História Nobody can save me - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Como Treinar o seu Dragão, Fairy Tail, Mitologia Egípcia, Mitologia Grega, Mitologia Irlandesa
Personagens Acnologia, Alvin, o Traiçoeiro, Alzack, Angel, Aquarius, Aries, Astrid, Bacchus Groh, Bafo e Arroto, Banguela, Batatão, Bickslow, Bisca Connell, Bocão, Brandish μ, Briar, Cabeçadura Thorston, Cabeçaquente Thorston, Caminhante do Vento, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Charlie, Chelia Blendy, Crux (Kurukkusu), Dan Straight, Dente-de-Anzol, Doranbolt, Droy, Elfman Strauss, Erik (Cobra), Erza Knightwalker, Erza Scarlet, Eve Tearm, Evergreen, Flare Corona, Freed Justine, Fúria da Noite, Furioso, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Grandeeney, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Hibiki Lates, Horologium, Hughes, Ichiya Vandalay Kotobuki, Igneel, Irene Belserion, Ivan Dreyar, Jackal, Jellal Fernandes, Jenny Realight, Jura Neekis, Juvia Lockser, Kagura Mikazuchi, Karen Lilica, Kinana, Kyouka, Laki Olietta, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Lector, Leon, Levy McGarden, Libra, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Ashley, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Lyra, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Melequento, Meredy, Mest, Metalicana, Michelle Lobster, Mickey Chickentiger, Midnight, Mikuni Shin, Millianna, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Mosca da Tempestade, Mystogan, Nashi Dragneel, Natsu Dragion, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Norberto, o Demente, Ophiuchus, Orga Nanagear, Pantherlily, Perna-de-Peixe, Personagens Originais, Pisces, Presa de Odin, Ren Akatsuki, Risley Law, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Ruby Strum, Rufus Lore, Sayla, Scorpio, Sherry Blendy, Silver Fullbuster, Skiadrum, Soluço, Sombra Mortal de Três Cabeças, Sting Eucliffe, Stoico, Tauros, Taurus, Ultear Milkovich, Ur, Valhallarama, Virgo, Wanaba, Warren (Edolas), Warren Rocko, Weisslogia, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Visualizações 8
Palavras 1.122
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eai pessoal mais um capítulo e aí o título não está errado esse r primeiro capítulos eram os do prólogo. Chester não é o protagonista da fic quem e realmente a protagista e a Eleiz.

Bem a partir de agora vai ser complicado trazer os capítulos pois estou entrando em semana de prova.

Música pra ouvir enquanto os esse capitolo: Meu caminho ( AMV do canal animes rap no YouTube então procurem e olhem na descrição do vídeo o nomé do cantor.)

Capítulo 4 - IV- Fim do prólogo começo da historia


Fanfic / Fanfiction Nobody can save me - Capítulo 4 - IV- Fim do prólogo começo da historia

                                         AUTOR ON.

  Aquela situação deixou Eleiz muito aterrorizada , ver seu herói ser empalado em sua frente sem poder fazer nada, a pessoa que te ajudou desde quando você estava quase sendo atropelada até quando foi atacada em uma floresta mesmo não tendo que fazer nada para ou com você já que nem se conhecem direito, mesmo assim essa pessoa te acolheu e te protegeu como se você fosse o seu bem mais precioso.

  Querendo acabar logo com aquilo , Eleiz em um movimento de rendição anda em direção ao seu inimigo, mas surpreendentemente é impedida por Chester que a empurra e manda que a mesma fuja daquele local já que não é nada seguro ela ficar lá…

   _ Chester!_ Com lágrimas nos olhos Eleiz se recusa a ir embora, ainda querendo salvar a pessoa que mais se importa com sua saúde tanto mental quanto física._ Eu não posso te deixar aqui para morrer eu simplesmente não posso fugir.

   _ Pare de chorar Eleiz!_ Depois de ser perfurado o inimigo de Chester simplesmente sumiu do mapa com se nunca estivesse lá e como se fosse só uma alucinação._ Você fica muito melhor sorrindo! Então sorria seja a menina amável que você é que sempre será._ Completou Chester com um sorriso no rosto como se nada tivesse acontecido.

   _ Como você pode me mandar seguir em frente e sorrir sendo que você está aí nesse estado deplorável._ Ainda chorando retruca a garota._ Depois de tudo que você fez por mim eu não posso simplesmente lhe deixar aqui para morrer como qualquer um…

  _ Me escute garota! _ Disse Chester com a voz já fraca ._ Siga seu caminho seja feliz seja forte e para você não se esquecer de mim tome isso.

  Chester aproveita que Eleiz estava mais péssima de si e a beijou, mas não como estivesse apaixonado pela a mesma. E sim como forma de passar seu sangue até a garota.

