História No Way (Camren) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Joe Jonas, Justin Bieber, Margot Robbie
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Joe Jonas, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Margot Robbie, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Fifth Harmony
Exibições 145
Palavras 4.241
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaar, demorei eu sei! HiHi
Desculpe qualquer coisa e me perdoem pelos erros.

Quando for pedido, por favor coloquem a música
In The Name Of Love -Martin Garrix feat Bebe Rexha

espero eu gostam do capítulo!
Um beijo 😙

Capítulo 16 - Namoradas?


Camila Cabello Pv

Lauren ficou o tempo todo com essa tal amiga. A mesma infelizmente entrará na escola ano que vem. Não gostei nem um pouco dessa garota, era um grude com a Lauren que só Jesus. Depois do intervalo, tivemos três tempos de química. Não prestei atenção na aula, minha mente estava em outro lugar; Lauren e Lucy.

O sinal soou alertando que as aulas haviam terminado.

- Mila, vou levar a Lucy pra conhecer um pouco o colégio, tudo bem pra você? - O quê? Lauren virou guia turístico agora?

- Tá. - Falei seca. Saí sem olhar pra trás. Andei pelos corredores lançando fogo pelas ventas. Entrei no quarto bufando, bati a porta com tanta força que fez minha escrivaninha tremer.

- Calma Camila, o que houve? - Normani perguntou entrando pela porta

- Aquela Lucy!

- O que tem ela?

- Ela e Lauren...estão agarradas desde a hora que essa garota chegou, meu Deus!

- Mila.. - Normani sentou do meu lado na cama. - Lucy e Lauren são muito amigas, e ficaram anos sem se ver, é normal, elas estão matando a saudade, depois desse tempo perdido.

- Mesmo assim Normani.

- Pensa bem Mila... Você também não ficaria assim comigo com a Dinah ou com alguma das outras garotas? depois de ficar um bom tempo sem nos ver?

- Não sei, acho quem sim - Recuei

- Então...fica tranquila tá?! e para de ser ciumenta.

- Não estou com ciúmes

- Imagina. - Sorri. - Em falar em Lauren...eu estava querendo falar com ela

- Sobre?

- O Liam.

- O que ele fez?

- Aliás, posso falar com você mesmo... É que o Liam, bem, ele tá bem mudado.

- Hmm. - Dei um sorriso safado - E...?

- Nada esquece. - Ela ia se levando quando eu à puxei

- Agora fala! Você tá afim dele, né?!

- N-não.

- Fala a verdade Mani.

- Tá bom! Eu sempre gostei do Liam, mas nunca tive coragem de assumir isso.

- E por que não?

- Porque eu achei que vocês iriam me zuar.

- Claro que não Mani...por que nós iríamos zuar você? Liam é gente boa.

- É porque antes ele era menos arrumado, e agora ele tá mais arrumadinho, entende? Não é porque ele tá bonito que eu vou querer ele agora. Aliás, eu sempre quis ele,  sempre achei ele lindo, maravilhoso...

- Eu entendi Mani, e o que você quer que eu faça?

- Que vocês me ajudem a ficar com ele. Eu não vou conseguir isso sozinha. - Normani era a pessoa mais tímida que conheci.

- Eu sei que não. Mas tá bom, eu te ajudo, vou falar com a Lauren...se eu conseguir né?! Já que aquela Lucy é um abutre. - Normani gargalhou

- Valeu Mila. Vou indo agora porque ainda tenho que estudar...tá chegando as provas finais. - Minha amiga bufou e revirou os olhos

- Também tenho que estudar, preciso passar de ano. - Nos despedimos e ela saiu.

O que será que Lauren está fazendo?

Lauren Jauregui Pv

Lucy e eu já estávamos andando por um lugar mais vazio, todos estavam em seus quartos. Sentamos em um banco que tinha ali

- Eu estava com muitas saudades de você, Laur. - Falou Lucy, sorrindo pra mim.

- E você acha que eu não estava?!

