História Norminah- Little Love - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Romance
Visualizações 72
Palavras 1.267
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, thudô bom?

Capítulo 5 - Party time


Fanfic / Fanfiction Norminah- Little Love - Capítulo 5 - Party time

POV. DINAH


-Que preguiça! Meu Deus.                           (Me olhei no espelho e cocei os olhos. Andei até o banheiro para fazer minha higiene de sempre. Porque ninguém merece alguém com um gambá dentro da boca ou embaixo do braço, né isso?!) 

:. Com um longo e aproveitoso banho, desci para saber se ainda estariam vivos o restante do pessoal da casa, e sim, chegando na sala não avistei ninguém .: 

-Opa! Dinah Jane. Parece que te deixaram sozinha mais uma vez..                (Falei mais para mim e revirei os olhos.) 


:. Então subi novamente para o quarto e lá fiquei sentada próxima à cabiceira da cama e liguei a tv, colocando algo na Netflix pra assistir e de preferência The Vampire Diares. Tenho uma paixão por essa série! 

Assisti alguns episódios, até que então ouvi a campainha da casa, já que a porta do quarto estava entreaberta.. deu pra ouvir mais ou menos bem.: 

(Revirei os olhos e suspirei irritada, não gosto de ser atrapalhada em nada.) 


:. Desci a escada novamente, indo de encontro a porta, na qual a campainha não parava por um minuto. Antes abrir-la, olhei para o modo de como eu estava vestida .:

-É! Tá bom assim mesmo (falei com minha consciência) :. Eu estava com um short de tecido fino preto, um blusão preto e uma meia branca. Além de gostar de me vestir assim e me sentir a vontade, estava um clima bem aconchegante.: 

*Abri a porta* 


-SURPRESA!! 

:.Camila, Ally, Lauren e Normani.. (oi? Normani? ... Sim! Normani.)                                  Meus olhos passaram por todas e pararam nos de Normani.: 

-Oh! P-Pode entrarem. (Falei com sorriso largo no rosto) 

:. Mani foi a última a entrar e eu senti que a mesma me observou ao passar entre me e a porta, mas não consegui olha-la..: 

:. Pois bem, eu estava surpresa, um tanto admirada ao revê-la maravilhosa depois de muito tempo. E outra coisa também, eu ainda estou chateada. Pois no mesmo dia em que ela 'sumiu', a mesma não me prometeu com todas as letras que sempre ligaria, mandaria mensagem, enfim, faria de tudo pra não perder o contato. E sim, isso aconteceu. Mas, apenas na primeira semana, depois disso,  eu que sempre ligava ou melhor, tentava. Porque ela não me atendia mais. Mandei diversos SMS e nenhuma resposta! Usei todos os tipos de redes sociais e nenhuma retrucada, nem pra dizer que estaria ocupada. E claro que depois de tentar milhares de vezes e modos diferentes e não obter resposta.. Desisti! Causando a total distância e estranheza entre nós. Mas confesso que ao olha-la, sempre me fazia sentir agrupamentos de borboletas voando dentro da minha barriga.:


-Tava fazendo o quê, que não abriu logo a porta? (Ally como sempre atrás de uma boa explicação) 

- (Sorri pelo modo como me olhou) estava assistindo TVD...

:. Todas rolaram os olhos. Pois as mesmas sabiam sobre esse meu vício.: 

-Ah gente! Dê um tempo. (Franzi o cenho e depois soltei uma curta risada.)


:. Subimos para o meu quarto e lá ficaram bem a vontade. Falamos de várias coisas aleatórias.. Mas algo estava acontecendo entre mim e a morena cacheada, pois não nos olhavamos. Pelo menos eu não fazia isso. Estava evitando-a e creio que ela percebeu isso. Pois quando tocavam em algum assunto sobre ela, em que as meninas riam. Eu ficava séria e fingia mexer no celular.  [...]   Cruzamos o olhar mais uma vez e sem querer, e as duas baixaram a cabeça. Brincando com os dedos demostrando nervosismo e confusão no interior de ambas. Acho que Ally e Camila perceberam o acontecimento e ficaram nos olhando.:

*Tensão no ar* 


-É... Acho que está na hora de irmos né meninas? -Ally pergunta, já afirmando.

