História Nonsense - Interativa - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~AnnaJimin_Bts

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bambam, Bangtan, Bangtan Boys, Bts, Got7, Hoseok, Interativa, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Namjoom, Originais, Park Jimin, Rap Monster, Suga, Taehyung, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 25
Palavras 847
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - O primo do Yoongi


     -Vamos tomar um café? -titio diz e eu assento com a cabeça

      Hana

Em meio em toda essa confusão vi Yoongi, ele me olhava seriamente, e foi então que eu percebi que estava de pijama, corri para o meu quarto e tranquei a porta, suspiro alto, e olho ao redor, abro meu closet vendo variadas roupas, pego minha saia longa e minha blusa branca, coloco uma rasteirinha e arrumo meus cabelos, e faço minha higiene matinal, saio do quarto e desco as escadas, todos ja estavam trocados e a mesa estava posta. O povo saiu da sala e foi diretamente à sala de jantar, sentando cada um em uma cadeira.Yoongi estava à minha frente e não parava de me encarar, estava terminando meu suco quando recebo uma ligação

      -Sim?-me retiro da mesa equanto todos me encaravam- ok, ok estou indo para ai! Mantenha a calma e me passe seu endereço- a mulher passou o endereço e eu rapidamente desliguei, sai da sala de jantar e corri para meu quarto, pegando uma jeans branca e à vestindo, fiz o mesmo com a blusa branca e o jaleco, arrumo meus cabelos e corri até minha mala de trabalho, à descendo, e volto até a sala de jantar- estou indo ver um paciente! Até mais tarde!

   Saio sem nem ouvir a resposta e corro para o ponto de táxi, vendo um carro parado lá, eu entro e falo- Moço vai rápido para esse endereço! -depois de uns minutos chego na casa, e vejo a mulher me esperando, corro até ela

    -Por aqui!-ela começa a correr e eu à sigo, ao chegar vejo um pequeno pinchester, com os olinhos lacrimejados e o rostinho inchado


 


    -Ele comeu algo?

    -Uma abelha picou ele!- abro a maleta e pego uma pinça, ao ver o ferrão da abelha presa no focinho dele,  pego com a ponta da pinça e retiro o ferrão, fazendo com que o bixinho gemesse de dor, e o buraquinho saia sangue, pego um esparadrapo e tampo o buraquinho que ali havia, me levanto e olho para a mulher- Não se preocupe ele vai estar bem daqui algumas horas, aconselho que você vá ao pet shop e compre esse remédio- passo um anti alérgico - ele vai demorar uns dias para desinchar não se preocupe, e se ele tiver falta de ar ou algo que não seja normal, me chame ok?

    -Ok doutora muito obrigada! Quanto ficou?

     -100$- ela tira a nota de sua carteira e me entrega, saio de la e volto para o ponto de táxi,  assim esperando por um; suspiro alto preocupada com o cachorro.

  -Apaixonada?- diz um homem que brotou do meu lado, aparentemente bonito e alto

   -An? -o encaro- não! Só  estou preocupada com o meu paciente!

   -aaa...-ele concorda com a cabeça-tem namorado?

    -Não te interessa!-digo ríspida


   


  -Calma só foi uma pergunta


   -Desculpe... Não,  não tenho namorado-sorrio.

    -Que bom- ele sorri e se vira para mim- tava pensando aqui- ele me prensa na parede-essa calça te deixa muito gostosa- ele sorri- que tal uma rapidinha aqui?


    -Ta loco?!-empurro ele- sai fora!

    Começo a andar em direção oposta e o cara agarra meus cabelos, puxando-me contra seu corpo-ME SOLTA!- me debato mas não consigo me soltar, ele morde meu pescoço- Cala a boca vadia!- ele diz me dando um tapa na cara, acotovelo seu estômago fazendo com que o mesmo largasse, mas ele agarrou minha camisa, à rasgando por completo, chuto sua virilha e o mesmo cai no chão, vejo sua carteira e à pego, e começo a correr, vejo um táxi na rua, e olho para trás,  vendo o homem se levantando de vagar, corro mais rápido ate o táxi e entro no veículo - moço rápido! - mando ele ir para a mansão e vejo pelo retrovisor o homem procurando a carteira e começar a correr atrás do táxi- mais rápido por favor! -ele acelerou e o homem sumiu de vista, meu peito estava ardendo, e estava arranhado, meu pescoço doía pois a mordida que ele deu foi forte, meus olhos ardiam e a vontade de chorar me dominava, ao chegar na mansão eu pago o homem e corro ate a casa, todos me olham e eu choro caindo no chão ficando de quatro e encarando o chão

   - o que aconteceu- Jin dizia vindo para cima de mim e me encarando, juntamente com todos da casa, Melissa veio com a malinha de primeiro socorros e começou a limpar as feridas, enquanto Jin e Mark me ajudavam a me sentar no sofá-  O que aconteceu?- Repete Jin

   -Um homem-  digo entre soluços- tentou me estuprar!

    -Tem alguma pista de quem foi?- Yoongi fala e eu mostro a carteira, ele abre e se assusta com a foto- desgraçado- ele larga a carteira e sai correndo.

    -Onde ele vai?- Taehyung pergunta

     -Quem ele viu na carteira?- Namjoon pergunta e pega na carteira à abrindo e olhando quem è- Droga è aquele primo adotado que foi preso recentemente- Namjoon olha para os meninos-  Mark fique aqui cuidando de tudo, e os outros venham comigo, eu sei onde ele mora...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...