- Também estou com saudades da Taylor, do tio Mike...fiquei um tempo mal depois que você veio pra cá.

- Eu também não fiquei feliz por ter saído de lá, o lugar que eu nasci, muita gente que eu conhecia, perdi os contatos e por sorte o Liam morava por aqui. Mas ainda bem que você tá aqui. - Abracei ela de lado e depositei um beijo em seu rosto. - Como ficou sabendo que eu estava aqui?

- Bem, quando eu vim pra cá pra cidade, a primeira coisa que minha mãe fez foi pesquisar escolas pra me matricular, daí ela achou essa aqui. Quando chegamos, a diretora disse que eu poderia ficar aqui, pra conhecer mais o local, mas eu só assistiria as aulas a partir do ano que vem. Até porque, não seria possível eu entrar e assistir as aulas quase no final do ano. - Ela riu - Mas enfim, a diretora me apresentou um menino chamado Liam, um gato por sinal. Daí ele mencionou seu nome, quando ele disse o nome Lauren, você veio na cabeça, falei como você era e ele confirmou que era você.

- Nossa, que coincidência...com tantas Lauren pelo mundo, Deus resolveu fazer a gente se reencontrar novamente. - Gargalhei e neguei com a cabeça. - E ainda por cima vir morar aqui, meu Deus, você não sabe o quanto tô feliz, Lucy.

- A gente tem que voltar a fazer nossas maluquices como nos velhos tempos... - Lucy levantou e me puxou para ficarmos de pé.

- Com certeza! Mas agora vamos ter que maneirar nas brincadeiras, até porque sou uma menina comprometida. - Lucy revirou os olhos

- Então você tá mesmo namorando essa Camila?

- Eu te disse sim. - Lucy faz uma cara de tédio que me fez rir

- Agora vamos, porque eu ainda tenho que estudar um pouco.

- Tá bom, valeu por fazer uma tuor comigo.

- Sem problemas. - Coloquei meu braço em volta do seu pescoço. - Nossa tenho tanta coisa pra te contar, que você não vai acreditar nas coisas que eu passei.

- Agora teremos tempo suficiente pra colocar as fofocas em dia.

(...)

Depois de deixar Lucy em seu dormitório, voltei para o meu quarto. Camila estava sentada na cama estudando.

- Oi amor. - Falei depositando um beijo em seu rosto.

- Oi.

- Já está estudando?

- Não está vendo? - Nossa, quanta arrogância

- O que foi? - Perguntei sentando ao seu lado.

- Nada.

- Tem certeza?

- Absoluta. - Sim, Camila não estava bem, mas eu não conseguirei saber o motivo tão cedo.

- Posso estudar com você?

- Vou dar uma pausa, já estou a muito tempo estudando, pode ficar estudando aí. - Camila se levantou e foi em direção a porta.

- Onde você vai? - Perguntei

- Dar uma volta. - Sem deixar que eu falasse mais alguma coisa, ela saiu do quarto me deixando confusa.

Por que será que Camila está tão mal humorada? Sei que isso é normal dela. As vezes eu não consigo entender minha namorada, tem horas que ela me trata como se eu fosse a última pessoa desse planeta, e tem horas que me trata como seu fosse uma qualquer. Ela deve sofrer transtorno de bipolaridade, só pode.

Abri minha mochila, peguei meu caderno e comecei a estudar.

(...)

Já era 23:00min horas e Camila ainda não tinha aparecido, tentei ligar pra ela mas ela não atendia as minhas ligação. Quando eu pretendia ir atrás dela, a mesma aparece entrando pela porta.

- Onde você estava Camila? - Perguntei

- Dando um volta por aí. - Sua voz saiu mais calma, menos estressada.

- E porque demorou tanto?

- Não tinha nada pra fazer aqui, Lauren.

- Ok. Agora pode me dizer por que me tratou daquela maneira. - Camila sentou em sua cama e começou a mexer no celular.

