História Nossa escolhas- Imagine (BTS) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bangtan Boys, Imagine, Jungkook, Romance
Exibições 30
Palavras 3.449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ooi , não deu pra postar antes, passei quase tres dias pra terminar, ahhh to cansada...
espero que gostem..
boa leitura..

Capítulo 17 - Ficarei do seu lado


Fanfic / Fanfiction Nossa escolhas- Imagine (BTS) - Capítulo 17 - Ficarei do seu lado

Pov´s (s/n)

A noite estava ao nosso favor, ela passou lenta e calma. Acordei sentindo sua respiração no meu pescoço, uma arrepio correu na minha espinha, não acordamos do mesmo jeito que dormimos, seu braço direito envolvia minha cintura, e o esquerdo era meu travesseiro, me virei com cuidado para não acorda-lo, sorri ao vê-lo tão sereno, olhos fechado, a boca semiaberta, os cabelos  bagunçados caindo sobre a testa, afastei o cabelo dele, o beijei na testa, me levantei com cuidado, peguei uma blusa listrada azul e branca de manga que deixava os ombros a mostra, custa que se ajustava ao corpo, uma calça jeans clara, azul quase braço, as roupas intimas e sai do quarto, a casa tava silenciosa, minha estava dormindo, entrei no banheiro e comecei o processo de limpeza, não demorei mais que meia hora para ficar pronta, lavei o a cabelo, mas tratei logo de seca-lo, sai do banheiro quase pronta, entrei no quarto, ele ainda estava dormindo. Agora de frente para a parede, sentei na berrada da cama.

-Jungkook... Jungkook acorda...ei... acorda... eu mexia no seu ombro, uma vez eu li que quando ele acordava ele era um pouco assustador, parei de sacudi-lo por um momento, olhei no relógio , eu deveria acorda-lo logo.- se acordar agora tem direito a três desejos.

-jura?  Ele se virou para mim na mesma hora.- três desejos?

-ah  assim você acorda não é... ele sorrir.

-eu já acordei agora eu quero os meu três desejos.

-é qual seria?

-1º um beijo de bom dia. 2º um toddynho. Sorri. 3º que você vá ao cinema comigo essa noite.

-humm certo, os dois últimos eu posso atender, o primeiro eu já fiz.

-já? Eu não vi, não senti, então não valeu.  Disse sentando na cama.- vamos do esperando.

-nananina não, beijo só depois do banho, vamos temos que trabalhar, levanta, aqui sua toalha e uma escova de dente, o banheiro é essa porta do meio, no final do corredor.

-ahhhh essa mulher é difícil.  Ele se levantou ta cama, pegou a toalha e a escova e saiu do quarto, bom agora eu vou terminar de  me arrumar, make, apenas um batom e rímel, deixei meu cabelo preso em um coque espojado, arrumei a cama, dobrei o lençol, deixei tudo arrumado, agora ia fazer a merenda, quando sai vi minha irmã voltando da direção do banheiro.

-oh! Ele ficou surpresa ficou de frente para mim e de costa para a porta do quarto dela. -pensei que estava banhando... se você esta aqui, quem esta banhando.  Ela mal termina de falar a porta do banheiro se abre, Jungkook saiu do banheiro secando o cabelo com a toalha, quando nos viu seu olhar ia da minha irmã para mim, ninguém dizia nada, só ficava se encarado, um com vergonha um do outro, ate que a porta do quarto da minha irmã quebra o silencio, Mark saiu de dentro do quarto, com cara de sono, de calça moletom cinza e uma recata branca, ele esfregava o olho, eu e Jungkook automaticamente olhamos pra ele, enquanto minha irmã abaixava a cabeça, ok parecia que eu não era única que devia explicações.

-oh! Ele ficou surpreso ao nos ver ali.

-bom dia, Mark.

-bom dia (s/n), bom dia Jungkook.

-bom dia Mark-ssi, bom dia Deborah. Ele respondeu ficando do meu lado.

-ãnnhhn, eu vou fazer a merenda. Disse querendo desfazer o clima que se formou ali.

-eu ajudo.  Jungkook disse, saímos do corredor indo para a cozinha, quando cheguei la me apoiei na bancada respirei fundo.

-pensei que ia morrer.  Disse recuperando o controle.- ai meu deus que vergonha

-eu também, foi muito constrangedor... nos encaramos por um tempo.

-okay, deixa eu começar a preparar a comida.  Disse indo ver o que tinha para fazer.

-bom, vamos ver se você cozinha bem...

