História Nobody Can Touch You - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camren G!p
Exibições 382
Palavras 1.422
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Slash
Avisos: Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi gente! bom... essa é a minha primeira fic então peguem leve comigo eu sou sensível (brincs). por ser minha primeira vez resolvi escrever uma one shot só pra testar kjdkasjk

beijos e aproveitem!!

Capítulo 1 - Capítulo Único


"Porra, Troye, estou dolorida!" Camila meio que gemia, meio que resmungava, deitada no sofá do apartamento de seu amigo.. 

 
Troye riu e se sentou, colocando as pernas de sua amiga em seu colo. "Que tipo de coisa maluca vocês duas pervertidas fizeram desta vez?" 
 
Camila revirou os olhos. "Lauren foi realmente agressiva ontem à noite, nós nunca fizemos um sexo tão brutal. Porra eu me sinto desconfortável quando eu me sento, ela literalmente me fodeu inteira. " Ela suspirou e fechou os olhos, sentindo-se cansada. "Você vê, ela estava louca porque Shawn estava meio que flertando comigo na festa e ela ficou realmente possessiva. Ela me tratou como se eu fosse sua propriedade." Ela levantou os olhos, olhando para seu amigo. "Ok, eu não vou mentir, eu gostei muito, eu tive toneladas de prazer, mas quando eu tive o suficiente, ela ainda queria mais ..." 
 
"Ela não te estuprou, não é?" Perguntou com os olhos azuis arregalados. 
 
"O que?? não!" Ela franziu o cenho. "Lauren nunca faria tal coisa, mas ela estava realmente excitada e louca e eu queria mostrar a ela que eu era só dela, que ela poderia fazer o que ela quisesse comigo Então eu ... Bem, eu deixei ela me bater e foder minha bunda." Ela disse, cobrindo o rosto com ambas as mãos. 
 
"Oh ... Agora eu entendo porque você está tão dolorida." Ele riu, acenando com a cabeça. 
 
"Troye, dói, dói muito, como você pode aguentar todos os dias?" 
 
Troye riu. "Sim, eu queria que fosse todos os dias ..." Ele suspirou. "De qualquer maneira, é claro que dói. Era a sua primeira vez, então fica melhor e você começa a gostar." 
 
Foi a vez de Camila suspirar. "Sim, bem ... Pelo menos ela gostou. Ela realmente gostou ... Deus, ela é um animal assim às vezes!" Ambos riram e Camila deixou escapar um suspiro ao lembrar da noite com Lauren. 

"de costas Camila e coloque sua bunda no ar." ela ordenou, golpeando o cinturão de couro dobrado contra sua própria palma.  
 
Camila obedeceu, rolando em seu estômago colocando seu bumbum bronzeado no ar, mostrando-o para a garota de olhos verdes. Lauren puxou o cinto atrás de sua cabeça, trazendo-o para baixo no traseiro da garota, um som de algo batendo na pele cortou o ar. Camila soltou um grito, aproximando-se para esfregar sua bunda, mas Lauren golpeou as mãos de Camila com o cinto. " Mantenha suas mãos acima de sua cabeça!" Lauren cuspiu.  
 
Lauren continuou a bater em Camila até que seu traseiro ficar em uma cor vermelha ardente e os vergões começaram a aparecer em sua bunda. Lauren recuou, admirando seu trabalho na bunda de Camila, sorrindo para si mesma. Camila continuou a choramingar com a sensação de ardencia em ambas as bochechas. Ela estava quase certa de que sua bunda ia ficar marcada e dolorida por algum tempo.  
 
Lauren pegou seu membro duro pela base, nem mesmo avisando ou preparando Camila antes de bater seu grande pau no buraco apertado da garota. Camila soltou um grito, contorcendo-se contra o comprimento de Lauren. A mais velha não parou, ela continuou a estocar em Camila.  
 
"A quem você pertence?" Lauren sibilou, indo tão profundo em Camila que ela quase pensou que havia penetrado suas bolas na garota.  
"Você-L-Lauren!" Camila gritou, arranhando os lençóis, enterrando o rosto no colchão.  
 
As estocadas de Lauren começaram a ficar mais fortes e seus testiculos batiam com força na bunda de Camila. Com mais três investidas fortes Lauren gozou dentro de Camila trazendo a morena junto com seu ápice.   
"Você acha que eu a puni o bastante?" Lauren ofegou enquanto saia de dentro da morena, um grunhido leve em sua voz.  
  

"Eu gostei." Camila sorriu. 
 

 
"Sério, sis, eu realmente acho que você deveria falar com o Shawn, o cara está sempre flertando com você, ele não se importa se Lauren está por perto ou não. Se eu fosse Lauren, eu estaria chutado ele nas bolas até agora. " Disse o homem moreno, balançando a cabeça. 
 
Camila suspirou. "Troye, ele não faz isso de propósito, somos amigos desde o colegial, então é normal que tenhamos alguma intimidade ... Shawn é um cara legal." 
 
