História No Broken Hearts - Capítulo 57


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Hayes Grier, Jack & Jack, Nash Grier, Shawn Mendes
Personagens Cameron Dallas, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Cameron Dallas, Comedia, Drama, Jack Gilinsky, Jack Jonhson, Nash Grier
Exibições 190
Palavras 4.035
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLAAAAAA TURMINHA DA PESADA! QUE SAUDADE DE VOCÊS!!!!!

Eu prometi um capítulo bombástico, bom, não ficou bombástico, mas ficou grande e com bastante coisa acontecendo, espera muito que não esteja bosta!

Fiz a ultima prova da primeira recuperação hoje, me desejem sorte! Não quero passar as minhas férias inteiras me preocupando com prova!

Eu realmente espero que vocês gostem!

Amo vcs!

Capítulo 57 - Pra você nunca se esquecer do que você é capaz!


Fanfic / Fanfiction No Broken Hearts - Capítulo 57 - Pra você nunca se esquecer do que você é capaz!

- Você é forte! Fez aula de box ou o que? - o Nash perguntou botando a mão no rosto enquanto dava uma risada

- Eu já disse desculpa! - eu disse rindo

- Okay... Estudou para o teste? - ele mudou de assunto rapidamente

- Sim e pra caralho! Mas quem provavelmente vai tirar F? Isso mesmo, euzinha!

Ele deu uma risada e passou a mão no cabelo (merda! Ele sabia que eu adorava isso! ), então me lembrei da discussão que a gente tinha tido no dia anterior.

- Eu não era infantil e explosiva? - disse fechando a cara

- Bom, e eu não era um babaca?

- Você ainda é um babaca!

- Sempre super gentil! - ele disse e a gente ficou sem se falar até chegar no colégio

Chegando lá, vi na porta conversando, o Jack J, o Jack G, a Lisa, o Cameron e o Taylor. Assim que chegamos o Jack J passou o braço envolta do meu pescoço e o Nash foi para o lado do Cameron e deu um toque com ele.

- Alguém estudou para o teste? - o Jack J perguntou

- Eu. Por quê?- eu levantei o braço que não estava preso contra o tronco do Jack

- Tá, ja sei de quem colar! - ele disse vitorioso, enquanto o Jack G, o Cameron e a Lisa conversavam alguma outra coisa que eu mal conseguia escutar, ouvi meu nome, mas ignorei

Esperei um tempo e decidi falar algo também.

- Gilinsky, o que você foi falar com o Nate, ou Sk8 ontem? Ainda não entendi o nome dele.

- Ah, um bagulho lá pra uma festa que eu quero fazer. - ele respondeu coçando a nuca, na mesma hora eu pensei: Drogas!

- Beleza então! - eu disse e o sinal tocou.

Quase todos fomos para a mesma sala, me sentei no canto e rapidamente o Jack J se sentou ao meu lado, o Nash do meu outro lado, o Jack G na minha frente e a Lisa atrás de mim.

- Ja vou avisando que não vou dar cola pra ninguém! Vocês deem seu jeito! - assim que eu terminei de falar o professor entrou

- Ola turma, tenho uma surpresa super agradavel pra vocês! - o professor disse e todos menos o meu grupo ficaram animados - Um teste surpresa! - todos desanimaram na mesma hora.

Ele começou a entregar as provas, quando entregou a minha me olhou nos olhos e balançou a cabeça como se disesse : ´´Essa vai tirar F!`` . Me ajeitei na cadeira e comecei a prova. Eu estava fazendo a prova direitinho, até que eu comecei a viajar novamente nas idéias de como o Shawn iria agir comigo perto do pai dele. 

- Senhorita... - o professor disse depois de bater a mão na minha mesa, me fazendo levar um susto.

- Ah, pode me chamar de Maddu! - eu disse simpática e todos na sala riram

- Faz a prova! - ele disse abaixando a minha cabeça com a mão e eu ri

Fui a primeira a terminar, entreguei e fui praticamente expulsa da sala ´´Saí logo antes que eu me irrite e te dê um F sem nem olhar sua prova! `` foi o que ele disse. Comecei a passear pelos corredores sem muita certeza de onde ia, até que cheguei a sala de musica. Fiquei olhando pela janelinha da porta, o Shawn gostaria de ver isso...

