História No Control - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, One Direction
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Josh Devine, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Zayn Malik
Tags Boys, Fifth Harmony, Girls, Harry, Lauren, One Direction, Romance
Exibições 264
Palavras 2.904
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Uou
Vocês pediram e cá estou com mais um cap ( e literalmente o último)
O capitulo esta grande e tem parte hot
Espero que gostem e perdoem os erros
Quero agradecer aos favoritos que vem crescendo e aos comentários maravilhosos

Capítulo dedicado a minha querida amiga Bea (devoult) ESPERO QUE GOSTE ❤️
All the lovezinho

Capítulo 30 - Epílogo


Fanfic / Fanfiction No Control - Capítulo 30 - Epílogo

Lauren estava numa correria só. Era o  dia da sua formatura na faculdade. Havia concluído seus 5 dolorosos anos na faculdade de Direito, dando orgulho aos seus pais e amigos e, principalmente a si mesma por ter conseguido o que tanto queria. A morena estava se arrumando as pressas, já que o amado estava esparramado em sua cama, dormindo. Harry tivera uma madrugada cheia de papeladas para ler e assinar, o que o deixou cansado, ainda mais tendo que acordar cedo. O homem praticamente não dormira.  Lauren não o culpava e, se pudesse, deitaria ao lado do noivo e dormiria de conchinha como tanto amava. Era engraçado como os dois viviam. O apartamento em que vivia com Camila e Selina agora era apenas dela, já que Selina havia terminado sua faculdade e Camila morava com Liam. Ambos haviam juntado suas coisas e viviam juntos apaixonadamente. Seus amigos estariam presentes em sua formatura, já que sairiam depois para comemorarem em um bar.

 

— Harry? – chamou Lauren, tentando acorda-lo. — Amor, temos que ir agora. – falava em seu ouvido.

 

— Eu gosto quando você me chama de amor. – comentou, ainda de olhos fechados, fazendo a morena rir. 

 

— Levanta logo. – mandou, dando-lhe um beijo na bochecha, indo até sua bolsa, pegando seu celular. 

 

Harry levantava da cama preguiçosamente. Queria dormir o dia inteiro, mas ao mesmo tempo queria ver a amada feliz em ter conquistado algo que tanto queria. Depois do reencontro dos dois a dois anos atrás, começaram a conversar e a relembrar os momentos que passaram juntos quando Lauren ainda estava no ensino médio. Alguns meses como amigos viram que o mesmo sentimento ainda estava ardendo em ambos os corações. Decidiram se entregar. Se amaram e continuavam se amando. 

 

Fazia alguns meses que Harry havia a pedido em casamento. Foi no aniversário de 23 anos de Lauren. A mesma tinha ganhado uma festa surpresa dos amigos e, no final, fora pedida em casamento. A família de Harry adorava Lauren, ainda mais depois da mãe do homem descobrir que a nora era a famosa jovem que a encantara no casamento de Gemma. Clara e Harry se tratavam totalmente diferente de quando trabalhavam juntos. Esqueceram as diferentes e viviam em harmonia. 

 

— Eu já estou indo, mãe. – falava a garota ao telefone. — Estou esperando o Harry. 

 

— Já estou indo. – gritou o moreno, saindo do banheiro. 

 

Lauren desligou o telefone e pegou a chave do apartamento para trancar o mesmo. Enquanto Lauren desfilava pela sala do apartamento, seu noivo a observava pela primeira vez depois que acordara. A jovem se encontrava com os cabelos no ombro, em um vestido preto colado, em um salto fino. Estava maravilhosa. Rapidamente caminhou para fora do apartamento, esperando a noiva. Lauren trancou a porta e encarou Harry, sorrindo. 

 

— Que foi? – perguntou, fazendo cara de inocente.

 

— Você está maravilhosa nesse vestido. – a elogiou. 

