História No sense - Imagine Park Jimin BTS - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Jimin, Nosense, Parkjimin
Visualizações 140
Palavras 3.297
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bolinhos eu estava doente por isso não postei capítulo, mas estou voltando agora, trazendo coisas novas a vocês, assumo que a criatividade sumiu um pouco, por causa da minha doença atual, eu estive desanimada e sem foco no que escrever, mas prometo recompensar vocês, com boas tretas e relacionamentos nessa fic! Amo vocês estava com saudades! 😍

Link da minha fic do Jungkook nas notas finais! 🚩

Capítulo 11 - 11- quero te proteger


Fanfic / Fanfiction No sense - Imagine Park Jimin BTS - Capítulo 11 - 11- quero te proteger

Pov's s/n

S/n: Yoongi... Por favor larga ele - todos nos olhavam e minhas bochechas coravam.

Yoongi: eu vou matar ele, como pode defender, ele se aproveitou de você s/n!

Jimin: do que está falando? Eu não me aproveitei de ninguém.

Yoongi: você deu banho nela, você não a respeita, ela não é uma qualquer.

S/n: por favor Yoongi, pare estão todos olhando.

Yoongi: estou te defendendo s/n!

Jimin: ela não pediu sua defesa- ele vira mais um soco no rosto do chim.

S/n: JÁ CHEGA- Pego um copo que estava sobre uma das mesas, e quebro no chão, todos me olham, algumas pessoas saiam assustadas do local.

Yoongi: o que foi isso? VOCÊ ESTÁ LOUCA S/n? 

S/n: SIM, YOON EU ESTOU, SE QUERER QUE VOCÊS PAREM DE BRIGAR É ESTAR LOUCA, ENTÃO É ISSO MESMO!

Jimin: viu o que você fez suga ? Agora ela esta brava.

Yoongi: e no final o ruim da história sou eu? 

S/n: não existi ninguém ruim aqui, so parem, as pessoas estam olhando, e elas não tem nada haver com isso.

Yoongi ria

Yoongi: verdade elas não tem nada haver, e nem eu, não sei porque em algum momento, pensei que você valia algo pra mim, me preocupar, mentiu pra mim.

S/n: não menti nada pra você.

Yoongi: é mesmo? Vai negar que esta saindo com o Park? - ele me fitava mas eu não respondi, o meu silêncio foi confirmador.- eu já imaginava.

Jimin; você não tem que se meter na vida dela , ok se fraga suga, você perdeu!

Yoongi: como eu posso ter perdido algo que nunca tive? - ele falava com chim mas olhando nos meus olhos, era a mim que ele encarava, enquanto distribui suas falas sem sentido, eu sempre dei valor a amizade dele, ele que entendeu tudo errado.

Tento sair e ir atrás do yoon mas jimin me puxa. 

Jimin: de um tempo a ele, suga ta se cabeça quente, ira falar mais merda ainda.

S/n: eu preciso me explicar.

Jimin: ele não quer te ouvir, entende?

Apenas assunto.

S/n: vou pegar um pano e limpar esses cacos de vidro aqui.

Quando eu ia fazer isso, vejo yoon se ajoelhar e limpar o chão.

S/n: posso te ajudar ? - falo pra ele, vendo jimin me chamar.

Jimin: s/n, eu vou... Para o carro... Te espero lá. - ele sai, e volto minha atenção para yoongi, que limpava o chão.

S/n: vamos conversar com calma..eu...

Yoongi: não ouviu ele dizer... Que esta indo para o carro... Va... Va atrás dele, eu não quero te ouvir, so ...some daqui por favor - ele me pedia em uma suplica, para que eu sumisse, e meu coração se aperta com isso, estou tão mal.

Me levanto , pego minhas coisas, quando estou saindo yoon, me chama, ele ira se desculpar eu sei.

Yoongi: ah s/n não precisa mais voltar.

S/n:v-você está me demitindo?

Yoongi: você sabe o que ouviu, não preciso repetir.

Ele sai, pra cozinha e eu fico ali com lágrimas nos olhos. Saio seguindo em direção ao carro do Jimin.

Entro e bato a porta com força, a raiva me consumia, não existi nada pior que isso no momento, eu decepcionei a pessoa que mais me ajudou, se não fosse esse emprego, eu estaria fora de casa, yoon cuidou de mim, e agora me odeia.

Jimin não disse nada, simplesmente me abraçou, e depois me largou, ligando carro, seguindo pra algum lugar que não sei, mas estou nem ai, so quero me afastar, e deixar ele me levar pra onde ele quiser.