-você esta duvidando? Por bem, senta ai e aprenda.  Digo e ele ri, senta em uma das cadeiras, coloco o avental, pego uma tigela na geladeira com costeleta pré-temporada, duas formas medias, azeite, queijo, bastante queijo, alguns temperos deixei o forno ligado em temperatura baixa., coloquei um pouco de arroz no fogo, em uma das formas, coloquei azeite no fundo depois fui colocando pequenos pedaços de costeleta, coloquei mais um pouco de azeite por cima, e coloquei no forno.

-humm, você esta fazendo Deung Galbi, acho que vou comer bem hoje.

Rir com seu comentário. Na outra forma coloquei uma camada de queijo, um pouco de cebolinha de palha cortada, mais uma camada de queijo, fiz isso mais três  fezes e coloquei no micro-ondas, programei para 20 minutos á 180º graus  *N/A: a receita não é exatamente assim, to escrevendo do jeito mais pratico* dei uma olhada no arroz, ainda não estava pronto, respirei aliviada, tinha prepara tudo em quase vinte minutos. Estava organizando as coisas que tinha bagunçado, senti mão envolvendo minha cintura, me abraçando forte, seu queixo no meu ombro, estremeci com seu toque.

-eu ainda não ganhei meu beijo de bom dia... sua voz ao pé do meu ouvido me arrepiei, engoli em seco.- então quando é que vou ter meu beijo.

-aigoo o constrangimento mais cedo não foi o suficiente.  Digo tentando me concentra em organizar as coisas, mais sinto minha perna tremer, me viro pra ele. -se eu te beijar agora você me deixa terminar de cozinhar?  Ele concorda coma cabeça.-ok. Seguro na sua camisa e fico na ponta do pé para beija-lo, nos lábios se encostam, é como um choque elétrico no meu corpo, não aprofundo o beijo, e logo nos separamos.

Pov´s Jungkook

Ela ia se afastar, mas eu a puxei de novo, fazendo os nossos lábios se tocarem de novo, e a seguro pela nuca, fazendo nossos lábios ficarem mais grudados, aprofundei mais o beijo, fomos recuando ate ela encostar na borda da bancada, o jeito que estávamos nos beijando era diferente, mais intenso.

-*coof coof* ahh com licença.   Paramos de nos beijar, a baixei a cabeça, a irmã dela nos pegou no fraga, olhei pra (s/n) ela estava tentando não rir, enquanto olhava para irmã- que você ta fazendo para a merenda?

- Deung Galbi.  Oh meu deus por que ela esta querendo rir em uma situação dessas? Estava com vergonha de olhar para irmã dela, mas eu tinha que encara-la em algum momento, respirei fundo, me dei conta que eu ainda prendia a (s/n) entre mim e a bancada me afastei dela.

- você vai abrir o restaurante hoje ? perguntei me sentando na mesa.

-ah vou, só mais tarde...

-ahh vou  chamar os hyungs para comer la.  Digo e ela logo sorri.

- vocês vão trabalhar hoje?  Ela pergunta.

-sim, hoje sim.  (s/n) abre a tampa do forno, o cheiro da comida chama nossa atenção, só agora eu tinha percebido como eu estava com fome.- humm o cheiro está ótimo.

-é uma das especialidades dela.  Deborah diz. – unnie, posso sair hoje a noite?  Sorri.

-pode, mas não chegue tarde em casa.

-uhh valew.   Ah como as duas eram fofas, fiquei olhando as duas, Deborah estava olhando o queijo, enquanto a (s/n) colocava a forma com costeletas na bancada, ela não eram tão diferente uma da outra, tinham traços semelhantes, observei as duas organizando a comida, Mark se sentou na mesa de frente para mim.

-temos que ter cuidado para não engordar.  Ele avisou, sorri, olhei para ele, tinha banhado e mudado de roupa, olhei no relógio, como eu acordei cedo, bom eu tinha tempo de comer ate ir para empresa.

-como estão os outros?

-ahh eles estão mais perturbados do que nunca, mas estão bem, e como estão seus Hyungs?

-eles estão bem, estamos trabalhando bastante, mas quando der vamos combinar de encontrar todos, vai ser divertido da mesma forma que nos encontramos no restaurante.  Rimos nos lembrando do dia. As meninas trazem a comidas, ajudamos a arrumar a mesa, o cheiro estava bom, (s/n) se senta ao meu lado, e sua irmã de frente para ela.

-comam bem.  (s/n) diz

-sim!   Respondemos juntos. Começamos a comer, suspiro de satisfação ecoaram pelo local. (s/n) sorria orgulhosa, falamos algumas coisas enquanto falamos, terminamos quase ao mesmo tempo.

