História Nobody is of nobody - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aruan Felix, Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?)
Exibições 50
Palavras 2.298
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Salve, people.Tudo beleza?Desculpa o atraso.Grande abraço.

Capítulo 37 - What goes around, comes around


Fanfic / Fanfiction Nobody is of nobody - Capítulo 37 - What goes around, comes around

#Aruan
Cellbt parecia em choque olhando para mim.
Eu:Eita.Tá tudo bem, Rafa?
Ele olhou pro anel em seu dedo e depois para mim.
Eu:Você tá bem?Quer um copo d'água?Tá branco igual um fantasma, cara...
Ele respirou fundo e olhou pro anel de novo.
Cellbit:Você tá falando sério?De verdade mesmo?
Eu:Claro, ora.Cê acha que eu ia brincar com isso?
Cellbit:Sei lá.Você é meio retardado...
Eu:Nem tanto né(risos).E ai, qual sua resposta?
Cellbit:Aruan, é óbvio que não...
Eu:Nossa, que grosso, hein.-disse levantado do colo dele
Ele levantou e me abraçou.Uma lágrima já estava caindo pelo meu rosto,ele a limpou e deu um beijo no meu rosto.
Cellbit:Olha pra mim...
Olhei e ele acariciou meu rosto.
Cellbit:Aruan, eu te acho um cara incrível, sério mesmo.Você é divertido, fofo, gentil, trepa bem...(risos).Mas eu não acho que esse seja o momento para isso.Além de eu ser um cara todo errado, eu sei que você ainda tem sentimentos pelo Lukas e pelo bosta do Ine...Acredite em mim, é o momento errado e eu sou a pessoa errada.
Eu:Mas eu gosto mesmo de você..
Cellbit:Pois não deveria...Eu sou só mais um idiota que vai acabar machucando seu coração.Você merece alguém melhor.Vem cá...-disse pegando na minha mão
Ele colocou a bolsinha com o pomo em cima da mesa e me puxou para deitarmos no sofá.Enquanto eu chorava com o rosto afundado no seu peito ele fazia cafuné em mim.
Cellbit:Eu não mereço nenhuma de suas lágrimas, Aruan.Poxa, o que conversamos daquela vez?Se a pessoa não te quer, problema é dela...Você tem que me mandar ir me foder e não chorar por mim.
Eu:Para de falar essas coisas, caralho.-disse dando um beijo nele 
Enquanto me beijava, Cellbit acariciava minha nuca e minha cintura me deixando com mais vontade de ser dele.Era tão bom ficar com ele e eu sabia que ele gostava de ficar comigo também.Mordi seu lábio e me afastei para olhá-lo.Eu já não chorava mais e ele sorriu.
Cellbit:Assim é bem melhor, Aruan...Nada de chorar feito bobo.Só quero ver sorrisos nesse lindo rostinho(risos)
Eu sorri e ele me puxou de volta me beijando cheio de desejo.Ele desceu a mão até minha bunda e a apertou sorrindo vendo eu soltar um gemidinho manhoso.Virei seu rosto e comecei a beijar seu pescoço..
Cellbit:Ai, Aruan-gemeu baixinho no meu ouvido me puxando contra seu corpo.
Eu parei e fiquei olhando para ele.
Cellbit:Que foi, Aruan?-disse acariciando meu rosto
Eu:Você só quer sexo comigo, é isso?Você só gosta de mim pra trepar?
Cellbit:Não é isso, Aruan.Eu quero seu bem, cara.Eu sei que se tivermos algo além de amizade e sexo eu vou te magoar.Eu sou super estúpido falo merda pra caramba.Sou a pior pessoa pra se ter um relacionamento .
Eu:Me dê um exemplo de merda que você já fez pra ser tão ruim eu namorar você.
Ele ficou pensativo e suspirou depois de um tempinho.
Cellbit:Ah, eu fiquei me gabando de ter transado com você.Falei um monte de besteira para um amigo meu sobre coisas nossas.
Eu:Você contou sobre nossa intimidade?Você é retardado por acaso?
Cellbit:Eu disse que eu era um idiota...