Estacionamos diante de um lugar lindo, muito parecido com um que ele já me levou, pra ver toda a cidade, tudo estava tão claro, o céu lindo reluzia, que pena que dentro de mim, so a escuridão no momento.

Jimin: não gosto de te ver assim

S/n: desculpa não ser a melhor companhia agora.

Jimin: mesmo assim, você é a melhor pessoa que eu poderia ter agora ao meu lado- sorriu pra mim de forma tão fofa

S/n: pare de me fazer gostar mais de você , isso é injusto - eu sorrio e coro.

Jimin: pensei que so eu gostava aqui, mas se você gosta também.... - ele faz uma breve pausa- ... Vamos sair amanhã?

S/n: você me convida pra sair todo dia, não trabalha, nem estuda não?

Jimin; não - ele ri - vai querer ?

S/n: tudo bem eu vou.

Jimin: ótimo... Agora aproveitando essa vista, você já amou alguém ?

S/n: por que esta perguntando isso do nada pra mim?

Jimin: é que eu queria saber se meus sintomas de amor , são compatíveis com o seu - ele ri, com seu lindo eye smile e eu sorrio de volta, chim sempre tentando me alegrar.

S/n: você é uma máquina de ilusão sabia ?

Jimin: ei não sou não- ele daz biquinho e eu roubo um beijinho. - quero mais disso - ele vem e me beija, ainda com mais vontade, mas minha cabeça ainda pensa no yoongi, aish porque minha vida não pode ser normal?! 

S/n: preciso ir pra casa, perdi o horário aqui com você.

Jimin: quando estou contigo eu esqueço, até as horas, e que tenho de ir embora.

S/n: máquina de ilusão contra ataca.

Falo brincando, e ele me abraça, me fazendo levantar, chim brincou comigo caminho todo até em casa, me senti melhor com ele ali, espero estar fazendo ele feliz, assim como ele me faz.

[........] Após ele me largar em casa, vejo que temos mais visitas que só a família Kim, temos os Byun nos visitando hoje, realmente os negócios do meu pai estão indo bem, digasse de passagem, noto na mesa o filho único dos Byun, Baekhyun e Seokjin na outra ponta da mesa.

S/n: olá família Kim, família Byun .

Sra.Byun: olá querida, se junte a nos, adorariamos conversar com você.

Minha mãe da aquele sorriso amarelo, de quem não queria que eu ficasse, nem eu queria, depois da briga com yoon, so queria ir dormir, pra ver se esse dia acaba.

Seokjin: como foi seu dia, parece mal.- eu já tinha me entendido com Jin, e poderia confiar nele eu acho.

S/n: briguei com yoongi, mas nada demais 

Seokjin: ele gosta de você, tentem se entender.

S/n: como assim ele gosta de mim ?

Seokjin: ele gosta como amigo, já eu gosto como algo a mais - ele pega minha mão

S/n: aqui não jin, estão todas a mesa - sorte que estavam animados conversanso e não ouviram e nem viram o assunto em que, eu e o jin nos encontramos, falando.

Baekhyun: com licença s/n, mas quanto tempo, estive com saudades de vocer... O que anda fazendo da vida ? - byun interrompe minha conversa com o Jin e o vejo bufar, digamos que Baekhyun não é muito amigo de seokjin.

S/n: estou bem, so estudando e... - penso em falar se ainda estou trabalhando ou não, vai que yoongi muda de ideia - e estudo somente - vejo jin me olhar intrigado. - e você?

Baekhyun: ah estou na faculdade de advocacia, mesmo não gostando muito. - ele sorri se forma amigável, assim analisando ele lembra muito o amigo do Jimin, o Taehyung, acho.

E baek também é mais velho que eu, então por isso está na faculdade.

S/n: deveria fazer o que gosta, não acha ?

Baekhyun: não é o que meus pais acham. - ele sorri fraco, sinto seu desapontamento de longe.

Sinto alguém pigarrear.

Seokjin: já que estou sobrando na conversa irei, falar com os pais de vocês- ele se levanta e sai

Baekhyun: já vai tarde..

S/n: BAEK! Não fale assim do Jin.

Baekhyun: que ? Vai dizer que a presença dele, não estava atrapalhando?

S/n: não, não estava,pare com isso, que eu não gosto.

Baekhyun: pare de falar como se fosse minha mãe - ele ria - tudo bem, tadinho do Jin, chama ele la entãoo.

