loira estranhamente familiar.

 

– Zera – a menina loira abraçou a de cabelos castanhos que estava ao meu lado “então o nome dela é Zera” – Ainda bem que você está a salvo, oque esta acontecendo aqui? Oque houve com o mestre?

 

– A Blue Skull nos pegou em um ataque surpresa, os membros mais fortes da guilda… – seus olhos começaram a se encher de lágrimas – Minhas amigas… Meu pai… todos estão mortos – Enxugou as lágrimas e olhou para mim – Eu também estaria se ele não tivesse me salvado.

 

– … – A menina loira me olhou confusa e depois sorriu – Muito obrigada por salvar a zera, mas quem é você? Nunca te vi por aqui.

 

– Nem eu – Disse zera agora com um olhar confuso.

 

– Olha, eu- – quando ia começar a falar ouvi vozes e passos vindo atrás de nos – Vamos deixar a conversa pra depois, primeiro temos que fujir – Segurei a mão das duas e comecei a correr dali.

 

Depois de 10 minutos correndo acabamos dando de cara em um paredão “Droga, maldito senso de direção”

 

– Hahaha, veja só oque encontramos aqui – estávamos cercados, 5 membros da guilda que a loira chamou de Blue Skull estavam nos cercando – Acharam mesmo que fugiriam de nós? Nos deram a ordem de exterminar todos da ilha e isso inclui crianças também.

 

– Ei ei, que tal nós fazermos eles se matarem e quem sobrar a gente leva pra guilda – Disse outro membro.

 

– Seria divertido mas eu prefiro matar o garoto e levar essas duas como prêmio hahaha.

 

– Vocês duas fiquem atrás de mim – Disse para zera e a loira sem me virar – Eu vou acabar com esses malditos babacas – Elas fizeram oque eu disse sem questionar e um dos inimigos começou a rir.

 

– Hahahahahaha, acabar com a gente? Oque uma criança como você pode fazer contra 5 magos? Hahahaha – Disse um deles rindo loucamente e os outros começaram a rir junto.

 

Hã? Criança?” Foi naquele momento que eu pude reparar no meu estado… Eu estava menor, parecia que tinha voltado a ter 10 anos e minhas roupas haviam encolhido junto com meu corpo, apenas o cachecol estava normal, não era atoa que senti meu poder mágico e força física estavam estupidamente baixos… “Mesmo sendo baixo eu ainda tenho poder mágico, sendo que quando tinha 10 anos eu não tinha quase nenhum… Eu posso vencê-los”. Eu parti pra cima deles sem pensar duas vezes, vou mostrar oque um mago da Fairy Tail pode fazer.

 

 

Karyū no Hōkō (Rugido do Dragão de Fogo) – Lancei um rugido de fogo acertando 2 membros da Blue Skull em cheio e deixando eles apagaram no chão “Droga, se minha magia fosse a mesma de antes eu teria acabado levado os 5 com apenas um rugido” os outros 3 membros ficam surpresos e eu não dei tempo pra eles reagirem.

 

Karyū no Tekken (Punho de Ferro do Dragão de Fogo) – Acerto um soco na barriga de outro.

 

– Maldito pirralho – Um dos Blue Skull tenta lançar um tiro de energia por trás de mim mas ele desvie com facilidade do ataque do inimigo e acertei um soco na cara do mesmo.

 

– Parece que só resta 1 – Disse olha para o outro membro que estava tremendo de medo.

 

– E-eu me rendo, por favor não me mate – Disse o homem implorando pela sua vida.

 

– Pegue seus amigos e nunca mais volte nessa ilha, se voltar eu transforma vocês em cinzas, entendeu? – Ameacei.