#Cellbit
Aruan segurou firme meu rosto e olhou dentro dos meus olhos.
Atuam:O que você contou pra ele,Rafael?Que eu te fodi todinho?Que você se delicia com meu pau e bebe até a última gota da minha porra?Que você é tão gamado na minha pica que você vem todo dia na minha casa como uma cadelinha no cio implorando para eu te foder?-ele deu dois tapinhas no meu rosto-Depois me fala quem é o seu amiguinho pra eu comer ele do mesmo jeitinho que comi você.Vai ver ele é até mais gostoso e fode melhor que você...
Engoli em seco e desviei o olhar do dele.
Aruan:Vai chorar, bebê,?Acho que isso é falta de alguma coisa...Ah, já sei, quer leitinho?(risos)
Eu:Você é um babaca mesmo-disse com a voz embargada
Estava com ódio de mim por dar esse gostinho dele ver que tinha me atingido.Ele lambeu meus lábios e sorriu.
Aruan:Não fica triste.Até que você é gostosinho(risos)
Eu:Para de me tratar assim, porra.Tem necessidade nenhuma ficar sendo escroto comigo...-disse com uma lágrima escorrendo
Por que doía tanto ouvir ele falando aquelas coisas para mim?Limpei a lágrima mas logo outra desceu.Por que aquilo me atingia tão fortemente?
Aruan:Ah, bebê, não chora.-disse limpando a lágrima e sorrindo.-Parece até a lágrima que sai dos seus olhos quando eu meto em você com força demais(risos)
Eu:Vai se foder, seu idiota.-disse empurrando ele pra me levantar 
Ele me segurou firmemente e ficou olhando para mim.
Eu:Eu quero ir embora.Dá pra me soltar?
Aruan:E por que você quer ir?
Eu:Porque você tá sendo um idiota estúpido comigo me tratando mal, cacete.Eu não sou obrigado a aturar suas grosserias, Aruan...
Aruan:Você faz merda e ainda quer que eu te trate com carinho?Carinho esse que você mesmo jogou na porra do lixo quando te pedi em namoro ainda agora...
Fiquei em silêncio e ele me soltou saindo de cima de mim.Ele sentou na beira do sofá e ficou olhando pra suas mãos.
Eu:Desculpa, Aruan...Eu nunca quis te magoar.
Ele me olhou e suspirou. 
Aruan:Desculpa falar com você desse jeito também...To de cabeça quente e cansado...Depois a gente conversa melhor.Tem um quarto vazio lá em cima.Dorme aqui, não vai embora nessa chuva e tarde desse jeito que é perigoso.Boa noite, Cellbit.-disse acariciando minha mão.
Ele ia se levantar mas eu o segurei para ele continuar sentando.Comecei a beijar seu pescoço e levantar sua camisa acariciando seu abdômen.
Eu:Fica aqui comigo..-sussurrei mordiscando o lóbulo de sua orelha
Aruan:Cellbit, melhor não.A gente vai acabar brigando de novo e não to nenhum um pouco afim disso agora...Boa noite.-disse se levantado
Ele subiu as escadas e eu o acompanhei com o olhar.Pqp.Que merda, eu realmente o tinha magoado.Olhei pro anel em meu dedo e suspirei.Por que as pessoas tem essa mania de complicar tudo?Por que sempre querem se prender umas as outras?Já estava bom sem isso e eu o fazia bem...então pra que querer rotular e nos meter numa relação que provavelmente só ia nos machucar?Nós somos tão diferentes, será que ele não vê isso?Será que ele não vê que nunca ia dar certo eu e ele numa relação amorosa?Deitei no sofá e coloquei a mão no rosto.Respirei fundo e senti o cheiro do seu doce perfume que tinha ficado grudado na minha pele.O problema nem era esse.O problema é que eu estava viciado em Aruan e ele estava grudado na minha mente também.

