História No ritmo de Hoseok - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 31
Palavras 778
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 23 - Capitulo 23


Depois de um tempo ali comigo Yoongi decide ir embora para eu descansar mais um pouco a sós e tudo aquilo que eu estava vivendo passava como um flashback em minha mente. Minha vontade era de sumir, voltar no tempo, nunca ter ido naquela sessão de autógrafos aquele dia. Eu não imaginava que passar por isso seria tão complicado.

 A noite chegou e eu decidi sair um pouco, uma volta pela praça me faria bem. Ao sair de casa e pegar o celular para ligar pra um taxi ouço uma voz.   

_ Clara... - Era Hoseok 

 Fingi não escutar e o ignorei.   

_ Por favor me escuta! - Ele segura meu braço.   

_ Eu não quero. - Me desprendi.   

_ Eu posso explicar tudo. - Pude ver uma lagrima cair. _ Eu te amo, não posso te perder!    

_ Explicar o que? Você praticamente me traiu e agora vem com esse papo de que não quer me perder?

 _ Armaram para mim! Eu juro que não bebi, não tomei nada que continha alcool.  

 _ Então você ta dizendo que me traiu sóbrio? Boa explicação. - Bato palmas.   

_ Não, mas que colocaram algo na minha bebida, você precisa acreditar em mim. Vamos entrar por favor, eu te explico tudo.

 Assenti com a cabeça e entramos para minha casa. Hoseok me explicou e achou estranho ter acordado hoje de ressaca ja que ontem ao que ele lembra não ingeriu alcool e estava desconfiado que colocaram algo na bebida dele, mas expecificamente que o Jimin colocou! Ja que foi ele quem lhe deu as bebidas.   

_ Jimin esta muito preocupado hoje com você também, acho que a culpa pesou na sua consciencia, porque não faz sentido se vcs se odiavam tanto. - Pobre Hope, não faz ideia do porque toda essa preocupação.  

 _ É... talvez seja. - Tento agir naturalmente.  

 _ Amanhã vou falar com os meninos sobre nós, sobre assumirmos um relacionamento e depois basta preparar a emprensa.  

 _ O que? - Quase engasgo com a saliva. _ Ta mesmo disposto a isso?  

 _ Eu ja disse que te amo e to disposto a tudo por nós dois. 

 Ficamos uns minutos em silencio até Hoseok vir até mim e me beijar.  

 _ Seja minha, eu não quero dividi-la com ngm. 

 Assenti com a cabeça e voltamos a nos beijar, o beijo era doce e calmo como se nele depositássemos todo amor que sentiamos, até o clima esquentar e irmos para o quarto. 

A noite foi intensamente longa e prazerosa, tendo poucas horas pra dormir. Acordo com o despertador as 06:30hrs, e começo minha rotina matinal para ir a faculdade tentando não acordar Hoseok, mas mesmo assim ele desperta se arrumando, me dando um beijo e indo para a casa.   

_ Hoje vou conversar com os meninos, mais tarde te ligo. Eu te amo - Ele diz ja saindo. 

Será que ja estava na hora? Será que aquilo era o certo? Eu estava muito confusa. Eu tinha certeza do meu amor por Hoseok, mas tinha algo dentro de mim que parecia duvidar. 

 Vou para faculdade e após toda rotina diaria volto para casa esperando a ligação de Hoseok, mas quem me liga é o Jimin. Estranhei na hora mas atendi.  

_ Oi Jimin, o que vc quer? -Pergunto intrigada. 

 _ Eu estou indo pra sua casa agora! É bom me atender.- Ele desliga. 

O que aconteceu? Ouvir Jimin daquele jeito era preocupante. Minutos se passaram e eu pude ouvir a campainha tocar. 

 _ O que foi? - Pergunto ja abrindo a porta. 

_ Você e Hoseok. É verdade? - Ele pergunta entrando. 

 _ Ele disse que me ligaria depois que contasse, então ele ja contou?! - Pergunto por cima de sua pergunta. 

 _ Vocês não podem! - Ele se vira para mim, me encarando. 

 _ Uai, por que não? Ta doido? 

 _ Você pode estar grávida de mim, e se tiver não vou deixar você ficar com ele. Como contaria hein? - Ele me joga contra parede colando nossos corpos. 

 _ Ninguem vai me impedir, eu e ele nos amamos. E eu não estou gravida. - Digo tentando afasta-lo de mim. 

 Jimin junta nossos lábios e posso sentir aquele calor mais uma vez. 

 _ Jimin me larga! Logo eu e Hoseok vamos estar namorando e eu vou querer distancia de você! - O empurro. 

 _ Certo! Mas enquanto isso posso te atormentar, não é?! - Ele beija meu pescoço me fazendo arrepiar. 

 Não aguento a pressão e me entrego mais uma vez até ouvir a campainha. Nos entreolhamos e paramos por um minuto, Jimin estava sem camisa e pude ouvir a voz de Hope do lado de fora, e agora?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...