História Nobody Knows - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 3
Palavras 1.216
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá aliens ❤

Capítulo 9 - 0.8


"Talvez eu nunca possa voar

Eu não posso voar como as pétalas de flor no ar

Ou como se eu tivesse asas

Talvez eu nunca possa tocar o céu

Mesmo assim quero estender minha mão

Quero correr

Só mais um pouco ( Awake - BTS )"

Hoseok P.O.V's

- Yoongi, só mais um pouco! - eu insistia, tentando enfiar a colher com comida em sua boca.

- Não e eu não vou repetir, já estou perdendo a paciência. - ele dizia com os braços cruzados.

- Quem está perdendo a paciência aqui, sou eu. Come essa porra de comida agora Min Yoongi!!! - exclamei irritado, enfiando uma colher cheia em sua boca, o que fez o emburrado na minha frente, me dá o seu dedo do meio... Mal agradecido.

- Quando eu acabar aqui, você já pode ir pra casa. - falou limpando do canto da boca.

- Continua me expulsando?! Pois saiba que eu não saio desse quarto em quanto você não for liberado pelo médico. - adicionei uma pose séria.

- Cá entre nós Hoseok, você está fedendo... Vá pra casa e tome um banho, de preferência com água sanitária. - soltou uma breve risada.

- Vou sim, pode deixar, aproveito eu trago uma pouco pra lavar essa tua boca que só sai merda! - me virei de costas para o mesmo e formei um bico nos lábios.

- Daqui só sai verdades querido! - eu não o olhava, mas sabia que tinha um ar de superioridade.

- Não é o que parece. - sussurrei balançando a cabeça em um ato infantil.

- Hobi? - o ignorei.

- Hobi? Ei Hobi? Hobi? Olha pra cá Hobi, ei Hobi. - insistia tocando no meu ombro.

- QUE É BATMAN?

- Olha ele, brigado! - fingiu jogar os cabelos curtos.

- Me poupa, Min Yoongi. - continuei com os braços cruzados.

- Não quero que fique chateado comigo, nos acertamos a pouco tempo... - o cortei.

- 1 semana, pra falar a verdade. - o mesmo me encarou irritado.

- Não me interrompa! Continuado... Não quero que voltamos a nos odiar. - me encarou inocente.

- Nunca te odiei. - continuei emburrado.

- Tanto faz...

- Tanto faz nada, porque você sim, me odiava né? - me levantei apontando um dedo em seu rosto.

- Para de show paquita.

- Sempre foi o meu sonho mesmo, eu assistia uns programas brasileiro e a Xuxa sempre estava... Ei! Não venha me enrolar. - me sentei bruscamente na cadeira e voltei a cruzar os braços.

- Por que estamos brigando mesmo?

- Porque você falou que eu estava fedendo. - respondi seco.

- E precisava se lavar com água sanitária... - o olhei serrando os olhos. - Ah verdade, me desculpa. - disse constrangido.

- Tanto faz.

- Senta aqui. - apontou para o seu colo.

- Você ainda está fraco, não quero te machucar. - respondi ríspido, mas me levantei.

- Eu não pedi, eu ordenei Hoseok! - deu leves tapas em sua coxa, indicando o lugar, com cuidado me posicionei em seu colo e pude jurar, ouvir Yoongi soltar um baixo gemido, mas deve ser coisa da minha cabeça.

- Já estou aqui. - falei o óbvio e cruzei os braços, Yoongi o desfez e o colocou envolta de seu pescoço.

- Me beija! - ordenou tocando em seus lábios.

- Não estou afim.

- Mas eu estou, super! Agora me beija Hoseok!!! - insistiu.

- Se quer um beijo, tome a atitude. - revirei os olhos.