- Oi! - ouvi uma voz atrás de mim, olhei para trás e vi um daqueles gêmeos Dolan, eu acho que é isso. - Faltanto aula também?

- Não! Terminei a prova. Você é o...?

- Dolan, Ethan Dolan. - ele esticou a mão pra eu apertar, mas eu não apertei

- Ah, o tampinha que me deu uma cantada! Eu lembro de você! Mas como é que o seu irmão e a Liza estão?

- Estão ótimos, e era sobre exatamente isso que eu queria falar com você... Eu to gostando de uma garota, mas bom, acho que talvez ela não goste de mim!

- Ah, trabalho de cupida? É comigo mesma! Quem é?

- Ela ta ali dentro e...

- Deixa eu adivinhar! Você veio espiar ela?

- Isso mesmo! É a que ta tocando piano!

Olhei para a sala e no piano tinha uma garota de cabelos castanhos e olhos tão azuis quanto o do Nash, tinha um sorriso lindo (1). Ela tocava piano concentrada, mas de vez em quando olhava para um garoto que tocava violino. Esse garoto usava óculos, e mesmo tendo uma carinha de nerd, era bem bonito (2). Fiquei um bom tempo olhando até que o Ethan me deu um susto.

- Faltam exatamente 5 minutos para acabar a aula, então o Sr. Micert vai acabar a aula em 3, 2, 1! - assim que o Ethan parou de falar, o professor começou a falar um bando de coisa que não tinha a mínima graça e todos na sala começaram a arrumar as coisas.

O Ethan começou a se afastar quando as pessoas vieram para a saída. Depois que todos saíram, só ficou a garota de quem o Ethan gostava e o garoto que tinha carinha de nerd. Eles iam começar a conversar quando eu entrei. 

- É aqui que é a sala de musica? - eu perguntei interrompendo os dois.

- É aqui mesmo! - a garota disse 

- O Sr. Micert está aonde? - disse torcendo pra ter lembrado direito o nome dele

- Não sei, mas qualquer coisa eu sou assistente dele! - o garoto disse - Prazer, Eric! - ele esticou a mão para eu apertar.

Os dois ficaram esperando eu falar algo.

- Vocês dois são namorados? -eu perguntei dando um sorriso, provavelmente estava parecendo aquelas tias chatas.

- Somos! - a garota deu um sorriso e passou o braço em volta do pescoço do namorado

- Ah, que ótimo! Bom, mas agora... Você sabe se tem aula pro pessoal do Freshman? - tentei terminar a conversa sem deixar suspeita

- Realmente não sei! - o Eric disse fazendo bico

- Okay, muito obrigada! - disse simpática e saí da sala

Olhei em volta procurando o Ethan, mas não o achei, de repente senti uma mão no meu ombro. Olhei para ver quem era, era o Jack J. 

- Colei quase tudo de você! - ele disse e me lembrou da prova que eu tinha acabado de fazer

- Se prepare para um lindo A! - eu disse orgulhosa pra ele

- Vem! Aula de história agora! - ele disse me empurrando para a sala

A aula foi bem chata, assim que acabou nós fomos para o refeitório e quando estava sentada na mesa, vi o Ethan numa mesa la no canto com o Grayson e com a Liza. Me levantei rápido - atraindo olhares de todos na minha mesa - e fui até o Ethan.

- Oi Maddu! - a Liza disse assim que me viu, me sentei do lado do Ethan

- Oi gente, bom, Ethan... Como assim você quer que eu te arranje uma garota que tem namorado?

