História No vestiário - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Álvaro Morata, Cristiano Ronaldo, Diego Ribas da Cunha, Everton Cardoso da Silva, James Rodríguez, Marcelo Vieira, Paolo Guerrero, Paulo Dybala, Rodrigo Caio, Roman Bürki, Thiago Silva, Xabi Alonso
Personagens Diego Ribas da Cunha, Everton Cardoso da Silva, Paolo Guerrero
Tags Diego Ribas, Flamengo, Futebol!, Hot, One, Paolo Guerrero
Visualizações 293
Palavras 718
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drabble, Droubble, Esporte, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu aqui! Com mais um hot pra vocês rsrs
Com o semi-deus Paolo Guerrero.
Ah! Mas Bruna tu só faz fic/one com o Guerrero, sim estou ciente e pretendo continua e foda-se quem não gostar e, bye beijão espero que gostem💜😘

Capítulo 1 - Capítulo unico


Fanfic / Fanfiction No vestiário - Capítulo 1 - Capítulo unico

Luana

Sai da minha sala e fui para o vestiário, pois Everton disse que precisavam de mim no vestiário, achei estranho pois não era permitido a entrada de mulheres naquele local, mas fui assim mesmo.

Ao entra as luzes estavam apagadas e não tinha ninguém no local, me assunto com o barulho da porta sendo fechada atrás de mim e a luz sendo acesa, me viro rapidamente e me da aquele famoso friozinho na barriga, vejo Guerrero encostado na porta com os braços cruzados me olhando mordendo os lábios.

—O que... O que você esta fazendo aqui?-pergunto gaguejando e ele sorri de lado e vem em minha direção, não sei como agir quando estou perto de Paolo Guerrero, e impossível você ficar perto dele ou escuta o seu nome para te pensamentos pervertidos.

—Estou precisando de uma seção de fiseoterapia, e como você e a fiseo, te chamei aqui-ele fala com malícia se aproximando.

—E...e mas não tem só eu aqui como profissional...e-Falo gaguejando e ele me interrompe colocando um dedo sobre meus lábios.

—Mas só você pode cura a minha lesão... Gostosa-ele fala pegando na minha mão e colocando a mesma sobre seu membro já duro, e apertando minha bunda me fazendo soltar um gemido alto.

—Paolo...não podemos...

—Cala a boca, para com essa frase clichê de que não podemos...somos adultos sabemos oque podemos ou não-Ele fala sorrindo de lado e me puxando para si.

Em um movimento rápido sua boca toma a minha, e sua lingua adentra a mesma explorando cada canto de minha boca.

Minhas mãos vao para de baixo de sua camisa e ele sorri entre o beijo.

O empurro contra a parede e tirando sua camisa ele faz o mesmo com minha blusa e começa a desabotoar minha calça e colocando sua mão em minha virilha e descendo até minha intimidade e sorri ao vê que já estava molhada.

Ele morde meu lábio de leve e sussurra em meu ouvido.

—Me chupa

Sorrio com malicia e me abaixo lentamente passando a mão pelo seu abdômen ate chegar na barra de seu canção de treino, e o olho e logo abaixo seu canção junto a sua box deixando seu membro ereto livre.

Pego na base e começo a fazer movimentos de vai e vem com a mão e dou um beijo em sua glande e logo após o colocando na boca e o chupando, ele segura meus cabelos conduzindo os movimentos e até chegar em seu orgasmo.

—Engole vai

Bebo todo seu liquido e ele me puxa para cima me beijando.

—Boa menina, agora merece um agradinho- ele fala malicioso e me direcionando ate o banco que tinha ali, me fazendo senta no mesmo e se agacha em minha frente e tira minha calça e minha calcinha abrindo minha perna e beijando por dentro de minha coxa e subindo ate minha intimidade a sugando, contorco de prazer e ele começa a lambe e investi dois dedos na mesma me fazendo gemer alto, ele começa a fazer movimento de vai e vem e a estimula meu clitóris com a língua.

Quando estava quase gozando ele tira seus dedos e leva até a boca os sugando, mordo os lábios ao vê aquela cena.

—Paolo-sussurro seu nome-Eu quero você...

—Onde-ele fala em meu ouvido.

—Dentro de mim...me fode Paolo-falo e ele rir e me beija, ele passa a pontinha de seu membro em minha entrada me fazendo fechar os olhos ele põe o rosto em meu pescoço o beijando e mordendo quando ele me penetra, começa um vai e vem gostoso e aumenta as estocadas arranho suas costas e troco as posições ficando por cima e segurando em seus ombros e rebolo em seu membro, suas mãos vão para minha bunda a apertando.

—Vai gostosa, rebola gostoso vai-Ele fala e em seguida da um tapa em minha bunda.

Isso foi a deixa para eu chegar em meu orgasmo, jogo a cabeça para trás e ele beija meu pescoço, e também chega em seu limite também.

—Você e mais gostosa do que imaginava-Guerrero fala ofegante.

—Eu que o diga peruano-Falo sorrindo controlando a respiração.

—Espero te mais seções de fiseo como essa-ele fala e me puxa para um beijo.

Nos vestimos e saímos do CT, ele me deu uma carona até minha casa onde tivemos um segundo round


Notas Finais


😓🙈
Obs:Meu cavalo que escreveu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...