 

– S-s-sim, eu entendi – Ele pegou os corpos dos amigos inconscientes e fugiu dali “Ainda bem, eu não tenho mais energia pra usar outra magia forte, com esse corpo minha magia é muito baixa, sem falar que eu já estava exausto quando acordei, tenho que tomar mais cuidado daqui pra frente” Eu me aguentei em pé por alguns segundos, até ter certeza de que eles estariam longe e depois disso minha vista voltou a escurecer e eu desmaiei devido a exaustão.

 

.

.

.

.

.

 

– Hmn – abri meus olhos lentamente, meu corpo estava com dores em todos os lugares possíveis “Já a segunda vez no dia que isso acontece, que merda” me levantei com um pouco de dificuldade, analisei o ambiente e… “Um celeiro? Sério? Eu vou acordar em lugar diferente toda vez agora?”

 

– Ah, mago-san você acordou – A garota loira apareceu na porta do celeiro, olhando bem ela tinha os cabelos loiros bem claros, mas claros que o da Lucy, tinha olhos verdes que pareciam pérolas e era um pouco menor do que eu e estava vestindo trapos – Eu e Zera ficamos preocupadas já que você desmaiou do nada e ficou 3 dias dormindo, você se sente bem?

 

– Hai, eu devo ter desmaiado pelo cansaço, não se preocupe… – “3 dias? Eu com certeza estava muito cansado” – alias, quem é você? Que eu me lembre não havia uma vila em tenroujima, muito menos uma guilda.

 

– Meu nome é Mavis Vermillion, eu nasci aqui, eu não sei como era antes mas a vila e a guilda existem desde que eu nasci e…

 

Quando ela disse que se chamava Mavis Vermillion meu cérebro parou de vez “Que merda esta acontecendo aqui? Isso é impossível…” foi nesse momento que lembrei de ter me chocado contra o portão do eclipse antes de acordar naquele local “Não, não, não, isso não está acontecendo, eu entenderia se voltasse pra Crocus no passado mas não faz sentido eu ter vindo parar em tenroujima com 10 anos novamente, que porra aconteceu?”

 

– Ei – Mavis me cutucou me tirando dos pensamentos, ela me olhava com um ar de preocupação – Você está bem? Ficou meio pálido de repente.

 

– Eu estou bem, desculpe se te preocupei, eu só estava pensando haha – “Vou ter que agir como uma pessoa dessa era até saber oque aconteceu comigo”

 

– Hmn – me analisou e depois sorriu – Então, qual o seu nome mago-san?

 

– Eu me chamo Natsu Dragneel, um mago da Fairy Tail

 

– Fairy Tail? Eu nunca ouvi falar dessa guilda – Me olhou confusa “Merda, esqueci que Mavis é a fundadora da guilda, se ela é uma criança então a Fairy Tail ainda não existe”

 

– Eeeh, é uma guilda independente que eu acabei de criar, sou o único membro por enquanto – Essa foi provavelmente a desculpa mais merda que já usei mas foda-se.

 

– Entendo, alias, oque faz aqui? E que magia foi aquela que você usou?

 

– Olha, nem eu mesmo sei como vim parar aqui, estava em Crocus no meio do uma luta e do nada acordei nessa ilha, e a magia que usei foi de Dragon Slayer do fogo.

 

– Uaaau – Os olhos dela começaram a brilhar – Meu pai uma vez me contou histórias de que quando o mundo era dominado por dragões existiam pessoas chamadas de Dragon Slayers que criaram uma magia para lutar contra eles.

 

– Bem, em parte isso é verdade, mas foram os próprios dragões que ensinaram essa magia aos humanos – Expliquei e os olhos dela começaram a brilhar mais ainda e ela se aproximou de mim.

 

– Você foi treinado por um dragão? Você já viu um dragão? Já lutou contra um? Já viu uma fada? O nome da sua guilda é guilda é Fairy Tail, isso quer dizer que você já viu uma fada e elas tem caudas? – Começou a me encher de perguntas sem parar e não sei como ela colocou entrou uma fada nessa conversa.

