História No Way (Camren) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Joe Jonas, Justin Bieber, Margot Robbie
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Joe Jonas, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Margot Robbie, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Fifth Harmony
Exibições 351
Palavras 2.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii galera, por FAVOR ME PERDOEM POR ESSA DEMORA, como eu já tinha avisado, tive meus motivos pela demora, e bem, espero que gostem desse capítulo, comentem bastante, queria pedir pra vocês colocarem a Música "1000 Hands" de 5H, mas coloquem quando for pedido na Fic, isso vai dar mais emoção. Prometo altualizar com mais frequência. Sem mais delongas, boa leitura. Bjos

- Stay_007

Capítulo 10 - Capítulo 10


Fanfic / Fanfiction No Way (Camren) - Capítulo 10 - Capítulo 10

Camila Pv

Encontrei com Liam do lado de fora da floresta, ele estava chorando muito, correu em minha direção para um abraço
- Me desculpa Liam.. - Chorei em seu ombro
- Eu não acredito que isso tá acontecendo
- Nem eu, Liam
- Como isso aconteceu Camila? Pelo amor de Deus, me fala.
- Eu vou te contar, mas vamos pra outro lugar. - Quando estávamos saindo de perto dos polícias, um deles me chamou.
- Senhorita...
- Oi
- Precisamos que você venha conosco até até delegacia, dá o seu depoimento sobre esse caso.
- Eu vou ser presa? - perguntei apavorada
- Não senhorita, só precisamos que você de o seu depoimento para o delegado.
- Vai lá Camila, vai ficar tudo bem, eu vou com você, eu posso, senhor? - Liam perguntava ao policial
- Tudo bem.
Em poucos minutos já estávamos na delegacia, o lugar era um pouco assustador, uma movimentação absurda de policiais, e pessoas acorrentadas sendo levadas por polícias.
- Fique aqui rapaz. - Falou o policial para o Liam
- Ok. Vai ficar tudo bem. - Ele me deu um abraço e então entrei na sala do delegado.
- Sente- se. Bem, o que aconteceu senhorita... - Perguntou o delegado com uma cara de confuso
- Camila. Camila Cabello
- Então senhorita Cabello, me diz o que ocorreu no local do acidente. Se é que foi um acidente...
-Foi um acidente. Aliás, quem era pra estar morta sou eu.
Bem, houve um problema com dois alunos do meu colégio, e esse problema me envolvia, e algumas coisas pioraram para eles, desde então, eles começaram a implicar comigo e com Lauren....
- Quem é Lauren? - o delegado me interrompeu
- Lauren...Lauren era minha namorada, a menina que eles mataram. - Mordi meus lábios tentando contar as lágrimas
- Certo, continue
- Então, eles param de mexer com a gente. Se passou duas semanas, eu comecei a receber mensagens de um desconhecido me ameaçando, dizendo que estava com a minha irmã e que se eu não se encontrasse com ele, ele mataria minha irmã
- E a senhorita não procurou ligar pra sua irmã, pra saber se era verdade?
- Não delegado, eu fiquei apavorada, eu não pensei.
- Continue
- Eu me encontrei com esse desconhecido em uma floresta, e quando eu vi quem era, descobri que era meu ex namorado que estava me ameaçando, e junto á ele, estava Margot, a menina que me ameaçava.
- E por que eles estavam lhe ameaçando?
- Justin, o meu ex, estava querendo voltar pra mim e eu não quis, logo depois ele descobriu que eu estava namorando uma garota e ficou furioso, e Margot queria que eu me separasse de Lauren, por ela ter se dado mal, ela passou a me odiar, então provavelmente, Justin e Margot se ajuntaram para criar uma vingança contra mim.
- Continue. - Enquanto eu falava o delegado anotava umas coisas em um caderno
- houve uma discussão na floresta, Justin pegou uma arma e apontou pra mim, ele iria atirar mas não conseguiu, Margot pegou a arma da sua mão e apontou pra mim, e quando ela ia atirar, Lauren apareceu e empurrou Margot, as duas caíram no chão e começou uma briga, despois eu só ouço um tiro, Margot se levanta... Mas Lauren não. - Eu não consegui, as lágrimas desceram
- Obrigada senhorita, vamos atrás desses dois jovens. Pode se retirar. Policial, quero que vá atrás dos pais desses dois jovens.
- Sim senhor. - Assentiu o policial.

(...)

