História No Ritmo Do Silêncio (Imagine Park Jimin) - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~jansakura

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Imagine, Imagine Jimin, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rapmonster, Suga
Exibições 429
Palavras 1.828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie desculpem mesmo a demora pra postar.

“Para se apaixonar por você é tão fácil. Não é preciso a intervenção de nenhum cupido."

Boa Leitura!

Capítulo 9 - Trabalho de Cupido?!


Fanfic / Fanfiction No Ritmo Do Silêncio (Imagine Park Jimin) - Capítulo 9 - Trabalho de Cupido?!

Anteriormente...

- Tenha uma boa noite minha boneca de porcelana!- Disse dando um selinho em minha testa me fazendo corar.
- Boa Noite... Jimin!- Digo e entro o mais rápido em casa, olhei pela janela, Jimin ainda sorria olhando para as estrelas, era lindo, ele se dirige a sua habitação.
- Jimin... por que será que me sinto assim... tão... apaixonada?

P.O.V (s/n)

Domingo, as coisas estavam meio tediosas... muito tediosas; Meu querido appa tinha o dia de folga hoje e ele aproveitou essa oportunidade pra dormir, eram 10:30 mais ou menos, fazia alguns minutos que eu havia visto Jimin sair com uns amigos, ou seja, ninguém pra me perturbar e nada para fazer. Mudava de canal a cada suspiro que eu dava. A campainha toca.
- Quem é?- Pergunto do sofá mesmo.
- Vai abrir ou tá difícil?- Perguntou uma voz familiar. Me levanto e abro a porta para Larissa entrar.
- Bom Dia (s/n)!- Ela dá um grande sorriso, nem parecia a garota antipática de outro dia.
- Bom Dia... como sabia onde eu morava?- Perguntei, não me lembro de ter dito a ela.
- Todo mundo sabe que você é vizinha do Jimin, se eu sei onde ele mora, eu sei onde você mora!- Disse com um ar superior.
- Okay, não quer entrar?
- Na verdade, eu vim te convidar para ir ao shopping comigo!- Ela sorri.
- O Jin vai estar lá não é?!- Digo.
- Vai... - Ela abaixa o tom de voz. Eu já suspeitava disso.
- Vamos logo!- Dou um sorriso a fazendo se animar, fomos andando até o shopping, foi cansativo, mas iria valer a pena. Chegando lá, observamos a enorme fonte que iluminava a entrada, o jardim da frente dava uma visão mágica.

Estavamos no terceiro andar, ou seja, o andar onde ficavam todos os brinquedos e diversos tipos de entreterimentos.
- Vamos nesse!- Larissa me puxava para o Just Dance.
- Larissa esse brinquedo fica no meio do salão, vão todos olhar pra gente!- Eu só imaginava o quanto embaraçoso seria.
- Que se foda quem olhar, o importante é se divertir!- Ela disse puxando com mais força.
- Vamos em outro, tem diversos pra escolher, quer ir justo naquele?!
- (s/n) vem logo!!- Ela gritou, parecia criança birrenta.
- Ta bom eu vou!- Acabei desistindo e vi seu sorriso satisfeito, subimos na plataforma e escolhemos uma música bem agitada, seguir as setas que indicavam na tela ficava cada vez mais difícil com a aceleração da música, Larissa não parecia nem um pouco cansada ou envergonhada com as pessoas que paravam para olhar. Bando de curiosos. No meio de tanta gente senti um olhar penetrante em mim, me veio um incomodo horrível, se eu parasse para procurar o ser, eu perdia pontuação. Tentei não me importar e seguir jogando, ou melhor, dançando. Estava ficando exausta, a Larissa bebeu energético foi?!
- Você dança bem (s/n)!- Ela dá um riso.
- Tá zombando de mim?!- Começo a rir do comentário da Lala. No final ela acabou ganhando com alguns pontos a mais que eu, fomos para as compras, tinha tantas roupas lindas, se eu pudesse eu levaria todas, mas minha mesada não daria pra todas, escolher uma delas era a decisão mais difícil.
- Estamos a meia hora aqui (s/n), decidasse logo!- Lala já bocejava de sono por ter que me esperar.
- Mas você não acha que essa aqui é melhor? Ou talvez essa...?!- A cara de interesse da Lala era marcante. Depois de decidir, após Lala sinplesmente pegar uma da minha mão e pagar, fomos para a lanchonete mais próxima, por pura coincidência avistei Seokjin ao longe, acho que chegou a hora do cupido aqui trabalhar.
- Eu acho que eu vi uma roupa linda ali atrás... vou dar uma olhada, você pode pedir!- Digo saindo sem esperar alguma reclamação da Larissa, observei a mesma escolher uma mesa, caminho até Jin, ele estava sozinho fitando uma vitrine.
- Oi Jin!- Me aproximo e o mesmo da um sorriso gentil.
- Como vai (s/n), está fazendo compras ou algo do tipo?- Perguntou olhando as sacolas que eu segurava com MUITAS roupas.
- Bem, estava a alguns minutos atrás, agora estou indo a lanchonete!- Respondo.
- Veio sozinha?
- Ah não, eu vim junto da Larissa!- Apontei para onde ela estava.
- Larissa?!- Ele a observa e percebo o mesmo corar um pouco, isso vai ser mais fácil do que eu pensei.
- Você não quer sentar com a gente?- Perguntei, eu iria o puxar de qualquer forma.
- Não quero incomodar!- Disse, ele não tirava os olhos da direção da Lala, incrivel que a mesma ainda não tenha notado, chamo sua atenção com uma tosse forçada.
- Não vai incomodar, você pode ir se sentar, eu tenho que verificar uma coisa!- Digo me afastando, me escondo um pouco atrás de uma planta, devem estar me achando louca agora, porém eu shippo muito aqueles dois, mesmo ainda não tendo ideia de como criar um shipp.... LaJin? Ah deixa isso pra depois.