 

-Ei Mavis – Minha salvadora, vulgo, Zera entrou no celeiro trazendo frutas em um grande pote de madeira – Pare de perturbar o garoto, ele passou 3 dias dormindo e você começa a irritar ele assim que ele acorda?

 

– Ah, desculpe – ela me olhou triste – Não foi minha intenção, apenas fiquei curiosa.

 

– Tudo bem, mais tarde eu respondo tudo oque você quer saber – disse sorrindo pra ela e ela retribuiu o sorriso, meu virei para Zera com um olhar sério – Quem eram aqueles caras que atacaram a ilha?

 

– Blue Skull – Disse colocando o pote perto de nos e pegando uma fruta – Eles eram inimigos da nossa guilda, Red Lizard, eles fizeram um ataque surpresa e você já sabe do resto.

 

– Nós somos os únicos sobreviventes – Dessa vez foi mavis que falou – Devemos nossas vidas a você, sem sua ajuda estaríamos mortas também, obrigada Natsu-san.

 

– Ela tem razão, você nos salvou, obrigada.

 

– N-não precisam agradecer – Falei meio sem graça – Eu não podia deixar vocês no meio daquele caos todo, eu queria salvar mais gente mas com meu nível atual era impossível – Falei meio triste por ter me tornado tão fraco.

 

– Não diga isso, você é incrivelmente forte Natsu-san – Mavis tentou me animar e depois me encarou com um olhar sério – Eu quero me tornar forte igual você então por favor, me ensine magia e me aceite em sua guilda.

 

– Eu? Ensinar magia? - Perguntei confuso.

 

– Eu também quero aprender – Disse Zera – Quero aprender aquela mesma magia que você usou.

 

“…” Eu simplesmente não sabia oque pensar, ali na minha frente estava a primeira mestra me pedindo pra ensinar magia e também querendo entrar para Fairy Tail “Merda, minha própria existência nessa era já vai causar alterações drásticas no futuro, bem enquanto eu não souber como voltar pro meu tempo vou seguir com minha vida nesse, não tenho escolha”

 

– Tudo bem, eu ensino magia para vocês, mais para aprender terão que ter muito foco e concentração – disse para as duas.

 

– Hai – Disseram em uníssono.

 

– Quanto a guilda, precisaremos de uma base de operações primeiro

 

– Podemos usar a biblioteca, é grande e tem muitos livros falando sobre magia – disse Zera

 

– Certo, quando estivermos fortes o bastante vamos rumo ao continente em busca de missões – Disse empolgado – Faremos todos ouvirem o nome Fairy Tail.

 

– Hai mestre – Disseram em uníssono novamente.

 

– E depois… Pera, vocês me chamaram de mestre?

– Hai, você disse que criou essa guilda independente sozinho não é? Então você deve ser o mestre – Disse Mavis

 

– E você é único que sabe magia – Zera disse como se aquilo fosse obvio, e na verdade era mesmo – Quem mais poderia ser o mestre se não você?

 

Droga ela tem razão, não era eu ter falado sobre a Fairy Tail com a Mavis… Desculpe primeira mestra, mas parece que vou ter quer tomar esse título de você”

 

– Certo, eu serei o mestre – Me dei por vencido – Então a partir de agora vocês vão ter que me obedecer, vou fazer vocês ficarem fortes bem rápido para irmos para o continente.

 

– HAAAAI – Gritaram empolgadas.

 

E assim começou minha nova grande aventura como primeiro mestre da Fairy Tail, junto de Mavis e Zera, não sei o que o futuro nos aguarda mas eu juro, que, com certeza, vou voltar pra meus amigos… Mesmo que eu tenha que sobreviver por 100 anos pra vê-los de novo.

 


Notas Finais


Quem gostou favorita e comenta ae pfv, eu postarei uns 2 caps por semana, talvez 3 dependendo do meu humor.
quem tiver ideia de um shipp legal pra eu por na fic deixe nos comentários, pq eu não decidi os casais ainda.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...