- Eu sei la! - ele disse confuso

- Você ainda quer aquela pianista, bro? - o Grayson perguntou pro Ethan e o Ethan fez um sinal com a mão como: Sei lá! - Ah, Ethan fala aquele negócio da Malu com a Maddu! - ele disse como se tentasse lembrar o Ethan de alguma coisa, só de ouvir o nome da minha irmã olhei rápido para o Ethan

- Ah é! Você é a irmã da Malu, não é? - o Ethan perguntou

- Sim, como você conhece ela? - eu perguntei desconfiada

- Sou amiga do Hayes! - a Liza disse - Aí ele viu uma foto da Malu e ta pedindo sem parar pra eu levar ele no aniversário dela amanhã. Só que eu falo pra ele que eu sou convidada, não posso levar muita gente.

- Ah, beleza, aparece lá como convidado meu! - eu disse e ouvi o Cameron gritando meu nome - Se vocês me dão licença, tenho que ir pra minha mesa de volta! - levantei e comecei a andar na direção da minha mesa novamente - É O CÃMERO! - gritei o nome dele errado e terminei o trajeto até a mesa correndo.

...

Peguei meu celular, já eram 8:27p.m. Esse tinha sido o dia mais entediante da minha vida, ficar cozinhando por 6 horas seguidas tendo que aguentar o Hayes e a Malu não é muito legal, minha mãe tinha chegado fazia umas meia hora e foi direto dormir.

De repente meu celular começou a tocar, era o Shawn, eu não tinha falado com ele o dia todo, já estava até preocupada.

LIGAÇÃO ON

Maddu - Olaa!

Shawn - Olaaa! Maddu, o que você ta fazendo?

Maddu - No momento? É... exatamente nada!

Shawn - Meu pai saiu, e como a gente não se viu hoje o dia inteiro, o que você acha de vir aqui?

Maddu - É, eu posso ir! Mas me fala o endereço! - eu fui pegar um papel e uma caneta pra poder anotar

Shawn - Rua xXXxXXxXxXx, numero xX.

Maddu - Okay, vou me arrumar e vou! Te amo!

Shawn - Também te amo!

LIGAÇÃO OFF

Coloquei uma blusa, um short jeans (3) e fui chamar um uber.

Shawn´s POV

California, quinta-feira a noite

- Tchau, pai! - eu disse jogado no sofá

Assim que ele saiu eu liguei pra Maddu. 

...

Ouvi alguém batendo na porta, olhei pelo olho magico e era a Maddu, abri a porta pra ela entrar e a mesma me deu um selinho e começou a olhar em volta, observando cada canto da casa.

- Quer alguma coisa pra beber? Agua, refrigerante... - eu ofereci enquanto ela ainda observava a casa

- É, eu acho que uma Coca não seria nada mau! - ela disse e se jogou na poltrona do lado do sofá

- Vou pegar uma agua, você anda tomando muito refrigerante! - eu disse e fui em direção da cozinha.

Peguei um copo e enchi de agua. Chegando novamente na sala, vi a Maddu com as mãos no piano antigo (4). Meu pai falou que ele usava pra conquistar as garotas. Cheguei do lado da Maddu, me sentei no banquinho que tinha ali e fiz um sinal com a mão pra ela se sentar também. 

- Você sabe tocar, né? - ela perguntou me olhando com um sorriso 

- Sim, mas eu ainda não sou um dos melhores... Se você quiser, eu posso tentar te ensinar!

- É sério? Me ensina agora! Agora! - ela disse parecendo uma criança, ela sabia que eu adorava isso, quando era por pouco tempo, claro.

Ficamos um bom tempo ali, ensinei ela a tocar Sweater Weather, quer dizer, entre aspas, porque ela mal conseguia tocar o começo, mas aquilo era melhor do que nada. 

- Ta, chega! Isso ta muito humilhante! - ela disse rindo - Canta essa musica pra mim?

- Agora?

- É obvio! Por favor!

- Eu nem sei a letra!

- Ah, isso a gente resolve! - ela tirou o celular do bolso e começou a mexer, quando me entregou mostrava uma pagina com a letra da musica

Olhei pra ela sorrindo e comecei.

´´All I am is a man

I want the world in my hands

I hate the beach

But I stand in California

With my toes in the sand´´

Maddu´s POV

Califórnia, quinta-feira a noite

Eu estava encantada com o Shawn cantando aquela musica, quando chegou no refrão eu comecei a cantar com ele.