#Ronaldo
Eu e Arthur levantamos bem cedinho para pegar nosso voo.Minha mãe nos levou no aeroporto e se despediu emocionada.Ela abraçou Arthur e deu um beijo no seu rosto.
Mamãe:Toma conta do meu filho, tá bom?
Eu:Mãe, eu já sou bem grandinho...(risos)
Mamãe:Mas não se cuida como deveria.O Arthur é mais responsável que você, Ronaldo.
Eu resmunguei e eles riram.
Arthur:Pode deixar que vou cuidar direitinho dele, dona Cecília.(risos)
Me despedi da minha mãe e embarcamos.Durante a viagem conversamos e ouvimos música dividindo o mesmo fone.Arthur era tão divertido e eu adorava a sua companhia.Era bom demais tê-lo ao meu lado nesse momento da minha vida e eu iria aproveitar cada segundo.

#Aruan
Levantei e Cellbit estava dormindo todo torto no sofá.Fui na cozinha e preparei meu cafe da manha.Suspirei ao perceber que já estava tão acostumado com ele que automaticamente fiz o café dele também.
Cellbit:Vim atraído por esse delicioso cheiro de café...(risos)
Me assustei e me virei vendo que ele estava parado encostado no batente da porta me olhando.
Cellbit:A propósito, bom dia...-disse sorrindo
Eu:Bom dia, Cellbit...
Ele se aproximou e deu um beijo no meu rosto.Olhei para baixo e me afastei .
Eu:Ah, o Felps me ligou ainda agora.Ele queria saber se você ainda ia no cinema já que você não atendeu o celular e geral já tá indo pro shopping.
Cellbit:Caralho, me esqueci.-disse botando a mão na cabeça.-Puta merda.Todo mundo deve tá puto comigo...
Eu:Relaxa, já avisei que você ia se atrasar.Pode tomar café tranquilo...
Ele respirou aliviado e encheu a xícara de café.
Cellbit:Obrigado, Aruan.
Sentamos na sala e tomamos o café da manhã(que era da tarde na verdade) em silêncio vendo Hércules.Assim que terminamos ele pegou suas coisas e eu levantei para abrir o portão para ele.Ele saiu com o carro e abriu a janela olhando para mim.
Cellbit:Tem certeza que você não quer ir?Todos os meninos vão...Eu espero você se arrumar se você quiser...
Eu:Melhor não...Eu estou cheio de dor de cabeça, vou ficar por aqui mesmo.
Cellbit:Então tá bom...Você é que sabe...Ate mais.
Eu:Até...

#Cellbit 
Encontrei o pessoal e decidimos ir no Outback já que cheguei tão atrasado que não tinha mais sessão do filme que queríamos ver.
Júlio:Cadê o puto do Aruan, Cellbit?
Igão:É mesmo...Só falta ele para completar o bonde.
Eu:Ele não vem... 
Pyong:Ih, já vi que o casal brigou...(risos)
Bufei e revirei os olhos.
Gusta:Já vi que alguém dormiu no sofá essa noite(risos)
Castanhari:Quando briga muito assim é porque tem amor envolvido...(risos)
Daniel:Cês brigaram mesmo?
Eu:Gente, ele só tá com dor de cabeça, é isso.
T3ddy:Só acho que dor de cabeça de cu é rola(risos)
PedroHMC:Po, Cellbit, assim não dá.Esperava mais de vocês.Depois daquele snap dele eu pensei que cês tinham transado loucamente e você vem com papinho de dor de cabeça?(risos)
Henry:Pode crê.Quando vocês vão assumir que estão juntos?Porque já tá na cara que tá rolando alguma coisa...(risos)
Eu:Cês estão viajando demais.Não tá rolando nada, eu e Aruan não estamos junto.Agora vamos mudar de assunto que já tá chato isso...
Luba:Não é por nada não, mas vocês sozinhos na casa dele de noite, ele faz surpresinha, você dorme lá...Ta rolando sim e tá rolando muito(risos)
Rafa:Assume, assume.
Muca:Quem vota para eles assumirem o romance?
Todo mundo levantou a mão menos o Felps que estava olhando para mim com uma cara esquisita
Eu:Caralho, hein.Cês são chatos pra cacete.Não vamos assumir nada porque não tem nada para assumir.É tão difícil de entender assim?-disse esticando o braço na mesa para pegar o sal
Botei sal na minha batata e percebi que todo mundo estava estranhamente quieto demais.Levantei a cabeça e a mesa inteira estava olhando para mim sorrindo, menos Felps que estava com os olhos marejados
Eu:Por que vocês tão me olhando assim?
Felps:Se não tem nada pra assumir como você diz, então por que você tá com esse anel de compromisso ai no dedo?Porque até onde eu sei você odeia usar anel...
Olhei para minha mão automaticamente.Pqp.Eu tinha esquecido de tirar a porra daquele anel.

