História No Permanent Damage. G!P - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally, Camila, Camren, Dinah, Keana, Lauren, Lucy, Normani, Shawn
Exibições 34
Palavras 1.644
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Capítulo 3


 

Depois de ler aquilo percebo que estou coberta de lágrimas. Como alguém pode ser tão cruel?

Parei de ler quando o professor de literatura entrou na sala chamando a atenção de todos os alunos.

“Olá turma, abram seu livros na página 45, por favor.” ele fala, colocando as coisas em cima de sua mesa. Depois que termina ele levanta a cabeça e olha diretamente para o fundo da sala, diretamente para mim. Oh deus, não.

“Ora, ora, temos uma aluna nova por aqui.” Ele fala com um sorriso provocativo no rosto.

“Por favor, venha até aqui na frente e se apresente para os seus colegas”.

Não acredito que isto esta acontecendo. É tão infantil, se apresentar diante da sala quando se é novato.

Me levantei lentamento e segui até a frente olhando para ele. Senti todos os olhos presentes ardendo nas minhas costas. Virei-me, tomei fôlego e comecei com a minha apresentação já preparada anteriormente.

“Olá, meu nome é Camila Cabello, tenho 16 anos. Nasci em Cojimar, cuba e vim quando pequena para os Estados Unidos, mas precisamente para Miami. Só.”

“Muito bem, Camila, pode se sentar. A propósito, meu nome é Shawn.” O professor falou sem parar de sorrir um minuto.

O que falta de emoção nesses alunos o professor tem de sobra.

Fui rapidamente para o meu lugar e abri o livro na página em que ele falou quando chegou.

Depois de uns 10 minutos de aula alguém bate na porta. É ela.

“Posso entrar?” Ela disse diretamente para o professor.

“Ande logo, Jauregui.” Ele disse impaciente com ela. Ele nem sequer olhou pra ela.

Ela começou a andar em minha direção. Congelei. Mais alguns passos e ela tomou o assento atrás do meu.

“Eu não estou te perseguindo. Este é meu lugar.” Ela falou ao pé do meu ouvido bem baixo, só pra eu ouvir.

“hm, ok.” Foi o que eu consegui dizer. Eu mal consegui pensar, na verdade.

Não consegui prestar atenção no resto da aula. Só conseguia ouvir a respiração dela e sentir o cheiro do seu perfume bem atrás de mim. Eu não conseguia prestar atenção em nada, nem nas duas meninas que estavam se aproximando de mim agora.

“Olá, queriamos saber se você quer passar o intervalo com a gente. É um saco ser novato aqui e ficar sozinho. Eu me perdia sempre.” Uma moça negra e muito bonita falou enquanto a outra só estava sorrindo ao lado dela.

“Essa parte de se perder eu já consegui. Bom, agora eu tenho umas coisas para fazer, mas no próximo intervalo eu encontro vocês, pode ser?” Eu não tinha literalmente nada para fazer, só queria arrumar uma desculpa.

“Tudo bem, sem problemas. Eu me chamo Normani e essa baixinha aqui do meu lado é a Ally” Ela me disse rindo e olhando para a amiga.

“Até mais” As duas disseram para mim e eu só acenei as vendo ir embora.

As duas me parecem legais. Não parece que sofreram uma tragédia como essa do diário. As excluo da minha lista de suspeitos.

Não sei ao certo se contei, porém, eu definitivamente quero achar a dona desse diário. Estou juntando algumas pistas.

Provavelmente é mulher, poque esse prédio do internato é separado do prédio dos meninos. Deve ter alguma ligação com L e J. Talvez sejam iniciais ou algo do tipo. Em todo caso, eu vou achar quem é.

O intervalo já começou e decidi ficar na sala, não quero correr o risco de me perder de novo. A menina de olhos verdes ainda está sentada atrás de mim. Todos se foram menos eu, ela e o professor Shawn.

“Não vai sair Camila?” O professor pergunta vindo em minha direção.

“Não, prefiro ficar aqui estudando” Mentira. Queria mesmo era ler o diário, mas parece que nenhum dos dois vai sair tão cedo.

Ele puxa uma cadeira e senta na minha frente.

“Bom, sendo assim, farei companhia para você.” Ele falou com um sorriso no rosto. Ele nunca para de sorrir?!

“Tudo bem.” Comecei a reparar nesse professor e ele parece bem jovem. É bem bonito.

“Então, Camila, porque você veio pra cá? Está gostando?” Ele me perguntou tentando puxar assunto.

Incrível como ele nem nota ou se importa com a presença da garota atrás de mim. Ela também parece que nem está ali de tão quieta que está. Queria olhar para trás para ver o que está fazendo.

“Bem, eu vim porque meus pais queriam se livrar de mim. E ainda é muito cedo pra dizer que estou gostando. Aliás, preciso de um mapa. Aqui é muito grande.” Ele ouviu com muita atenção tudo o que eu estava falando.

“Eu poderia te levar para conhecer o lugar, se quiser. Não tenho que dar aula mais tarde. Se estiver livre me mande uma mensagem” Ele falou passando um pedaço de papel com o número dele escrito. Até parece que ele já tinha tudo planejado, ou ele deve ter a estranha mania de andar com o número dele escrito em um papel.