- Desculpa tá? Eu só estava um pouco estressada por causa dessas provas que vão vir. - Ela se levantou e sentou no meu colo. Envolveu seus braços ao redor do meu pescoço, onde depositou um beijo. Eu falei que essa garota é bipolar.

- Fica tranquila, tá? Você vai passar fácil. - Segurei em sua cintura e à joguei na cama.

Subi em cima dela e a beijei. O beijo da Camila era surreal. Seu beijo era calmo e ao mesmo tempo feroz, consegue entender? É uma coisa inexplicável, só sei que é maravilhoso. Meus beijos foram descendo até o vão entre seus seios. Camila apertava meu couro cabeludo com força, provocando uma dorzinha prazerosa. Fomos interrompidas com leves batidas na porta. Reclamei e me levantei indo até até a mesma.

- Dinah? - A loira estava parada na porta toda arrumada.

- Interrompi alguma coisa, né?! Eu percebi, me desculpa, mas é que vim chamar vocês pra uma festa que está rolando agora.

- A gente não pode Dinah, amanhã cedo temos que estudar.  - Camila apareceu atrás de mim.

- Para amor, é só uma festinha, finge que é uma festa de boas vindas pra gente. - Fiz uma cara de cachorro sem dono.

- Acho melhor não gente.

- Por favor, por favor, por favor. - Fiz um biquinho para que Camila sentisse pena e mim.

- Tá bom! Eu vou tomar um banho.

- Ok, mas sejam rápidas porque eu vi a bruxa, quer dizer, a diretora saindo de carro.

- Em 20 minutos estaremos prontas. - Camila falou.

- Dinah? - Chamei a loira antes que ela saisse

- Sim?

- Posso levar a Lucy? - Camila cruzou os braços.

- Pra que você vai levar ela Lauren?

- Ué, porque ela é minha amiga, e acabou de chegar aqui, não conhece ninguém, acho que uma festa é um ótimo lugar pra se fazer amizades. - Camila sussurou uma coisa que não consegui entender direito.

- Mas ela pode fazer isso sozinha, Lauren.

- Lucy parece ser legal Mila, deixa ela ir com a gente. - Camila pareceu não concordar.

- Tanto faz. - Foram suas últimas palavras antes de entrar no banheiro. Me despedi de Dinah e fui ver minha roupa.

(...)

Entramos no carro do amigo da Dinah e seguimos para a festa. Poucos minutos depois chegamos ao local. Paramos o carro enfrente um lugar que parecia ser um salão de festa, na entrada, tinha muita movimentação, um fila enorme havia ali. Saímos do carro e fomos para a porta da entrada.

- Não deveríamos ir pra fila? - Camila olhava o lugar com curiosidade, e seu rosto tinha uma expressão assustada.

- Nós somos vips. - Falou Dinah.

A loira cumprimentou um moreno alto que estava parado na entrada pegando alguns dinheiros das pessoas que pagavam para entrar. Os dois pareciam ser bastante íntimo.

Entramos dentro do ambiente e o mesmo tinha muita gente do colégio. Eu estava bastante empolgada, Camila ia na minha frente me puxando pela mão e Lucy vinha atrás de mim segurando meu anti-braço. Ficamos em uma área com poucas pessoas, digamos que seja um lugar reservado. Ali tinha uma mesa com várias cadeiras de bebidas.

- Como conseguiu esse lugar irado? - Perguntei animada

- Não tem aquele cara que falei lá na porta da entrada? - Todas assentiram. - Então, esse lugar aqui é dos pais dele, e sempre os pais dele viajam, ele dá uma festa aqui.

- Que dá hora. - Eu parecia uma criança no parque de diversões.

- Queria que Ally e Normani tivessem vindo. - Camila parecia chateada por suas amigas não terem ido.

- Elas não queriam vir, e você sabe como é a Ally, né?! Nerd igual a você. - Todas nós gargalhamos.

- Gente vamos beber. - Pronunciou Lucy, a mesma se levantou e se serviu de vodka. Bebeu tudo em um só gole. Ela fez uma careta que me fez rir.

- Não vai ficar bêbada hein, Lucy - Falou Dinah.

