História No Pressure - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Obsessão, Possessivo, Violencia
Visualizações 890
Palavras 967
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eita, surpresinha para vocês... Só porque hoje é meu Happy Birthday 😂💙

Capítulo 33 - No Papel...


Fanfic / Fanfiction No Pressure - Capítulo 33 - No Papel...

Me puxou em direção às escadas onde quase tropeço em meus próprios pés, caminhamos em direção ao meu quarto onde deixava ser levada por ele, estava em choque pois ainda não tinha visto uma briga como essa.

 

Abriu a porta de meu quarto me jogando dentro, mas em seguida entrou batendo a porta com força e trancando em seguida.

 

Justin"me diz a verdade"veio em minha direção e voltou a segurar meu braço 

 

Nina"não iria acontecer nada, eu juro"

 

Justin"você quer intrigas entre nós, num é?"apertou com mais força fazendo me choramingar de dor

 

Nina"eu juro"repeti com súplica para poder me soltar

 

Justin"por isso que não me quer"me chacoalhou querendo arrancar verdades

 

Nina"não é por isso, eu gosto de você mas só sabe me machuca, como está fazendo isso agora. Eu não sei porque​ o Chaz fez isso, a gente nunca passou de um Bom dia"

 

Olhou para os meus braços onde o mesmo apertava, me soltou fazendo ele se assustar com as marcas de seus dedos em mim.

 

Justin"eu...eu..."sua face de durão murchou me olhando preocupado

 

Nina"idiota"

 

Segurei seu rosto e levei meus lábios aos seus, mordi levemente seu lábio inferior e enfiei minha língua em sua boca fazendo o mesmo gemer rouco e logo ele me abraçou retribuindo o beijo, abracei sua cintura com minhas pernas. Me carregou para cama me deitando na mesma e em seguida se deitou por cima de mim. Levantou minha blusa até em baixo dos meus seios, me afastei do beijo e tirei minha blusa por completo.

 

Justin"delícia"

 

Segurou meu rosto voltando a me beijar, rapidamente desceu seus lábios e suas mãos para o meu pescoço e chegando nos meus seios cobertos pelo sutiã. Chupou com força a maçã de meus seios e rapidamente me abraçou fazendo seus dedos ágeis desabotoar meu sutiã.

 

Nina"não Justin"o afastei segurando meu sutiã em meus seios

 

Justin"por que?"

 

Nina"eu tenho vergonha"me levantei da cama assustada

 

Justin"você é linda, deixa eu ver"

 

Se sentou na beirada da cama me puxando pela cintura, puxou meu braço com leveza e logo desisti. Sorriu largamente ao ver ele nus em sua frente.

 

Justin"pirralha você não existe"

 

Levou uma de suas mãos para o meu seio esquerdo massageando e logo se curvou levando a boca, fechei meus olhos e mordi meu lábio inferior ao sentir um formigamento no meu ventre.

 

Me abraçou puxando para me deitar em cima dele, Justin trocou de posição ficando por cima sem desgrudar dos meu seios, começou a massagear o que estava livre.

 

Nina"Justin"minha voz saiu manhosa ao chamar

 

Justin"oi"tirou sua boca de um dos seios e abocanhou o outro logo em seguida

 

Abri minhas pernas deixando o no meio delas, senti seus dedos desceram pela minha barriga até minha buceta fazendo eu gemer quando o mesmo esfregava no ponto onde eu sinto mais prazer, clitóris.

 

Tirou sua boca de meus seios me olhando, sorri sem graça e tampei meu rosto com vergonha.

 

Justin"que foi?"ouvi sua risada gostosa

 

Nina"para de me olhar assim"

 

Justin"você é linda, eu pensei que já tivesse visto mulheres mais bonitas, mas estava errado até ver você assim"beijou meus seios

 

Tirei as mãos do meu rosto vendo que ele me olhava sapeca, enquanto beijava meus seios.

 

Justin"quero que você seja minha mulher"arregalei os olhos 

 

Nina"eu não estou...."levou seus dedos aos meus lábios me calando

 

Justin"não é o que você está pensando, agora não"juntei minhas sobrancelhas confusa

 

Nina"o que você está falando, então?"o olhei assustada

 

Justin"ser minha mulher, no papel casando comigo"o empurrei para o lado

 

Me levantei pegando minha blusa e me vestindo, olhei para Justin que ainda estava com a mesma cara esperando minha resposta. Eu nunca namorei, nem imaginava me casar. Não esperava isso dele.

 

Nina"pensei que vocês não se casava"

 

Justin"eu me caso, se eu quiser. E agora eu quero"

 

Nina"eu...eu não sei"neguei várias vezes confusa

 

Justin"você pode pensar, eu te dou todo tempo que você quiser"

 

Nina"Justin tem muitas mulheres por aí mais bonitas do que eu, e mais, bem mais sucedidas do que eu. Não tenho nada a te oferecer"negou

 

Segurou minha cintura me puxando para junto do seu corpo, levei minhas mãos para seu ombro o olhando atento.

 

Justin"garota eu não paro de pensar em você, não quero que vá embora. Eu amo você"arregalei meus olhos o afastando, não queria afastar o mesmo mas estava assustada

 

Engoli em seco, não sei o que dizer. Não sei o que sinto por ele. Justin sabe o que é amor porque ele já amou, eu não. Eu nunca gostei de ninguém, e nem sei como é o sentimento é o tal de se apaixonar.

 

Justin"eu vou esperar você me amar também, sem pressão Nina"

 

Nina"como pode me amar, eu sou filha do Smith"falei tentando o relembrar

 

Justin"aconteceu Nina, você acha que eu não fiquei me perguntando sobre isso. Não sei o que me deu, quando vi já estava perdidamente apaixonado por você, baby"

 

Se levantou vindo em minha direção, segurou meu rosto acariciando minha bochecha e olhando em meus olhos com um sorriso enorme no rosto.

 

Nina"eu te dou a resposta em menos de uma semana, eu acho"falei baixinho as últimas palavras

 

Justin"tudo bem"beijou minha testa

 

Me puxou me deitando na cama, se deitou ao meu lado calado e me abraçou por trás. Beijou minha bochecha e sorri largamente com os seus carinhos, mas me lembrei do ocorrido lá em baixo minutos atrás e me perguntando o que foi aquilo.

 

 

Percebo o quanto você mudou minha vida
E não quero passar a vida com mais ninguém
Me escutou? Ninguém mais me merece
Oh, não, querida, o que quero dizer é

Você não precisa se decidir
Você não precisa se decidir agora
Agora, sem pressa, sem pressão
Você não precisa se decidir
Você não precisa se decidir agora
Fique calma, sem pressa, sem pressão

 

Justin Bieber - No Pressure


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...