 

Lauren apenas riu e caminhou até o elevador, onde era seguida. O elevador abriu, saindo do mesmo seu vizinho nerd, simpático, gato e gay. O mesmo a cumprimentou com um sorriso. 

 

— Bom dia, Noah. – falou Harry, recebendo um piscar de olhos como resposta. — Lauren, me espera. – falou, fazendo Lauren e Noah rirem. 

 

— Ele é inofensivo, Styles. – disse a morena, beijando a bochecha do amado. 

 

Assim que entraram no elevador e o mesmo fechou as portas, Harry abraçou Lauren por trás, tirando o cabelo de seu pescoço e o beijando. 

 

— A propósito, eu prefiro você sem o vestido. — continuou a comentar, deixado Lauren arrepiada.

 

A morena tirou as mãos do homem de seu quadril e se virou, ficando a sua frente. Levou uma de suas mãos até a nuca do moreno, puxando seu cabelo, enquanto a outra passava pelo peitoral, chegando até a barra do cinto, o provocando. Harry não tirava o sorriso sacana dos lábios. Simplesmente amava quando Lauren o provocava. 

 

— Você sabe que no jogo da sedução eu sempre ganho. – sussurrou, o largando assim que o elevador parou.

 

— Chegamos. – disse Harry, como se nada tivesse acontecido, mesmo se controlando para manter sua mente sã e não ficar completamente duro. 

 

Estavam no local onde seria a formatura, no enorme Campus onde Lauren fez faculdade. Harry segurava sua mão enquanto andavam até o encontro dos amigos, principalmente de seus queridos sogros, já que estavam todos — desde Jhon até Michael e seu filho mais novo.  A morena soltou a mão de Harry assim que viu os amigos. Pulou no colo de Josh, seu melhor amigo desde a escola. Com ele estavam Liam, Dinah, Normani, Niall e Camila — que estava conversando com Christian, ex namorado de Lauren. Selina havia se mudado para outro estado e não poderia comparecer. Ela e Zayn não haviam dado muito certo juntos, mas namoraram por 4 meses. 

 

— Meu bebê tá crescendo. – comentou Josh. 

 

— Zayn e Ally não virão. – comentou a morena, triste. 

 

— A filha da Ally está doente, mas o Zayn prometeu que apareceria na hora em que estivermos indo pra boate. – falou Liam, indo abraçar a amiga.

 

Camila estava tão empolgada conversando com o amigo que acabou nem percebendo que Lauren estava ao seu lado. A morena fez um barulho com a garganta, chamando a atenção de Cams. 

 

— Lolo! – gritou, agradando a amiga, quase a enforcando. — Eu não tinha te visto. 

 

— O importante é que está aqui. – sorriu. — Oi, Chris. – o cumprimentou.

 

— Lau. – sorriu. — Você está linda. – a elogiou, deixando a mesma sem graça.

 

— Lolo, cadê o deus grego? – perguntou Josh sobre Harry, fazendo Lauren se lembrar que o havia deixado para falar com eles.

 

— Droga. – resmungou, procurando pelo noivo no campus, o encontrando conversando com seus pais. 

 

A morena sorriu e acenou assim que Harry a olhou. Seu sorriso a cativava. Harry era realmente um homem elegante e simpático. Se considerava sortuda por ter um homem tão maravilhoso ao seu lado, ainda mais depois de tudo que passaram. Ficar três anos separado de Harry fez muito bem para amadurecer e pensar, porem a falta que sentiu do homem foi uma das piores sensações que já tivera.Lauren chamou seus amigos para onde seus pais estavam e aproveitou para vestir a beca de formatura e ir para o seu devido lugar. Cadeiras enfileiradas uma ao lado da outra para os alunos de frente para o palanque onde seria entregue os diplomas aos formandos. Os convidados ficariam a metade no lado esquerdo e a outra no lado direito. Ambos teriam uma ótima visão. 