- Jamais.

- Gente vamos dançar? - Sugeri

- Não gosto muito dessa música - Falou Camila

- Daqui a pouco eu vou - Em seguida Dinah.

- Eu vou! - Lucy se levantou e me puxou pelo braço, não tive tempo de protestar.

*Iniciem a música

O lugar estava muito animado, eu dançava como se o mundo fosse acabar no dia seguinte. E Lucy fazia o mesmo balançando sua cabeça de um lado para o outro.

- Laur? - Ela aproximou seus lábios no meu ouvido.

- Sim?

- Lembra quando nos tínhamos 14 anos daí a gente saiu de casa escondido pra ir pra uma festa?

- Como eu poderia me esquecer?

Flashbacks On

Algo bateu na janela do meu quarto. Não liguei. Mas novamente ouvi o barulho. Me levantei da cama e fui vê o que era.

- Lucy? - Minha melhor amiga estava arrumada no Jardim da minha casa. - O que você está fazendo aqui uma hora dessas? - Já eram 00:00min noite

- Nós precisamos ir pra uma festa, todos os nossos amigos estão lá. Vamos? - Lucy e eu tínhamos que sussurrar para que meus pais não escutassem nossas vozes.

- Eu não posso Lucy, meus pais vão desconfiar.

- Claro que não. Vamos logo Laur!

- Ok. Vou trocar de roupa rápido. Calma aí.

Vesti uma calça preta e uma camisa branca de uma banda qualquer. E um tênis preto. Coloquei meu cabelo em um coque arrumado. Passei apenas um lapis de olho e um delineador e pronto, eu já estava arrumada. Em frente minha janela havia uma árvore, que facilitava minha descida. Rapidamente cheguei ao chão.

- Você está linda, mas agora vamos. - Lucy segurou a minha mão e saímos correndo.

Flashbacks Off

- Esse dia foi maravilhoso. - Ela sorria ao lembrar desde dia

- Com certeza foi.

- A foi lá que rolou nosso primeiro beijo.

Flashbacks On

Chegamos na festa bem rápido. Nós estávamos ofegantes por andar bem rápido. A festa foi na casa de uma garota que morava perto do nosso bairro. A maiorias das pessoas que estavam presentes aparentavam ser maiores de idade.

- Não deveríamos ter vindo, essa festa deve ser pra maior de idade. - Falei

- Para de ser medrosa Laur, vai ser legal.

Ficamos na festa até 03:00Min horas da manhã.

- Meu Deus Lucy, já está muito tarde,  meus pais devem estar acordados me esperando com um sinto na mão. - Nós estávamos andando pela rua escura a caminho de nossas casas. Lucy já estava bêbada, a mesma andava cambaleando e rindo a toa.

- Para com isso Lauren, você já tem 14 anos, tá na hora de viver. - Lucy parou e ficou fitando o chão. Parei na sua frente.

- O que foi?.

- É-é que eu tô querendo fazer uma coisa. - Lucy me fitou, seus olhos estavam vermelhos e pareciam cansados.

- Lucy você está bêbada, deixa isso pra manhã. - Andei na frente e tentei puxar seu braço, mas ela se esquirvou

- Não dá Laur, preciso fazer isso. - Lucy segurou meu rosto e selou nossos lábios

Flashbacks Off

- Você estava bêbada Lucy...

- Mas no dia seguinte eu me lembrei de tudo.

- E-eu vou lá nas meninas, tá?! - Eu não queria voltar nesse assunto do beijo. Imagine se a Camila descobre que Lucy Vives foi minha, digamos que, ex "namorada"? Seria um caos total. Eu sei que eu deveria contar isso à ela, mas pra quê tocar nesse assunto, né?! Já que agora Lucy é apenas minha amiga, minha irmã.

Voltei para onde as meninas estavam, Camila dançava junto com Dinah. Sentei-me em um das cadeiras, assim que me viu, Camila sentou ao meu lado.

- Cansou de dançar? - Assenti. - Que cara é essa?

