História Nós 3 - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jay Park
Personagens Jay Park, Personagens Originais
Tags Amor, Aomg, Bias, Fic, Hot, Idol, Imagine, Jay Park, Kidol, Kpop, Ménage, Romance, Sexo, Simon D, Threesome, Triângulo Amoroso, Você
Exibições 130
Palavras 1.190
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi amoras, td bm? E as novidades? Como vai a vida?

Capítulo 20 - Jay Park - Nós dois eramos amigos


 

- Você não tinha esse direto - Eu falei alto sem me importar com a possibilidade de alguém escutar - Você não tinha
   - Direito? Quem é você para falar sobre o que eu tenho direito - Simon falou mais alto.
   - Eu quero que você acabe com isso
   Ele começou a rir em um tom de deboche.
   - Você não acredita mesmo que eu faria isso só porque você quer, não é? Que eu deixaria ela?
   - Deveria, porquê até onde eu me lembro nós dois eramos amigos - Eu me aproximei e falei mais alto do que ele.
   - Eramos? - Ele diminuiu o tom de voz - Nós eramos amigos?
   Eu me encostei na parede e cobri o rosto com as mãos.
   - Tudo só é bom quando acontece do seu jeito - Simon falou ríspido - Quando eram vocês dois tudo corria conforme você queria, quando era nós três também, você não aceita o fato de que cada pessoa pode querer uma coisa de um jeito - Ele me encarou sério - Como por exemplo eu querer ficar com ela enquanto você não quer que isso aconteça. Eu vou ficar com ela, Jay, eu vou
   - Você ama ela?
   Simon se sentou no sofá próximo aos espelhos e encarou o seu reflexo por um longo tempo.
   - Tudo bem se você amar - Eu me sentei ao seu lado - Eu prefiro assim, pelo menos vou saber que ela está sendo bem cuidada
   Ele continuou por um breve tempo em silêncio e então me encarou.
   - O sentimento que existe entre eu e ela nunca vai ser igual ao que existe entre vocês
   - Existia
   - Você sabe que as coisas não são assim
   Eu soltei um pequeno suspiro.
   - Eu a amo tanto, que eu me sinto um homem ruim por isso
   - Você não é uma má pessoa por amar alguém
   - Quando você ama uma pessoa, mas está com outra sim
   - Eu sempre te alertei sobre esse seu relacionamento com a Myoung, eu sabia que você estava fazendo isso sem realmente ter noção de seus sentimentos. Não é justo com ela, Jay
   - Eu sei que não
   - Você devia ser sincero
   - Eu não quero que ela me odeie 
   - Ela não vai, ela é boa demais para isso
   Nós dois demos um pequeno sorriso.
   - Você é o meu amigo, Simon, sempre foi e sempre vai ser
   - Eu sei, e é por sermos amigos que eu peço para você resolver a sua vida, tanto com a Myoung quanto com a S/n, não só por elas, mas por você também
   Eu pensei por um tempo, Simon estava certo, eu precisava fazer isso por mim também.
   Eu já sabia qual seria a minha decisão, na verdade ela já estava tomada desde quando a S/n voltou, eu só não havia criado coragem ainda.
   - Eu não quero magoar ninguém
   - E por isso você está se magoando, pense mais em você, Jay
   - Achei que eu só pensava em mim, que eu só aceitasse as coisas quando aconteciam do meu jeito
   Ele deu um pequeno sorriso.
   - Tudo bem, nem sempre você é assim
   Eu me levantei e vesti a minha jaqueta.
   - E se eu decidisse voltar com a S/n, ainda poderia ser nós três?
   - Mesmo longe em algum momento deixou de ser?
 

Myoung estava com a cabeça baixa e suas mãos apoiadas em sua mesa, ela soluçava baixo e eu pude ver algumas lágrimas escorrendo pelo o seu rosto.
   - O que aconteceu?
   Eu fechei a porta de sua sala e me aproximei rápido dela. Myoung me abraçou forte e se desmanchou em lágrimas em meu ombro.
   - Está tudo bem agora
   - Não, não está - Ela continuava a chorar.
   Eu levantei a sua cabeça e a fiz olhar para mim.
   - Por que você não me conta?
   Eu segurei em sua mão e a puxei até um pequeno sofá que ficava perto da janela. Eu a olhei e por um breve momento pensei em desistir de deixar ela, Myoung parecia tão frágil, eu senti que ela precisava de mim, mas eu não podia mais levar esse relacionamento
   - Por que você não me conta, Jay? - Ela me encarou.
   Eu suspirei, eu sabia sobre o que ela estava falando.
   - Você percebeu?
   - Você ofende a minha inteligencia achando que eu não perceberia
   - Por favor, Myoung...
   - Eu quem deveria pedir por favor, pedir para você sair da minha vida, mas eu não posso - Ela tinha um olhar triste - Eu não consigo
   - Consegue
   - Não, não posso - Ela enxugou as suas lágrimas com agressividade - Mas ela pode sair de nossas vidas e vai, ela vai para longe. Jay, vai ser só eu e você novamente
   - O que quer dizer com ela vai para longe? Eu não estou te entendendo
   Eu afastei ela e a encarei
   - A S/n, ela...
   - A S/n? Por que você está falando dela?
   - Você quer mesmo que eu te explique? Ela é quem você ama, é ela quem atrapalha a nossa vida
   - Como você sabe disso?
   - Eu ouvi a sua conversa com o Simon
   Eu passei os meus dedos pelo o meu cabelo.
   - Mas eu não me importo com isso, ainda podemos ficar juntos e esquecer ela - Ela se aproximou e me abraçou.
   - Não, Myoung, não - Eu afastei ela novamente - Não me importa para onde você mandou ela, isso não muda nada entre nós dois, na verdade só piora, eu não imaginei que você faria isso, não imaginei que você seria assim
   - Por que você fez eu me entregar, Jay, por que você me fez ter sentimentos?
   Eu sabia que tinha uma parte da culpa.
   - Eu errei Myoung e infelizmente não posso mudar isso, mas se você continuar achando que esse relacionamento ainda tem chance é você quem vai estar errada
   Ela se recompôs e respirou fundo.
   - O tapa que ela me deu não doeu tanto quanto a suas palavras
   - Ela te bateu?
   - Eu fui a culpada, eu não devia ter falado o que falei para ela - Ela se levantou e caminhou pela a sua sala - Aonde eu estou com a cabeça, Jay? Eu deveria ser uma mulher madura e não estar fazendo isso por você
   Eu me levantei e me aproximei dela.
   - Eu também já fiz coisas absurdas por amor
   - Acho que sou eu quem precisa ir embora, espairecer a mente
   - Isso seria bom
   Então eu a abracei forte.
   - Me prometa que vai ficar bem
   - Prometo
   Ela retribuiu o meu abraço e encostou a sua cabeça em meu peito.
 

Assim que eu sai do escritório da Myoung eu fui direto para a casa da Kim.
   Senti as minhas mãos e pernas tremulas e meu coração acelerado. Meus sentimentos se bagunçaram quando a S/n abriu a porta e me encarou com uma expressão de surpresa, mas a minha cabeça estava tranquila e eu estava decidido a resolver qualquer desentendimento que ainda existisse entre nós dois.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...