História No kiss, babe - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~channe

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai
Tags Babe, Baekhyun, Baekyeol, Chanbaek, Channe, Chanyeol, Exozone, Fotografia
Visualizações 321
Palavras 2.296
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oláá meus pimpolhinhos, tudo bem com vocês? Eu espero que sim!
Pois então, não é mesmo que eu estou de volta cedo? Parece miragem, mas não é!!!
Bom, não vou enrolar vocês aqui, tenham uma ótima leitura e espero que gostem desse capítulo que eu fiz com muito amor!!!

Capítulo 2 - Dormir de conchinha?


 

Hoje é o grande dia.

Já havia se passado dois dias desde que eu havia encontrado Kyungsoo na cafeteria Coffee Center e, como combinamos por mensagem, hoje seria o dia que o primo dele, aquele garoto que eu sempre via nos aniversários dos familiares do Soo, iria vir morar comigo.

 

‘’(Soo)lamento:

Baek, o Chanyeol já saiu aqui de casa.

Me manda mensagem assim que ele chegar aí ok?

Não consegui ir junto com ele pq o Nini chegou aqui em casa…

E, bom, temos algo pendente para conversar…

[10:30 A.M]’’

 

‘’Baekhyun:

Aham, algo pendente para ‘’conversar’’

Tá bem, você não me engana Soo.

Vai dar aquela exercitada né? Tô ligado.

Saudades da Tae, falando nisso...Faz tempo que eu e ela não marcamos algo…

Acho que irei chamar ela depois que o seu primo chegar.

[10:32 A.M]’’

 

‘’(Soo)lamento:

Tenho que me manter em forma, não é?

E você tbm, faz tempo que não vejo a Tae ctg!

Vcs brigaram?

[10:35 A.M]’’

 

‘’Baekhyun:

Melhor do que ficar no sedentarismo como eu ultimamente…

Se é que você me entende.

Eu e a Tae não brigamos não, ela só está atrapalhada com as coisas dela…

[10:36 A.M]’’

 

‘’(Soo)lamento:

Que merda, hein.

Mas olha pelo lado bom, agora vai ter o Chanyeol ai do seu lado

Você vai poder escolher se quer ficar no sedentarismo ou não.

SHAUSHAUSHAUSHAUSAHSUAHUSA

Desculpa, não resisti…

Mas falando nisso, Baek, onde o Chan vai dormir?

Tipo...Sabe né?

[10:38 A.M]

 

‘’Baekhyun:

Primeiramente, eu tenho namorada.

E em segundo…

EU NÃO TINHA PENSADO NISSO.

AI MEU DEUS KYUNGSOO

EU VOU POR SEU PRIMO PRA DORMIR NA SALA

ISSO

RESOLVIDO.

[10:40 A.M]’’

 

‘’(Soo)lamento:

KKKKKKKKKKKKKKKKKKK BAEKHYUN

O Chanyeol vai se negar a dormir no sofá, conheço a cria

KKKKKKKKKKKKKKKK

NÃO ACREDITO QUE VOCÊ VAI DORMIR DE CONCHINHA COM O MEU PRIMO.

KKKKKKKKKKKKKKKK AH SEU SAFADO

SEMPRE SOUBE QUE VOCÊ JOGAVA NOS DOIS LADOS DO TIME

ESSE É MEU AMIGO

SÓ VAI

SE JOGAAAAAAA

VAI DORMIR DE CONCHINHA COM PARK CHANYEOL SHUASHAUS

[10:43 A.M]’’

 

‘’Baekhyun:

CALA ESSES DEDOS KYUNGSOO.

NÃO VOU DORMIR DE CONCHINHA COM NINGUÉM

JURO QUE SE ELE TENTAR ENCOSTAR EM MIM COM SEGUNDAS INTENÇÕES

EU CHUTO ELE DO MEU QUARTO

E FAÇO ELE DORMIR NO SOFÁ PRA SEMPRE

E EU TO FALANDO EM CAPS MESMO

[10:45 A.M]’’

 

‘’(Soo)lamento:

Para de ser chato, só estou brincando com você.

Mas enfim, o Chanyeol não chegou ainda?

Esse tapado deve ter se perdido no caminho, certeza.

[10:46 A.M]’’

 

‘’Baekhyun:

Você é ridículo, sabia?

Aliás, seu primo acabou de chegar

Vou ir atender ele, depois nos falamos

Vai lá fazer sua corrida.