´´Cause it´s too cold, whoa

For you here

And now, so let me hold, whoa

Both your hands in the holes of my sweater``

- Que isso? To me sentindo num musical! - eu disse com um sorriso no rosto e ele riu, aquele dia estava começando a melhorar.

- Ok, o que acha de andarmos um pouco, porque se meu pai chegar, e eu falar que você é minha namorada, nós dois estamos fudidos! - o Shawn disse pegando o um casaco de couro que estava em cima do sofá e um moletom em cima da cadeira - Toma, talvez você sinta frio. - sua voz soou misteriosa

Peguei o casaco e saímos. Fomos andando pelas ruas mal iluminadas de Los Angeles, até que chegamos na praia, estava realmente frio lá. Coloquei o moletom e lá em um canto da praia vi uma luz meio alaranjada e três pessoas. O Shawn começou a andar em direção a essa mesa.

- Shawn, não está vendo que aquilo é um jantar especial? Não podemos ir ali! - eu disse mas ele ignorou

Quando chegamos bem perto pude ver as três pessoas melhor, eram os Jacks e o Cameron, eles três estavam com roupa de garçom. Dei uma risada e Shawn me olhou com um sorriso.

- Eu espero que não tenha ficado muito clichê pra você! - ele disse e puxou a caderia para eu sentar

A mesa era uma mesinha de bar, com um pano branco a cobrindo, além disso tinha duas velas, uma em cada lado, dois pratos e duas taças. 

- Qual será o jantar servido, senhores Dallas, Gilinsky e Johnson? - eu disse tentando parecer chique

- Por favor senhorita, essa noite nós somos apenas garçons! - o Jack J disse mantendo o personagem enquanto o Cam e o Jack G seguravam a risada

- E temos que receber nosso ´salário` amanhã, okay senhor Mendes? - o Cameron disse e o Shawn balançou a cabeça afirmando

- Se nos dão licença, vamos buscar o jantar! - o Jack G disse quase roxo de tanto segurar a risada e os três foram embora

Eu o e Shawn ficamos nos olhando, mal podia acreditar que ele tinha feito tudo aquilo pra mim. Eu estava pela primeira vez me sentindo realmente especial.

- Iai? Gostou do restaurante? - o Shawn disse e eu ri

- Vamos ver! Estou apenas esperando a comida! A comida é a parte importante de um jantar! - eu disse e dei um sorriso

Ele levantou a sobrancelha e pegou minha mão.

- Maddu, eu realmente te amo! E quero poder passar a minha vida inteira com você! Não importa quem apareça, nada importa, porque estamos juntos, e quero poder te fazer a garota mais feliz desse mundo! - ele disse e eu senti uma lágrima escorrendo pelo meu rosto.

- Tenho certeza que com você eu serei a pessoa mais feliz desse mundo! - eu disse e sequei a lagrima que tinha escorrido sem querer

- Com licença. - o Jack G colocou uma bandeja no meio da mesa

Quando ele tirou a tampa, era batata com queijo e bacon. Logo depois o Cameron colocou refrigerante no meu copo e no do Shawn. Olhei em volta procurando o Johnson para ver o que ele traria, atrás de mim, vi ele montando um piano.

- Isso é sério? Minha comida favorita, com minhas pessoas favoritas e ainda por cima vai ter musica! - eu disse muito surpresa

Comecei a comer, quando de repente sinto uma mão no meu ombro, olhei e era a Lisa. Ela me deu um sorriso e ficou do lado do Jack J. O J. começou a tocar Thinking Out Loud e a Lisa cantou, de repente o Jack G começou a cantar também.

- Essa é com certeza a minha noite favorita! - eu disse, o som da musica se misturando com o do mar, aquilo estava muito bom pra ser verdade - Eu tenho direito a um snap? - o Shawn riu e fez que sim com a cabeça

Peguei meu celular, comecei a gravação filmando o mar, passando pelo Shawn e terminando com os Jacks e a Lisa. Postei e voltei a comer, eu e o Shawn não falavamos nada, apenas aproveitavamos aquele momento. Era como se eu tivesse entrado dentro de um filme de romance, bem estranho, mas um filme de romance. Eu queria ficar ali para sempre. 

