História Nobody Knows - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 12
Palavras 1.234
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá aliens ❤

Capítulo 2 - 0.2


Hoseok P.O.V's

Shownu organizou uma festa de começo de ano, só pra ajudar a entrar no clima. Será na casa dele às 21:00h, bom... Já são 20:30 e eu meio que estou atrasado! Culpem o Taehyung por querer transar em cima da hora.

[...]

- Pronto donzela? - perguntou Kihyun, se jogando no meu sofá.

- Devia fazer essa pergunta para o seu homem e não para o meu! - falou Taehyung.

- Odeio essas bichas que se doem pelo os outros, seja menos amiga. - rebateu.

- Sem querer me intrometer, mas já me intrometendo... Vamos logo? - perguntei enquanto procurava as chaves do carro, pela casa.

- Vamos! Meu homem me aguarda. - disse Kihyun.

- Em falar nisso, por que o I.M, não está aqui? E com você? Porque você sabe como é né? Só te encontramos agarrado no pescoço dele. - perguntei quando finalmente achei as benditas chaves.

- Ele teve problemas com o pai e disse que era melhor o encontrar lá. - respondeu cabisbaixo.

- Deu até sono, olhar pra essa tua cara de tédio, dá sempre esse resultado. - provocou Taehyung.

- Olha, eu não arranho essa tua cara de viado mal comido, porque minhas unhas são preciosas e eu quero evitar de tocar em lixo. - respondeu saindo pela porta rebolando.

Taehyung bufou frustado e cruzou os braços, seguindo para o lado de fora da casa, dou uma leve risada e tranco a casa.

[...]

Na festa

- Enfim chegaram, Hoseok demorou novamente para se arrumar? - pergunta Shownu, quando nos vê entrar na casa lotada.

- 1x0 Kihyun. - disse ele sarcástico, vendo um Taehyung irritado, o mandar o dedo do meio.

- CRIANÇAS! - gritou Omma Jin, com os meninos ao seu lado.

- Por favor, sem críticas sobre o nosso atraso, mas se forem culpar alguém... Culpem o Taehyung. - falei rindo.

- Eu vou pegar uma bebida e ver se o Baek chegou. - disse Tae se distanciando da roda.

- A amizade deles está fluindo bastante, não acha Hobi? - provocou Kihyun novamente.

- Não começa a soltar o veneno, não agora! - falou Jimin sorrindo malicioso.

- Ok, ok, aproveitem a festa meninos! QUE COMECE A AGITAÇÃO! - gritou Shownu e segurou na mão de Jooheon, se distanciando.

[...]

Min Yoongi P.O.V's

- OMMA! OMMA! - gritei, eu não sentia minhas pernas, o ar faltava em meus pulmões.

- YOONGI. - meu Oppa e minha Omma, gritaram abrindo a porta do meu quarto, desesperados!

- ELA VOLTOU! ESSA MALDITA DOENÇA VOLTOU! - gritou minha Omma com as mãos no cabelo.

- Rápido! Esquenta o carro, temos que levá-lo ao hospital! - disse meu Oppa, mas também foi a última coisa que eu pude ouvir, antes de apagar.

[...]

Enquanto isso na festa

- GALERA! JUNTA AQUI TODO MUNDO! - gritou Wonho, de cima de uma mesa. - Hyungwon e Minhyuk, parem de se pegar aí no canto e prestem atenção aqui!

- VAMOS TODO MUNDO LÁ PRO MEU QUARTO E JOGAR VERDADE, OU DESAFIO, QUEM QUISER BRINCAR, É SÓ SUBIR! SEGUNDA PORTA A DIREITA. - gritou Shownu e logo uma multidão o seguiu.

- E aí? Vamos ou não? - perguntou JungKook.

- As brincadeiras do Wonho, nunca dão bom resultado. - falou Jin.

- Namjoon, convença seu namorado a deixar de ser chato e empurra ele pra dentro daquele quarto. - falei.

- Tu me respeita cavalo, quando acontecer uma merda, não digam que EU não avisei! - se defendeu Jin e todos rimos do seu drama.

- Nada vai acontecer! - garanti.

- Assim esperamos. - disse Jimin puxando JungKook.

