História Noite Dos Bests - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Priya, Rosalya
Visualizações 636
Palavras 1.170
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ei gente ♥ obrigada pelos comentários :3 espero que gostem *3*

Capítulo 3 - Ciumes?


Fanfic / Fanfiction Noite Dos Bests - Capítulo 3 - Ciumes?

Separei minha camisola, uma outra roupa e materiais para a escola no dia seguinte, fora roupas íntimas e produtos de higiene e então fui tomar um banho. 

 "O filho da mãe, também conhecido como Thalles a puta, morre de ciúmes de mim, mas adora convidar meu ex pra dormir aqui! Da pra entender? Mesmo ele não sabendo... tinha uma tensão sexual da porra  entre nos dois!"

Eu murmurava pra mim mesma enquanto escovava os cabelos e vestia um moletom preto no qual cabiam duas de mim lá dentro, um short e um all star preto. Me deitei na cama, eu estava nervosa pra ir pra casa da Rosalya saber o que aconteceu, mas eu tinha que esperar Priya. Foi quando alguém bateu na porta

-Se for a Priya entra- gritei e a porta se abriu. 

Mas não era Priya. Era Viktor. 

-Oi Nat

-O cacete, eu disse Priya. Você não é a Priya. -Ele corou e se aproximou de mim, me fazendo encolher um pouco- Sai do meu quarto. 

Eu disse me afastando. Ele se aproximou ainda mais e me vi encurralada entre ele e a parede. 

-Viktor se você tentar encostar um dedo em mim eu juro que...

-Calma Nat, só quero conversar . -Ele disse segurando meus pulsos, me impedindo de fugir ou bater nele. 

-Então fala, não tenho tempo pra você -Eu dise seca. Ele se aproximou mais ainda, tocando minha orelha com seus lábios. 

-Você costumava ter.. principalmente de noite- ele mordeu minha orelha e eu joelhei sua coxa. 

-Até você me trair!-Gritei empurrando ele. -Droga errei! Era pra ter acertado mais pro lado -

Ele suspirou e me segurou pela cintura me jogando na cama e pulando por cima, me imobilizando. Me debati até meus músculos doerem mas ele não me soltou. 

-Eu estava bêbado! -Ele disse 

-EDAI? VOCÊ SÓ ESTAVA COM RAIVA POR EU NÃO QUERER PERDER MINHA VIRGINDADE COM VOCÊ AI VOCÊ ENCHEU A CARA E COMEU A LETY, MINHA EX-MELHOR AMIGA!!!-Gritei, ele me soltou por descuido após meu grito e aproveitei esse descuido socando ele, que me soltou se afastando de cabeça baixa, sua boca sangrava pelo soco. 

-Ela é uma vadia que se aproveitou do meu estado pra...-Ele começou limpando a boca com as costas da mão. 

-ELA NÃO TE CONHECIA!! NÃO SABIA QUE VOCÊ ERA MEU NAMORADO!! ELA DEU CORDA E VOCÊ SE AMARROU COM ELA-Gritei batendo o pé  -SOME DAQUI!!!

- O QUE EU TENHO QUE FAZER PRA VOCÊ ENTENDER QUE EU SINTO MUITO E GOSTO DE VOCÊ DE VERDADE??- ele gritou e notei lágrimas em seus olhos. 

-EU NUNCA MAIS CAIO NESSA, SEU IDIOTA.

Ele suspirou e ia falar mais alguma coisa mas eu escutei a campainha e lhe dei as costas decendo as escadas correndo e cheguei a tempo de ver Thalles abrir a porta pra Priya

Ela sorriu para Thalles como o Coringa sorri para.... suas vítimas ou sei lá. 

-Oi Thalles-Ela disse com a voz mais fina que o normal, levemente corada, mas com a expressão confiante de sempre. 

-Eai Priya, você esta mais linda que nunca - Ele falou piscando para ela. Thalles tinha a frustrante mania de paquerar minhas amigas e Priya não era uma exceção. Se eu tenho ciumes dele? .... Não, claro que não

-Thalles, obrigada por abrir a porta para minha amiga, agora pode parar de dar em cima dela e voltar a jogar, obrigada de nada- Falei ficando entre os dois  e empurrando ele para longe dela.

