História No ritmo de Hoseok - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 61
Palavras 666
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 3 - Capitulo 3


Será que tudo isso é um sonho? Um flashback passa sobre minha mente, de todos os shows de BTS que fui desde que mudei pra ca, de todas as sessoes de autografo, encontros. Isso não parece ser real para mim, mas esta acontecendo. Como uma garota como eu conseguiu isso? O barulho da campainha interrompe meus pensamentos. Era ele. A cada degrau da escada que eu descia era um sussurro que ouvia dizendo que tudo aquilo era um sonho. 

 _ Esta pronta? - Ele esta de pé ao lado de seu carro abrindo gentilmente a porta do mesmo para mim. 

 Sem pensar muito chacoalho a cabeça positivamente e entro. Durante o caminho para o restaurante nenhum de nós se manifesta, até que ele resolve quebrar o gelo. 

 _ Sabe, estamos indo jantar mas até agora eu não sei o seu nome. - Diz ele olhando para mim com uma de suas sombrancelhas erguidas. 

_ Oh, me desculpe! Eu me chamo Clara. É que tudo isso pra mim não parece... 

_ Real? - Hoseok me interrompe. _ Se acalma ta? Pense que somos bons amigos, que tal? 

_ Ah, claro. Vou tentar. - Tentei forçar um aegyo sem graça. 

 Mais alguns minutos dentro daquele carro coberta pelo silencio e vergonha enfim chegamos ao restaurante, mas assim que Hoseok desligou o carro o vento que predominava as ruas de Seul começou a soar mais forte, quase nos impedindo de deixar a janela do carro entre abertas.

 _ E..E agora? - Me perdia no meio da gagueira. 

_ Vai ser meio dificil descermos do carro agora. Vou levar a gente pra um lugar mais seguro. - Ele diz ligando novamente o carro e rumando para um hotel proximo do restaurante onde estavamos em frente. 

 Hoseok meio sem graça mexe nos cabelos e me guia até o primeiro andar do hotel, ja que estavamos no estacionamento. Logo estamos sentados na mesma cama de um quarto e mais uma vez ele quebra o gelo. 

_ Olha, eu não quero que pense mal de mim ta? Vou pedir algo pra comermos aqui e assim que o tempo melhorar te levo para casa. - Cara fala sério! Ele é tão lindo que mal presto atençao no que ele diz. 

_ Não se preocupe, esta tudo bem mas, você olhou pela janela? - Digo apontando para a mesma mostrando a nevasca que havia chegado lá fora. _ Eu não trouxe nenhum agasalho. 

_ Nossa, eu juro que não sabia que chegaria uma nevasca pra ca por esses tempos. Me desculpa! Tome aqui. - Ele diz tirando seu casaco, ficando só com uma regata colada no corpo. 

 Não demorou muito e logo a comida chegou, jantamos e voltamos a conversar. Ja me sentia mais amiga dele, como se o conhecesse a tempos apesar de no começo morrer de vergonha de tudo. O frio começou a apertar e infelizmemte a neve cobriu toda saída do estacionamento do hotel nos impedindo de sair. 

 _ Clara, eu liguei pro serviço de quarto e os cobertores acabaram. Você pode dormir na cama com esses, eu vou dormir na poltrona com algumas toalhas ok? - Hoseok se vira e vai em direçao a poltrona tremendo de frio.

 _ Não por favor Hoseok! Você ja me deu seu casaco! Por favor, fica na cama. Eu vou pra poltrona. - Retruco indignada.

 _ Não vou deixar você dormir na poltrona! - Ele diz se aconchegando na poltrona e fechando os olhos. 

_ Não tem outra alternativa Hoseok. - Continuo.

 _ Na verdade tem. - O vejo se levantar meio corado. _ Podemos dormir os dois na cama, mas com todo respeito, é que esta muito frio pra dormir um de nós pra fora dos cobertores.

 Assenti com a cabeça e nos deitamos, longe um do outro. 

 _ Clara? - Ouço sussurrar.

_ Oi Hoseok? - Tento responder no mesmo tom.

_ Boa noite, e me desculpe por tudo isso. - Ele da um beijo em minha testa e se afasta novamente fechando os olhos.  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...