 

A cerimônia começou. Os professores deram um discurso curto, alguns sendo até engraçados, divertindo os alunos como faziam e, até mesmo, os convidados. Depois o diretor encerrou os discursos para começar a entrega dos certificados. Lauren lembrou da sua formatura do ensino médio. Aquilo era ainda melhor, mais gratificante. Fotos e mais fotos eram tiradas quando a formatura se encerrou. Lauren segurava seu irmãozinho no colo, enquanto faziam caretas para a foto que seu pai tirara. Depois a morena puxou sua mãe e seu pai para uma foto juntos. Lauren ficou no meio enquanto seus pais beijavam cada lado de sua bochecha. Também tirou foto com Jhon e com seus amigos e, por ultimo se dedicou ao noivo. Harry se encontrava falando ao celular, conversando com Louis. Seu melhor amigo continuava brincalhão — e solteiro. O homem havia se casado, mas, em apenas um ano se divorciara. 

 

Lauren andou até o homem e o abraçou por trás, beijando seu pescoço. Harry soltou uma risada, dando ao amigo uma brecha para perguntar o que tinha acontecido. 

 

— Lauren está com você? – perguntou Louis. — Estão prestes a transar? – gargalhou.

 

— Está. Mas não estamos transando. Estamos em uma formatura, Louis. –respondeu Harry, revirando os olhos por ter um amigo tão maluco.

 

— Ainda. – respondeu Lauren um pouco mais alto, fazendo Louis gargalhar alto no outro lado da linha.

 

— Tchau, Louis. – apenas falou Harry, desligando o celular antes que o amigo falasse mais alguma besteira e Lauren desse corda. 

 

Harry virou Lauren e ficaram frente à frente. As mãos grandes do homem foi até a cintura da garota, puxando-a mais para perto, colando seus corpos. Não falaram nada, apenas se encaravam sorrindo, logo se beijando depois. Harry nunca se cansava do beijo de Lauren, na verdade, quando a beijou depois de três anos viu o quanto sentia falta daqueles lábios. Poderia ter beijado outras mulheres depois que se separaram, mas nenhuma delas se comparava ao da sua morena. 

 

— Eu amo você. – sussurrou Lauren, assim que terminaram de se beijar e se abraçaram. 

 

Harry sorriu e repetiu as palavras que tanto amava ouvir e dizer. Paixões ele teve várias, mas amor somente uma e ela estava a sua frente, sorrindo timidamente quando ouviu a resposta do homem engravatado. Deram as mãos e caminharam até seus amigos, os chamando para irem embora. Antes Lauren deu um abraço nos amigos que fez em sala e outros sairiam para a mesma boate a noite. 

Clara e Jhon ficariam no apartamento alugado de Lauren. O estagio que fazia dava para cobrir as despesas, fora que Harry também a ajudava. Ele queria mesmo era comprar o apartamento, mas como iriam casar ela queria um lugar diferente, queria uma casa. Agora estava formada e teria que estudar mais um pouco para passar em uma prova e, definitivamente, se tornar advogada. Michael não poderia ficar, pois tinha que voltar para o restaurante onde sua nova mulher o ajudava. Nicolas, irmão caçula de Lauren queria ficar, então Clara pediu para o ex marido deixá-lo que, quando fossem embora, o levariam. Ficariam apenas dois dias por lá, aproveitando para passear. 

Seus amigos haviam alugado uma casa perto para o final de semana. Passariam os três dias juntos, saindo e se divertindo enquanto podiam. Clara e Jhon aproveitaram para ir ao shopping e levar Nicolas ao cinema. Se sentiriam incomodados ficando muito tempo no apartamento de Lauren, mesmo a mesma não se importando. Assim que saíram do campus, marcaram de se encontrar em uma boate as dez horas da noite. Harry aproveitou que estava de carro e levou a sogra até ao shopping. Michael já tinha ido para casa com seu carro que conseguiu comprar graças ao sucesso que seu restaurante estava fazendo. Sua esposa teria um ataque quando descobrisse que Nicolas ficou com sua ex mulher, mas não se importava, pois a criança estava em bons cuidados. 