Olhamos na direção de Jin, e ele falava com a mãe do Baekhyun. 

S/n: ah acho que ele já esta ocupado

Baekhyun: é bom esse desgraçado se afastar de perto da minha mãe.

S/n: credo que ciúmes todo é esse ? Jin é so um menino, e sua mãe é casada.

Baekhyun; mas isso não evita wue esse urubu saia de perto, vou lá.

S/n: menos baek, está tão infantil, parece que você que está, no meu lugar no ensino médio.

Baekhyun: tudo bem, eu so estava brincando, mas agora,e diz esta namorando?

S/n: desde quando te devo satisfações da minha vida ? - me finjo de ofendida e damos risada.

S/m; S/N Menos barulho por favor - minha mãe óbvia me avisa, por eu estar fazendo muito barulho com minhas risadas.

Baekhyun: se não respondeu, é por que está.

S/n: não, não estou.

Baekhyun; e eu finjo que acredito.

Vejo mãe do Byun se aproximar.

Sra.byun: mal consegui falar com você querida, baek meu amor, roubou ja atenção toda da s/n! - por que será que não estou gostando do rumo dessa conversa.

Sr.byun: realmente s/n é uma bela garota, esse é o tipo de companhia que queremos para Baekhyun, uma garota bonita e inteligente- esses rótulos de perfeição realmente, me irritam, e outra isso está soando muito mal aos meus ouvidos, garanto que vão querer me casar com baek daqui a pouco, eu vejo o constrangimento dele de longe.

S/m; realmente s/n e Baekhyun formaria um casal perfeito- tinha que ser minha mãe pra terminar, de falar merda.

S/p: ela é ainda muito nova para isso s/m, mas quem sabe um dia - valeu ai pai, isso mesmo, so pode chifrar a mamãe com a senhora Kim.

Seokjin: bom, acho que vamos indo.

Kim Taeji: de onde tirou isso seokjin, vamos ficar.

Seokjin: não, nos vamos ir embora - notei um diálogo a ponto de guerra entre o Jin e o pai dele, ele estava desconfortável com a situação sobre mim e Baekhyun.

A família Kim a contra gosto vai embora, mas os queridos e insistentes Byun's ficaram.

Baekhyun nem fala comigo agora, está com a cara enfiada em um livro de advocacia, ele trouxe este livro pro jantar segundo ele, pois tem prova amanhã.

Enquanto meus pais e o dele, bebem vinho no escritório, estamos na sala no tédio.

Me canso dali e me levanto.

S/n: baek se não se importa estou cansada, e vou ir dormir, até amanhã boa noite.

Ele não diz nada, somente assenti e eu sigo para meu quarto.

Entro no mesmo e tranco a porta, já que vou ir tomar banho, tiro toda minha roupa quando me assusto.

S/n: J-jimin, o que faz aqui ?? - eu estava incrédula, como ele subiu até aqui, sei que ele já fez isso, mas eu estou nua, nem acredito nisso, tento tapas as partes do meu corpo.

Jimin: não precisa se esconder baby, eu ja vi isso, quando te dei banho, prometo não fazer nada, mas continue assim a visão está ótima. - park Jimin de verdade é maior debochado que conheço.

S/n: você me deixa timida sempre - corro para banheiro .

Jimin: vai me deixar aqui... Sozinho? - ele falava do outro lado da porta do banheiro.

S/n: sim, quer o que ?

Jimin; entrar e tomar banho com você, é isso que eu quero.

Ouço batidas na porta.

S/m: s/n quem está ai com você ? - aish jimin so me arranja confusão.

Grito do banheiro

S/n: ninguém estou tomando banho

Ouço uma segunda vez.

Jimin: se não quiser que ela saiba de mim, aceite tomar banho comigo, é pegar ou largar , aceita ?

Ele dizia ainda através da porta.

Acabo aceitando e minha mãe se afasta da porta e não diz mais nada, jimin entra no banheiro e eu me escondo no box do chuveiro.

Ligo o chuveiro e acabo soltando um pequeno gemido por causa da água fria, que caiu do nada sobre mim, eu não tinha arrumado a temperatura ainda.

Jimin: tudo isso é por me ver pelado ?

Eu nem tinha percebido, mas jimin caminhava nu em minha direção abrindo box, que agora se encontrava quentinho, ele me abraça e eu acabo corando, nunca vi um homem nu antes, e digamos que a visão não é ruim, não vendo jimin pelado, ele tem um corpo malhado mas não aquelas coisas exageradas, ele é o legítimo cara que merece o termo gostoso, eu achei ele tão lindo. E eu não contive o olhar , e acabo olhando suas partes íntimas, era tão Branquinho, com a cabecinha vermelinha , me sentia atraída e meu corpo pedia por ele.