- Que cara?

- Essa de quem comeu e não gostou.

- É a única que tenho. - Sorri

- Tá bom então, e...cadê a sua amiga?

- Lucy?

- E tem outra?

- E-ela tá lá dançando ainda. - Gaguejei

- Você tá nervosa Laur?

- N-não, por quê?

- Porque parece.

- Eu tô bem tá?! - Inclinei minha cabeça e beijei seus lábios. Camila segurou minha nunca e intensificou o beijo. Minhas mãos foram descendo até a sua cintura.

- Gente, deixa isso pra quando chegar no colegio. - Dinah sempre interrompendo os melhores momentos.

- Eu preciso falar com vocês duas. - Camil falou - Normani gosta do Liam.

- O QUÊ? - Gritei

- Sim, a Mani gosta do Liam. E ela quer a nossa ajuda pra ficar com ele.

- Olha, Liam é meu melhor amigo, eu posso conseguir isso fácil. - Falei

- E como? - Perguntou minha namorada. Fitei o chão pensando em alguma ideia

- Já sei. - Camila e Dinah se olharam - Vou dar uma festa lá em casa. E lá eu dou um jeito deles ficarem

- Mas como Lauren? Se seu pai está em casa e sua irmã também.

- Camila, Taylor adora festas, e meu pai vive saindo. Vai ser fácil.

- Eu amei a ideia. - Dinah abriu um sorriso empolgante

- Vamos ver no que vai dar. - Foi a vez da Camila falar.

- Eu ouvi festa? - Lucy apareceu nos dando um susto.

Lucy Vives Pv

Reencontrar Lauren foi uma das melhores coisas que aconteceu comigo depois desses anos. Eu não sei, mas quando lhe vi, parece que aquele antigo sentimento por ela voltou. Eu sempre senti algo a mais por Lauren, mas ela infelizmente só sentia apenas um sentimento de irmãs. Quando a mesma me disse que namorava com aquela Camila, senti uma dor descomunal no peito. Quem aquela magrela pensa que é pra roubar minha Lauren desse jeito? Até parece que Lauren ama ela. Lauren e eu também já fomos namoradas, foi uma coisa intensa, uma coisa gostosa. Se essa Camila pensa que vai roubar a Lauren de mim, ela está muito enganada!

Camila Cabello Pv

Voltamos para o dormitório por volta dás 03:00min horas da manhã. Eu sentia um certo nervosismo; o fato de ser pega em flagra pela diretora era muito grande. Andamos rastejando para que nenhum barulho fosse ouvido. Dinah e Lucy foram para os seus devidos quartos, Lauren e eu fomos para o nosso.

- Graças a Deus não fomos pega.  - Falei tirando meu sapato.

- Acho que seria um pouco difícil de sermos pegas, porque já está bem tarde e a diretora deve estar no quinto sono já. - Ri

- Pode ser também. - Falei.

- Olha, já que a gente ainda tá acordada... - Lauren vinha em minha direção.

- Vou tomar um banho, quando eu sair...a gente namora um pouco tá?! - Lauren fez um cara de decepção.

- Posso tomar banho com você?

- Não! Quando eu sair você entra e toma. E não faz essa cara de cachorro sem dono.

- Tá bom, sem graça. - Ela revirou os olhos e se jogou na cama.

Peguei minha roupa de dormir e entrei no banheiro. Tirei minha roupa por completo até entrar embaixo do chuveiro. A água fria caía sobre minha pele feito um cascata. Lavei meu cabelo com bastante calma, fechei os olhos para relaxar um pouco.

Saí do banheiro e encontrei Lauren nua.

- Por que você está pelada Laur?

- Eu vou tomar banho, esqueceu?

- Mas precisa ficar pelada no quarto? Vai que entra alguém aqui.

- Eu tranquei a porta, fica tranquila. 

