História No comando do morro(paulicia e marilina) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Tags Marilina, Paulicia
Exibições 188
Palavras 1.068
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!😊

Capítulo 1 - Começo


Narrador:

Mais uma manhã no morro da rocinha, ally acorda com seu péssimo humor, faz suas necessidades e desce pra tomar cafe da manha

-Ally on

Acordei de manhã, com um humor péssimo odeio acordar cedo mas o dever chama, faço minhas necessidades e desço. Chegando no andar de baixo encontro dois folgados jogados no sofá assistindo jogo

Ally: e ai cambada de folgados, se esqueceram que nos tem trabalho.

Jaime: credo priminha que mal humor em

Ally: para de falar no diminutivo que eu odeio isso

Mario: maninha dorme bem?

Ally: o que você acha(sarcástica)

Maria: que tua noite foi péssima

Ally: pelo contrário foi ótima(disse sorrindo) o pior foi ter que acordar de manhã

Jaime: ah por isso o humor

Ally: cala essa boca, antes que eu me esqueça que somos primos e te calo logo com um tiro

Jaime e Mário: uou! Calma ae

Ally: que bom que entenderam. Agora bora logo

Mario: pra onde pensa que vai senhorita?

Ally: pro QG

Jaime: nem pensar, vamos pro colégio

Ally: bando de chatos(irritada)

Mario: vamos logo

Então entramos na garagem e eu escolhi meu bebê(rsrsrs uma ferrari vermelha). Entramos e fomos rumo ao colégio, chegando lá paramos o carro e descemos, quando descemos o grupo dos blocos nos olharam e vieram falar com a gente.

Paulo: olha só gente, até que eles tem gosto(pegando na minha ferrari��) ai meu sangue ferveu empurrei ele com toda as minhas forças que ele caiu e bateu a cabeça

Paulo: sua louca, o que pensa que ta fazendo

Ally: te empurrando oras(sinica)

Marce: paulo você tá bem

Paulo: tô só bati a cabeça

Marga: ai meu amorzinho o que essa maria-macho fez com você

Ally: maria-macho e sua avó, aquela vadia

Majo: olha como você fala da minha irmã

Ally: olha aqui sua patricinha de meia tigela sai da frente ou tu nunca mais vai ver a cor do dia(ia pegando minha arma que fica presa no meu tênis e na minha calça jeans) quando o mario me impede

Mario: vamos ally

Ally: não essa patricinha mexeu agora vai levar

Até que mario fala em meu ouvido que era segredo( você deve tá se perguntando como assim, eu moro no morro da rocinha? Tenho uma ferrari? Tenho arma? Deixa eu te explico eu sou a cabeça do morro da rocinha eu mando em tudo e todos que moram aqui seguir o conselho de mario e empurrei todos aqueles imbecis e passei, antes de entrar na sala meu celular tocou era roberto guerra advogado meu então atendi

Ligação on-

Ally: alô, pode falar roberta o que foi?

Roberto: ally aqueles bandidos do morro do alemão ameaçaram matar meus filhos caso eu não acusasse você

Ally: AQUELES FILHOS DA PUTA FIZERAM O QUE(completamente alterada)

Roberto: pois e ally, e por isso quero saber se meus filhos podem morar com você na sua casa

Ally: tudo bem, que você não me abandone

Roberto: obrigado obrigado mesmo ally

Ally: sem problemas, quando eles vão pra lá

Roberto: pode ser amanhã cedo

Ally: claro amanhã avisarei pro pessoal que eles vão chegar

Roberto: obrigado mais uma vez ally. Tchau

Ally: tchau

Ligação off

-Mario on

Saimos de casa e fomos pro colégio chegando lá o grupo dos populares foram falar conosco, aí o paulo botou a mão no carro da ally e ela o empurrou aí começou o bate boca. Quando percebi que a ally ia puxar o revólver impedi ela, quando chegamos na sala ela recebeu uma ligação só ouvir ela gritar: aqueles filhos da outa fizeram o que. Quando acabou a ligação resolvi falar com ela

Mario: ally tá tudo bem

Ally: ta mario só tenho uma notícia

Mario: qual

Ally: os filhos do roberto vão morar lá em casa

Mairo: pq

Ai ela me contou toda história, fomos pra casa dormi. No outro dia acordei com nossos capangas avisando que tinham chegado, fui avisar a ally

Mario: ally acorda eles chegaram

Ally: ta legal bora descer

Mario: vai assim

Ela tava com um pijama minusculo

Ally: vou, esse morro é meu

Mario: tá legal vamos

Descemos e quando chegamos lá em baixo pude ver o olhar do filho do roberto pra ally, mas também não pude deixar de ver como a filha dele era linda

Mario: ola meu nome é mario como vocês já sabem vão morar comigo a ally e o jaime

Paulo e Marcelina: ok

Ally: ah temos regras. 1- nenhum dos dois pode pegar ninguém dentro do meu morro e muito menos com essas putas. Eh so essas

Subimos pra nossa mansão vamos se dizer assim

Marce: uau! A casa de v9cês e linda

Mario: obrigado

Paulo: não me diz que isso aqui tem boate particular

Ally: claro que tem tá achando o que

Paulo: só uma pergunta podemos usar

Allu: sim e não.

Paulo: como

Ally: as pessoas dessa casa sim podem usar mais os de fora não

Paulo: ta entendi

Marce: e nossos quartos

Mario: venham por aqui. Marce o seu fica aqui do lad9 do meu, e paulo o seu fica ali do lado do da ally

Marce: ok e mais uma vez obrigada

Maruo: sem problemas

Ally: tão afim de passear

Paulo: tô dentro

Marce: pode ser

Ally: vamos! Mario cadê o jaime

Mario: não sei deve ta por ai se comendo com qualquer uma

Ally: vou ligar pra ele nos encontrar na sorveteria

Ligação on-

Ally: jaime

Jaime: fala ae ally, que foi

Ally: eu o mário e nossos hóspedes vamos tomar um sorvete que vim

Jaime: tô indo onde vocês tão

Ally: te mando endereço por mensagem

Jaime: ok tchau prima

Ally: tchau

Ligação off-

Mario: e aí ele vai

Ally: vai ele nos encontra lá

Mario: ta vamos

Ia pegando a chave da ferrari quando a ally puxa da minha mão

Mario: porra ally

Ally: porra? Porra e o caralho. Esse e meu bebê e ninguém além de mim dirige esse carro

Mario: ta ta. As vezes acho que tu ama mais ele do que eu(me fazendo de magoado)

Ally: mais e a verdade(dando de ombro)

Paulo: ah por isso me empurrou daquele jeito pq é sua coisa mais preciosa

Ally: lógico ele é único

Todos entramos no carro, chegando na sorveteria compramos os sorvetes de menta pro paulo, chocolate ora marce, pistache pra ally e creme pra mim. Fomos assistir o pôr do sol na praia ate que...

Paro ou continuo...


Notas Finais


Espero que tenham gostado do cap, não sei quando postarei de novo pois esstou em semana de prova e ta super corrido. Beijos💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...