De repente enquanto eu estava comendo meu celular começou a tocar. Era minha mãe, atendi rapido, eu conhecia minha mãe, se eu não atendesse, ela iria na delegacia falar que eu fui sequestrada.

LIGAÇÃO ON

Mãe - Maria Eduarda! Cadê você? - ela gritou no telefone

Maddu - Na praia, mãe! - disse e percebi que o Shawn deu uma risdinha de canto de boca

Mãe - E posso saber o que a senhorita está fazendo na praia?

Maddu - Eu fui sequestrada pelo meus amigos e o Shawn me fez uma surpresa. Te mostro tudo quando chegar em casa, te amo, beijo, tchau! - disse rapido e desliguei

LIGAÇÃO OFF

- Bom, foi ótimo, muito obrigada gente! Mas eu tenho que ir antes que minha mãe de um surto! - disse me levantando

- Espera aí, antes eu tenho um presente para te dar! - o Shawn levantou rápido

Fiquei olhando pra ele enquanto ele buscava alguma coisa nos bolsos. Até que ele tirou uma caixinha, ele abriu e tinha um colar com um mini pingente com uma caneta dourada. Olhei para ele, olhei para o pingente e sem dizer nada, ele colocou aquele colar no meu pescoço.

- Pra você nunca se esquecer do que você é capaz! - ele disse e eu o abracei

- Muito obrigada, gente! Amanhã eu dou um salário extra pra vocês! - disse com uma risada e todos deram sorrisos simpáticos - E Johnson, você poderia ir comigo?

- Claro! Jack, Lisa e Shawn, desmontam o piano pra mim? - o Jack J disse vindo em minha direção e os outros três fizeram que sim com a cabeça

Eu e o Jack nos despedimos melhor de todos e começams a andar em direção a minha casa. Quando chegamos minha mãe tava no sofá mexendo no celular, abri a porta e quando a vi, fui fechando devagarzinho, mas ela me olhou e apontou para a cadeira do lado do sofá, como se dissesse para eu sentar. Fui até lá enquanto o Jack entrava meio com medo.

- Jack, querido. Vai dormir aqui? Se for, vai la pro quarto da Maddu, eu preciso te uma conversinha com ela! - minha mãe disse simpática, simpática até demais, eu estava tremendo de medo - O que você acha da vida Maria Eduarda? Você acha que pode sair a esse horário sem nem mesmo avisar? Sabe a quantidade de coisas horríveis que podem acontecer? - ela continuou falando calma assim que o Jack subiu as escadas

- Eu sei mã... - eu tentei fazer ela para de falar, mas não funcionou

- Só eu falo! Voltando... O mundo ta muito violento Maddu, eu sei que você estava com seus amigos e você acha que estava segura. Mas lembra do que aconteceu com você? - ela continuou falando calma, agora se referindo ao meu estupro, só de lembrar disso, lágrimas ameaçaram cair e eu fiquei toda arrepiada - Eu tenho medo de que algo pior aconteça a você! Você não sabe minha preocupação no trabalho pensando o que pode ter acontecido com você ou com a Malu. Vocês são a unica coisa que eu tenho! - eu percebi que ela também estava ameaçando chorar. 

Nos abraçamos e ficamos ali por um bom tempo. Até que ela se separou e voltou a falar, mas agora com com um sorriso.

- Agora me fala o que aconteceu na praia?

Contei tudo para ela e lhe mostrei o Snap que eu gravei na praia, ela disse que esse tal de Shawn era muito bom pra mim e que eu não merecia ele, nós duas rimos e eu lembrei que o Jack tava me esperando. Dei boa noite pra minha mãe e subi para o quarto.

- Finalmente! Como foi? - ele disse se levantando da minha cama rápido

- Muito bom! - eu disse com um sorriso de orelha a orelha

Ele me olhou estranho e continuou.