 

Harry dirigia até o apartamento. Lauren dormia calmamente no banco do carona. O Homem, quando podia, a espiava. Deu uma risadinha quando a amada sorriu enquanto dormia e continuou a dirigir, tentando imaginar o que Lauren estava sonhando. Assim que chegou ao apartamento, foi direto ao estacionamento. Tirou o cinto de segurança e chegou mais perto da morena, acordando-a. Suas mãos grandes alisavam seu rosto delicadamente, despertando a noiva. Os grandes olhos se abriam aos poucos, mostrando suas órbitas verdes. Lauren se espreguiçou e sorriu quando viu Harry.

 

— Acabamos de chegar. – avisou. — Eu não vou precisar te carregar no colo, né? – perguntou, rindo. 

 

— Não. – respondeu. — Mas se quiser, juro que não ligo. – riu.

 

Harry gargalhou e deu um beijo na testa de Lauren. A garota riu e abriu a porta do carro. O homem trancou o carro e ligou o alarme, saindo do estacionamento de mãos dadas com a amada. Foram direto ao elevador, esperando o mesmo descer. Estavam exaustos. Quando o elevador chegou, saiu duas pessoas e o mesmo ficou vazio. Harry e Lauren entraram e apertou o número 11 para o andar desejado. Lauren, ainda sonolenta, abraçou Harry e colocou o rosto em seu pescoço. Sua respiração quente estava o arrepiando, o fazendo lembrar das provocações de manhã no mesmo elevador. A garota abriu os olhos e viu os pelos do pescoço arrepiados. Soltou uma risada e mordeu os lábios, passando a beijar o local sensível do homem. Harry apertou a cintura de Lauren, fazendo-a dar um pulinho. Ambos se viraram, ficando frente à frente e se encarando. Logo estavam se beijando. 

 

A costa de Lauren chocou contra o elevador. As mãos de Harry passeava por todo o corpo da jovem. Seu vestido colado o ajudava ainda mais para senti-la. Queria rasgar aquela roupa e fode-la ali mesmo. A morena não estava se importando com o lugar, só queria senti-lo. So queria se entregar. O elevador, para a desgraça do casal havia chego no andar desejado. Pararam de se beijar na hora, amaldiçoando-o e pensando em todos os palavrões existentes. Harry puxou Lauren pela mão e rapidamente tirou a chave de dentro do bolso, abrindo a porta, voltando a puxar Lauren e chutando a porta para a mesma se fechar. 

 

O homem queria voltar a beijar a jovem, que se encontrava com o cabelo bagunçado e a boca vermelha. Lauren o empurrou e riu da cara que Styles fez. Levou suas mãos até a barra do vestido, puxando-o para cima, tirando-o de seu corpo. Harry gostava quando Lauren usava vestidos que não precisavam de sutiã, já que odiava a peça o atrapalhando, sempre tendo que tirar.  Desabotoando a camisa social, Harry a tirou de seu corpo, mostrando suas tatuagens e o corpo definido. Lauren aproveitou para tirar os saltos que a incomodavam e ficou apenas de calcinha, andando para o quarto, chamando o moreno, sorrindo sapeca. Sem perder tempo, Harry andou rápido até a mulher, onde a mesma já se encontrava sentada na cama, com as pernas abertas. Ajoelhado na cama, foi beijando a pele macia da perna de Lau, subindo com os beijos. Distribuiu beijos por cima da calcinha, fazendo-a abrir a boca e suspirar, fechando os olhos. Os beijos foram subindo por sua barriga até chegar a sua boca. 

 

— Agora sim você vai ter um motivo para estar muito, mais muito cansada. – sussurrou Harry, mordiscando a orelha da mulher que estava o deixando louco. 