Jimin: gostou do que viu pelo jeito

S/n: ah.. ?? Do que está falando? - acordo do transe em que me encontrava.

Jimin: estava falando com você, mas nem me ouviu, so cuidava o meu pau.

S/n: aish jimin que palavras grossas .

Jimin: tem outra coisa que é mais grossa.

S/n: mds o que deu em você ?

Jimin: eu so, quero estar com você, curtiu sua presença, seu corpoz te fazer amada, te fazer mulher.

As palavras dele me arrepiaram o mesmo, põem suas mãos na minha cintura, enquanto a água rola pelo nosso corpo, me sinto mais quente que a água do chuveiro, eu ponho meus braços envolta do pescoço dele, e o mesmo me beija, era calmo e muito carinhoso, nunca pensei em tão rapido estár nessa situação com Jimin, ele é tão involvente , acho que estou apaixonada desde o dia que ele entrou, naquela cafeteria.

Jimin: no que tanto pensa ? - ele distribui selares pelos meus ombros e depois na minha boca novamente.

S/n: em como as coisas foram rápidas com você, e que acho que estou apaixonada .- escondo meu rosto nA curvatura do pescoço dele. Vejo o som do sorriso dele fraquinho, e lindo.

Jimin: tenho que assumir, eu também estou, e perdidamente apaixonado por você.

Ele me beija, mas ainda calmo, pega o sabonete e me olha.

Jimin; posso dar um banho em você meu amor ?

S/n:p-pode...

Ele pega o sabonete de essências tropicais, passando pela minha barriga, meus seios, braços, pernas..... Quando passa pelo meu bumbum da leves apertadas.. até chegar na minha intimidade onde passa seus dedos devagar, eu nunca recebi toques assim antes, muito menos sabia essa sensação maravilhosa, que era.

Jimin: você gosta ?-a timidez não me permitia falar.- anda pode falar, confia em mim.

S/n: eu gostei..eu nunca.

Jimin: nunca foi tocada assim?

Apenas assinto e ele sorri com seu eye smile.

Jimin: posso te dizer uma coisa.

S/n: hunm uhunm- era dificil falar com jimin movimentando seus dedinhos dlicados em meu corpo.

Jimin: eu prometi a mim mesmo, que irei te dar. Todas as primeiras vezes.

Arregalo meus olhos, ele queria ser meu primeiro em tudo.

S/n: chimchim eu não sei se estou... Pronta - ele tira seus dedinhos da minha intimidade.

Jimin; não se sinta obrigado meu amor, só faça o que tem vontade, isso é o que sempre te disse, mande em si mesmo, decida por você mesma, as coisas que você quer.

Eu queria ele, mas se eu casar um dia e não for com o Park, meu marido não vai me querer, por que serei uma desonrrada.

Ele me beijou mais algumas vezes, quando noto como estava duro o membro do meu chimchim, eu sentia necessidade se tocar, de sentir e saber como é. Posso naquele momento não perder minha virgindade, mas poderia aproveitar o que ninguém vai saber mesmo.

Com muita timidez , olho para membro do jimin, e ele olha na mesma direção que eu sorri.

Jimin: desculpa, é que é impossível me controlar vendo você assim... Seu corpo é muito lindo.

S/n: não é isso.

Jimin: é o que então ?...- ele para e pensa..- ah.. você.. quer.

S/n: não continua a frase por favor, se não morrerei de vergonha.

Jimin: tudo bem, mas primeiro vamos sair daqui, ok? - ele pega desliga o chuveiro, pega uma toalha e seca o meu corpo, em seguida pegando uma para ele, saio do banheiro eu e ele cada um enrrolado em uma toalha.

Vejo ele caminhar e senta na beira da minha cama.

Apenas passo reto até meu roupeiro retirando uma lingerie e roupas pra me vestir.

Passo novamente por ele, eu ia me trocar no banheiro novamente, mas preciso evoluir nossa relação e ouvir o que ele diz, se eu quero algo eu devo fazer, criar coragem e enfrentar .

Caminho até ele com a toalha amarrada na cintura enquanto mesmo me olha , paro entre suas pernas e desamarro a toalha, mostrando meu corpo semi molhado para ele novamente, chim morde os lábios e olha cada cantinho do meu corpo, era vergonhoso e excitante, vejo ele massagear com suas mãos fofas, seu membro que aparecia através do tecido da toalha.