- Falei com a minha mãe e eu vou dormir aqui, okay? - ele perguntou e eu fiz que sim com a cabeça - Você vai faltar amanhã, né? Vou faltar com você! 

Fiz que sim com a cabeça, entrei no banheiro, coloquei meu pijama (5) e me joguei na cama, o que fez o Jack cair no chão.

- Já vai dormir? - ele perguntou se levantando do chão

- Eu vou! Sono da porra! E você também vai, amanhã a gente vai ter muito trabalho limpando essa casinha! - eu disse rindo com os olhos já fechados

Senti ele deitando do meu lado, em pouquíssimo tempo adormeci.

´´ Eu estava em um aeroporto com os Jacks, o Cameron, o Nash, a Annie e umas outras pessoas que eu não conhecia, mas sabia que eram do colégio. Todos nós íamos fazer uma viagem com o colégio. De repente chegou o Shawn e ligou uma TV na sala onde estavamos, nela estava passando uma garota dançando de um jeito muito estranho a musica One Time do Justin Bieber, rimos muito e começamos a dar voltas pelo aeroporto, depois de um tempo voltamos para aquela sala e ficamos conversando lá.

De repente o Shawn me puxou para o canto e começou a falar coisas como: ´´Eu te amo como se te conhecesse a mais de 10 anos`` ´´Você é o amor da minha vida!``. Então ele colocou a mão na minha nuca e começou a se aproximar, mas quando nossos lábios iriam se encostar, ele ligou a TV novamente tocando aquela musica do Justin Bieber com aquela mulher dançando de um jeito estranho. Todos voltamos a rir de um jeito descontrolável, me joguei no chão de tanto rir, e quando consegui me recuperar o Shawn sumiu``

Acordei rindo do meu sonho, ele não fazia nenhum sentido. O Jack me olhou muito brava.

- Por que você ta rindo sua louca, você me acordou! - ele disse muito irritado

- Meu sonho... ele... aí caralho... - tentei falar enquanto ria o que fez o Jack ficar meio perdido

- Okay então, vou voltar a dormir! - ele disse e se virou 

Me levantei, fui no banheiro do meu quarto, prendi o cabelo em um rabo de cavalo, escovei os dentes e lavei o rosto. Desci as escadas e a primeira visão que eu tive do primeiro andar foi a Malu varrendo a casa - uma coisa que eu realmente não imaginava ver tão cedo.

- Finalmente, pensei que não fossem levantar nunca! Já são 2:00p.m.! - ela disse sem parar de varrer

- Oi? Mas a festa começa as 5:00p.m.! Vou botar uma roupa, acordar o Jack e te ajudo a arrumar tudo.

Subi as escadas correndo e entrei no meu quarto, acordei o Johnson e fui direto para meu armário pegar uma roupa, coloquei uma só para ficar em casa (6) e me troquei no banheiro, quando voltei ao quarto o Jack estava mexendo no celular.

- Maddu, você viu isso aqui? - ele perguntou sem tirar os olhos do celular

- Não, o que?

- O Nash e o Shawn entraram na porrada, bem, ou quase isso! - ele disse e eu me joguei do seu lado para ver o celular

Era um vídeo deles se empurrando sem parar, até que o Nash tentou dar um soco no Shawn, mas ele desviou. Então o Jack G e o Cameron os separaram. Olhei para o Jack e ele me olhou.

- Eles tem problema! - nós dissemos juntos

- VENHAM LOGO ME AJUDAR A ENCHER ESSES BALÕES! - a Malu gritou lá de baixo

...

Já eram 4:30p.m. quando terminamos de fazer tudo, eu e a Malu fomos tomar banho enquanto o Jack ficou esperando minha mãe chegar. Tomei banho e coloquei uma roupa que a Malu mandou eu usar (7) e quando eu desci para a sala ja tinham umas 12 pessoas, não conhecia nenhuma delas além do Jack J, minha mãe, Malu e Hayes. Quando de repente o Hayes foi atender a porta e eu só ouvi ele chamando a Malu e parei pra pestar ateção.

- O que ele ta fazendo aqui? - o Hayes perguntou bravo


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...