Depois do ocorrido na noite passada, voltei para o Colégio junto com o Liam, ele estava abalado, tanto quanto eu. Os olhares dos curiosos nos rodeavam. Contei para as minhas amigas o que havia acontecido e elas não me deixaram nenhum minuto se quer, elas sempre me ajudaram, estavam comigo nos piores momentos.
-Camila? - Ouço alguém batendo na porta do meu dormitório
- Já vai. - Falei levantando da cama
- Senhorita Camila? - Abri a porta e dei de cara com o delegado com que eu tinha dado depoimento na noite anterior
- Oi delegado, acharam Margot e Justin?
- Ainda não senhorita, mas conseguimos falar com os pais deles, eles estão agora na delegacia respondendo pelos jovens, e conseguimos falar com o pai da vítima, ele está na secretaria e quer falar com você. Pode me acompanhar?
- Sim, vou trocar de roupa, um minuto. - O delegado assentiu e me
me
Esperou do lado de fora.
Seguimos para a direção, minha amigas já sabiam que o pai de Lauren queria falar comigo, então pedi que me deixassem ir sozinha e elas concordaram.
Entrei na sala e vi o pai da Lauren sentado, ele usava um terno na cor preta. Ao me fitar, ele se levantou
- Vou deixá-los a sós - A diretora se retirou junto com os policiais
Sentamos um sofá que ficava perto da porta
- Por favor, me perdoe, a culpa foi minha eu sei, mas por fav.... - Ele me interrompeu
- Calma...Camila, né?
- S-sim
- Olha, eu fiquei sabendo da sua relação com a minha filha, a culpa não é sua.
- Me desculpa senhor...
- Mike! Pode me chamar de Mike
- Me desculpa, Mike.
- Você não tem pelo que se desculpar... Eu ainda não acredito que isso está acontecendo - Mike tentava segurar as lágrimas mas era em vão
- E a mãe da Lauren? - Mike me fitou, ficou em silêncio por alguns segundos, respirou fundo e me respondeu
- Clara faleceu durante o parto da Taylor, minha filha mais nova.
- Eu sinto muito
- Não sinta.
- E onde ela está?
- Taylor está em casa, não quis sair de casa hoje por causa desse acontecimento. -Eu assenti com cabeça - Bom minha jovem, eu só vim pra saber como você estava, vou preparar as coisas para o funeral, entrarei em contato, fique bem.
- Obrigada. - Mike se retirou me deixando sozinha. Os polícias entraram novamente na sala.
- Srta. Cabello, continuaremos as buscas. Até logo. - Eu assenti e saí.
Voltei para o meu dormitório, minhas amigas estavam comigo me consolando.
- Vai ficar tudo bem Mila - Ally falou acariciando meu rosto.
- Você é forte amiga, vem cá me dá um abraço - Levantei e abracei Dinah, não me segurei, caí novamente no choro. Ouvimos leves batidas na porta, Normani levantou e abriu a mesma, minha mãe estava na porta com um olhar preocupado, estava ao lado de Sofi, minha irmã mais nova.
- Kaki - A menor correu em minha direção me dando um forte abraço e eu lhe retribui
- Oi minha pequena.
- A gente vai indo Mila, qualquer pode me ligar ou pra qualquer uma de nós, se cuida. - Minhas amigas levantaram me deram um beijo de cada lado do rosto e saíram, Sinu ainda estava parada na porta
- Mãe - Agora foi eu que corri para os braços da minha mãe, encaixei meu rosto no vão do seu pescoço e comecei a chorar novamente
- Eu sinto muito minha filha. - Ela passava a mão delicadamente em meu cabelo. - A diretora me ligou avisando e eu vim o mais rápido possível, seu pai não pode vir, está viajando á negócios.
- Kaki eu sinto muito pelo o que aconteceu com a sua amiga. - Sofi pegou minha mão e deu um leve beijo na mesma
- Tudo bem Sofi - Sorri pra ela
- Filha falei com a diretora e ela te liberou, você pode ir passar uns dias em casa. Arrume suas coisas - Eu apenas assenti e peguei minha coisas. Depois de 10 minutos já estávamos em casa. Era tão bom estar em minha casa, sempre que eu entrava lá eu tinha a sensação de ter ficado anos sem entrar lá. Fiquei conversando com a minha mãe sobre tudo que tinha acontecido e ela ficou surpresa por tamanha crueldade da parte de Margot, mas ficou mais surpresa ainda pelo fato do Justin ter participado disso. Ela sempre soube que nós já tivemos um caso o único que não sabia era meu pai, era sempre o pai que implicava mais. Depois que sofi pegou no sono, Sinu foi para o seu quarto e eu fui para o meu. Tomei um bom banho, deixei que a água caísse toda de uma vez em meu corpo, senti o mesmo relaxar. Não demorei muito e já estava na cama olhando para o teto, algumas lembranças vieram, fazendo eu cair no choro, tudo passou como um filme na minha cabeça

