História (No) It's too late - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 15
Palavras 1.325
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa litura

Capítulo 20 - Merda yixing.


Xiumin~p.o.v~
Hoje era minha obrigação fechar a loja, chen também estava por ali, na verdade eu estava apenas o esperando para poder ir embora.
-Bom, vamos? -ele disse chegando perto e eu apenas assenti saindo da loja com ele atrás de mim. -você melhorou? -assenti de novo. -min, você esta estranho, eu fiz algo?
-não... Por que acha isso?
-você mal esta me respondendo, tem alguma coisa sim. -ele finalizou e eu suspirei, odeio mentir.
-é chen... eu, lembrei de algumas coisas de ontem.
-hum, é vergonha?
-nós nos beijamos...
-ah, você realmente lembrou...
-você se declarou para mim.
-realmente lembrou de tudo...
-você foi um fofo. -sussurrei. -mas você sabe sobre meu passado com... -finalizei ali, ele claramente entendeu. O vi suspirar e sentar na calçada, me sentei ao seu lado.
-sabe xiumin... não é de agora que gosto de você. -ele começou e eu o olhei surpreso. -eu sempre ia ao café, toda manha, eu sempre deixava de tomar meu café da manha e vinha para o café para poder te ver, porque você sempre me encantou de uma forma inimaginável, a primeira vez que bati os olhos em você, você brilhou para mim, eu não sabia seu nome, seu jeito, nada! Mas já poderia ter dito que me apaixonei, vai parecer errado... mas eu ate mesmo comecei a trabalhar aqui porque queria me aproximar, eu já gosto de você a messes min... e eu não sabia que você tinha algum problema com relacionamentos, não sabia de nada disso, mas mesmo sabendo, eu quero cuidar de você, quero ser o que você quiser que eu seja seu, independente do que eu sinto por você.
-chen... eu não sei o que falar....
-tudo bem, não precisa dizer nada, vamos embora esta ficando tarde. -ele estendeu a mão para mim depois de ter se levantado e eu peguei ela aceitando sua ajuda, mas antes que ele soltasse eu puxei seu corpo e selei nossos lábios em um breve beijo. 
-acho que isso por enquanto, vai dizer tudo. -completei e então sai andando indo para casa. Olhei para o céu e fechei meus olhos de leve, talvez esteja na hora de seguir em frente.
 

Jongin~p.o.v~
Cheguei em casa e abri a porta, vi que tudo parecia calmo demais, nenhuma chamada de luhan nem de sehun, nenhum vestígio de sangue, pelo contrario, roupas pelas escadas.
-Ah, oie jongin. -luhan falou vindo da cozinha com um copo em mãos.
-oie luhan, se acertaram?
-sim, muito obrigado por sinal... mas eu tenho algo para contar.
-amor por que esta demorando? -sehun apareceu e eu olhei para os dois.
-estava para contar a ele agora.
-contar o que? -perguntei.
-estamos de mudança. 
-pode repetir por favor? -pedi e luhan riu.
-estamos indo para china.
-mas o sehun nem sabe nada de chinês!
-é, mas luhan precisa ir e eu não quero deixa-lo.
-quando?
-No fim de semana.
-mas os pais do luhan não sabe de vocês!
-é, vamos fingir ser amigos, eu espero que seja por pouco tempo só.
-vocês são loucos... eu sai daqui vocês estavam brigando!
-nos resolvemos kai, e vamos nos mudar.
-meu deus... vou ser abandonado...
-menos drama.
-sehun, eu me demiti do meu emprego, como eu vou pagar isso?
-por que se demitiu?
-eu estou indo atrás do curso de dança, tive que parar o trabalho.
-você esta louco? e ainda diz que sou eu quem estou pirando.
-sehun, não pode me abandonar!
-olha jongin, a gente manda um trocado tudo bem? sei que você administra bem seu dinheiro, se puder, tente achar um curso mais barato.
-okay... -suspirei. -vou me deitar. -passei por eles e fui direto para meu quarto.
Me joguei na cama e peguei  meu celular começando a conversar com kyungsoo que parecia tão cansado quanto eu.
"Então eles vão se mudar?" by:soo
"SIM! Me abandonar!" by:kimkai.
"Kai, não seja dramático, você não esta sozinho, tem chanyeol, eu... chanyeol, e eu!" by:soo
"meu deus, eu não tenho amigos" by:kimkai
"Mas é um drama mesmo" by:soo