P.O.V Larissa.

Não acredito que ela teve a aúdacia de me deixar sozinha. Já fazia um bom tempo que ela tinha saido, deve estar vidrada em outra roupa em alguma loja por ai, tirei meu celular da bolsa e comecei a vasculhar minhas configurações, como é possível que o wi-fi do shopping tenha senha! Olhei a minha frente quando percebi alguém se sentar na mesa. Era Jin.
- Oi Lala!- Ele dá um sorriso, o sorriso simpático e meigo que sempre me derrete.
- O..Oi Jin!- Respondo, com certeza muito corada.
- Já pediu alguma coisa?
- N..Não, ainda não!- Digo, ah droga, estou gaguejando, ele vai me achar uma tonta. O silêncio permaneceu, constrangedor, (s/n) cadê você? Justo agora ela me abandona.
- Que tal irmos dar uma volta, parece que sua amiga não vai vir tão cedo!- Ele olha para os lados e se levanta, oferecendo sua mão.
- Tudo bem então!- Digo rápido, ele não parecia nada incomodado por estarmos caminhando de mãos dadas, eu tinha medo de que minha mão estivesse suando contra a dele, e isso me trazia desconforto. Seguimos para o cinema, não compramos nada apenas pagamos para assistir ao filme "O Som do Coração", foi emocionante.

P.O.V (s/n)