-Essa blusa é minha-Ele disse me olhando irritado cruzando os braços 

-Essa blusa era sua- falei puxando Priya, que ainda babava indiscaradamente no meu irmão,  pra fora de casa. -Tchau, só volto amanhã - Avisei. Vi viktor descer as escadas correndo mas bati a porta e arrastei Priya para longe da minha casa. 

-VOCÊ TA ACHANDO QUE É DISNEY? -gritei irritada e ela riu me abraçando. 

-Ah Nat, seu irmão é um gato!-Falou ela sorrindo e com os olhos brilhando. 

-Gato é o meu pipi- bufei cruzando os braços e fazendo bico. 

-Você não tem um -Falou ela rindo ainda mais

-EU COMPRO UM DE PLÁSTICO -Gritei me esquivando dela. Vi umas senhoras me olhando horrorizadas e cochichando entre si -QUE QUE É? SOU LINDA SIM, OBRIGADA-

Elas se viraram rápidamente para disfarçar e Priya se apoiou em um muro rindo. 

-Ah pare, eu seria uma namorada  maravilhosa para seu irmão -

-Eu vou socar a sua cara-Avisei. 

Nos continuamos andando até chegarmos na casa de Alexy. Toquei a campainha e esperei. 

-Vou ligar para meus pais, deixei  bilhete mas não sei se eles viram- avisou Priya que se afastando com o celular na mão 

A porta se abriu e me deparei com Armin, que me olhou extremamente surpreso. 

-Natasha ??-

-Oi Armin, tudo bem?- Ele se afastou para me dar espaço para entrar e vi que não estávamos sozinhos.

Na mesa de jantar ao meu lado estavam Nathaniel, Castiel, Lysandre e Kentin, aparentemente fazendo um trabalho escolar

-Tudo... Você veio para jogar? -Ele perguntou se referindo ao convite de hoje mais cedo e eu ri negando com a cabeça, fazendo meus cachos balançarem.

-Natasha?- Ouvi a voz de Kentin e olhei para o lado. 

-Oi meninos - Eu disse sorrindo e me aproximando. 

-Oi Nat- Cumprimentaram Nath, Kentin e Lys sorrindo. 

-Eae Tábua- Disse Castiel sem me olhar.

-Não me lembrava de você estar no nosso grupo- Disse Lysandre sorrindo ainda mais. 

-Não estou. Vou fazer com Rosa, Alexy, Priya e Violette. 

-Então você faz o que na casa do Armin? -Perguntou Castiel estreitando os olhos e enfim olhando pra mim. 

-Vim buscar o Alexy- Eu falei dando de ombros. 

-Pra quê? -Perguntou Kentin. Todos os 5 me olharam de cara amarrada parecendo irritados.

-Credo, estou sendo interrogada?só respondo as proximas na presença do meu advogado. - Bufei cruzando os braços -Pode chama-lo pra mim Armin?

-Seu advogado? - ele sorriu 

-Alexy! - dei um tapinha em seu braço. 

Armin saiu, ainda me olhando desconfiado.

-Você está linda- murmurou Lys tão baixo que eu quase nem ouvi

-Obrigada Lys -Falei apertando sua bochecha e ele corou, ficando vermelho até no pescoço

-Nem acho - Disse Castiel rindo irônico - Você devia usar roupas que pelo menos fizesse de conta que tem algo que dê para apertar - disse ele me olhando de cima a baixo. 

Eu senti minhas bochechas arderem de vergonha e cruzei os braços 

-Você não precisa achar que tem nada, afinal não vai chegar nem perto mesmo.- eu disse cruzando os braços 

Ele se levantou da cadeira lentamente com um sorriso de canto

-Você duvida?

Pulei para trás de Nath, usando- o como escudo

-Não se atreva!!! -

Ele começou a rir e se sentou de novo. 

-Castiel larga de ser babaca. -Bufou Nath e os dois começaram a discutir. 

Armin e Alexy reapareceram e Alexy me abraçou  me tirando do chão.

-OI PEQUENA!!

-Eitha nois! Parece que não me vê tem um ano- ele riu e me jogou em seu ombro como se eu fosse um saco de batatas.

-ALEXY ME POEM NO CHÃO- Gritei desesperada.  

Vi os meninos xingarem Alexy que riu bem alto

-Falou boys, Armin não vou dormir em casa, não me espere acordado




Notas Finais


Espero que gostem ♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...