[10:46 A.M]’’

 

Após escutar a campainha ser acionada pela segunda vez, levantei-me rapidamente do sofá confortável de minha sala, deixando meu celular jogado de qualquer jeito nele. Dei uma boa arrumada no meu cabelo, pois não havia se passado muito tempo desde que levantei da minha cama e, bom, não gastei meu tempo me arrumando para receber Chanyeol em minha casa.

Ué, que foi? Apenas verdades.

Abri a porta cautelosamente, dando de cara com a imagem do primo de Kyungsoo todo sorridente, não é que o garoto é alto mesmo? Não que eu nunca tinha visto Chanyeol na minha frente antes, na verdade somente de longe, mas mesmo assim, acho que não havia reparado que o menino era, pra uma pessoa baixinha que nem eu, um poste em forma de gente.

— Baekhyun, quanto tempo! — A voz de Park adentra meus ouvidos, causando um pequeno arrepio.

— Olá, Chanyeol. — Sorri simpático para si. — Verdade, quanto tempo… Mas enfim, queres ajuda com as malas? — Observei as três malas ao seu lado.

Senhor amado onde ele vai socar tanta coisa assim? Na verdade, onde é que vai caber tanta coisa assim?

— Se não for muito incomodo, aceito uma ajudinha sim. — O jovem deixou um riso envergonhado escapar de seus lábios enquanto, com uma das mãos, coçava sua cabeça.

— Certo, sinta-se em casa, ok? — Falei simpático enquanto puxava uma das malas que, graças a Deus, é de rodinha.

— Kyungsoo me disse que seu apartamento só tem um quarto… Iremos dividi-lo? — Chanyeol meu perguntou assim que trouxe sua última mala ao lado do sofá.

— Se você não se importa, iremos sim, mas eu tinha dado a ideia de você dormir no sofá. — Falei sério, logo escutando a risada estridente do rapaz.

— Não me importo de dividir o quarto com você, Baekhyun.

— Certo...Ok,aqui você já pode ver que esse cômodo inteiro é a sala e a cozinha, agora vou lhe mostrar o resto do apartamento. — Falei baixinho, me sentindo um pouco incomodado com o olhar de Chanyeol preso a mim.

— Baekhyun… — O rapaz me chamou baixinho, impedindo-me de me virar para começar a andar na direção do corredor. — Muito obrigado por ter aceitado minha proposta, juro que não irá se arrepender! — Chanyeol abriu um sorriso imenso.

— Bom, realmente espero que não me arrependa mesmo. — Falei brincando, escutando sua risada fraca.

Óbvio que nessa minha brincadeira havia um pouquinho de verdade, né? Eu realmente espero, do fundo, mas do fundinho mesmo, do meu coração, que eu não me arrependa de ter aceitado Chanyeol vir morar comigo.

E principalmente de ter dado a ideia dele dividir o quarto comigo.

 

[...]

 

— Certo, acho que terminei, venha aqui e me diga se esse lado do guarda-roupa está bom para você. — chamei o garoto de cabelos avermelhados que se encontrava sentado em minha cama.

Que a partir de hoje seria nossa…Nossa...Nossa Senhora que me ajude, isso sim.

— Hum, acho que está bom sim, eu não trouxe muita coisa, então é capaz de até sobrar espaço… — escutei Park falar assim que chegou ao meu lado.

— Me desculpa perguntar assim do nada, mas se você não trouxe muita coisa, porque tem três enormes malas no meu quarto? — Perguntei curioso, sentando-me em minha cama.

Digamos que meu quarto não é lá daqueles enormes, há apenas a cama de casal no centro do local, já em sua frente se encontrava a cômoda branquinha, onde há uma televisão e diversas gavetas, costumo sempre guardar minhas bugigangas nessa cômoda imensa, coisas do passado que quero ter de recordação. Assim como guardo minhas cuecas e meias, mas isso não era preciso saber.

Já meu guarda roupa é escorado na parede esquerda do quarto, onde tapa toda a pintura azul claro do cômodo e, logo mais ao lado, há uma porta que dá direto para o banheiro, pois sim, meu apartamento tem uma suite.

— Uma das minhas malas está meus livros e objetos que quis trazer junto comigo. — Park falou enquanto me encarava seu sorriso fraco nos lábios e suas íris escuras que me chamavam a atenção. — Na outra tem as minhas roupas e na maior está meu violão...Eu acabei perdendo a capa e a mala dele em uma excursão qualquer da minha antiga universidade. — Deu de ombros, indo até uma de suas malas e puxando-a até o guarda-roupa.