Eu admirava o corpo da minha namorada da cabeça aos pés. Lauren era simplismente a garota mais linda que conheci em toda minha vida. Não havia defeito nessa mulher, ela é perfeita por completo. Você consegue imaginar vê Lauren Jauregui nua bem na sua frente? E poder fazer o que quiser com aquele corpo delicioso?.

Ela andava indo em direção ao banheiro quando a puxei pelo braço fazendo a mesma voltar pra trás.

- Você é um pecado Lauren! -Abocanhei sua boca com agressividade, envolvi meus braços em sua cintura e os braços dela foram de encontro com o meu pescoço. Joguei ela em cima da cama e fui tirando minhas roupas bem rápido.

- E hoje eu quero pecar bastante -Falei

Subi em cima dela e novamente beijei sua deliciosa boca. As mãos de Lauren foram até minha bunda, onde apertou. Beijei seu pescoço e dei uma chupada, deixando com facilidade a  região vermelha. Fui descendo com os beijos até o seu seio direito, abocanhei o mesmo, com a minha mão, massagiei o seio esquerdo. Lauren arfava a cada mordida de leve que eu dava em seu peito.

- Você é deliciosa Lauren. - Falei ofegante.

Fui descendo até chegar em sua intimidade, depositei beijos no local, Lauren agarrava o lençol da cama com força. Deslizei meus dois dedos até a sua entrada.

- Acaba logo com isso Camila...pelo amor de Deus. - Lauren tinha a voz falha e rouca.

Penetrei mais dois dedos bem devagar dentro da Lauren, a mesma soltou um gemido. Intensifiquei mais os movimentos dos meus dedos. Olhei pra Lauren e mantinha os olhos fechados e a boca aberta no formato de um perfeito O. Os gemidos da Lauren estavam cada vez mais altos, eu não ligava, eu só quero foder ela a todo custo.

Fui tirando devagar meus dedos de dentro da Lauren, a mesma tinha a respiração bastante ofegante. Subi trilhando seu corpo com beijos até chegar em sua boca.

- Você voltou da festa animada hein. - Lauren falou olhando pra mim. - Gostou de pecar?

- Com certeza não irei pro céu. - Deitei minha cabeça em seus seios e pegamos no sono.

(...)

Eu ouvia de longe batidas na porta, o barulho foi aumentando até me acordar de vez. Eu ainda estava na mesma posição que deitei. Olhei pra Lauren e ela parecia estar em um sono bom. Sorri ao lembrar de hoje mais cedo. O barulho na porta ficava cada vez mais alto, me levantei devagar para não acordar a Lauren, percebi que ambas estavam completamente nuas. Vesti minhas roupas que estavam espalhadas pelo chão e abri a porta.

- Meu Deus, pensei que vocês tinham morrido. - Dinah falou entrando no quarto.

- Calma, a Lauren est... - Não adiantou, ela entrou no quarto e se deparou com Lauren nua em cima da cama. Assim que avistou ela, Dinah desviou o olhar para a parede.

- Agora já sei porque você não foram pra aula,..transaram a noite toda e perderam a hora.

- O QUÊ? PERDEMOS A HORA? - Lauren levantou da cama em um solavanco assim que gritei.

- O que houve? - Quando ela viu Dinah parada no quarto, tratou a colocar suas roupas rapidamente. Mas voltou a se deitar.

- Perdemos a hora. - Falei

- E por que você está gritando amor?

- PORQUE PERDEMOS A HORA! - Gritei

- Meu Deus, não é o fim do mundo. - Lauren disse bem calma.

- Ah não? As provas estão chegando e não podemos perder uma aula se quer. - Peguei meu celular e arregalei os olhos. - MEU DEUS, PERDEMOS DUAS AULAS.

- Calma Mila, vocês podem pedir a matéria para o Liam depois, aproveitem que já está na hora do intervalo e vão tomar café, quer dizer, almoçar. - Falou minha amiga rindo

- Não tem graça.

- Vou tomar um banho rápido. - Lauren se levantou e foi para o banheiro. Dinah se despediu de mim e saiu. Assim que Lauren saiu do banheiro, eu entrei. Tomei um banho rápido e saímos.