-unnie  estava muito bom.

-sim, você também poderia ser uma chefe culinária.

-*sorrindo* obrigada, mas não, como eu fiz a comida, vocês dois arruma a bagunça, okay?   Sorri.

-aaii como ela é exploradora.  Deborah diz baixinho .

-o que disse?  Ela encara a irmã, meu Deus ela era assustadora as vezes.

-que você deveria seguir carreira de cozinheira.  Diz rápido, Mark e eu sorrimos, já vamos começar a arrumar, vamos Mark.

-okay.  Ele diz sorrindo, os dois começam a tirar a mesa.

-vem, vamos nos organizar para ir para empresa. Nos levantamos e fomos escovar os dentes... enquanto fazia isso sorri.

-que foi?  Ela perguntou.

-eu estava pensado no nosso relacionamento...

- como?  Olhei par ela, sorri  sua boca cheia de pasta. Lavei minha boca ela fez o mesmo, guardamos as escovas.

-veja bem, mesmos antes de nos conhecemos pessoalmente, você  já usava minhas roupas, estamos namorando oficialmente á 14 dias, e já ate dormimos juntos, merendamos juntos e escovamos juntos, eu gosto disso, eu gosto do nosso relacionamento.   Digo ela me olha por um tempo.

-eu também, eu nunca tive um relacionamento assim.

-nem eu, você é a primeira.  Me aproximo dela, feliz por eu ser o primeiro cara acordar, merendar e escovar ao lado dela, nos beijamos mais uma vez, um beijo calmo, apenas saboreando o gosto um do outro que no caso era o gosto da pasta de dente...

-vamos, se não chegaremos atrasados. Ela diz, saímos do banheiro voltamos para seu quarto, pego meu celular e meu casaco, ela pega uma mochila, o celular e...

-você vai com essa blusa? Perguntei, reparando que a blusa que ela usava deixava uma parte da barriga parecendo.

-vou, por quê?

-não, não é nada. Vamos?  Digo.

-sim. Saímos do quarto e vamos para saída do apartamento.- já estamos indo! Ela avisa.

-ok, bom trabalho!   Sua irmã responde.

-sim, vocês também, juízo os dois, quero a casa inteira quando chegar.  Diz sorrindo, pelo visto ela gosta de alfinetar a irmã, saímos do apartamento, pegamos um elevador, e fomos para o carro, e seguimos para empresa, conversamos algumas coisas durante o caminho, quando chegamos tinha apenas o vigia, as pessoas que limpavam a empresa, (s/n) foi para sala de staffs e eu fui pegar o lugar onde descansávamos.  Quando os hyungs chegaram começamos a trabalhar, o Hope-hyung trouxe um calca para mim, treinamos as novas musicas, praticamos um pouco, fizemos vídeos, tivemos um reunião, já passava de meio-dia me desculpei com a irmã da (s/n) por não poder almoçar la, íamos almoçar na empresa, os staffs ficaram de pedir a comida, agora estavam os gravando um vídeo, (s/n) filmava o V-ssi, eu estava no sofá esperando a minha vez, os outros já tinham gravado.

-ya isso dói hyung... Lee esfregava a cabeça.

-eu disse para de olhar.  Kim o repreendeu.

-ok eu não vou mais olhar.  Ele olha para mim, depois olha para o outro lado parecia desconfortável.

-o que foi que eu disse? Kim insistiu.

-desculpa.   Olhei para direção em que ele olhou, ele estava olhando para (s/n), viu esse era o motivo da minha preocupação sobre aquele roupa, ela comportada, a barriga não aparecia, mas como ela estava com as duas mão segurando   uma câmera, a cintura dela  estava aparecendo, olhei para o Lee ele me olhava preocupado, peguei meu casaco, me levantei e fui ate ela.

-fica parada e continua filmando. Digo ela tenta não se mover, o Taehyung começa a rir, passo o casaco envolta da sua cintura amaro vejo como ficou, pronto, não parecia nada, eles terminaram a gravação, eles se afasta tentando não rir.

-ok, o que significa isso?   Ela perguntou me encarando.

-só pensei que sua barriga estivesse com frio.   Escutei risos no canto da sala, olhei era os hyungs- vamos gravar?

-*suspiro* sim, sim...  Começamos a filmar, digo como eu estou, o que ando fazendo, o que vou fazer, falo sobre coisas que eu gostaria de fazer, digo para meu fãs se cuidarem e nos dar apoio, não demoro muito, e logo termino o vídeo.