:. Só lembrando que era finalzinho de tarde e elas chegaram antes do almoço.:

-Pode ser. Vamos. Mais tarde passo aqui pra te levar a festa. (Lauren afirma sorrindo) 

-23h00 né? -Mila pergunta

-Sim. ( Eu e Lauren falamos juntas.) 

:. Sorrimos. E como de início aquele silêncio na morena.: 



[•••] 

-23h00 e Lauren não aparece! (Rolei os olhos e soltei um longo suspiro) Já deveria me acostumar com seus atrasos. (Ri)- Será que as meninas já estão lá... (Falei comigo mesma ao olhar pela última vez no espelho do banheiro e depois descer a escada) 

:. Essa pergunta, basicamente se resume em uma só pessoa.. : 

Dispensei meus pensamentos ao ouvir buzinas de carro 


-Vai esperar um convite de quem? 

(Revirei os olhos ao escutar Lauren perguntar aquilo) 

:. Laur, estava com Camila em seu banco do lado. Fomos em silêncio o caminho todo, até chegar ao club SAARA'S DESERT. O lugar parecia ser bem cheio pra ter o nome de deserto.. [...] As luzes até que eram legais, comecei a me "soltar" ao escutar DRINK IN LOVE da minha Queen B. [...]Forcei um pouco a visão pra mais distante em minha frente e avistei Ally, e em seu lado uma linda mulher.. a maldita hamilton.. lá estava ela com um conjunto branco curto, definindo e delimitando cada uma de suas curvas e traços. Com um cabelo  liso com ondulações nas pontas. Presos em um tipo e rabo de cavalo que com certeza deixaram-na bastante sexy.:

-Oh droga! Ela está perfeita. (Disse baixo pra ninguém ouvir. Mas me enganei. Lauren já tinha percebido meus olhares e respirações descompassadas algumas vezes.. poha! Me entreguei) 

-Ate quando você vai se esconder por trás do seu coração? DJ (Laur, falou me puxando para um lugar mais afastado, já dentro do club.) 

-Oi? Do que cê tá falando? ( Falei como se não entendesse, mas eu entendi muito bem.) 

-Isso mesmo que você ouviu Dinah. Porquê vocês duas estão tão estranhas? Vocês tem mais é que aproveitar em quanto tem tempo (me falou, com feição séria) 

-Mas aí é que tá a complicação, Lauren. Ela não veio pra ficar. Não que eu não queira esse tempo aproveitar.. mas o medo, e orgulho sabe.. eu tenho tantos pensamentos que acabo me iludindo com eles. Às vezes até mesmo criando uma certa raiva interiormente. (Falei tudo de uma vez e de cabeça baixa)

-Mas por conta disso você vai descontar nela? Acha certo? Dinah.. quando a vida lhe ser uma "ré" não quer dizer que você só vá pra trás. Mas se você souber aproveitar, você pode fazer desse "ré", um recomeço! (Falou segurando minhas mãos) 

:. Peguei um drink na bandeja de uma moça que iria passando com algumas outras bebidas.: 

-Eu só tenho que deixar o orgulho de lado e o medo também. Só quero uma chance ! E ela nem sequer demonstra algo, nem nada Lauren. (Bebi o drink que já descia quente e senti queimar minha garganta com força.) 

-Hey! Vá com calma nisso aí DJ. (Falou ao me observar fazer caretas) [...] Dinah.. assim como você tem medo, ela também tem. De você à ignora-la. E.. um conselho. Não viva de chances, faça suas escolhas.

 (Me falou séria depositando um beijo em minha bochecha e voltou para onde Camila e as outras estavam e começou a dançar próximo a mani, observou-me e soltou uma piscadela. Indicando que eu pensasse sobre o que ela acabara de falar-me.) 

:. Sinceramente eu não queria e ao mesmo tempo queria mergulhar de cabeça em todos os momentos que estava acontecendo ali mas meu corpo travava e o medo tomava de conta. Eu não quero me machucar de novo, pelo menos não agora. Mani tá vivendo mais um sonho dela e eu não quero enche-la com meus problemas ou qualquer outra coisa. Fechei meus olhos e suspirei fundo por alguns segundos.. desvencilhei dos meus pensamentos ao sentir uma mão tocar meu ombro.:


-Você está bem? 




Notas Finais


Não sei se ficou bom, mas estou tentando.

Até o próximo capítulo.😘🦄🐼


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...