Me ajoelho enfrente a ele,  e o mesmo me encara.

Jimin: você quer fazer isso mesmo?

S/n: quero jimin- consigo executar as palavras e mostrar meu interesse.

Espero ele tirar a toalha, mas o mesmo não faz nada, fica parado me olhando.

S/n: você não vai tirar a... ? - faço um gesto e ele acena que não com a cabeça- porque não?

Jimin: por que essa é sua parte babygirl- ele morde meu lábio, dando um selinho, enquanto ele inicia um beijo comigo, levo minhas mãos na barra da toalha a tirando do corpo do meu chimchim, e la estava seu membro saltando de tão duro que estava.

Ele separa o beijo , e passa a mãos em seus lindos cabelos pretos.

Encaro seu membro, e ponho minhas mãos de leve, aliando da glande a base, fazendo movimentos de cima pra baixo, um vai e vem, como não tenho experiência, preciso saber se estou no caminho certo.

S/n: e-esta bom chimchim?

Ele tinha o olhar preso ao meu, enquanto maltratava seus próprios lábios, que estavam enchadinhos e vermelinhos.

Jimin: você está indo muito bem meu amor, a melhor .

Eu sabia que ele não ers virgem e que dizia isso para me agradar, mas dava certo, jimun estava me deixando mais tranquila com a situação.

Aumento a velocidade, vendo ele entre abrir a boca, e soltar gemidinhos baixos, pois meus pais não poderia escutar.

Vejo ele resmungar algo.

Jimin: a-amor... E-esta muito bom... Ah...mas poderia fazer outra coisa ne ?

Fiquei pensando no que poderia ser, até cair a ficha, ele quer o tal Boquete que Hoseok tanto falava que gostava de rebecer.

S/n:o-o que ???

Jimin: não precisa ficar preocupada minha baby, é so deixar eu te guiar agora.

Ele leva suas mãos ate meu cabelo, os entrelaça de leve , trazendo meu rosto para perto daquele membro apetitoso, tenho que assumir, estava louca de vontade de fazer isso, ele tem um pau muito lindo.

Aproximei minha boca, quando eu ia colocar dentro ele puxa rapidamente mas com delicadeza meus cabelos, me guiando a olhar em seu rosto.

Jimin: antes de chupar.. da uns beijinhos amor

Sigo até a boca dele.

Jimin: não na minha boca, no meu pau amor

Então encho de beijinhos da cabecinha ate a base, passo minha língua também, até chegar e rodear com a língua a cabecinha vermelinha do membro do jimin, era viciantee tinha cheirinho bom, ele se cuida.

Quando abocanhei seu membro e so ouvia arfares saindo da boca dele.

Jimin: ah....hunm... V-você é muito boooa amooor ..aish continua..isso

Ele cada vez mais aumentava os gemidos, mas ainda eram baixos pra alguém de fora do quarto ouvir .

Eu engolia até engasgar com membro dele, porque queria, jimin em nenhum momento me obrigou ou forçou eu engolir tudo, isso era vontade mesmo, vontade de transar com ele, jimin é um homem e tanto, seu corpo, seus lábios tudo nele é convidativo pra uma ótima noite de sexo.

Eu me sinto uma corrompida moralmente por pensar assim, mas eu gosto disso, de me entregar a isso.

Sentia mais vontade de chupar ele com força.

S/n: amor gosta quando eu chupo assim?- dei a sucção forte mais prazerosa neke que rebirou seus olhos de prazer e luxúria.

Jimin: gosto...gosto muito...se continuar assim te darei algo na boquinha amor.

S/n: e o que seria ? - tristemente sou muito inexperiente.

Jimin: sabe o que é leitinho?

Me relembrei de todas as besteiras que hope ja disse , e sim eu sabia. Apenas assinto 

Jimun: você quer?

S/n: s-sim..

Ele não fala mais nada, chupo com força, enquanto rodeio minha língua em todo seu membro, e masturbando o que não cabia na boca com as mãos, até sentir um líquido viscoso e branco emanar pela minha boca, o gosto do jimin não era ruim, mas também isso não seria algo que eu pediria para beber todos os dias, mas era tolerável e prazeroso o vejo arfar, com seus cabelos pretos presos a testa, e seu semblante de prazer.

Jimin: preciso te retribuir.....

Pelo visto essa noite será longa.







Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...