-obrigada. Ela diz, ela desliga a câmera e guarda, na sala estão apenas, os cinegrafistas, os hyungs, e uma staffs, a Chan, estavam todos ocupados, enquanto ela estava organizando suas coisas eu me aproximei dela.

-você lembra-se do meu terceiro desejo? Pergunto

-ai garoto você cobra de mais.... ela diz começo a rir.- lembro sim, mas acho que vamos ter que nos lavar antes de sair.

-não, você esta linda.

-ah obrigada, ah pega seu. Ela ia tirar o casaco da cintura.

-nem pense nisso, só vai tirar dai se for para vestir.  Digo antes que ela o tire..

- (s/n)!  alguém a chama, me afasto dela.

-sim.

- foi você que pediu comida do restaurante shooting star?

-humm não.

-com licença, estamos entrando.  Escutei a voz de Jackson.- oi pessoal, onde esta a (s/n)?  apontaram na nossa direção.- ah oi.  Ele mais Bambam, e Jaebum, trazendo algumas coisas na mão. Eles  cumprimentaram as outras pessoas na sala, pediram pros hyungs se aproximarem.

- então, a Deborah mandou a comida de vocês, já que não podem sair.  O Jaebum disse.

-ohh serio? Dissemos juntos.

-ela mandou? Ela perguntou.

- o Jungkook avisou que não conseguiria leva-los la para comer, então ela pediu para trazermos aqui.  Bambam se manifestou.- aqui está. Levantaram a mão com marmitas nas mãos.

-ahh obrigada, agradeça á ela também por nos.  Namjoon hyung disse

-nos alimentaremos bem por causa dela. Hope

- comam bem, temos que ir, desculpa não ficar mais tempo, temos outras coisas para fazer.

-ah obrigada novamente.  Agradecemos.

- (s/n) será que você pode nos sair coma gente por momento, precisamos conversar com você, depois eu te trago pra cá de volta.  Bambam a chamou, ela concordou deixou suas coisas na mesa.

- com licença,  podem comer, vocês tem um compromisso agora a tarde, eu não vou demorar.  Ela disse saindo com os outros.  Nesse meio tempo outros funcionários ocuparam a sala, eles haviam manda o suficiente, eles se despediram das pessoas que estavam na sala passaram pela porta, me virei para os outros já estavam montando a mesa.

-vem maknae.  o Jin hyung me puxou, me juntei a eles na mesa, olhei para porta.- algum problema?

- hum, não acho que não.  Digo e começo a comer, pude ouvir vários elogios referente a comida Deborah, estava bom, mas não come muito,  sai fui me lavar, como tinha treinado eu estava sujo, banhei troquei de roupa fiquei na sala descansando. Escutei a porta se abrir, vi o Taehyung de cabeça para baixo, me olhou surpreso.

-oh por quê esta assim?

-ouvi dizer que quando agente fica assim pensa mais rápido.   Digo, eu estava de cabeça para baixo “deitado” no sofá.

- sobre o que você precisa pensar? Duas cabeças pensam melhor que uma... ele diz sorri, me sendo me arrumo no sofá, e ele se senta do meu lado.

- eu estava pensando... uma vez a (s/n) disse que ela foi sofreu quando ajudou os hyungs do got7, por causa de algumas fotos em que saíram juntos, eu não vi essas fotos...

-e?

-e eu também notei a forma que eles tratam ela, principalmente o Bambam...

- Jungkook você não acha ela seja esse tipo de garota não é?!.  Ele me interrompeu.

- não ela não é, sei que não é, mas acho que quando eles se conheceram eles também ficaram encantados com ela,  e o que mais se interessou por ela foi Bambam, eu percebi o jeito que ela olha para ela. Respiro fundo.- eu devo me preocupar?

-.... olha eu  não acho que você deve se preocupar, e se tem alguma duvida pergunte á ela, esclarece suas duvidas, não se pode começar um relacionamento cheios de incertezas.  

- eita, é você mesmo V-ssi?   Começamos a rir.- obrigada, mas agora nos arrumar para as gravações. Digo tentando dispersar o clima ruim dali, ele da um sorriso, e começamos a nos preparar. Já estava tudo pronto, a (s/n) não demorou, arrumou o equipamento de filmagem, ela estava com uma cara seria, sorria quando falava comigo ou com os outros, mas mantinha a expressão seria, saímos da empresa em carros diferentes, chegamos no local de gravação, íamos fazer uma entrevista sobre nossa viagem para o Japão, passamos a tarde la, terminamos uns sete da noite, avisei que aos outros que ia sair, mandei uma mesa para (s/n) para me encontrar na lanchonete que ali perto, ela visualizou e não respondeu...  É sim que os hyungs se sentem quando eu não os respondo?  Eu sai primeiro, fui para a lanchonete, ela não iria me da um bolo, iria?  Me sentei próximo a parede de vidro, estava mexendo no celular, escutei alguém bater no vidro, olhei era ela, estava sorrindo e usando minha jaqueta, entrou na loja e veio ate mim, abaixei a  mascara que eu estava usando.