— Uma mala cheia de livros? Não sabia que você gostava de ler tanto assim.

— Eu meio que tenho esse hobby desde da época da adolescência. — Ele falou enquanto guardava suas roupas no espaço vago que eu havia deixado. — Baek, você se importa de abrir a janela?

— Abrir a janela? Você já viu o sol que está lá na rua? Sendo que a recém é de manhã ainda? — Digo indignado, cruzando meus braços. — Eu odeio dias assim.

— Que? — Chanyeol parou de guardar suas roupas e se virou para mim. — Vai me dizer que você é daquele tipo de garoto que fica deitado no sofá, comendo um pote de sorvete e assistindo uma série na netflix enquanto chove na rua? — Arregalei os olhos ao escutar tamanha audácia. — Ai meu Deus, não acredito que eu acertei. — a risada estridente de Chanyeol fez com que eu levasse minhas mãos até meus ouvidos, tapando-os.

— Vou ir fazer o almoço antes que eu resolva te jogar pela janela do quarto, em vez de abri-lá. — Falei enquanto tentava me acalmar.

— Mas pra você me jogar da janela, vai ter que abrir ela, não é? — O garoto sorriu irônico.

— Não, eu te jogo junto com ela mesmo.

Falei enquanto lhe lançava um olhar desafiador, decidindo me retirar rapidamente do quarto assim que notei que ele estava pronto para se pronunciar novamente.

Santa Caralhinha, me ajuda a ter paciência com Park Chanyeol, pois se você me deres forças, eu juro que jogo ele pela minha janela mesmo.

Agora eu fico pensando, se já estamos assim no nosso primeiro dia juntos neste apartamento...Imagina nos próximos dias?

É...Parando para pensar….Vou precisar de um psicólogo, certeza.

 

[...]

 

‘’(Soo)lamento:

Ei Baekkie, tá tudo bem por ai?

Tudo tranquilo?

Estão se entendendo?

Me fala alguma coisa, estou curiosooooo.

[17:00 P.M]’’

 

‘’Baekhyun:

Espera um minutinho

Vou mudar seu contato aqui e te mandar print

Pra você saber qual vai ser minha solução para morar com o Chanyeol

[17:02 P.M]’’

 

Contato alterado com sucesso!

 

‘’Baekhyun:

(mídia)

Olha aí…

[17:05 P.M]’’

 

‘’(Soo)matando:

KKKKKKKKKKKKKK

Nossenhora, o que aconteceu?

Achei pesado essa piada com o meu nome, aliás.

[17:07 P.M]’’

 

‘’Baekhyun:

Aconteceu que seu primo é chato.

Mas não chato ao meu nível…

Na verdade é raro alguém conseguir passar do meu nível

na chatice.

Mas, puta merda Soo, que garoto chato.

Você se importaria se eu jogasse ele pela janela até o final do ano?

[17:09 P.M]’’

 

‘’(Soo)matando:

Já imaginava que ia dar nisso

Você e o Chan são muito parecidos, sério

E sim, eu me importaria, ele é meu primo né?

[17:13 P.M]’’

 

— Baekhyun? — Me sobressalto no sofá ao escutar a voz grave de Chanyeol atrás de mim. — Desculpa, não queria lhe assustar.

— Tudo bem… Aconteceu alguma coisa? — Larguei meu celular ao meu lado quando o jovem se sentou no sofá.

— Não aconteceu nada, só resolvi vir lhe fazer companhia… — Park me direcionou um sorriso pequeno. — Acabei de terminar de arrumar minhas coisas  lá no quarto e acabei ficando sem nada pra fazer.

— Oh...Certo, entendi. — Sorri fraco. — O que você quer fazer, então? Pois a única coisa que eu tenho pra lhe oferecer hoje é a minha netflix e meus sorvetes. — Ditei irônico.

— Por mim tudo bem.

— Certo, eu vou pegar os sorvetes enquanto você escolhe algum filme ou série pra nós assistirmos, pois a netflix já está conectada na televisão porque eu ia assistir alguma coisa, então só é preciso mexer no controle, beleza? — Observei o ruivo concordar com a cabeça e pegar o controle da televisão de minha mão.  — Certo.  — Murmurei baixinho.

Levantei-me preguiçosamente do sofá, indo em direção da cozinha enquanto digitava a senha de acesso do meu celular, pois é óbvio que eu não ia deixá-lo lá na sala com a companhia de Park Chanyeol.

