História No way bae - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally, Camilacabello, Camren, Dinahjane, Fifth Harmony, Laurenjauregui, Normanikordei, Norminah
Exibições 241
Palavras 1.026
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa tarde, dividi esse capítulo em duas partes, não tive tempo de revistar

Capítulo 23 - 1 part Encontro


Fanfic / Fanfiction No way bae - Capítulo 23 - 1 part Encontro

Lauren POV:

Camila se retirou da minha sala e eu fiquei sozinha com um sorriso babaca no rosto.
Ela tinha aceitado sair comigo e isso estranhamente me deixou mais animada que o normal, camila tinha um jeito que derrubava minhas barreiras apenas com um olhar e isso me deixava confusa, eu nunca tinha conhecido alguém que fizesse eu me sentir assim antes, era estranho e de alguma forma era bom.

Estava concentrada em uns documentos quando escuto meu celular tocar, era a veronica, estranhei pois ela nunca ligava esse horário, mas logo atendi

-Vero?

-Laurenzo como assim você não me contou que a keana estava aqui em miami? E ainda por cima em baixo do seu teto - vero falou afobada, eu dei uma leve gargalhada

-Oi pra você também, ela esta aqui em miami sim e eu pedi para ela ficar la em casa

-EU SEI LAUREN, ELA ESTEVE AQUI - vero gritou no celular

-Por que você esta gritando veronica? Eu não estou entendendo - eu disse enquanto levantava e ia rumo ao frigobar pegar uma agua

-Certo, vamos com calma - ela respirou fundo antes de seguir - keana esta em miami e esta hospedada na sua casa, você esta louca? Você sabe que ela ainda tem aquela paixonite por você, não sabe?

Quase me afoguei com a agua quando ouvi a veronica e suas loucuras

-O que? - perguntei sem acreditar

-Lauren não seja boba, Keana ainda gosta de você e pra você pode ter sido só algumas ficadas, mas pra ela significou mais que isso

-Claro que não veronica, somos só amigas e ela sabe, você fumou alguma coisa?

-Michelle você é tão lerda - ela disse com uma voz de entediada

Bufei e dei mais um gole na minha agua

-Lauren?

-Sim?

-Você pretende fazer alguma coisa com keana?

-Como? - perguntei desentendida

-Você trouxe ela para sua casa, você pretende fazer um remember com a keana?

-Veronica! Não seja inconveniente, claro que não, eu só estava com saudades, você sabe que ela é importante pra mim

-Bastante importante...- vero falou em um tom malicioso

-Você é ridícula. E eu ja tenho outros planos...- deixei no ar

-Outros planos? Como assim lauren? Com quem????

Dei uma risada, eu adorava deixar ela curiosa, era hilário

-Você não conhece vero

-E por que não? Por que você esta me escondendo as coisas agora michelle? Pensei que fossemos amigas - dramatica sim ou claro?

-Não seja boba, só não tivemos tempo de conversar e nem a oportunidade para apresentar vocês duas

-Você esta namorando lauren?

Me engasguei com a minha própria saliva e comecei a tossir

-Claro que não, nos nem ficamos, só é alguém que me atrai - eu disse enquanto tentava controlar o ataque de tosse

-Hmmm- ficou um silencio, demorou uns segundos até vero continuar - como é o nome dela?

-Camila, camila cabello - respondi enquanto batucava os dedos na mesa

-Certo, e o que ela faz da vida? - perguntou curiosa

Ergui meu corpo na cadeira e fiquei totalmente reta, respirei fundo tomando fôlego para prosseguir

-Ela meio que é minha secretaria - falei em um tom nervoso enquanto passava a mão no cabelo e jogava a franja para trás

veronica ficou em silencio por um longo tempo, eu ja estava pensando em desligar o telefone, mas ela se pronunciou

-Lauren? eu ouvi direito? Sua secretaria?

-exatamente vero - confirmei em um tom nervoso, eu sabia que era loucura

-Eu não vou julgar, pois se você esta querendo pegar ela e não esta ligando pro fato que se sua mãe descobrir ela vai acabar com você e com ela, então ela deve valer a pena, não é?

-Eu não sei vero, eu só sinto que eu devo fazer isso, ela tem algo que me atrai, você me entende?

-Você esta gostando dela lauren? Fizeram macumba pra você? Meu Deus essa é a melhor coisa do meu ano, você esta sendo babaca por alguem - vero dava gargalhadas do outro lado da linha

 -Cala boca veronica, eu não gosto dela- falei tentando convencer ela e a mim mesma

Eu não poderia estar gostando de alguém, isso é ridículo, eu nunca me prendi em ninguém e não vai ser agora que isso vai mudar.

-Claro lauren, vamos fingir isso então - vero parou de rir- E o que pretende fazer?

-Convidei ela pra jantar comigo

-Você esta se saindo uma verdadeira babaca apaixonada lauren- bufei, quando eu ia responder ela, vero foi mais rapida- preciso ir, nos falamos mais tarde. - desligou

Eu resolvi voltar para os documentos que eu estava lendo antes.

Deu 7:15 quando eu sai da empresa, cheguei em casa e logo liguei para o restaurante reservando uma mesa para duas pessoas, eles sempre tinham mesa para mim mesmo em cima da hora, uma vantagem em ter o sobrenome Jauregui

Fui rumo ao meu quarto e logo fui tirando a roupa, resolvi tomar um banho na hidromassagem, eu ainda tinha um tempinho.

Camila POV:

-Mama eu não tenho roupa, eu não vou mais em lugar nenhum

-Não seja boba karla

Me joguei na cama bufando, eu não sabia o que vestir e a minha mãe estava tentando me convencer que eu ficava bem com qualquer coisa, mas a opinião dela não vale, ela é minha mãe e tem obrigação de fazer eu me sentir bem.

Ela sentou do meu lado e ficou passando a mão nos meus cabelos

-Você cresceu tão rapido, ontem estava chorando por que queria uma boneca, hoje esta aqui tendo um ataque por que não sabe que roupa por pra sair com a namoradinha

Sentei na cama e bufei, eu ja tinha passado uns bons minutos tentando convencer minha mãe que eu não estava namorando e que era só um encontro de amigas, mas ela ainda insistia nisso

-Pare mama - resmunguei com as bochechas vermelhas

-Você é linda kaki, não se preocupe com roupa, ela vai gostar de você de qualquer jeito, acredite em mim hija -
Ela se aproximou e deixou um beijo na minha testa, dei um leve sorriso.

Levantei e fui tentar novamente achar alguma coisa para vestir, achei um vestido branco, lindo, eu nem lembrava mais da existência dele, ele tinha uma abertura na coxa e tinha uns cordões, era belíssimo.

-Que tal esse mama? - falei mostrando o vestido

-Meu deus, você quer matar a moça kaki? Esta perfeito

Dei uma risada um pouco contida

-Vai ser esse então.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...