História No ritmo de Hoseok - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 45
Palavras 653
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 17 - Capitulo 17


Durante o resto da tarde Jason me liga para dar a maravilhosa noticia que eu era a nova fotografa oficial do grupo BTS, aquilo era maravilhoso mas ao mesmo tempo me preocupava. Eu nao sei se estaria preparada para me ligar completamente a vida de bts. E claro para comemorar tudo isso Hoseok teve a brilhante ideia de sairmos todos para jantar, como um recomeço. 

Ele ja estava chegando para me buscar e o medo e a vergonha tomavam conta de mim, como encararia Jimin depois do que aconteceu com a gente? Como encararia Jin depois da "ameaça" que ele havia me feito? Decido esquecer (ou tentar) tudo isso por um instante e aproveitar como se nada tivesse acontecido. Para disfarçar o chupão coloquei uma blusa de manga fina que tampava o começo do pescoço escondendo a marca, e vamos lá.  

Hoseok chega, me comprimenta com um selinho e vamos em direção ao restaurante, que inclusive era o mesmo da ultima vez. 

 _ Hoseok eu... confesso que não vou me sentir bem aqui com todos vocês. - Digo ao ver que ja haviamos parado. 

_ Clara, eu sei que da ultima vez foi estressante. Mas prometo que desta vez sera diferente. Eu estou aqui pra te proteger. - Ele me abraça e por um instante me sinto segura. 

 Alguem bate na janela do carro nos apressando, era Taehyung que me agarra assim que eu desço. 

 _ Clara! Que bom que veio. - Ele diz me desprendendo dos seus braços e me arrastando para dentro deixando Hoseok para tras. 

 Os meninos estavam todos sentados em uma das primeiras mesas da entrada e assim que me viram não desgrudaram os olhos de mim e do Tae, assim nos comprimentando. Jimin me fitava com um sorriso em seus labios, sentia que era um sorriso de deboche por tudo que nos aconteceu, mas talvez eu estivesse errada. Jin balançava a cabeça negativamente com um sorriso malicioso enquanto via eu olhar para o Jimin que me fez o encarar com vontade de fuzila-lo com os olhos. 

 _ Taehyung! Da pra me devolver a Clara? - Hoseok chega 

_ Desde que ela sente do meu lado - Tae retrucou.

 Ambos riram e assim foi feito, sentei-me no meio de Tae e Hope e a noite acabara de começar. Em meio dos assuntos em que conversavamos eu pouco me pronunciava, me sentia incomodada com os olhos do Jin e do Jimin pregados em mim. 

_ Clara, podemos conversar um minuto, a sós? - Jin levantou de seu lugar e foi até mim. 

 Encarei Hoseok e Tae que assentiram. Me levantei e fui guiada por Jin até fora do restaurante. 

 _ O que foi? - Digo esperando por uma resposta. 

_ Sabe, eu pensei e ja decidi o que quero por enquanto. 

 _ Lá vem... o que você quer? 

_ Um beijo! Agora... 

_ O que? Ta doido? E se eu negar isso? 

_ Entramos la e eu mostro seu pescoço para todos. Hoseok vai odiar saber que você transou com alguem noite passada. Ou melhor, com Jimin! 

_ Você não pode fazer isso! Você não sabe de nada! 

_ Duvida que posso? 

 Fiquei parada por uns minutos tomando uma das piores decisoes da minha vida e sem mais nem menos Jin me beija. O beijo foi rapido mas satisfatório para ambos, sua lingua explorava cada canto da minha boca com rapidez e cuidado, no final do beijo ele me deu um demorado selinho com gosto de quero mais. Ele beija muito bem e confesso que até fiquei com vontade de curtir mais os seus lábios. 

 _ Jin!!! 

_ Tenho certeza que sua escolha seria essa. - Ele mordeu os labios. 

_ Isso não te da o direito te me agarrar assim! 

_ Clara fica quieta. Vamos entrar vai... 

 Ainda resmungando Jin me empurrou para dentro do restaurante e voltamos a nosso devido lugar enquanto o silencio tomava conta da mesa.  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...