História Noivas de sacrifício? - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers
Exibições 99
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Estamos quase chegando aos 20 favoritos! Obrigada gente ♡♡♡. Se tiver erros podem culpar os meus pais.
Boa leitura!

Capítulo 16 - Na Sala 23


Fanfic / Fanfiction Noivas de sacrifício? - Capítulo 16 - Na Sala 23

AYAMI ON
Eu não posso evitar o destino. Tenho de me encontrar com o Shu mais cedo ou mais tarde. Fico com pena de o ter baralhado. Cheguei. Esta é a sala 23. *inspirando* *batendo na porta*
??- Entre.- Era um voz grave. Provavelmente é o professor.
Eu abri a porta e a minha turma toda olha para mim. As raparigas com inveja ou com desprezo, e os rapazes com malícia e desejo. Eu me senteo entre a Noemi e um rapaz bonitinho loiro de olhos verdes e à frente de uma rapariga de cabelo platinado e olhos laranja-avermelhados.
Yamada- Eu sou o professor de teatro Yaiko Yamada. Vejo que temos três alunas novas. Venham até aqui e se apresentem.
Eu- Eu me chamo Suzuki Ayami.
Naomi- Me chamem Uchida Naomi.
Juliett- Eu sou O'Sulivan Juliett.
Yamada- Perguntas?
Aluno 1- De onde vocês são?
Eu- Japão.
Naomi- China.
Juliett- Alemanha.
Aluno 2- Estão disponíveis?
Eu e Naomi- Tenho um namorado.
Juliett- Eu me encontro solteira.
Voltamos para os nossos lugares. Shu olha para mim triste. Ei, eu não lhe menti! Só omiti... Dá no mesmo?
O rapaz do meu lado deixa cair um lápis e eu o apanho. Ele o apanha também e nossas mãos se tocam e nossos olhos se encontram.
Daichi- Meu nome é Daichi. Você é a Ayami, certo?- Eu assinto com a cabeça.- Obrigado por apanhar meu lápis.
A rapariga que está atrás de mim atira uma bola de papel para a minha mesa. Eu a abro e lá está escrito em letra manuscrita:

(Olá. Meu nome é Juliett. Quer ser minha amiga? Pode me chamar de Julie.)

Eu escrevo uma resposta e atiro para trás. Consigo ver o olhar de repreensão do Reiji. Ele já não manda mais em mim, mas tem algo que me diz que se eu fizer porcaria eu vou me dar mal.

(Oi Julie. Meu nome você já deve saber. Nos encontramos no
intervalo perto dos cacifos.)

O meu Yorkshire Terrier (Autora: Você não deu nome para o bicho desgraça!) estava ganindo baixo, o que quer dizer que ele vai começar a latir. Eu o tiro da caixa e coloco em baixo da minha saia. Acho que ele precisa de usar o WC. Como ele é pequeno coloco ele num estojo grande.
Eu- Professor. Eu preciso de ir na casa de banho.
Yamada- Se aguente senhorita.
Eu- Mas eu preciso meeeeesmo de ir!- Dou ênfase no "meeeeesmo". A classe toda ri.
Yamada- Vá rápido.
Eu corro da sala e tiro o filhote do estojo. Procurei a casa de banho.
Eu- Faça o que tem a fazer.- Eu o coloquei em cima do vaso, segurando nele. Ele fez o que... bem, o cães fazem. Eu puxo o autocolismo e saio do WC.
Guardei o no estojo e volto para o meu lugar.
Yamada-Olhem para o colega do vosso lado direito.- O Daichi olha para mim e eu sorrio.- Sempre que fizerem trabalho de duplas será com essa pessoa. Hoje irão treinar um trecho de Romeu e Julieta em casa.- O professor distribui os trechos. Eu e o Daichi ficamos com a parte do beijo!
As outras duplas eram: Kou e Julie e Reiji e Naomi. Shu não quiz ficar com ninguém.

~~-quebra de tempo- intervalo~~

Daichi- Ayami. Como fazemos para o projeto de Teatro? Você vem na minha casa ou eu vou na sua?
Eu- Melhor você vir na minha.
Eu e Daichi conversamos um pouco e depois fui falar com a Julie.
Eu- Julie!
Julie- Pensei que você não vinha.
Nós falámos de roupa, rapazes e de outras coisas de rapariga.
Está na hora do almoço, e como eu não tinha dinheiro resolvi procurar Yuma.
Yuma- O que você precisa Aya?
Eu- Tenho fomi.
Ele tirou um sanduíche da mala e dividiu comigo. Ele ficou com cara de fome quando terminou. Eu peguei na mão dele e o levei até a uma sala de arrumos e tranquei a porta. Tirei meu cabelo do ombro e disse.- Yuma. Por favor beba. Você anda meio fraco.
Ele chega perto de mim e me morde. A sua mordida é suave e quase não dói.
Yuma- Amanhã, amanhã Ayami você vai ser minha.- Suponho que isso quer dizer que vou me tornar vampira.


Notas Finais


Não tenho ideias para o nome do cachorro. Aceito sugestões. Até ao próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...