[...]

O quarto de Shownu era bastante espaçoso, todos estavam reunidos em uma roda, com uma garrafa no centro dela. Encontrei Taehyung ao lado de Baek conversando, me aproximei e sentei ao seu lado.

- Prestem atenção! O jogo funcionará da seguinte forma: a garrafa irá parar em uma pessoa e blá, blá, blá, essa parte vocês já sabem, então me poupa saliva, se caso a pessoa escolher verdade, você terá que responder a verdade óbvio e se escolher desafio... Não respondo pelo os meus atos, você terá que aceitar e acabou, vamos começar! - " explicou " Jooheon.

Jooheon então girou a garrafa e ela parou em Seungyoun.

- Caro Seungyoun, verdade ou desafio? - perguntou Jooheon com um certo olhar maldoso.

E assim seguiu com várias rodadas.

[...]

- Hoseok, o nosso tão esperado Hoseok, o que fazer em? Escolhe! - disse Minhyuk.

- Não sou fraco que nem vocês! Quero desafio, pode mandar que eu nasci preparado. - falei confiante.

- Cara, é sério, eu não tenho idéia. - disse.

- Minhyuk sai, seu desafio é o seguinte: você terá 1 mês, pra levar o garoto mais estranho da escola pra cama, caso isso aconteça, te pago R$ 500,00 Won. - desafiou Jooheon.

- E quem seria esse ser?

- Min Yoongi. - respondeu.

[...]

- POR FAVOR, ALGUM MÉDICO? AJUDEM O MEU FILHO. - gritou Sra. Min, assim que chegou a recepção do hospital, com o seu marido ao lado e Yoongi em seu colo desacordado.

- Senhora, por favor mantenha a calma, qual o nome do paciente e irem... - a loira foi cortada por uma Sra. Min bastante impaciente.

- Eu tenho cara de quem irá encher um formulário ridículo? Meu filho está morrendo e você me pede pra rabiscar um papel? CHAME UM MÉDICO, AGORA!

A loira das lentes azuis, engoliu em seco e se levantou rapidamente da cadeira de couro, dando a volta no balcão de mármore.

Um senhor de cabelos grisalhos e jaleco, aparece e pediu para que o sigam até a sala de emergência.

Rapidamente mais duas enfermeiras aparecem e ajudam o médico a por Min Yoongi na maca. Sr Min puxa levemente os cabelos branco e segue ao lado da esposa, para a sala de espera.

Agora está tudo nas mão de deus!

[...]

Na festa

- Eu não acredito que você aceitou aquele desafio ridículo, Hoseok. - reclamava Jin do banco de trás do carro.

- Relaxa, vai ser divertido. - falei sorrindo pelo espelho.

- Vai se fuder e aproveita vê se acha a sua maturidade lá, porque você está agindo que nem uma criança! - disse depositante leves tapas no meu ombro.

- JIN, para.

- Isso não está certo. - protestou Jimin.

- Concordo! - e mais um pra me ferrar... JungKook.

- Você é minoria, está sempre concordando com tudo que o Jimin diz. - disse Namjoon.

- Mas é óbvio, ele tem que concordar mesmo, ou leva nas bolas. - riu Jimin sozinho do seu próprio comentário.

- VOLTANDO AO ASSUNTO " HOSEOK FDP " - JungKook falou, mudando de assunto.

- Gente, o que pode dar errado? - perguntei assim que estacionei em frente a casa de Namjoon.

- Você brincar com os sentimentos alheios? você está sendo egoísta e só está pensando em você! Só não venha se arrepender depois, tchau. - disse Jin e segurou na mão do namorado, saindo do carro em seguida.

- Até depois mano, vê se para de fazer burrices e faz algo certo uma vez na sua vida. - disse Jimin.

- Não vale se apaixonar. - disse JungKook rindo e logo saiu do carro.

- Até amanhã seus idiotas.

Apaixonar? Eu? Por Min Yoongi? O garoto mais invisível da escola? Sem essa.







Notas Finais


Olá!
Me desculpem pelo cap bosta.
Fiz ele com um pouco de pressa e bom... Saiu isso.
Me perdoem.
Estrelinha!
saranghae


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...