’Baekhyun:

Uma pena, mas até que seu primo tá calmo agora.

Aceitavel, digamos.

[17:30 P.M]’’

 

Sorri fraco ao ler a mensagem que havia acabado de enviar, realmente achava incrível como eu conseguia  me contradizer em menos de uma hora.

Largando meu celular na bancada, fui em direção da geladeira cinza, abrindo o freezer e dando de cara com diversos potes de sorvetes.

É, talvez Chanyeol tivesse acertado, eu realmente sou aquele tipo de garoto que ama dias chuvosos para ficar em casa, deitado no sofá, assistindo alguma série ou filme na netflix e comendo um sorvete bem gelado.

Após pegar os malditos potes gelados e duas colheres grandes, me desloquei até o sofá, alcançando um sorvete para o maior, que tinha um semblante sério no rosto enquanto escolhia alguma coisa para vermos na televisão.

— Você assistiu a primeira temporada de Stranger Things? — Escutei a voz grossa de Chanyeol.

— Assisti sim, por que? — Perguntei após ir e voltar da cozinha novamente, só pelo simples fato de ter esquecido meu celular na bancada de mármore.

— Saiu a segunda temporada ontem, vamos assistir? — Arregalei os olhos e sorri animado ao escutar o que Park havia falado.

— Bora, mas espera só um minutinho, vou ir pegar uma coberta pra nós e travesseiros, você podia abrir o sofá né? Ele é daqueles que vira cama.

— Oh, certo, vou fazer isso. — Sorrimos.

Fui andando rapidamente até meu quarto, pegando a enorme coberta que estava estendida na cama e os dois travesseiros que haviam ali, porém acabei largando tudo ao escutar a notificação de mensagem.

Era ela.

 

‘’ Tae Amorzinho:

Oii meu amor

Acabei de chegar do trabalho

Tá ai?

[17:40 P.M]’’

 

‘’Baekhyun:

Tae, quanto tempo meu amor!

Estou sim, tá tudo bem?

Como foi no trabalho?

[17:42 P.M]’

 

‘’Tae amorzinho:

Eu estou bem, na medida do possível

E você?

O trabalho foi, como sempre, uma maravilha

Eu realmente amo aquelas crianças

Baek, você se importaria de marcar

uma janta ai na sua casa, para nós dois

Na próxima semana?

Eu estou com saudades…

[17:45 P.M]’’

 

‘’Baekhyun:

Estou levando a vida, como sempre

kdaoskdapdks

Na próxima semana?

Acho que dá sim, tranquilo.

[17:46 P.M]’’

 

‘’Tae amorzinho:

Ótimo!

Vou tomar um banho agora, ok?

Te chamo mais tarde <3

[17:47 P.M]’’

 

‘’Baekhyun:

Ok, meu amor.

Estarei esperando por você aqui <3

[17:48 P.M]’

 

Guardando, rapidamente, o celular em meu bolso da calça, peguei a coberta e os travesseiros novamente, indo em direção da sala de passos rápidos, encontrando Chanyeol já deitado no sofá, enquanto mexia em seu celular e cantarolava alguma música qualquer.

— Vou ligar o ar condicionado, tudo bem? — Perguntei após largar as coisas no sofá e lhe alcançar um dos travesseiros.

— Beleza. — O maior retrucou enquanto abria seu pote de sorvete.

Peguei o controle do ar condicionado e liguei no dezoito mesmo, não tenho culpa de amar o inverno e detestar o verão. Deixando meus chinelos jogados de qualquer jeito no chão, me deitei no meu sofá maravilhoso e apenas murmurei um ‘’pode apertar play’’ para Chanyeol, relaxando totalmente no lugar enquanto abria meu querido pote de sorvete.

Olhando pelo lado bom da coisa, até que morar com Chanyeol não parece ser algo tão ruim, principalmente por ele gostar de Stranger Things assim como eu.


Notas Finais


E então? Foi bom? Ficou bom? Eu espero que simkkkkkkkkkkrindo de nervousa.
Quero deixar registrado aqui o meu grande agradecimento pelo carinho de vocês só com o prólogo da fanfic! Sério pessoal, vocês são incríveis, de verdade, tia channe ama vocês pra caramba <3
Bom, como vocês puderam ver, o Chan é uma pessoa muito ''tranquila'', né não?
HIHIHI

Bjux da channe e até a próxima att~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...