“Eu vou ver, ai te mando sim” Eu deveria aproveitar que alguém mais experiente queira me mostrar o lugar. Poxa, ele é um professor, o que ele poderia fazer de ruim além de apenas me mostrar a escola?

De repente ouço um suspiro alto atrás de mim, é da garota. Sinto o olhar dele em nós.

“Já está arrumando outra garota pra você, Shawn? Cansou da menina do segundo ano?”

Ela fala com aquela voz grossa. Ela parece estar bem brava. Eu não entendi muito essa indireta. Então o Srº Shawn estava dando em cima de mim?!

“Lauren, ninguém pediu sua opinião para nada aqui, fique quieta como antes ou terá mais 3 meses de castigo adicionados à sua lista” Ele disse diretamente para ela. Dessa vez, sem sorriso. Ele se levantou e foi até sua mesa. Antes de se sentar me disse “Não acredite nesta menina, Camila, ela não vale a pena”.

Eu apenas assenti.

Não quero arrumar brigas para mim no primeiro dia.

Dois segundos depois, eu sinto ela se aproximar e colocar um papel em minha mesa. Ela não pode ficar chegando perto assim de mim, arrepia.

No bilhete está escrito: Apenas tome cuidado com ele

A menina. O nome dela é Lauren. Nome bonito. Lauren. Dá vontade de ficar repetindo.

Lauren. Lauren. Lauren.

Eu não sei o que ela está tentando fazer, apenas peguei o papel e guardei dentro do meu caderno.  A aula recomeçou e eu tentei esquecer tudo isso que aconteceu e focar na matéria. Mas a presença de Lauren atrás de mim estava começando a me incomodar.

A última aula do meu dia tinha acabado. Estava saindo da sala até que Shawn me chama.

“Camila, vai querer o tour especial pelo prédio?” Ele perguntou cordial e esperançoso.

Eu não sabia se deveria ir ou não. Por um lado, tem o aviso da Lauren, que mal conheço e que foi horrivel comigo mais cedo, e por outro lado tem o professor que está sendo apenas educado. E eu realmente preciso de alguém que me mostre corretamente os lugares.

“Pode ser mais tarde. Umas 16hrs?” Pergunto para ele.

“Pode. Encontre-me aqui. E não se atrase.” Ele disse aparentemente bem entusiasmado.

Assenti e fui para o meu quarto. Finalmente na minha cama, pego o diário e abro em alguma página avulsa.

 

Como uma pessoa pode nascer completamente errada? Estou destinada a fracassos e tragédias desde o nascimento.

Eu sou interssexual. Não sei como isso acontece, nem por que. Só sei que tenho algo que não deveria ter.

 

Ok, isso é bem interessante. Nunca conheci uma pessoa interssexual antes. Queria fazer tantas perguntas.

Eu fiquei pensando em todas as perguntas que eu faria para essa pessoa, passou tanto tempo que já está na hora de encontrar o Srº Shawn.

Levanto-me da cama e me arrumo rapidamente e parto para a sala de literatura onde ele estará me esperando.

Chego lá e ele está pontualmente me esperando sentado do lado de fora da sala.

“Olá Camila, atrasou.” Ele disse olhando para o relógio.

“Desculpe, estava dormindo” minto.  “Podemos ir?” Pergunto para ele tentando mudar de assunto.

“Claro, vamos” Ele disse seguindo na frente.

30 minutos se passaram e ele basicamente mostrou as salas que vou precisar muito chegar, o refeitório, os banheiros, a quadra e algumas outras coisas.

“Essa aqui é a biblioteca” Ele disse me puxando para dentro de uma imensa biblioteca vazia.

“Ok, parece meio assustador aqui” Eu disse tentando me desvencilhar dele para sair dali.

“Não, venha aqui, quero te mostrar uma coisa” Ele continuou me puxando até uma estante no fundo da biblioteca. Parece que não tem ninguém aqui, o que me deixou com muito medo.

“Eu não quero. Quero sair daqui.” Falei gritando para ver se ele entendia.

Ele nem me deu ouvidos. Puxou-me e me empurrou numa estante e veio para cima de mim, com suas mãos na minha cintura, colando seu corpo ao meu.

“Vamos Camila, pare de gritar, não se faça de difícil. Você é linda” Ele falou, passando a mão nos meus cabelos e no meu rosto.

Eu ia gritar de novo, mas ele firmou sua boca contra a minha, tentando me beijar. Eu fiquei sem reação. Tentei empurrar ele, mas ele estava segurando minhas mãos, e seu corpo era tão forte que eu não conseguia me mover.

Fechei meus olhos na esperança de que eu conseguisse juntar forças para sair de lá.

Dois segundos depois eu ouço uma voz grossa falando “Largue ela, seu idiota”, ele para de me beijar e olha para a dona da voz.

Lauren.

Ela está tão perto. Ela acerta um soco no rosto dele, ele cai no chão e fica desmaiado.

Ela olha para mim com um olhar de reprovação e julgamento.

Passa na minha frente indo para a saída da biblioteca.

Antes de sair ela diz “Você pode me agradecer depois, Camila”.

 

 

 

 


Notas Finais


Atualização toda Segunda, Quarta e Sexta.
Dúvidas, sugestões e críticas são sempre bem vindas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...