#Nelson
Cellbit ficou vermelho e olhava para o anel com os olhos faiscando.
Cellbit:Pronto, agora não to usando mais-disse tirando o anel do dedo e guardando no bolso
Eu:Gente, aproveitando a ocasião gostaria de anunciar que eu e Pedro já marcamos a data do nosso casamento e será no dia dos namorados-disse atraindo a atenção de todo mundo
Pedro:Ai, amor, a gente tinha combinado que ia falar só no fim do encontro...
Eu:Ah, não resisti(risos)-disse dando um selinho nele
Logo a conversa se tornou sobre o casamento e Cellbit sorriu para mim entendendo que fiz aquilo para ajudá-lo.Eu tinha visto esse anel desde a hora que o Cellbit chegou, mas fiquei na minha.Seja lá o que estava acontecendo entre esses dois, o melhor era deixá-los em paz.

#Lukas
Eu e Sofia combinamos com Leo de irmos no show dele.Eu estava mega empolgado pois nesse tempo tinha feito questão de aprender as músicas dele só para quando fosse no show cantar(risos)
Mamãe:Você vai assim?-disse apontando para minha bermuda e boné
Eu:O que é que tem?
Mamãe:Ai, Lukas, tira esse boné e põe uma calça, menino.
Subi a contragosto e botei uma calça e tirei o boné.
Sofia:Agora vamos que já estamos atrasados.
Nos despedimos de mamãe e assim que entrei no carro botei o boné de novo.Sofia riu dando partida no carro e seguimos para a casa de show.Chegamos bem na hora que Leo subiu no palco e sentamos numa mesinha que uma moça nos indicou.

#Leo
Vi Lukas e sorri.Só espero que tudo corra perfeitamente como o planejado e essa noite seja inesquecível para ele.Toda música que eu cantava, ele sabia a letra e cantava sorrindo.Gente, como ele é fofo(risos)

#Lukas
Sofia levantou para ir no banheiro e Leo começou a cantar "Outra canção".Meus olhos encheram d'água na hora e eu suspirei.Essa era música que Ronaldo tinha me mostrado na manhã logo após a primeira vez que transamos.
Leo:Quantas cores tem teu paraíso se a tua foto é em pb?E se o filme é colorido como não vou me perder...num sorriso tão bonito como o que acabo de ver?Se você sorrir de novo não consigo mais correr...Fecho os olhos pra não ver...Vejo e faço outra canção...
Ele olhou para um ponto atrás de mim e quem cantou o refrão não foi ele e sim Ronaldo que estava parado sorrindo bem atrás de mim segurando seu violão.Meu coração disparou loucamente ao vê-lo e eu levantei em choque sem acreditar que ele realmente estava ali.
Ronaldo:E nessa canção há flores como as flores de outrora...Do meu coração saem flores que eu vou te entregar agora....-cantou sorrindo olhando para mim
Uma chuva de margaridas amarelas caiu sobre nós e Leo continuou a cantar dali porque eu puxei Ronaldo pela nuca e o beijei docemente.

#Ronaldo
O beijo do Lukas me faz flutuar e eu estou imensamente feliz de estar aqui.Eu estava com tanta saudades daquele menino.Dei um selinho nele no fim do beijo e sorrimos olhando um para o outro.Seus olhos brilhavam intensamente e meu coração batia todo descompensado.Coloquei meu violão em cima da mesa e envolvi meus braços na sua cintura e ele envolveu os seus ao redor do meu pescoço.Aproximei meu rosto do dele e selei nossos lábios novamente num beijo recheado de amor.Eu estou exatamente no lugar de onde eu nunca deveria ter saído, que é nos braços do meu amor, Lukas Marques.
 


Notas Finais


Do meu coração saem flores que eu vou te entregar agora <3 :
https://www.youtube.com/watch?v=cCYc8x4w6Lw

Vlw, flw.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...