-acho melhor ficar de touca... ela avisa... tem muitas pessoas aqui.

-eles já sabem quem eu sou.

-o quê?  Ela arregalou os olhos e abaixa a cabeça.

-por enquanto é melhor que ninguém saiba quem você é então, toma... digo, entregando a mascara para ela,  ela levanta um pouquinho a cabeça.- tudo bem se disserem que eu estou namorando, mas acho melhor não dizer quem é minha namorada ainda.

-ainda?

-uma hora ou outra eu vou ter que dizer quem é...  ela coloca a mascara..- as vezes fico imaginando  você vestida de medica.  Coloco minhas mão tampando meu rosto deixando apenas meus olhos aparecendo.-  você deve ser sexy...

-oh! sim eu sou muito sexy vestida de medica... ela faz mesma coisa que eu, e começamos a rir.

-eu pedi um cappuccino pra gente.

-okay, eu vou ao banheiro e já volto.  Concordei, ela foi em direção ao banheiro, enquanto ela estava fora, trouxeram o cappuccino, esperei ela voltar, percebi alguns olhares, provavelmente meu encontro com ela estaria nas redes sociais no dia seguinte.

-humm chegou... ela disse se referindo a bebida, se sentou, de o cappuccino a ela. -obrigada.

-ahh (s/n) que tipo de filme que assistir?

-humm ação!

-ok, vou escolher um aqui... digo olhando as opções no celular- pronto nossa sessão começas as 9, temos tempo de andar por ai, o cinema não fica longe daqui, podemos ir andado, mas se você quiser vamos de taxi.

-vamos andando.  Concordei, terminamos de beber, pago a conta e saímos, andamos pela calçada, passamos em frente algumas lojas, trocamos olhares, sorrimos, paramos em frente algumas lojas e observamos as coisas, em alguns eles já estavam enfeitando para o natal, as pessoas me reconheciam, tiram fotos de longe, mas não me paravam...

-seus fãs são muito educados para não perguntarem com quem você esta andando...

-são sim, mas as vezes tem algumas pessoas que não são tão educadas assim... se amanha tiver alguma coisa que você não goste na internet, não ligue, eu vou dar um jeito em resolver essas coisas.

-uma vez você disse que eu me preocupava de muito, mas você também é assim, olha não fique pensando muito nisso, eu vou respeitar as opiniões de seus fãs, você  não precisa se preocupar.... quando ela disse isso, parei de andar e a segurei, fiquei na sua frente, arrumei se cabelo.- o que você ta fazendo? Estamos em publico... ela disse, sorri, segurei seu rosto, ela me olha surpresa

- olha independentemente do que eles digam eu não vou deixar você, e nem vou permitir que te façam algum mal, eu vou esta do seu lado pra te proteger, confie em mim, agora você é responsabilidade minha.  Digo e beijo sua testa. Ela  abaixa a cabeça, não tinha muita pessoas perto, e as que tinham estavam ocupados, começamos a andar novamente, andamos mais um pouco ate o cinema, faltava alguns minutos, então fui comprar a comida, deixei ela em um canto reservado, a fila estava um pouco grande, olhei para ela, ela mantinha os olhos em mim, sorri, demorou um pouco ate chegar minha vez, pedi dois refrigerante, uma pipoca grande, uns bombons, quando estava voltando vi que ela conversava com um cara, eu tinha a impressão de já ter visto ele...

- Oi. Digo, ele me olha surpreso.

- oi, prazer em conhece-lo, bom  vou deixa-los a sós,  nos vemos no hospital doutora (s/n), tchau

-tchau...  respondemos, eu a encaro.

- que foi?

-já percebi que corro perigo de deixa-la sozinha, então não sai mais da minha vista.  Ela começar a rir, depois vamos assistir filme, eu não estava tão interessado NO filme, mas ela tava, que merda ela se interessou mais pelo personagem principal do que pelo que eu tinha a oferecer....


Notas Finais


desculpem os erros, não sei quando vou postar o proximo capitulo, sejam pacientes comigo, vou fazer o possivel para postar frequentemente..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...