Eu não consegui passar para a sala de cinema, não tinha mais dinheiro, então não poderei ajudar a Lala. Sem nada pra fazer fiquei sem saber para onde ir, caminhar sem rumo pelo shopping faz a solidão aumentar.
- Ei...(s/n)...!- Ouvi meu nome e me virei para encarar o garoto.
- Você é o...?!
- Taehyung, mas pode me chamar só de Tae!- Sorriu, se um dos amigos do Jimin está aqui então...
- Oi boneca de porcelana!- Ele me abraça por trás me assustando, o empurro.
- Ficou doido, quer me matar??- Gritei.
- Só se for de prazer na minha cama, ou você prefere que seja na sua?!- Ele dá um sorriso malicioso que me faz ficar mais vermelha do que um tomate.
- Já mandei parar com essas suas frases provocantes!!
- Calma, o que a senhorita estava fazendo com Seokjin?- Perguntou, ele estava me seguindo? Ou foi mera coincidência ele ter me visto conversando com Jin?!
- Qual o problema, está suspeitando dos seus próprios amigos agora?!- Cruzo os braços irritada.
- Talvez, o que veio fazer no shopping?
- Óbvio que Compras!- Respondo.
- Com Jin?
- Não, vim com uma amiga!- O vejo estreitar os olhos parecendo... bravo.
- Larissa?- Perguntou, estou com a leve impressão de que ele fará algo á Larissa se eu afirmar. Lembrei que não posso deixar ele perceber que sei de algumas coisas sobre ele, e que foi Lala quem me contou, isso daria sérios problemas.
- Não... eu vim com... - Nenhum nome me vinha a cabeça, Jimin odiava todos com quem eu andava. -... Stephane!
- Quem é Stephane?- Perguntou com um olhar duvidoso.
- Minha prima!- Eu tô tão ferrada.
- Pensei que só você e seu pai tivessem se mudado para a Coreia!- Comentou.
- É que... ela... veio me visitar!- Respondo com um sorriso falso, ele tá suspeitando tenho certeza.
- Por acaso essa sua prima é irmã gêmea da Larissa?!- Ele se virou para o lado me fazendo seguir seu olhar e me deparar com Lala e Jin saindo da sala de cinema e vindo na nossa direção ao longe. Droga, agora eu estou frita, meu deus do cellbit.
- Mentiu pra mim?- Jimin me olha furioso.
- Não, ela veio com o Jin!- Respondo.
- Não acredito em você!- Ele diz caminhando na direção de Jin que o encara surpreso, igualmente Lala.
- Fudeu!- Sussurro pra mim mesma, só observo de longe Jimin conversando com os dois, eu estava com medo de chegar mais perto.
- Tae que tal a gente ir comprar alguma coisa, tô morrendo de fome!- Disse um dos garotos ao lado de Taehyung que bocejava entediado.
- Hoseok você acabou de comer um balde cheio de pipoca!- Tae reclama.
- Pipoca não enche ninguém!- Eles começaram a ter uma leve discussão, o outro garoto não parecia se incomodar, estava de fones de ouvido e fingia estar sozinho no mundo olhando o celular.
- Suga será que dá pra concordar comigo e fazer o Hoseok calar a boca!- Tae chama o outro garoto.
- Não tô nem ai!- Suga diz sem tirar os olhos do celular. Aquilo estava me aborrecendo, resolvi me aproximar de onde Lala estava, Jimin me encarou com um olhar gélido.
- Parece que estava falando a verdade!- Jimin abaixa a cabeça parecendo arrependido de ter suspeitado de mim.
- Como assim?- Olho na direção de Jin que dá um sorriso e uma piscadinha.
- Bem, eu vou indo antes que aqueles dois se matem!- Jimin observa a treta entre seus amigos.
- É melhor eu ir também, até breve!- Jin dá um selinho na mão da Larissa, um verdadeiro cavalheiro.
- Tchau!- Ela fala envergonhada, logo Jin desaparece no meio da multidão.
- Iai, rolou alguma coisa, sabe... eu não consegui entrar na sala do cinema pra prestigiar a cena!- Digo rindo um pouco.
- Bem, não teve nada de mais, a gente só assistiu o filme... juntos... - Ela me encarou- ... perai, você armou pra mim!
- Sou seu cupido oras!- Nós duas rimos, foi um dia legal.

Chegando em casa, simplesmente me joguei na cama, é sempre assim, quando saio é com toda energia do mundo e na hora de voltar não consigo fazer mais nada. Amanhã é segunda, começo logo a me perguntar se tem algum feriado essa semana, pena que não. Escuto meu celular tocar, era Stephane, logo ela pra relembrar o momento tenso que passei no shopping.
- Oi!- Atendo.
- (s/n) acho que descobri o que significa a sigla H.D.C!- Ela disse e me sento de uma vez na cama, fico até um pouco tonta.
- Diga!
- Bem...

Continua...

Notas Finais


Perdoem qualquer erro. Quem nunca assistiu O Som do Coração eu recomendo muito, é lindo e emocionante.

Ah e dêem uma olhada na fanfic de uma amiga minha super army louca, a categoria também é Bangtan Boys, confiram lá:
https://spiritfanfics.com/historia/anonimos-sombrios-6786947

Até o próximo capítulo!

Bjus de “Suga"!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...