   Que apoia sentir o gosto do sangue de Chester começou a se sentir muito estranho era visível que seu corpo estava mudando, mas não está isso que a mais a preocupava e sim a situação de Chester. Queria muito que o garoto que a salvou inúmeras vezes sobrevivesse a aquele ataque.

  Mas era evidente que isso era uma coisa impossível de acontecer.

  _ Mas e você?_ Ainda chorando a garota se sentia culpada por não ser forte o suficiente._ Eu tenho que levá-lo a algum médico para te tratar.

   _ Você não tem que fazer nada que disse!_ Mais uma vez disse Chester com a voz bem enfraquecida, mas ainda sim muito firme._ Me deixe viva eu a vida é e nunca deixe de sorrir!_ De novo depois de tais palavras Eleiz se pôs a chorar como uma criança perdida sem sua mãe ._ Enquanto a mim nobody can save me ( ninguém pode me salvar), então siga seu caminho.

  Chester finalmente fechou os olhos acabando com todo seu sofrimento tentando fazer com que a garota que o mesmo salvou de ser assassinada assistiu o mesmo ser assassinado e mesmo sabendo que aquilo irá a marca para todo sua vida não tirou de seu rosto o seu inigualável sorriso que contagia a muito a mesma.

  Que nunca mais poderia ver o sorriso que a sempre animava. Eleiz seguiu o conselho de Chester e com lágrimas nos olhos continuou sua jornada para mostrar que não era mais uma anja fraca, pois logo depois que Chester lhe deu um pouco de seu sangue a mesma começou a mudar , mas uma mudança boa não ruim.

  Ela sentia seu lado angelical desaparecendo e  seu sentimento de amor, paz e felicidade se tornando raiva, tristeza e amargura juntamente com um ódio crescente em seu corpo.

   Começou a sentir fome mais precisamente cede e não era um sede que normalmente sentia de água e sim de sangue. Ainda sentia a textura e o gosto do sangue de Chester em sua garganta.

 A Partir daquele momento percebeu que não era mais a mesma.


       [ LONDRES- INGLATERRA / CASTELO 5 MINUTOS DEPOIS DA MORTE DE CHESTER ]

 

 Ed depois de receber a notícia sobre seu irmão foi direto para seu quarto para que ninguém do palácio o visse chorando por seu irmão traidor e considerado morto. Mas do mesmo feito com que todos do mundo considerarem seu irmão como um traidor ele continuava continuará sendo o seu irmão amado e que sempre o protegeu.

              ED ON.

  Isso realmente tinha que acontecer com o meu irmão ? Eu sei que errei ao expulsar meu irmão e tratar ele como se não existisse, mas depois que o mundo descobriu sua espécie e magia eu não poderia fazer mais nada. Até porque eu fui obrigado a me tornar rei , pois quem seria o rei era o Chester mas que droga tudo na minha vida dá errado.

  _ Pense melhor vossa majestade. _ Que voz é essa isso parece que tá vindo lá de fora mas não tem nada lá. _ Se acalme eu sou se Akaza.

 _ O que é um Akaza?

 _ Nós somos espíritos/ almas que nos unimos a uma pessoa e as protegemos em troca de algo que elas têm.

 O que esse maldito ladrão acha que pode me tomar o Reino com essa chantagem tão fraca e é melhor ele pensar em uma maneira melhor de tentar tomar o meu Reino que desse jeito não vai da.

 Ele realmente achou que só porque estou fragilizado pela a morte do meu irmão isso quer dizer que eu fiquei burro e  melhor ele realmente sumir daqui antes que eu mesmo o mate. Pois mesmo existindo agora criaturas místicas e várias raças diferentes eu não vou cair nessa coisa de Akaza.

                        AUTOR ON.

  Realmente aquela história de Akaza não iria convencer Ed a fazer nada nem mesmo por seu Reino isso iria convencê-lo a fazer alguma coisa . Mas pelo tom de voz que a tal criatura usava parecia ter realmente oque a mesma o informava era algo muito sério.


          1 hora depois.


    O tal Akaza explicou tudo que havia de ser explicado para o príncipe da Inglaterra que aceito tudo e iria sim fazer o contrato com o Akaza , e deu graças aos deuses já que seu quarto era Grande o suficiente para fazer tudo o que precisava ser feito.

        

                [ Porto do Japão]


    Eleiz ainda chorando para de correr e percebe que já não Jane mais onde está está é um local totalmente novo aonde a mesma nao não sabia oque estava está acontecendo a única coisa que sabia com certeza  é que estava sozinha e perdida.

  Mas mesmo chorando se sentia forte e a partir daquele momento parou de chorar e prometeu ser forte.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...