História Nocaute - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Luta, Romance
Exibições 5
Palavras 744
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Fora de controle


Estava desnorteado, não tinha idéia do que estava acontecendo foi como não tivesse mais controle do meu próprio corpo. Senti algumas pessoas tentando me puxar , outras estavam gritando, eu não tinha idéia do que estava acontecendo, não tinha idéia do que eu estava fazendo.

-Solta ele, Bieber  –escutei  alguém gritar

Eu despertei , estava tudo em câmera lenta, não tava conseguindo entender o que acontecia, tinha varias pessoas ao meu redor tentando me tirar de cima do cara que eu lutava, outras apenas  gritavam  algo que eu não conseguia entender. Começo a ficar desesperado , olho pro lado e vejo o cara com quem estava lutando apagado no chão coberto de sangue, olho pra minha mão e vejo o estrago do que eu fiz, comecei a tomar consciência quando algumas lembranças começam a vir em mente como flash’s, Ryan para na minha frente tentando falar comigo mas não conseguia entender nada, ele  pegou no meu pulso e me puxou para fora do local onde nós aviamos invadido para lutar, quando passamos pela porta de saída escutei o barulho das sirenes se aproximando, saímos correndo o mais rápido que podiamos  no caminho os flash’s foram ficando cada vez mais forte, cada flash, cada momento da luta me vinha na cabeça e foi ai que eu percebi, eu havia perdido o controle.

Já estávamos bem longe, paramos do lado dos nossos carros e todos me encararam como se quisessem respostas, mas não tinha o que responder e eles já sabiam o que tinha acabado de acontecer comigo. Eu tinha aprendido a me controlar minha raiva, a luta me ensinou isso. O propósito de ter conhecido a luta é porque eu tinha que aprender a controlar minha raiva,  antigamente ela me cegava e me fazia fazer coisas absurdas, antes era só pra controlar a raiva, hoje em dia eu vivia pra isso, mas não sei como fui perder o controle hoje.

-Justin, você deixou o cara completamente destruído, você poderia ter matado ele se ninguém tivesse tirado você de cima –Chris dizia chocado

- Na verdade nem sabemos se ele ficou vivo ou morto, ainda por cima quase fomos pegos pela policia – Chaz disse chegando perto de mim e colocando a mão no meu ombro –Você ta bem? Você perdeu o controle lá, parecia outra pessoa

-Eu não sei, não sei o que aconteceu comigo –Digo tampando meu rosto com as mãos – ai meu Deus, eu posso ter matado ele, vai dá merda, eu to fudido

-Fica calma cara, você não fez por mal e ainda nem sabemos o que aconteceu com o cara, não vamos pensar no pior – Ryan queria me acalmar, mas não dava, não conseguia parar de pensar no pior

- Como Ryan? Eu posso ser preso porra, você tem noção disso? – disse gritando

- Pensa pelo lado bom cara, 5 mil garantido Bieber – Alex diz com um sorriso no rosto

- Você acha que eu to com cabeça pra pensar em dinheiro, Alex? Olha bem pra minha cara e diz – disse grosso

- Não ta mais aqui quem falou, eu hein, to de boa aqui tentando te animar, sendo um bom amigo e você vem com grosseria pra cima de mim, não falo mais nada também – ele diz com a mão no peito se fingindo ofendido

- Melhor não falar nada mesmo, se não for pra ajudar fica quieto por que dessa sua boca só sai merda

- Ele preocupado se matou ou não o cara e você vem falar de dinheiro? Assim você também não ajuda Alex – Chaz disse e em seguida dá um tapa na cabeça dele

-Vou pra casa – disse já me levantando indo em direção ao meu carro – mas qualquer informação sobre o cara e a luta vocês me ligam na hora

Minha  cabeça cheia não sabia mais no que pensar ou no que fazer,  estava tentando ver um lado positivo da coisa mas tava bem difícil, ai lembrei da minha mãe, por ela tudo valia a pena, ela não sente orgulho do filho que luta em casas clandestinas e que ganha dinheiro sujo, mas era assim que eu sobrevivia, aquilo era minha vida por mais errado que fosse. No final de tudo Alex tinha razão, nessa noite já tinha 5 mil garantido e era isso que importava, minha mãe precisa desse dinheiro pro tratamento por mais que ela não concordasse, eu não ia parar de fazer isso por nada e nem por mim, Eu sou um monstro.


Notas Finais


Oiiiiiiiiiiiiiiii, sei que não sou uma das melhores escritoras, mas prometo surpreender vocês
espero que gostem e se gostarem por favor deixe seu comentário pra vê se devo continuar a escrever ou não.
obrigadaa, beijo manas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...