(Inicie a música)

Flashbacks On

- GALERA!.... - Disso Joe, um amigo da Normani, que estava quase virando meu amigo, da Ally e Dinah também, de tanto andar com a gente
- O Que foi Joe? - Perguntei
- Uma garota super gata entrou na nossa escola hoje! E já arrumou confusão. -Disse ele sorrindo
- Quem é ela? - Perguntou Normani
- Aquela ali. - Ele falou apontando para uma garota que estava saindo de um carro super luxuoso. Ela era alta, cabelos escuros, e olhos verdes. Linda, por sinal.
- Que linda - Falou Dinah. A menina vinha em nossa direção, por alguns segundos achei que ela viria falar conosco, mas não, ela mudou de direção, passou ao meu lado e esbarrou em mim, com certeza foi de propósito.
- Aiiii - Gritei
- Desculpa aí garota - Ela falava com um sorriso de satisfeita
- Você não olha por onde anda? -Perguntei
- Aí aí - Ela saiu esbarrando de novo em meu ombro e foi para diretoria.
Senti muita raiva. Quem aquela garota pensa que é pra sair esbarrando nas pessoas assim? Que garota idiota!

Flashbacks Off

Um sorriso brotou em meu rosto, ai Lauren, por que você teve que ir? Me deixou sem chão. Volta pra mim minha Lauren, eu não aguento mais.

Flashbacks On

Meu coração parou por alguns segundos, vejo Margot se levantando assustada com a mão cheia de sangue, e Lauren... Está caída no chão.
- Vamos sair daqui Margot, vem - Justin puxou Margot pelo braço e saiu correndo Dalí.
Corri para onde Lauren estava, ela estava toda ensanguentada, vi que ela levou um tiro no peito. Na mesma hora fiquei sem chão. Meu mundo estava desabando, meu grande amor estava gravemente ferida...
- Lauren, amor fala comigo por favor - Coloquei meu braço em volta do seu pescoço
- M-Mila - Ela gagueja olhando para mim enquanto piscava devagar, vi uma lágrima cair em seu rosto.
- Não me deixa por favor Lauren, eu te amo muito, Lauren por favor - Eu chorava mais e mais
- O-Olha, eu t-te amo.. Ai - Ela gemia de dor - Você f-foi a melhor coisa que aconteceu comigo durante toda minha vida... - Eu a interrompi
- Não fala mais nada amor, eu vou chamar a ambulância. - peguei meu celular e ele tinha descarregado - MERDA! Descarregou - Gritei - Lauren... Não me deixa - dei um selinho em seu lábio - Não não deixa  - Eu acariciava seu rosto pálido
- Ca-Camila, olha pra mim
- Eu não consigo - Eu estava deitada em seu peito
- Eu te amo Camila Cabello - Ela deu seu último suspiro sua cabeça caiu pro lado e seus olhos se fecharam
- La-Lauren? LAUREN? LAAAUREN, NÃO. LAUREN FALA COMIGO, LAUREN POR FAVOR. - Já era tarde, o meu grande amor tinha me deixado, eu não queria acreditar que aquilo estava acontecendo. Eu não queria. Por que Lauren? Eu te amo tanto! Eu fui dominada pelas lágrimas, eu estava desabando, estava tudo escuro, eu estava sozinha ali, com o meu grande amor morta em meus braços.

Flashbacks Off

Eu olhava nossos fotos tiradas no meu celular, aquele sorriso mais lindo do universo, eu nunca mais viria aquele sorriso. AAAAAAAH, Arremecei meu celular longe, enfiei meu rosto entre minhas mãos tentando contar o choro. Minha cabeça já estava doendo de tanto chorar, deitei minha cabeça, fechei os olhos e dormi.


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim. Acharam que a música deu algum efeito? Sim mt não? Comentem ae. Beijo, atualizarei o não rápido possível. Beijos

-Stay_007


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...