Troye revirou os olhos. Como sua amiga poderia ser tão ingênua? Aquele homem queria transar com ela. "Camila, Shawn é mais do que um simples amigo, ele é o seu namorado do colegial, seu ex. Como você acha que Lauren se sente cada vez que ele diz como seu sorriso é lindo ou quando ele diz que se perde em seus belos olhos? Quando ele 'acidentalmente' passa a mão na sua coxa? Realmente, você não pode culpar Lauren por estar furiosa. " 

Camila não disse nada dessa vez porque odiou dizer isso, seu amigo estava certo. 
 
"Eu juro da próxima vez que o voz de esquilo colocar suas patas em Camila eu vou castrá-lo!" Disse uma Lauren fumegante para sua melhor amiga, cruzando os braços sobre o peito. 
 
"Se você fosse eu, teria dado um chute em seu traseiro, como eu fiz com o idiota, Arieta, quando ela começou a flertar com Dinah naquela festa ano passado." Disse a morena, um sorriso confiante plantado em seus lábios. 
 
Lauren franziu o cenho. "Acho que ela se chamava Ariana, não Arieta." 
 
Normani revirou os olhos. "E quem se importa com o nome da merdinha?" "A coisa é que você tem que mostrar ao Shawnesa o que acontece quando você brinca com a Lauren, porque honestamente Lauren, você ficou mole desde que começou a namorar com a bunduda". 
 
Lauren queria rir disso. "O que você está dizendo, Normani? Estou namorando Camila há três anos!" 
 
Normani assentiu. "Exatamente!" 
 
"Ah cala a boca, puta!" 
 
"Oh, certo, você não pode, porque você ficou molenga! " Normani riu. 
 
"Não é engraçado." 
 
Normani ainda estava sorrindo. 
 
" Ah foda-se." Lauren disse, fingindo um sorriso. 
 
"Seja o que for, maria mole." Normani levantou-se, agarrando a bolsa. "Tenho que ir, jantar em família e tal. Não se esqueça de falar com a senhora no fim de semana". 
 
Lauren apenas acenou com a cabeça. "Até mais." 
 
Normani abriu a porta para sair quando Camila estava prestes a abri-la com a chave. "Ei, Camila." Ela cumprimentou-a com um sorriso sincero. A verdade é que ela realmente gostava de Camila. 
 
"Oi, Mani. Você vai embora?" Perguntou a cubana, com um sorriso correspondente. 

Normani assentiu. "Sim, vou jantar com os pais da Dinah, vejo você neste fim de semana, Camz, tenho que ir, tchau." A morena saiu da casa e correu para o carro.
 
Camila entrou na casa, fechando a porta e sorriu carinhosamente para a namorada que ainda estava sentada no sofá. "Oi Bebê." Ela caminhou até ela e se sentou em seu colo, beijando-a. 
 
"Ei querida, como você está se sentindo?" Lauren começou a passar suas mãos para cima e para baixo na cintura da morena suavemente. 
 
"Com dor." Camila pousou a cabeça no ombro de Lauren a maior beijou sua testa. 
 
"Sinto muito, meu amor, eu me empolguei um pouco." 
 
Camila riu suavemente. "De qualquer forma, está tudo bem, amor, não posso dizer que não gostei." 
 
A morena sorriu. "Ah, você gostou, hein?" 
 
Camila revirou os olhos e bateu no braço de sua namorada. "Idiota!" 
 
Lauren riu. "Ah, mas eu sou sua idiota, certo?" Ela beijou o pescoço da latina e Camila derreteu. 
 
"É claro que você é, minha e só minha." 
 
Elas se beijaram apaixonadamente por alguns minutos antes de se afastarem. 
 
"Hey amor, Mani e Dinah vão passar o fim de semana na cabana dos pais e elas nos convidaram para ir com elas. Você quer ir?" Perguntou Lauren, apertando as coxas de sua garota. 
 
Camila sorriu com a idéia. Era exatamente o que eles precisavam, um fim de semana longe de tudo. Era simplesmente perfeito e a chance de Camila fazer Lauren esquecer toda a "questão Shawn" e passar algum tempo sozinha com sua namorada e melhores amigos sem brigas, ciúme ou drama. 
 
"Sim, eu quero ir." 
 
Lauren sorriu e beijou seus lábios. "Ótimo." 
 
"Você sabe que eu te amo, certo? Você sabe que você é a única para mim, não é?" A cubana acariciou o cabelo de sua namorada, olhando-a nos olhos. "Ninguém pode destruir esse amor que compartilhamos, nem Shawn, nem ninguém". 
 
Lauren apenas sorriu, balançando a cabeça. Camila a amava, ela sabia disso. A latina prova para ela todos os dias e Shawn Mendes (ou qualquer outra pessoa) nunca poderia mudar isso. Camila era dela e ela se asseguraria que o homem entendesse isso. 
 
Porque o que é dela ninguém pode tocar.


Notas Finais


e é isso ai amores espero que tenham gostado
beijo no canto da boca e até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...