''você é cheio de amigos não sabe como é" by:kimkai
"Me poupe, eu só falo com você e o chanyeol, dois idiotas que escondem as coisas de mim, e você vem me dizer que eu estou nadando em amizade" by:soo
"Credo seu agressivo, também te gosto." by:kimkai
"Bom, vou descansar, não sei do que se também sai da empresa... mas okay" by:soo
"Saio? " by:kimkai

"Chanyeol me chamou para trabalhar com ele" by:soo
"Ah, você ele chama né...'' by:kim kai
"é bom né, alguém não te chamar ou avisar das coisas" by:soo
''rancoroso! '' by:kimkai.
"Sou mesmo, seu naja!" by:kimkai

Acabei rindo com essa mensagem, soo era complicado.
"Queria poder te ver agora" by:kimkai
"Você não vem fazer a linha fofo agora não!" by:soo
"Eu to falando serio" by:kimkai
"Ah... vem aqui em casa então" by:soo
"Não vai me expulsar de novo?" by:kimkai
"Não" by:soo
"estou indo" by:kimkai

Me levantei pronto para sair e assim fui, não falei com ninguém, só queria ver o baixo mais rápido possivel.
-Foi ate que rápido. -ele disse assim que cheguei em sua casa o encontrando no jardim.
-por que esta aqui fora?
-parecia um clima agradável. -ele finalizou e eu sentei ao seu lado. -o que vai fazer agora que eles vão se mudar?
-eu não sei... acho que vou ter que procurar outro emprego...
-nossa jongin... você acabou de sair desse..
-posso pedir ao kris para voltar, sabe, só ate eu me estabelecer... ou apenas desistir do curso de dança.
-não, isso nunca... e se, você aceitar minha ajuda por alguns messes?
-han? não.
-por que não?
-porque eu não vou pegar dinheiro de você kyungsoo.
-para de ser besta, eu só quero ajudar, é seu sonho, você pode me pagar depois. -parei para pensar, seria de grande ajuda, e kyungie sabe que eu o ajudaria sempre que precisasse também.
-okay tudo bem, obrigado por me ajudar...
-jongin. -o mais baixo me chamou e eu o olhei vendo o mesmo muito proximo. -desculpa. -ele sussurrou e então selou nossos lábios.
-por que pediu desculpa?
-as vezes você me tira do serio, como pode ser tão bonito? -acabei rindo.
-so kyungsoo dizendo isso?? quem é você e o que fez com meu soo?
-eu estou falando serio seu besta. -ele bateu em meu braço. -sabe, eu fiquei realmente chateado por não ter falado comigo sobre sair... vocês dois por sinal... eu sei que estava bravo, mas sabe jongin, as coisas para mim, namoro, relacionamento são diferentes do que para você. Mas eu realmente gosto de você. -ele concluiu e eu passei a mão sobre seu rosto.
-eu nem sei como me apaixonei por você kyungsoo, você só foi a melhor coisa que me apareceu. -sussurrei e selei nossos lábios sentindo ele sorrir durante o beijo, sortudo, eu sou sortudo.
 

Suho~p.o.v~
-Junmyeon. -uma das recepcionistas, may apareceu. -lay apareceu por aqui agora e saiu as pressas, ele não me parecia bem, por favor vá atrás dele.
-o que? -me levantei no mesmo instante e fui atrás dele, sendo seguido por yeon. -Yixing! -gritei varias vezes pela rua e nada, procurei por todos os lugares perto.
-jun pare! -yeon segurou meu braço. -estou cansada...
-não pedi para que viesse.
-não fale assim comigo, ele vai aparecer em breve, e não precisa correr por ai como se ele tivesse algum... merda...
-yeon me solta.
-jun, por que não me escuta uma vez? eu me sinto péssima, estou carregando um filho seu, um filho do homem que eu amo! -parei e analisei seu rosto. -e ele nem mesmo me ouve.
-yeon, nunca namoramos serio, não chegamos a isso, e eu sempre te escutei. agora me solta.
-não junmyeon! 
-me solta yeon, eu registro seu filho faço o que você quiser, mas me deixa ir atrás da pessoa que eu amo!. -gritei e ela deu dois passos para trás me soltando e eu voltei a correr sem pensar duas vezes.
Merda yixing, onde se meteu.


Notas Finais


De novo peço desculpas jfkdshjhdskg a vida ta mais corrida que formula 1 ;;;;;;;;
Comentem o que acharam e eu prometo que vou responder os comentários logo <3
Até amanha.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...