História Nós Três - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Depressão, Escolar, Gay, Lemon, Mutilação, Original, Problemas, Romance, Yaoi, Yuri
Visualizações 12
Palavras 331
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse capítulo vai contar sobre como os dois se conhecera, espero q esteja bom

Capítulo 2 - Cap. 2


A professora tinha acabado de entrar, suspirei. Minha cabeça latejava. Eu estava muito cansada pois  não havia conseguido dormir na noite passada. 

Ben deu um pequeno sorriso de solidariedade.

- Hey, a gente se fala no intervalo, certo, linda?

Assenti, sorrindo. Ele saiu da carteira da minha frente e foi para a primeira carteira da primeira fileira, bem longe de mim, porque era o lugar que o diretor tinha escolhido para o Ben. Foquei meu olhar na professora que começava a falar sobre assuntos repetidos de português. 

 

//Quebra de tempo//

 

O sinal tocou pela terceira vez anunciando o intervalo e me acordando. Não entenda mal, eu não sou aquela aluna que dorme em todas as aulas, que não presta atenção em nada e é reprovada várias vezes. Mas noite passada eu não dormi nada mesmo. Meus problemas de verdade começaram à um ano, quando meus pais arrumaram novos trabalhos em outra cidade. Eles me mudaram para essa escola ridícula sem me perguntar se eu queria. Não consegui me enturmar desde o primeiro dia, riram de mim, caçoaram do meu jeito, aquelas brincadeiras sem graça que fazem com novatos.  As garotas são cruéis, assim como os garotos. 

Aliás, depois de um mês na escola que fui fazer meu primeiro e único amigo, o Ben. Eu o conheci no momento em que era jogada no banheiro masculino logo após ter dado um "mergulho" forçado numa privada. As garotas saíram rindo e comentando em que rede social iriam postar a foto. Eu estava chorando no canto quando um garoto saiu de uma das cabines e se sentou ao meu lado. Ele falou apenas "Isso é uma droga" e me ajudou a levantar e a me enxugar.

Nós dois nos tornamos amigos inseparáveis e hoje em dia temos mais coisas em comum além de sofrer na escola.  

 

Bom, voltando ao agora... Eu saí de sala e encontrei Ben me esperando sorridente. 

- E aí, gata? Coxinha e coca-cola para alegrar seu dia? 

 

Ri

 

- Claro 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...