Ficamos no refeitório almoçando. O sinal tocou e fomos para nossas salas.

Três tempos de filosofia, isso é muito castigo. Lauren como sempre, ficou dormindo a aula toda, ainda não sei como ela consegue tirar dez em quase toda as matérias. A aula foi chata do início ao fim. Deus ouviu meus pedidos fazendo o sinal tocar. Saímos da sala e fomos ao encontro das minhas amigas.

- Olha o casalzinho vindo aí. - Ally falou

- Olá. - Falei me sentando perto delas.

- O que você resolveu sobre a festa Lauren? - Perguntou Dinah

- Vou mandar uma mensagem pra minha irmã ainda hoje perguntando quando meu pai viajará novamente.

- Podemos fazer a festa assim que entrarmos de férias, o que acham? - Minha amiga baixinha falou

- Ótima idéia Ally. - Falei

- Por mim tudo bem. - Foi a vez da Lauren falar. - Esse final de semana eu já vou organizar tudo.

- Eu posso te ajudar Laur. - A praga da Lucy apareceu atrás da Lauren. A mesma apoiou seu braço no ombro da minha namorada. Eu não conseguia engolir essa garota de jeito nenhum.

- Eu vou ajudar ela. - Falei me levantando e puxando Lauren pra perto de mim.

- Quando mais gente melhor, né Laur? - Que garota a proveitadora.

- Também acho, Mila. - Meu Deus, Lauren é tão "inocente assim"?

- Oi meninas. - Liam e Joe apareceram

- O-oi Liam. - Normani falou ajeitando seu cabelo. Ri da cena, minha amiga estava extremamente nervosa.

- Do que vocês estão falando? - Perguntou Liam

- Da festa que a Lauren vai dar quando entrarmos de férias.  - Lucy abraçou Liam pela cintura. Olhei Normani e ela tinha expressão de raiva.

- Você e Normani são nossos convidados Vips. - Lauren falou.

- Por quê nós dois?

- Ah Liam, porque você é meu melhor amigo e Normani melhor amiga da Camila. Né amor? - Lauren me lançou um olhar de cúmplice

- Isso mesmo. - Sorri

- Com certeza eu vou na festa, eu preciso pegar a sua irmã, Laur. - Esse Liam é um babaca mesmo. Normani se levantou e saiu. Tentei ir atrás dela, mas Ally me impediu

- Deixa que eu vou Mila. - A baixinha saiu correndo atrás da amiga.

- Porra Liam! - Lauren deu um empurrão em seu amigo.

- O que eu fiz?

- Bora cara. - Joe chamou Liam e os dois saíram dalí.

- Enfim, estou ansiosa pra festa. - Dinah quebrou o silêncio.

- Todas nós estamos. - Falei - Vou lá no dormitório gente, eu já volto.

(...)

Eu estava sentada na minha cama quando a porta foi aberta.

- O que você está fazendo aqui? - Lucy não me deu atenção, ela entrou, fechou a porta e se sentou na cama da Lauren.

- Quero falar com você.

- Não tenho nada pra falar com você! Saí daqui por favor. - Lucy se levantou e começou a mexer nas coisas da minha namorada. - Não mexa nas coisas da Lauren!

- Não sei qual é o seu problema comigo Camila. - Ela falou da forma mais cínica possível - Eu nunca te fiz nada.

- Eu não tenho nada contra você! - Menti. Lucy se aproximou de mim e parou na minha frente.

- Ah não? Então por que fica toda estressadinha quando estou por perto?

- Eu fico normal.

- Não fica não.

- Você não sabe de nada! - Eu sentia meu sangue ferver

- Olha Camila, Lauren é minha amiga, só isso, ok? O que rolou entre eu e ela ficou no passado.

- Como assim o que rolou entre vocês? - Que eu saiba Lauren e Lucy sempre tiveram apenas amizade.

- Ué, Laur não te contou que nós fomos namoradas?

- Como é que é?


Notas Finais


Lucy fdp!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...