- Como quiser. - deu de ombros, puxando meu queixo para um beijo lento. Fui deitando seu corpo aos poucos na cama e me ajeitei em seu colo, sem parar o beijo. Fui interrompendo o beijo, descendo o mesmo por toda a sua clavícula e abdômen, mas o mesmo segurou minha cabeça, bufei frustado e o olhei confuso.

- Não pode abusar de um doente. - ele segurava a risada e voltou a posição de antes, se sentando na cama.

- E como eu fico? - apontei para o volume já formado em minha área de baixo.

- O banheiro, é a segunda porta a direita, nesse mesmo corredor, mas eu deixo você usar o meu. - ele ria da minha situação, um pouco constrangido, me levanto e sigo para o banheiro.

[...]

- Eu volto assim que comer alguma coisa. - digo selando nossos lábios.

- Não precisa ter pressa.

- Tudo bem, até mais tarde. - depositei um beijo em sua testa e meu celular começou a tocar em meu bolso.

- Tchau. - sorriu fraco e voltou sua atenção para o seu celular.

Sai do quarto e olhei o nome que piscava na tela do ecrã... Jooheon, bufei e atendi de mal gosto.

Ligação ON

- o que você quer? - perguntei irritado e escutei sua risada do outro lado da linha.

- Saber como vai a nossa aposta? - disse como se você o óbvio.

- Eu não quero mais! - eu estava disposto a acabar com essa palhaçada, Yoongi não merecia isso e também estava disposto a terminar com Taehyung, esse era outro que não levava nossa " relação" a sério.

- Mas você não pode fazer isso, escuta aqui, ou você leva logo esse nerd para a cama, ou eu acabo com a sua reputação na escola.

- Jooheon, você não tem moral pra tal ato.

- Só faz o que eu mandei, ou nem precisa aparecer mais na escola!

- Tenho pena do Shownu.

- NÃO METE ELE NO MEIO!

- Ops, encontramos o ponto fraco do fodão Jooheon?

- Cala a boca seu idiota! Termina logo essa merda.

Desligou na minha cara, passei a mão entre os fios do meu cabelo frustado. O que eu vou fazer?

[...] 

Narradora ON

O médico particular de Yoongi, que passava pelo o mesmo corredor, escutou uma pequena parte da conversa de Hoseok, com seja lá quem for que ele estava conversando.

Ninguém sabia, além do próprio médico, que ele sentia como podemos dizer? Um sentimento muito especial por seu paciente favorito e usaria essa pequena parte da conversa, ao seu favor.

Ele teria Min Yoongi, custe a vida que custar.

[...]

Baekhyun P.O.V's

Repassava as palavras em minha cabeça, era preciso fazer isso, mas eu estava bastante nervoso, contei apenas para o meu namorado e Chanyeol, como uma pessoa maravilhosa, me aconselhou a dizer a verdade e sim, ele estava certo, Tae era o meu melhor amigo e precisava saber, apesar de já ter passado algumas semanas, desde o ocorrido.

- Desculpa a demora, passei na casa do Hoseok, mas ele não estava lá, o que queria me falar de tão importante?

- Tudo bem, eu entendo... E-eu não sei como você vai reagir, mas eu vou dizer de uma vez... Euvioseunamoradobeijaroutronobanheiro. - falei rapidamente e me senti aliviado, bom, pelo menos ele não ficou chateado.

- Baek? O que você disse? Eu não entendi. - porra!

- Tá... Eu vi o seu namorado beijando outro garoto, no banheiro. - o olhei preocupado e o mesmo parecia recapitular as minhas palavras, normal ele ser lerdo, mas já é demais!

- Tae? Tae?

- Eu preciso resolver uma coisa, e-eu volto já. - ele saiu correndo pelo parque e o perdi de vista.

Será que eu fiz mal em contar?




Notas Finais


Hello, Hello!

Nossa que demora a minha, me desculpem por isso, mas como eu já expliquei, ficarei um tempo sem postar, por conta da minha viagem, mas prometo fazer o meu melhor! Amo vocês❤

ISA🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...