 

Sua calcinha foi retirada e jogada em algum lugar do quarto. Com os dedos, Harry levou até a intimidade rosada de Lauren, massageando o local e tirando gemidos e suspiros de sua boca. Tirando os dedos, o substituindo por sua língua. Lauren simplesmente amava sexo oral, ainda mais vindo de um homem experiente. O seu homem experiente. Ela não havia transado apenas com Harry nos seus 23 anos de idade — ainda mais quando estavam separados, mas com paixão e amor só tinha com o famoso homem engravatado. Lauren apertava o lençol com força, perdendo a voz assim que chegou ao seu orgasmo, apenas recebendo um oral de Harry. Sorriu enquanto respirava ofegante. 

 

As posições foram trocadas. As mãos delicadas da moça foram até o membro ereto e duro do amado, subindo e descendo com os movimentos. Os gemidos roucos do Senhor Styles excitavam e ajudavam ainda mais Lauren em seu trabalho. Queria proporcionar prazer tanto o quanto ele havia a proporcionado. Umedeceu os lábios e abocanhou o pau ereto de Harry, fazendo-o gemer ainda mais. Tirando o cabelo do rosto e olhando para seu noivo enquanto o chupava era sempre uma das melhores visões. O moreno viu que o cabelo de sua amada estava atrapalhando, então juntou os fios com as mãos e a ajudou. 

 

— Meu bem...– falou, arrastando a voz. — Eu preciso te foder agora. – tornou a falar, fazendo-a dar a última chupada em seu membro com vontade. 

 

Sem delongas, Lauren sentou sobre o membro de Harry. Ambos gemeram juntos. As mãos ágeis do homem foram até a cintura da jovem, ajudando-a com os movimentos. Os peitos rígidos roçavam em seu peitoral suado. As suas mãos foram até os próprios seios, os apertando. Sua cabeça tombava para trás por conta do prazer que estava tendo. No quarto só dava para ouvir os gemidos e o barulho da transa que estavam tendo. Por Lauren ser branca, os apertos que Harry estava lhe dando ficariam as marcas, mas a garota gostava, pois o único que podia fazer aquilo com ela, e de um jeito bom era Harry Styles e nunca se cansaria daquilo, não com ele, o homem que tanto amava. 

 

Mudando de posição, Lauren ficara de quatro na cama. O traseiro empinado e o rosto apoiado, mordendo o braço de leve por causa do prazer e da posição que mais gostava. Uma de suas mãos foi até sua intimidade, massageando e lhe dando ainda mais uma sensação maravilhosa. Com as estocadas de Harry e seus movimentos gozaria pela segunda vez. O moreno não estava tão longe de chegar ao seu ápice. Não demorando muito, Harry chegou ao orgasmo, em seguida sendo Lauren, gemendo loucamente. Caindo um ao lado do outro, se entreolhavam cansados e suados, fora a respiração ofegante. Sorriam um para o outro. Lauren chegou mais perto e o beijou. 

 

— Acho que precisamos de um banho. – comentou, se levantando e vendo a zona que estava o quarto. —E claramente arrumar essa bagunça. 

 

Harry também levantou e foi até o banheiro, ignorando a parte em que teria que arrumar o quarto. Só queria tomar um banho e se jogar na cama para dormir. Voltou para o quarto assim que viu que Lauren não havia o acompanhado e a pegou no colo. Ambos tomaram banho juntos, calmamente, apenas admirando e tocando o corpo um do outro. Assim que terminaram, se secaram e foram por uma roupa confortável. Harry optou apenas por uma calça de moletom e Lauren um pequeno short de dormir e uma blusa de Harry. O homem se jogou na cama e apagou. A jovem vou que seria impossível arrumar o quarto naquele momento. Apenas deu um beijo em seu rosto e caminhou até a porta do quarto, dando a última olhada no amado, sorrindo. 

 

— Meu primeiro e único amor. – sussurrou, fechando a porta em seguida, indo fazer algo para comer. 

 

 

 


Notas Finais


Isso é tudo, pessoal.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...